Eliomar

16 out15:16

Eliomar pode voltar na segunda fase da Série C

Darci Debona|darci.debona@diario.com.br


O ala Eliomar pode voltar a jogar pela Chapecoense na segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro. De acordo com o técnico Gilmar Dal Pozzo, o ala voltou a treinar com o grupo nessa semana. -A expectativa é que ele esteja à disposição para os jogos decisivos- avaliou o técnico.

Sem o ala, que se lesionou o ligamento do joelho direito na partida contra o Macaé, a Chapecoense perde uma de suas principais jogadas, que é o apoio do jogador e goleador do time, com cinco gols.

Dal Pozzo disse que o time vem jogando bem mesmo sem Eliomar, mas gostaria de contar com ele. -Aumenta minhas opções- explicou.

A Chapecoense tem mais duas partidas, contra o Madureira, sábado, no Rio de Janeiro, e contra o Tupi, em casa, no final de semana seguinte. Basta uma vitória para garantir a vaga na segunda fase.

Comente aqui
02 out12:08

Eliomar está fora do returno da Série C

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Eliomar, o artilheiro da Chapecoense, com quatro gols, está fora do returno da Série C. O meia lesionou o ligamento do joelho direito na partida contra o Macaé no Rio de Janeiro e vai ficar três semanas sem jogar com a equipe.

– Ia chutar a bola para o gol quando recebi um carinho de um zagueiro do Macaé – disse o meia.

Mesmo com a dor ele ficou até o fim do jogo, pois já haviam sido realizadas as três alterações. A lesão foi no final da partida.

>> Acompanhe mais informações do Verdão no Blog da Chapecoense

De acordo com o fisioterapeuta da equipe, Guilherme Dias Carli, o atleta está bem e faz trabalho de fisioterapia duas vezes por dia.

Eliomar está confiante no tratamento e quer voltar para a partida com o Tupi/MG, em casa. A partida está marcada para o domingo, dia 28 de outubro.

Comente aqui
13 ago16:38

Orgulho de Sophia

Darci Debona| darci.debona@diario.com.br

Mesmo antes de iniciar a partida no domingo, dia 12, contra o Oeste a Chapecoense já tinha seu herói, que iria marcar o gol da vitória aos 32 minutos do segundo tempo.  No dia em que comemorava seu primeiro Dia dos Pais como homenageado, Eliomar foi o responsável pelos três pontos que garantiram à Chapecoense a terceira colocação no Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro.

Ao comemorar, Eliomar chorou de alegria. Eram lágrimas de quem sofreu muito nos últimos meses para poder ser chamado de pai. Sua esposa teve complicações na gravidez e o parto de Sophia, com 35 semanas de gestação, foi de risco.

Eliomar chegou a ficar oito dias sem treinar e dois jogos sem atuar. E a Chapecoense sentiu a falta do “curinga” do time, pois perdeu uma e empatou a outra. Mas nesses dois jogos Eliomar tinha outra missão: estar perto de sua esposa e sua filha, que ficou internada 27 dias e chegou a ficar na UTI.

Assim como Eliomar a torcida da Chapecoense também sofreu durante a partida contra o Oeste,antes de poder sorrir. Desde o início o time paulista “catimbou” a partida, atrasando reposição de bola. O goleiro Jaílson chegou a levar cartão amarelo. Aos 20 minutos de jogo, o atacante visitante Serginho deu um carrinho no goleiro Nivaldo, que revidou com um soco. Os dois foram expulsos.

Como o técnico Itamar Schulle teve que tirar um zagueiro para colocar outro goleiro, Juliano, Eliomar teve que ajudar mais na marcação.

Mas, no segundo tempo, como o jogo não saía do 0 a 0, ele começou suas investidas ao ataque. Aos 30 minutos, quase marcou, de cabeça, mas o goleiro espalmou. Dois minutos depois ele pegou a bola em velocidade pelo meio, tirou o zagueiro e chutou forte no canto direito do goleiro.

Todo o estádio vibrou com o pai de Sophia. Ontem ela completou um mês e meio de vida. Ela ainda não pôde assistir ao jogo  e  à comemoração, mas um dia vai saber que, no dia 12 de agosto de 2012, seu pai fez muitos outros pais felizes. E que ela foi uma das homenageadas pelo gol. –Estou muito feliz- disse Eliomar, ao final da partida. Ele já tem quatro gols na Série C. E domingo, contra o Madureira, no Índio Condá, pode dar sequência às homenagens.

Comente aqui
12 ago18:03

Chapecoense vence e sobe para terceiro na Série C

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Foi um Dia dos Pais sofrido para a torcida da Chapecoense mas o final acabou sendo feliz, graças a um gol de Eliomar, aos 32 minutos do segundo tempo. Com o resultado em casa, diante do Oeste, o Verdão do Oeste subiu para a terceira colocação no Grupo B da Série C, com 12 pontos.

O time paulista claramente demonstrou que veio para Santa Catarina tentar um empate. Tanto que o goleiro Jaílson e o zagueiro Eduardo levaram cartão amarelo por demorar nas cobranças de tiro de meta.

Aos 20 minutos, o goleiro Nivaldo e o atacante Serginho foram expulsos. O atacante paulista deu uma entrada no goleiro e Nivaldo revidou. A Chapecoense tentava mas não conseguia entrar na defesa adversária. Schulle deixou apenas Fabiano como zagueiro na busca da vitória. E ela veio em jogada individual de Eliomar, que arrancou em velocidade, tirou o zagueiro e chutou forte, rasteiro, no canto do goleiro Jaílson.

O próximo confronto é no domingo, contra o Madureira, no Ìndio Condá.

Comente aqui
12 ago14:42

Eliomar comemora recuperação de Sophia

Um dos pais mais felizes neste domingo certamente é o jogador Eliomar, da Chapecoense. Ao entrar em campo contra o Oeste, a partir das 15h30, no Índio Condá, ele vai dedicar toda a sua energia para fazer um gol e homenagear a filha,  Sophia Loren dos Santos Silva, que completa um mês e 17 dias.

Pela primeira vez ele está vivendo a emoção de ser pai. –É uma felicidade enorme, estou adorando- disse o jogador, em entrevista ao Diário Catarinense, em seu apartamento, enquanto segurava a filha.

A felicidade de Eliomar é mais intensa pelo drama familiar que viveu. Sua filha nasceu prematura, com 35 semanas e passou 27 dias internada o hospital. O parto foi às pressas. Andressa, mulher de Eliomar, teve uma complicação na gravidez que provoca pressão alta e convulsões, entre outros sintomas. O parto foi de risco. Sophia nasceu com 1,950 quilo.

-Eu não tinha ânimo pra nada, saía do treino e ia direto para o hospital- lembrou Eliomar, sobe os primeiros dias. Depois de 15 dias, quando tudo parecia bem, Sophia teve uma crise de apnéia, que é a suspensão da respiração durante o sono, e teve que ser levada para a UTI.

-Quando me ligaram eu entrei em desespero mas não podia transparecer isso para a mãe- explicou Eliomar. Ele ficou oito dias sem treinar e dois jogos fora.

O grupo da Chapecoense e familiares do jogador deram apoio ao atleta, inclusive com orações antes dos treinos. –A gente sofreu bastante- disse Eliomar.

No primeiro dia em que a filha saiu do hospital, o pai finalmente pôde pegá-la nos braços. Ele passou a noite sem dormir. E mesmo depois, ele continuou acordando a cada suspiro da filha. Ela consultou nesta semana e está bem de saúde. Já está com 2,950 quilos conta o pai, orgulhoso e aliviado. A melhora na saúde de Sophia refletiu em gols pela Chapecoense. Eliomar já fez três e o bom desempenho lhe rendeu até uma proposta do Altético Goianiense, que foi recusada.

Neste domingo, se Eliomar marcar um gol, vai pedir que seu pai seja compreensivo. –Antes os gols eram pra ele mas, como hoje eu sou pai, a homenagem é para Sophia.

Comente aqui
08 ago12:18

Chapecoense na Série C: duas vitórias, três empates e uma derrota

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Em seis jogos na Série C do Campeonato Brasileiro 2012 a Chapecoense está em quarto lugar no Grupo B, com nove pontos. O time comandado por Itamar Schulle teve , até o momento, duas vitórias, três empates e uma derrota.


Eliomar é o artilheiro da equipe com 3 gols.


 

A Chapecoense fez seis gols e também sofreu seis gols.

O artilheiro da equipe com três gols é o meia Eliomar. Jô, Leonardo e Thuram marcaram um gol cada um.


Jogos na Série C


1ª rodada

Santo André/SP 0 x 0 Chapecoense


2ª rodada

Chapecoense 3 x 2 Vila Nova/GO


3ª rodada

Caxias 2 x 0 Chapecoense


4ª rodada

Chapecoense 1 x 1 Macaé/RJ


5ª rodada

Duque de Caxias/RJ  0 x 1 Chapecoense


6ª rodada

Brasiliense/DF 1 x 1 Chapecoense

Comente aqui
19 jul09:58

Eliomar volta aos treinos

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense deverá ter o reforço do meia Eliomar, que também joga como atacante e ala, para o confronto de domingo, contra o Macaé, às 15h30, no Índio Condá. O jogador, que fez um gol na vitória contra o Vila Nova, por 3 a 2, na semana passada, desfalcou o time na derrota para o Caxias, no último domingo.

O motivo é que sua filha, Sofia, que nasceu prematura no dia 27 de junho, teve complicações respiratórias na semana passada. Ela chegou a ser encaminhada para UTI do Hospital Regional do Oeste, onde ficou de sexta-feira até domingo.

Eliomar disse que nem conseguia treinar direito, de preocupação com a filha. Com a melhora de saúde dela, ele voltou a treinar na terça-feira. E ficou ainda mais feliz ontem, quando a menina começou a mamar no peito da mãe, Andressa.

Sofia ainda continua no hospital, na incubadora, mas já está bem melhor.

–Tive uma semana difícil mas agora minha filha está bem e estou totalmente motivado para o jogo contra o Macaé- afirmou Eliomar.

Ele pretende fazer uma atuação tão boa quanto a do Vila Nova. Quando marcou o segundo gol contra os goianos, Eliomar comemorou colocando um dedo na boca, imitando uma chupeta. Além de Eliomar o técnico Itamar Schulle terá o retorno do volante Paulinho Dias e do atacante Lê, que estavam no departamento médico.

Outra novidade é o atacante Jô, emprestado do Cruzeiro-RS, que aguarda apenas a liberação do Boletim Informativo Diário da CBF para fazer sua estreia. A Chapecoense está em sexto lugar no Grupo B, com quatro pontos.



Comente aqui
13 jul08:03

Chapecoense sem Eliomar, Lê e Cristiano

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense viaja no início da tarde de hoje, para Caxias do Sul/RS, sem o meia-atacante Eliomar e o atacante Cristiano. Eliomar está acompanhando a filha Sofia, que nasceu prematura e continua hospitalizada. Cristiano viajou para Minas Gerais onde casa no sábado. Como o atacante Lê está com o nariz fraturado, Thuram e Neném devem ser os titulares.

O confronto contra o Caxias é no domingo, às 15 horas, no estádio Francisco Stédile.

Comente aqui
12 jul18:43

Eliomar não viaja com a Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O meia-atacante Eliomar, um dos destaques do time na vitória por 3 a 2 sobre o Vila Nova, vai desfalcar o time contra o Caxias, no domingo, dia 15 de julho. Ele não viaja com a delegação que parte nesta sexta-feira, para o Rio Grande do Sul.

O motivo é que a filha de Eliomar, Sofia, que nasceu prematura, está na UTI do Hospital Regional do Oeste. Ela nasceu com apenas 1,9 quilo, no dia 26 de junho.

Na quarta-feira, comissão técnica e jogadores fizeram uma oração pela menina antes do treino. Sofia é a primeira filha de Eliomar.


Comissão técnica e jogadores fizeram uma oração pela menina antes do treino.



Comente aqui
09 jul07:55

Vitória em homenagem à Sofia

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Dos três gols da vitória da Chapecoense contra o Vila Nova, no domingo, dia 8 de julho, na Arena Condá, dois foram em homenagem à Sofia, filha do jogador Eliomar. Ela nasceu prematuramente no dia 26 de junho.

Eliomar nem viajou para Araras/SP, para enfrentar o Santo André, na rodada passada, para ficar com sua esposa Andressa. Mas  no domingo ele queria de todo o jeito fazer um gol para homenagear mãe e filha, que continua hospitalizada, para ganhar peso.

Ele correu muito, buscou a bola, chegou a entrar a dribles na área no primeiro tempo, mas chutou para fora. Caído no chão, Eliomar bateu a cabeça várias vezes no chão martizirando-se pelo erro.

Quem acabou comemorando primeiro foi o zagueiro Toninho, do Vila Nova, que aos 25 minutos subiu livre na área da Chapecoense e cabeceou para a rede.

No segundo tempo a Chapecoense voltou com outra disposição e com Neném no lugar de Dudu. E em sete minutos virou o jogo. No primeiro gol, aos cinco minutos, Leonardo aproveitou o rebote do goleiro Júlio César e empatou. Na comemoração, ele, Souza, Fabiano, Athos, Thuram e Eliomar imitaram a comemoração que Bebeto fez na Copa de 94, como se estivessem balançando um bebê. Gesto que Eliomar pretende repetir em breve, com sua filha.

>> Acompanhe a ficha técnica do jogo

Dois minutos depois o “pai coruja” finalmente fez o dele e comemorou com o dedo na boca, como se fosse uma chupeta.

O Vila Nova ainda tentou estragar a comemoração, com um gol de Rafael Vaz, de pênalti, aos 34 minutos. Mas a Chapecoense contava com Thuram, que entrou no lugar de Lê, para garantir a felicidade da família Silva e de tantas outras que torcem pelo Verdão.

- Espero que a minha filha possa em breve estar em casa comemorando com a gente- declarou Eliomar, ao final da partida.

Com o resultado a Chapecoense foi a quatro pontos em dois jogos. O próximo confronto da Chapecoense é domingo, dia 15, contra o Caxias,  em Caxias do Sul.

Comente aqui