Eletrônico

08 set11:17

Caixa eletrônico é explodido em Nova Erechim

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Um caixa eletrônico do Banco do Brasil foi explodido na madrugada deste sábado em Nova Erechim. A fachada e a parte interna do banco ficaram destruídas. Quatro homens fugiram com o dinheiro em um veículo Golf prata com sentido à Chapecó. Até o momento ninguém foi preso.

Segundo informações da Polícia Militar quatro homens teriam parado na frente do banco por volta das 2h40. Um guarda que estava próximo ao local disse para os policiais que dois homens desceram armados, provavelmente com espingardas calibre 12, e colocaram os explosivos na porta que dá acesso aos caixas.

- A ação não levou mais que 4 minutos – disse o Sargento da PM, Paulo Schneider.

Após a explosão eles fugiram pela BR 282 com sentido à Chapecó. Uma câmera da PM, instalada no centro da cidade, flagrou a ação. No entanto, nas imagens não foi possível identificar a placa do veículo.

- Vamos analisar as imagens e tentar identificar o veículo, que pode ser objeto de furto – disse o Sargento.

O valor levado ainda não foi divulgado. O gerente do banco deve fazer um levantamento na segunda-feira para apurar a quantia que estava no caixa eletrônico.

De acordo com o agente da Polícia Civil, Jonas Kaiser o banco havia sido alvo de uma tentativa de explosão no ano passado, mas sem sucesso.

A Polícia Civil de Pinhalzinho, PM de Nova Erechim e a DIC de Chapecó seguem as investigações.


Comente aqui
08 jul11:32

Parte de agência bancária pega fogo após ataque de caixeiros em Xavantina

Caixeiros voltaram a agir em Santa Catarina. Dois caixas eletrônicos foram arrombados em agência do Banco do Brasil em Xavantina, no Oeste catarinense. Os criminosos esperaram a porta da agência ser liberada às 6h do sábado, dia 7 de julho, para atacar. A informação é da Polícia Militar (PM).

Na hora de perfurar os caixas com maçarico, o fogo se alastrou e atingiu outras partes da agência. O Corpo de Bombeiros de Seara tive dificuldade para conter as chamas.

Ainda conforme a polícia, os ladrões demonstraram conhecimento estratégico, já que colocaram miguelitos (pregos) nos pneus da viatura da PM. Quando o policial saiu para atender a ocorrência, percebeu que os pneus estavam furados. Reforço da PM em Seara e Concórdia foi acionado.

A gerência do banco informou que a quantia roubada foi pequena, mas não deu detalhes sobre o valor. Até por volta das 11h30min ninguém havia sido preso.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
02 abr15:01

Após cinco adiamentos, começam a valer hoje novas regras para o ponto eletrônico

O setor industrial está entre os que devem começar a adotar nesta segunda-feira as novas regras do ponto eletrônico. A adoção do novo sistema foi adiada cinco vezes antes da entrada em vigor. O último adiamento havia sido anunciado em dezembro em decorrência das dificuldades técnicas de algumas áreas.

As regras também passam a valer para o comércio, o setor de serviços, de transportes, construção, comunicações, energia, saúde, de educação e financeiro.

Em 1º de junho, a obrigatoriedade entra em vigor para as empresas que exploram atividade agroeconômica. A partir de 3 de setembro, valerá para as microempresas e empresas de pequeno porte.

De acordo com as novas regras, será impresso um comprovante para o trabalhador para que o relógio de ponto seja inviolável.

Segundo o Ministério da Trabalho, a regra está sendo adotada para evitar fraudes na marcação das horas trabalhadas.


AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
02 mar13:47

Explosão a caixas eletrônicos no Oeste pode ter relação com perseguição na fronteira

Danilo Duarte | danilo.duarte@diario.com.br

A explosão de caixas eletrônicos do Banco do Brasil, em São José do Cedro, pode ter sido provocada pelos mesmos homens que ficaram fazendo rondas no entorno da Caixa Econômica Federal, em Dionísio Cerqueira, no Extremo-Oeste, na última quarta-feira.

Esta é uma das linhas de investigação da Polícia Civil da cidade que sofreu o 54º ataque desde janeiro de 2011 em SC. Durante a ação policial em São José do Cedro, um policial levou um tiro de fuzil e foi internado no Hospital Regional de São Miguel do Oeste.

>> Caixa eletrônico é explodido em São José do Cedro

Em Dionísio Cerqueira, três homens foram vistos em motociclistas por volta de 4h30min. Todos estavam com mochilas escuras e circulando em baixa velocidade ao redor da agência. Moradores que viram os suspeitos acionaram a Polícia Militar.

Quando foram abordados, os motociclistas fugiram em alta velocidade em direção à fronteira com a Argentina. Dois deles conseguiram ultrapassar para o outro país e um deles fez a volta e acabou batendo de frente na viatura da PM.

O homem teria se levantado e fugido à pé para o lado argentino, onde a dupla deu cobertura, disparando tiros contra os policiais. A motocicleta NXR 125 Bros preta, com placas de Ampere (PR) foi apreendida e levada para a DP.

A PM chegou a comunicar os policiais da fronteira, que também procuraram os três homens, mas ninguém foi localizado do lado brasileiro ou argentino.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
02 mar09:57

Policial leva tiro de fuzil durante ataque a caixa eletrônico em São José do Cedro

Danilo Duarte | danilo.duarte@diario.com.br

A ação dos policiais militares para deter uma quadrilha que explodiu os caixas eletrônicos do Banco do Brasil em São José do Cedro terminou com um agente ferido. O soldado Carlos Gheno, de 38 anos, levou um tiro de fuzil no lado esquerdo do peitoral, perto da axila. Ele foi encaminhado para o Hospital Regional de São Miguel do Oeste, onde permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta manhã.

O soldado chegou perto da agência no instante em que uma quadrilha explodia os terminais eletrônicos do banco. Durante a ação, houve intensa troca de tiros.

>> Caixa eletrônico é explodido em São José do Cedro

De acordo com as informações da PM, os assaltantes colocaram uma barra de ferro com grampos pontiagudos, conhecidos como “miguelitos”, na rua perto da agência e no acesso a uma das entradas da cidade, pert do trevo de acesso à BR-163.

Apesar da troca de tiros e da perseguição, ninguém foi preso. O local deve passar por uma perícia para coleta de provas que possam ajudar a investigar os responsáveis pelo assalto.

Comente aqui
02 mar09:20

Caixa eletrônico é explodido em São José do Cedro

Danilo Duarte | danilo.duarte@diario.com.br

A organização do ataque de uma quadrilha a uma agência bancária em São José do Cedro, na madrugada desta sexta-feira, mostra que não há principiantes nas explosões a caixas eletrônicos. Próximo da meia-noite, 12 homens armados com fuzis e pistolas 9 mm detonaram os terminais e fugiram. Houve troca de tiros com a Polícia Militar, mas ninguém foi preso. Este é o 54º ataque desde janeiro de 2011 em SC.

Quem mora perto ou circulava pela região central da cidade que fica a cerca de 40 quilômetros da fronteira com a Argentina, estranhou haver muitos homens nas esquinas perto da agência naquele horário e chamaram a Polícia Militar.

Quando a viatura chegou, um dos homens estava correndo para fora da agência e em seguida houve a explosão. Assim que os assaltantes viram os policiais, começaram a disparar contra o carro.

Segundo a PM e os moradores, os homens fugiram em três carros, um Ômega de cor escura, um Polo Sedan escuro e em uma S10 prata. Foram acionadas bases da PM de cidades vizinhas, que fizeram buscas na região, mas ninguém foi encontrado até o momento. Ainda não se sabe a quantia de dinheiro levado pelos assaltantes.

O policial Carlos Gheno foi baleado e encaminhado para o Hospital Regional em São Miguel do Oeste. Ele permanece internado e o  quadro é estável.


Cenário de destruição

Na agência há cinco caixas eletrônicos. Dois deles ficaram completamente destruídos e outros dois sofreram avarias na parte de cima, com as telas quebradas. Um quinto equipamento, que emite folhas de cheque, ficou parcialmente danificado.

A Polícia Civil investigará, nesta manhã, se havia dinheiro dentro dos terminais e quanto pode ter sido levado pela quadrilha.

O teto da agência veio abaixo. O local está isolado e não há previsão de quando o atendimento voltará a funcionar no local.

Comente aqui
16 fev10:13

Projeto Recicla CDL recolheu três toneladas de lixo eletrônico em Concórdia

Em apenas quatro horas a Câmara de Dirigentes Lojistas de Concórdia – CDL em parceria com a empresa Real Tec coletou no sábado, dia 11, em frente à Prefeitura cerca de três toneladas e meia de lixo eletrônico.

A 4ª Edição do Programa Recicla CDL recolheu monitores, mouses, teclados, impressoras, placas eletrônicas, processadores, nobreak, estabilizadores, telefones móveis, baterias de celular, pilhas e televisões.

- Nossa empresa acredita em ações como essa. A CDL e os lojistas estão de parabéns. Pois reciclar é valorizar a vida – comentou o proprietário de uma loja de informática da cidade, Avelino Rodem.

Segundo o presidente da CDL, Leocergio Sarturi, é preciso melhorar o compromisso da população e da entidade com o meio ambiente. – O Brasil é considerado o maior produtor de lixo eletrônico. Essa situação é considerada grave, pois o lixo eletrônico possui componentes tóxicos que podem contaminar o solo e a água, causando diversos danos à saúde – destaca Sarturi.

Ainda segundo ele a coleta seletiva e a reciclagem devem fazer parte do dia a dia da comunidade. – A educação ambiental é o principal instrumento de transformação, sendo fundamental para a construção critica, gerando comprometimento e responsabilidade por parte de toda população -, comenta Sarturi.

Para o proprietário da Real Tec, Darlan Kuirsten, o objetivo é oferecer as empresas, órgãos governamentais, fabricantes, lojistas e principalmente a população um serviço totalmente confiável e transparente de coleta e destinação correta de resíduos eletrônicos, além de promover a conscientização sobre a importância da reciclagem.


Comente aqui
15 fev10:14

Comércio de Chapecó lança projeto pioneiro no país

Rapidez, conforto e praticidade são alguns dos benefícios do projeto pioneiro “catálogo eletrônico” lançado na segunda-feira, dia 13, pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) e pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC), em Chapecó. O projeto foi apresentado pelo proprietário da empresa Isthmus, Elton Chitolina, responsável pela implementação.

A proposta está voltada a fazer de Chapecó a primeira cidade do país a ter todo o comércio varejista integralmente on-line. Posteriormente, a iniciativa será implementada em todo o Estado.

De acordo com o presidente da CDL Chapecó, Gilberto João Badalotti, a iniciativa tornará as empresas mais competitivas nacionalmente, o que impulsionará o comércio eletrônico e contribuirá para visibilidade das marcas.

- Os benefícios da comunidade online são vários, como o baixo custo operacional, facilidade de uso das ferramentas e, principalmente, aproximação com os clientes – complementou.

O vice-presidente de eventos e planejamento da FCDL/SC Mauro Cesar Finco, ressaltou a importância das lojas se adequarem ao novo consumidor, mais crítico e exigente. – Atualmente, as pessoas não estão mais limitadas ao horário normal de atendimento dos estabelecimentos comerciais -explicou.

Em Chapecó alguns estabelecimentos iniciaram a implantação do projeto que prevê três etapas: criar catálogo online de todas as empresas de Chapecó associadas à CDL; converter em loja virtual e integrar o catálogo de cada empresa automaticamente no sistema unificado da entidade que servirá de canal de marketing de referência na internet.

- Os lojistas que aderiram estão satisfeitos e afirmam que a venda no comércio eletrônico depende da competitividade e do investimento em marketing. Também relatam que a maioria das vendas ou acessos aos catálogos online acontecem durante a noite e aos fins de semana, nos horário em que as loja estão fechadas – ressaltou Badalotti.

A CDL Chapecó estuda a viabilidade de implantação de um cartão multifidelidade que oportunizará acumular pontos/crédito que poderão ser utilizados para pagar as aquisições em lojas conveniadas, após compra pelo comércio eletrônico. A partir dessa proposta serão lançadas campanhas promocionais, a exemplo do Dia das Mães.


Comente aqui
11 fev08:38

Recicla CDL em Concórdia

Diminuir a emissão de lixo e incentivar a coleta seletiva e reciclagem é uma das bandeiras da Câmara de Dirigentes Lojistas de Concórdia – CDL. Por isso, a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina – FCDL desenvolve desde 2010, em parceria com as demais entidades do estado o Programa de Educação Ambiental Recicla CDL.

A campanha é uma iniciativa que visa conscientizar toda a sociedade sobre a importância da coleta seletiva e da reciclagem, da destinação correta dos resíduos e da diminuição do volume de lixo gerado, dentre outras imprescindíveis ações.

Neste sábado dia 11 de fevereiro a CDL de Concórdia, através do Programa Recicla CDL, estará promovendo mais uma grande ação no centro da cidade, para arrecadação de lixo eletrônico.

A equipe da CDL vai receber em uma barraca montada na Praça Dogello Goss, das 8h30min às 11h30min, objetos eletrônicos. – Nosso objetivo é dar o destino correto ao lixo eletrônico. Na maioria das vezes esses equipamentos ficam acumulados dentro das casas ocupando espaço e quando descartados acabam prejudicando a natureza – disse a coordenadora de eventos, Paula Hack.

Podem ser entregues para o projeto, monitores, unidades centrais de processamento de dados, mouses, teclados, impressoras, placas eletrônicas, processadores, nobreak, estabilizadores, telefones móveis, baterias de celular, pilhas e televisões.

Na última edição realizada em fevereiro de 2011, a campanha arrecadou em Concórdia cerca de duas toneladas de lixo eletrônico.


Comente aqui
11 fev08:01

Caixa eletrônico é explodido em Cunha Porã

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Esta é a quarta ocorrência registrada na região Oeste só em 2012. Em janeiro o alvo dos quadrilheiros foram caixas eletrônicos de Chapecó, São Domingos e Vargem Bonita.

Na madrugada desta sexta-feira, por volta das 1h20min, quatro homens explodiram um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil em Cunha Porã, no Extremo-Oeste de Santa Catarina. Eles utilizaram dinamite e conseguiram levar uma quantia de dinheiro, que não foi revelada pelo banco. Na fuga, os assaltantes utilizaram um Corolla, com registro de furto em Xanxerê.

Durante a fuga, eles seguiram para a cidade gaúcha de Iraí. A Polícia Militar de Cunha Porã avisou a Brigada Militar e com a ajuda da Polícia Rodoviária Federal fez uma barreira entre os municípios de Iraí e Frederico Westphalen. Os homens furaram esse bloqueio e trocaram tiros com a Polícia.

Mesmo com os pneus furados eles seguiram em fuga. O veículo foi abandonado em um matagal e os homens fugiram. Até o final da tarde desta sexta-feira ninguém havia sido preso. As buscas continuam.

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) de Florianópolis foi acionado. Segundo o Delegado Pedro Warpechowski, eles devem chegar na madrugada deste sábado na cidade para explodir as cinco dinamites que foram encontradas intactas.

A área permaneceu isolada durante todo o dia e casou transtorno para a população, já que era dia de pagamento. Na agência, que fica no centro da cidade, segundo informações extra-oficiais havia cerca de R$ 15 mil.


Comente aqui