Escola

10 jan14:44

Obras de escola estadual é vistoriada em Dionísio Cerqueira

O secretário regional em exercício da SDR Dionísio Cerqueira, Sedi Zanella, realizou na manhã desta terça-feira o trabalho de vistoria nas obras em andamento na EEB Theoduretto Carlos de Faria Soutto, em Dionísio Cerqueira. A intenção é realizar este acompanhamento nos municípios de Princesa, Anchieta, Palma Sola, São José do Cedro, Dionísio Cerqueira e Guarujá do Sul, já que a Secretaria Regional ainda segue sem um titular na pasta de infraestrutura.

O Governo de Santa Catarina vai investir nestas obras, que contemplam reformas, pintura externa e interna, ampliações e melhorias elétricas e hidráulicas, aproximadamente R$ 900 mil.

- Serão realizadas melhorias estruturais nas escolas Antenor Nascentes, de Princesa; Osni Medeiros Régis, de Mariflor em São José do Cedro; Catharina Seger e Claudino Cestani, de Palma Sola; Professor Osni Paulino da Silva (POPS) e Padre Reinaldo Stein, em Anchieta; Maria da Glória Mattos, Dalilo Quintino Pereira, Jabor Maran e Theoduretto Carlos Faria Soutto, de Dionísio Cerqueira – destaca Zanella.

A expectativa é que os trabalhos sejam concluídos até o início do ano letivo de 2012.

Comente aqui
16 dez16:11

Espetáculo de dança lotou o Teatro Municipal de Chapecó

As bailarinas da Ballare Escola de Dança fizeram bonito no espetáculo “Simples assim”, apresentado dias 13 e 14 no Teatro Municipal do Centro de Cultura e Eventos. O público chapecoense lotou o teatro nos dois dias. Para começar, a bailarina Larissa Capitanio Dal Santo recebeu uma homenagem. Ela foi selecionada no teste do Bolshoi no Brasil e ano que vem deixará a Ballare para estudar na maior escola de dança do mundo.

Anderson Viecelli Della Betta, que assistiu os dois dias de apresentações, disse que houve uma evolução em relação ao espetáculo do ano passado. – Achei todas as apresentações muito boas, e o público se entusiasmou – comentou. Ele também analisa que o espetáculo de final de ano é um incentivo para que as bailarinas aprimorem cada vez mais sua técnica e continuem se apresentando no ano seguinte, inclusive em festivais.

Segundo Angela Marafon, que também assistiu os dois dias de apresentações, foi tudo incrivelmente lindo. – As coreografias ficaram lindas. Os detalhes ficaram muito especiais, tanto os de cena quanto os das coreografias. A iluminação ficou muito boa, a escolha das cores e das nuances foi muito bem feita – avalia Angela, que gostou muito da dança contemporânea e do ventre.


Bailarinas

- É simplesmente mágico, faz a vida valer a pena, sentir o coração bater forte e depois ouvir o som dos aplausos, mas sempre pensando em como poderia ser melhor para a cada dia aperfeiçoar tudo. Por mais que haja toda a preparação, os sentimentos fogem do corpo e explodem – comentou a bailarina Raquel de Oliveira. Ela também fala do companheirismo das colegas e amigas de dança e da busca de um objetivo único – fazer um bom espetáculo e deixar o público satisfeito, e quem sabe passar um pouco da emoção de como é bom dançar.

Para a bailarina Paula Batistello, o espetáculo mostrou o quanto a vida pode ser feliz e singela. Segundo ela, todas as nossas atitudes diárias feitas com amor e felicidade deixam tudo simples assim. – É como dançar a vida! E é sempre desta maneira que a escola mostra seu trabalho, deixando todos que têm vontade de dançar fazê-lo com amor. Simplesmente dançar! Simples assim – completou.

A professora de balé e proprietária da Ballare, Vanessa Batistello Broglio, ficou satisfeita com o resultado final do espetáculo apresentado pelas alunas.


1 comentário
01 dez11:45

Professor de escola municipal é preso suspeito de estupro contra alunas em Paraíso

Um professor da rede municipal de ensino de Paraíso foi preso suspeito de estuprar alunas da cidade. A Polícia Civil cumpriu na quarta-feira, 30, o mandado de prisão temporária contra o homem de 45 anos.

Segundo a investigação da polícia do município, o professor pedia beijos e passava a mão no corpo das meninas entre 10 e 11 anos. Ele ameaçava baixar as notas das crianças para elas aceitarem os abusos.

Os primeiros casos começaram em março de 2010. Porém, nos últimos meses os abusos ficaram mais frequentes. Por isso, as meninas decidiram, na quinta-feira da semana passada, relatar à direção da escola. Após essa denúncia, a direção entrou em contato com o Conselho Tutelar.

Na terça-feira, a Polícia Civil foi informada dos abusos e instaurou um inquérito para apurar o caso. Também pediu uma mandado de prisão temporária, cumprido na quarta-feira na escola onde o professor lecionava.

Em depoimento à polícia, as meninas informaram que, após a denúncia à direção da escola até a prisão do suspeito, passaram a ser ameaçadas pelo professor. Ele teria desconfiado da delação e disse que se vingaria se elas tivesse contato para alguém sobre os abusos.

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
30 nov09:50

Escola recebe exposição de arte

A Escola Básica Municipal Rui Barbosa, no Bairro Jardim Itália, recebe a exposição “Objetos de Consumo”. Uma sala de aula foi preparada e virou galeria para as obras de quatro artistas chapecoenses. A exposição reúne esculturas, fotografias e pinturas relacionadas ao meio ambiente. Os trabalhos questionam o volume de resíduos sólidos descartados diariamente que tem potencial para serem reutilizados, reaproveitados ou reciclados.

A intenção de abrir as portas do espaço escolar foi incentivar o contato dos estudantes com a arte e conscientizá-los sobre a importância de refletir as questões ambientais atuais e a preservação. – O contato das pessoas com a arte é de fundamental importância para o desenvolvimento do ser humano. Poder propiciar isso ainda na escola é uma maneira de oportunizar aos alunos o gosto pelas artes – destaca a Secretária de Educação Astrit Tozzo.

A exposição, aberta a comunidade, pode ser visitada até sexta-feira, dia 2, no horário de funcionamento da escola, que é das 7h45 as 11h45 e das 13h10 as 17h10.


Comente aqui
25 nov15:57

Governo assina contratos para construção de 14 novas escolas em SC

O governador Raimundo Colombo e o secretário de Estado da Educação (SED), Marco Tebaldi, assinam, na segunda-feira, 28, contratos para a construção de 14 novas escolas, somando um investimento de R$ 78,7 milhões. O ato acontece às 15h, no auditório da Secretaria de Estado da Administração – no Centro Administrativo. Devem estar presentes na solenidade secretários regionais, prefeitos e diretores da SED.

Segundo Marco Tebaldi, outras obras já estão em andamento para melhorar a educação catarinense. – Com a construção destas 14 novas escolas ampliaremos o número de vagas, dando novas oportunidade para mais jovens terem acesso à educação – disse Tebaldi.

As novas unidades serão: EEB João Colodel, em Turvo; EEB Timbé do Sul, em Timbé do Sul; Cedup, em Rio Fortuna; Escola de Ensino Médio, em Piratuba; Escola Indígena de Ensino Fundamental Sapety kpó, em Chapecó; EEB São Vicente, em Itapiranga; Cedup, em Timbó; Cedup, em São Bento do Sul; Escola de Ensino Médio, em Jaraguá do Sul; Construção do prédio novo da Escola Nova EEB. Julio da Costa Neves, em Florianópolis; Escola de Ensino Médio, em Rio dos Cedros; Prédio Novo EEB. Elza Mancelos de Moura, em Guarujá do Sul; Escola de Ensino Médio, em Bom Retiro e Escola de Ensino Médio , em Jaraguá do Sul.



Comente aqui
24 nov18:27

Pequenas Empreendedoras

Com estudo e uma imaginação infinita as pequenas Laura Schurmiak Puton, de oito anos, e Ana Luíza Ficcagna Primon, nove, alunas do Peixinho Feliz, publicam, através da editora da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), o livro As Aventuras de Lóren. O trabalho é resultado das aulas de Empreendedorismo. O lançamento oficial acontece nesta sexta-feira, 25, com apoio da Livraria Educativa, a partir das 20h, na chácara da escola.

Em Aventuras de Lóren a criatividade das crianças se apresenta em fatos concretos, que misturam realidade e imaginário num processo fantástico que envolve as vivências experimentadas nas relações familiares e sociais e os conceitos científicos e temas abordados em sala de aula.

O livro mostra como o imaginário infantil é rico, colorido, e em nada subestimável no tocante à apreensão de conceitos éticos, morais e de boa convivência social. Com linguagem simples, direta e inocência infantil, Ana Luíza e Laura contam histórias de crianças para crianças.

O livro conta com um comentário especial do jornalista e escritor Márcio Vassalo, autor de diversos livros infantis premiados nacionalmente e que atualmente presta serviço de consultoria para autores e várias editoras do país: – Fico muito contente quando vejo crianças que mergulham na fantasia com o coração aberto e sensibilidade apurada. Parabéns à Pré-escola pela iniciativa de incentivar a paixão pela leitura e o gosto pela escrita em seus alunos. Continuem a nada nessa direção – disse.


Noções de Empreendedorismo que começam cedo

O livro escrito pelas meninas foi produzido em dois semestres, durante as aulas de Empreendedorismo do 3º ano do Ensino Fundamental. Com noções anteriores repassadas desde a educação infantil, chegou o momento em que os alunos da turma criaram seus projetos de negócio. No primeiro semestre foram apresentados os conceitos, focando-se nas capacidades de cada um, para que pudessem escolher a área e desenvolver o trabalho. Muitos optaram pela escrita de um livro.

No segundo semestre começaram a escrever encorajados pelos professores da escola. Os textos foram corrigidos preservando o estilo de cada um e por destacar-se em qualidade literária, os pais decidiram ir adiante. Foi aí que o livro de Ana Luíza e Laura foi analisado e aceito para publicação na editora Unoesc. O trabalho é dedicado aos pais e professores pelo incentivo e apoio.


3 comentários
23 nov11:10

Noites de dança em Chapecó

Os eventos marcam o encerramento do ano letivo da Escola Espaço Dança de Chapecó envolvendo todos os alunos integrantes dos cursos de Ballet Clássico, Jazz, Danças Urbanas, Dança Contemporânea e Dança de Salão.

Na primeira apresentação, nesta quarta-feira, 23, os bailarinos apresentam o ballet “A Menina dos Olhos de Esmalte” que é uma releitura do ballet de repertório Coppélia. O espetáculo é dividido em dois atos. Este clássico conta a história do Dr. Coppélius, que mora em uma vila da Cracóvia, e aparece com uma nova moça, chamando a atenção de Franz, um belo jovem da vila.

Mal sabe ele que Coppélia, a moça que não lhe dá atenção, é apenas uma boneca, e Swanilda, sua noiva, já sabe que ele está galanteando a moça-boneca. Swanilda junto com suas amigas, entram na casa do misterioso velho, onde encontram muitos bonecos e invenções.

No 2º ato, Swanilda e suas amigas para a surpresa de todos, descobrem que Coppélia é apenas uma boneca, tão perfeita que parece humana. Quando Dr. Coppélius entra em sua casa as garotas fogem e Swanilda se esconde. Todos os bonecos começam a dançar fazendo uma enorme bagunça e desesperando o pobre Dr. Coppélius, que pensa ter perdido o controle sobre suas invenções. O velho descobre a presença do rapaz e resolve embriagá-lo com vinho para, através de mágica, passar sua alma à boneca, dando vida à sua mais perfeita criação. Swanilda percebe toda a trama, quando finalmente consegue despertar Franz, que dormia embriagado, Swanilda mostra a ele toda a verdade, e os dois felizes, dançam em comemoração. Dr. Coppélius percebe que foi enganado e fica desolado.

Na quinta-feira, 24, será apresentado o espetáculo “Dançando The Beatles” e terá a participação especial da banda Musixx de São Paulo. Este Espetáculo procura voltar ao tempo e resgatar a trajetória de sucesso dos meninos de Liverpool – The Beatles.

A produção do espetáculo está a cargo dos professores Adriana Lolatto, Carla Mombelli RAD , Sérgio Moacir de Borba – ARAD, Tavane Santa Catarina e Vanessa Pescador. Já a direção geral das duas noites de apresentações está a cargo da professora Carla Mombelli RAD.

De acordo com a diretora geral do espetáculo, a escola está proporcionando ao público da cidade uma ótima oportunidade para conhecer o trabalho desenvolvido na dança.

- Esperamos que todos gostem e se divirtam – destacou a diretora.

As apresentações acontecem no Teatro Municipal às 20h. Os ingressos custam R$ 10 (meio) e R$ 20 (inteiro). Maiores informações na escola Espaço Dança pelo telefone 3322-3611.


Comente aqui
18 nov18:49

Escola do Oeste vence prêmio nacional

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Escola de Educação Básica Elza Mancelos de Moura, de Guarujá do Sul, foi a vencedora da 11ª edição do Prêmio Escola Voluntária, promovido pela Fundação Itaú Social e Rádio Bandeirantes. O prêmio foi entregue na noite da quarta-feira,16, em São Paulo.

O projeto vencedor foi “Rio das Flores, Rio da Vida”, que tem como objetivo recuperação do manancial. Entre as ações estão a identificação de pontos de degradação da mata nativa e conscientização da população ribeirinha sobre o problema. A Escola recebeu R$ 15 mil como prêmio para investir no projeto.

Comente aqui
17 nov18:06

Seara preocupada com a educação

Mais qualidade de vida e melhoria no ensino dos alunos searaenses. Pensando assim, a Administração Municipal de Seara através da Secretaria da Educação, investiu R$146.294,21 em reforma da Escola Núcleo Deolindo Zílio. No local foram feitas a ampliação da biblioteca, reforma completa do centro esportivo, refeitório e cozinha, construção da central da merenda escolar e sala para orientadora, pintura externa e interna do prédio e colocação de cercado com portão eletrônico e interfone.

A Prefeita Laci Grigolo destaca que a educação das crianças e jovens searaenses sempre foi uma preocupação.

- Mais uma escola reformada que entregamos para a comunidade. Os alunos, professores e a comunidade podem usufruir desse espaço, com melhores condições de atendimento e bem-estar. Queremos manter o padrão de qualidade que já temos no campo pedagógico. Para o ano que vem, está prevista a reforma do Centro Educacional Infantil Dona Ilse – disse a prefeita.

A Secretária da Educação Rosana Tocheto Petry enfatiza que, com a reforma da Escola Núcleo Deolindo Zílio, já foram investidos mais de R$ 430 mil em melhorias das escolas municipais.

- Pensando na segurança dos alunos, cercamos a escola e colocamos também, portão eletrônico com interfone, para que os pais se sintam seguros em deixar os filhos na escola. Entendemos que, com ambiente adequado, o processo de aprendizagem dos alunos é muito maior e os professores também são beneficiados com estrutura física apropriada para um ensino de qualidade – comentou.


Comente aqui
14 nov10:40

Correios como sala de aula

Primeiro foi preciso decidir quem seria o remetente e quem seria o destinatário. Depois foi necessário muita concentração para redigir o texto. Por último veio a melhor parte, cada aluno da Educação Infantil, com idade de cinco anos, do Colégio Exponencial de Chapecó, vestiu assessórios especiais, uma bolsa e o boné azul, simbolizando os trajes usados pelos carteiros, para ir ao Correios do centro da cidade postar a correspondência destinada aos seus colegas de aula.

A visita dos alunos aos Correios foi coordenada pela professora da Educação Infantil, Elisangela Mombakue Rodrigues e teve o objetivo de explicar aos alunos como funciona o envio de cartas pelas agências. – Estudamos em sala de aula o que são meios de comunicação e como surgiram. Depois foi a hora dos alunos conhecerem umas das práticas mais antigas de comunicação, o envio de cartas – ressaltou Elisangela.

Após postarem suas cartas os alunos foram recebidos pelo gerente da Agência dos Correios Chapecó, André Bail, que circulou com os pequenos jovens estudantes pela agência. Bail explicou na linguagem dos pequenos como o Correio trabalha para que a correspondência chegue ao seu destino final. Os alunos também conheceram a importância do CEP para que a carta possa chegar ao lugar certo.

- Depois da visita e da aula no Correios, agora é só esperar para que as cartas cheguem na casa de cada um dos doze alunos que participaram da atividade – disse a professora.

Os Correios atendem 50 mil clientes e estão presentes em todos os 5.565 municípios brasileiros, oferecem serviços de mensagens, encomenda, expresso digital, marketing direto, financeiro, conveniência e serviços internacionais.


Comente aqui