Estado

04 set16:54

33 municípios seguem em situação de emergência em Santa Catarina

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Dos 152 municípios catarinenses que encaminharam decreto de situação de emergência devido à estiagem, 48 solicitaram prorrogação por mais 90 dias e 33 estão vigentes.

Segundo a Defesa Civil do Estado 826.815 mil pessoas foram afetadas com a estiagem, que durou cerca de setes meses em Santa Catarina. Conforme avaliação de danos da Defesa, os prejuízos na agricultura e pecuária passaram de R$ 728.292 milhões.




Rios em Belmonte, no Extremo-Oeste, estavam com nível baixo em janeiro deste ano. (12/01/2012)



Agosto seco no Oeste

Chapecó nunca registrou um mês de agosto tão seco quanto o de 2012. Além do calor acima do normal foram registrados apenas 2,3 milímetros de chuva, bem distante da média histórica para o mês, que é de 146 milímetros.

A estiagem já prejudica a agricultura no Oeste, que responde por 37% do valor bruto da agropecuária catarinense. A situação, que se estende desde novembro de 2011, é preocupante e pode comprometer a economia da região.

De acordo com o gerente da Epagri em Chapecó, Ivan Baldissera, a estiagem afeta a cultura de trigo, as pastagens de inverno, do milho e a produção leiteira.

- O milho começaria a ser plantado nos próximos dias, mas a orientação é que os produtores não façam, pois o solo está praticamente seco – disse Baldissera.


Chuva só depois do dia 15

A primeira semana de setembro vai se configurando mais seca do que o normal no estado. De acordo com o levantamento feito pela Epagri/Ciram,órgão que monitora as condições meteorológicas de Santa Catarina, os volumes de chuva devem ficar próximo da média climatológica até o final do mês.

Na região Oeste a chuva está prevista somente para depois do dia 15 de setembro.

- O mesmo bloqueio atmosférico que favoreceu o predomínio de uma massa de ar seco no estado no mês de agosto persiste sobre a região na primeira quinzena do mês – disse o observador metereológico da Epagri em Chapecó, Francisco Schervinski.



Municípios com decreto de estiagem vigente

Água Doce

Agrolândia

Alto Bela Vista

Armazém

Arroio Trinta

Balneário Gaivota

Brunópolis

Campos Novos

Capinzal

Catanduvas

Criciúma

Erval Velho

Herval D’Oeste

Ibicaré

Içara

Joaçaba

Lacerdópolis

Luzerna

Macieira

Maracajá

Meleiro

Palmitos

Rio das Antas

Salto Veloso

Santa Rosa do Sul

Santa Terezinha

São João do Sul

Sombrio

Timbé do Sul

Turvo

Vargem

Videira


Comente aqui
04 set14:43

Inscrições para Concurso Público de Ingresso ao Magistério em escolas estaduais encerram nesta quarta-feira

Os interessados em participar do Concurso Público de Ingresso ao Magistério da rede Estadual têm até às 15 horas da quarta-feira, dia 5, para efetuarem a inscrição. Os candidatos deverão se inscrever pelo site www.acafe.org.br somente para vagas disponíveis na Gerência Regional de Educação (Gered) de sua preferência. Para efetuar a inscrição é preciso imprimir o Requerimento de Inscrição e a Guia DARE-SC e pagar a taxa de R$ 50.

O concurso será realizado em duas fases de caráter eliminatório e/ou classificatório. A primeira com uma prova objetiva, que será realizada no dia 30 de setembro, e uma segunda de títulos, na qual o candidato tem o período de 30 de outubro a 5 de novembro para enviara a documentação.

O resultado final com a relação dos aprovados será divulgado no dia 29 de novembro, nas 36 Gereds, no endereço eletrônico da SED (www.sed.sc.gov.br) e no da Acafe. A escolha de vagas, oferecidas na primeira chamada, ocorrerá nos dia 3 e 4 de dezembro, conforme quadro do edital.

Segundo a diretora de Gestão de Pessoas, Lúcia Steinheuser Gorges, terminadas as fases do concurso, os professores aprovados serão chamados, ainda este ano, para iniciarem suas atividades no início do ano letivo de 2013.

- Desta forma, queremos garantir maior tranquilidade às escolas – destaca.

Disciplinas: Biologia, Química, Ciências, Física, Alemão, Artes, Educação Física, Ensino Religioso, Espanhol, Filosofia, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa, Língua Portuguesa e Literatura, Sociologia, Matemática, Italiano e Séries Iniciais.

Constam no edital os programas das disciplinas, quadro de vagas por regional, documentação exigida, cronograma além de mais detalhes sobre o concurso. O edital está disponível no Portal da Secretaria de Estado da Educação.


Cidades que realizarão a prova objetiva:

Araranguá, Biguaçu, Blumenau, Brusque, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Florianópolis, Itajaí, Joaçaba, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Mafra, Palhoça, Porto União, Rio do Sul, São José, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Tubarão, Videira e Xanxerê.


Número de vagas  na região Oeste:

Chapecó – 54

Concórdia – 30

Dionísio Cerqueira – 37

Itapiranga – 24

Maravilha – 22

Palmitos – 25

Quilombo – 19

Seara – 30

São Lourenço do Oeste – 20

São Miguel do Oeste – 21

Videira – 42

Xanxerê – 41


Comente aqui
24 ago11:23

HRO vai aumentar em 50% o atendimento

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O edital para a ampliação do Hospital Regional do Oeste (HRO) foi assinado pelo Governador do Estado Raimundo Colombo, na noite da quinta-feira, dia 23 de agosto em Chapecó. A obra que terá investimento previsto de R$ 31,7 milhões do Governo do Estado.

- A empresa responsável deve iniciar as obras em quatro meses e a previsão é que esteja concluída em dois anos – disse o governador.

A nova ala vai contar com nove andares. Com a ampliação o número de leitos vai passar de 319 para 475 tornando-se o maior hospital público do estado.

Serão ampliadas ainda o novo Centro Cirúrgico com 12 novas salas cirúrgicas, nova UTI com 20 leitos para adultos, 10 novos leitos UTI pediátrica e sete novos leitos de UTI Coronária.

Está previsto também um pavimento específico com 42 leitos para Oncologia adulto e Pediátrica, mais um pavimento específico com 53 leitos para Quimioterapia, além de um Heliponto.

- Com a ampliação vamos aumentar em torno de 50% a capacidade de atendimento e teremos condições de atender mais pessoas e oferecer mais serviços – disse o presidente da diretoria executiva da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, Severino Teixeira da Silva Filho.

Atualmente o HRO realiza em média 1,2 mil cirurgias e 1,6 mil internações por mês. Entre curativos, consultas e administração de medicamentos são 600 atendimentos por dia.


Comente aqui
21 ago10:35

Corpo em avançado estado de decomposição foi encontrado em Abelardo Luz

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O corpo de um homem em avançado estado de decomposição foi encontrado submerso e preso entre galhos no Rio Chapecó, em Abelardo Luz. De acordo com a Polícia Civil um menino havia ido pescar na tarde do sábado, dia 18, próximo a balsa no Assentamento Capão Grande e avistou o corpo. A polícia foi chamada e o corpo passará por perícias para apurar as causas da morte.

- O laudo da perícia realizada pelo Instituto Geral de Perícias de Florianópolis deve ficar pronto em 30 dias – disse Ivan Fumagalli, agente da Polícia Civil.

Segundo Fumagalli, havia um registro de desaparecimento de um homem de aproximadamente 32 anos há dois meses na cidade. Familiares foram chamados para identificar o corpo e reconheceram algumas vestimentas e calçados da vítima. Mesmo assim será realizado um exame de DNA para comprovação.

- Na tarde desta terça-feira será coletado DNA do homem que pode ser o pai da vítima – disse Fumagalli. O laudo deve sair em 30 dias.

No dia 16 de agosto um corpo, também avançado estado de decomposição, foi localizado na Linha Vila Zonta em Chapecó. A Polícia Civil investiga o caso que ainda não foi identificado.


Comente aqui
20 jul15:12

Assembleia Legislativa aprova criação da Defensoria Pública do Estado

Os deputados estaduais aprovaram por unanimidade a proposta de emenda constitucional (PEC) e o projeto de lei complementar (PLC) que criam a Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina. A PEC foi aprovada com 35 votos e o PLC com 38 votos.

Os parlamentares também rejeitaram os quatro destaques apresentados pela bancada do PT por 28 votos a oito. Entre os destaques, estava o questionamento do fato do governador indicar o primeiro defensor geral. O projeto aprovado estabelece que a escolha será feita entre os advogados catarinenses, sendo que o PT defendia que a escolha teria que ocorrer entre os defensores concursados.

Mas, a aprovação do projeto não coloca fim na polêmica. A Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadef) promete questionar a lei catarinense no Supremo Tribunal Federal (STF). Para a entidade, o fato do governador indicar o primeiro defensor geral fere a autonomia do órgão.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
30 mai18:29

Viaturas são entregues para municípios da região de São Miguel do Oeste

Em solenidade realizada nesta quarta-feira, 30, no 11º Batalhão de Polícia Militar de São Miguel do Oeste, foram entregues 16 novas viaturas e duas motocicletas para municípios da região. Dos veículos, 14 fazem parte do lote de 356 adquiridos pela Secretaria de Estado Segurança Pública e Defesa do Cidadão que totalizam o investimento de R$ 9 milhões do Governo do Estado de Santa Catarina.

Outros dois veículos e duas motocicletas foram comprados pelo município de São Miguel do Oeste, por meio de convênio realizado com recursos de multas de trânsito, totalizando o investimento de R$ 156 mil. A nova frota irá substituir veículos antigos que estavam sendo utilizados pela Polícia Militar.

- Já recebemos policiais no ano passado, e até final de julho teremos outros 20 novos soldados. Além disso, temos investimentos em gestão, viaturas e outras turmas em andamento. Tudo isso pensando na segurança da população – disse o secretário regional Volmir Giumbelli

O comandante da 9ª Região de Polícia Militar de São Miguel do Oeste, coronel Luiz Guerini, salientou que, proporcionalmente, a região foi a mais contemplada com a entrega dos veículos.

- O Governo do Estado está, de forma muito clara, atendendo nossas reivindicações em prol da Segurança Pública – disse Guerini.

Os municípios beneficiados com veículos adquiridos pelo Estado foram: da SDR São Miguel do Oeste: Bandeirante, Barra Bonita e Paraíso; da SDR Dionísio Cerqueira: Princesa, Guarujá do Sul e Dionísio Cerqueira; da SDR Maravilha: Tigrinhos, Flor do Sertão, Iraceminha, Serra Alta e Santa Terezinha do Progresso; da SDR Itapiranga: Santa Helena e Tunápolis e da SDR Palmitos: Riqueza.


Comente aqui
28 mai17:02

Aeroporto de Chapecó pode reabrir antes

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

As obras de restauração da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso, de Chapecó, devem estar concluídas até o dia 25 de junho. A informação foi confirmada em audiência entre o governador Raimundo Colombo, o prefeito de Chapecó José Caramori e com o presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Pacheco de Guaranys, em Brasília, nesta segunda-feira, 28.

A prazo inicial para a reabertura da obra que recebe cerca de R$ 12 milhões em investimentos, sendo R$ 9,6 milhões do Governo do Estado e o restante como contrapartida da Prefeitura, seria no dia 5 de julho.

De acordo com o relatório apresentado à Anac, as obras de pavimentação devem estar concluídas até o dia 10 de junho e até o dia 25 as obras de sinalização e balizamento noturno prontas. O governador Raimundo Colombo pediu agilidade na liberação do aeroporto, que tem movimentação de 23 mil pessoas por mês e agora está interditado.

- O aeroporto de Chapecó atende uma grande região que inclui o Oeste de Santa Catarina, Norte do Rio Grande do Sul e Sudoeste do Paraná, por isso estamos fazendo todos os esforços para agilizarmos as obras – afirmou o governador.

Na audiência, também foi ajustado o cronograma da obra e definido que a Anac vai acompanhar a conclusão para que possa liberar as operações no menor tempo possível.

- O aeroporto de Chapecó é prioridade aqui dentro da Anac, por isso nossa equipe técnica está à disposição de Santa Catarina para que possamos liberá-lo para operações assim que as obras forem concluídas – garantiu o presidente da Anac.

Novos Investimentos

O secretário de Infraestrutura, Valdir Cobalchini, também apresentou os novos investimentos previstos para o aeroporto Serafim Bertaso. Ele mostrou o projeto de ampliação da pista, nova área de estacionamento, novo terminal de passageiros e segurança de voo. Ao todo, serão investidos cerca de R$ 115 milhões nas novas obras, com previsão de início em 2013 e conclusão em 2017.

- Estamos preparando esse aeroporto para que ele possa acompanhar o grande desenvolvimento da região Oeste – projetou o secretário.

O secretário disse ainda que o recurso pode vir através da Secretaria de Aviação Civil (SAC) ou ser incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), ambos do Governo Federal. – Até o final de junho devemos assinar o convênio para a liberação do recurso – disse.


* com informações do Secretaria de Estado da Infraestrutura.


2 comentários
23 mai14:50

Santa Catarina ainda não atingiu meta de vacinação contra gripe A

A Campanha Nacional de Vacinação Contra Gripe A termina nesta sexta-feira, e Santa Catarina ainda não conseguiu atingir a meta de vacinar 80% do público alvo. Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, dia 23, o Secretário-Adjunto de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, e o Diretor da Vigilância Epidemiológica, Fábio Gaudenzi de Faria, informaram que um novo caso da doença foi registrado na cidade de Biguaçu. Até agora 15 casos foram confirmados e três pessoas morreram em decorrência da gripe, nas cidades de Blumenau, Itajaí e Rio do Campo.

A secretaria estadual de saúde está aplicando medidas contra a proliferação do vírus por meio de monitoramento e restrição do contato com pessoas contaminadas, hábitos de higiene por parte dos profissionais da saúde, e monitoramento de leitos de UTI.

De acordo com o infectologista Luiz Escada, é fundamental lavar as mãos para evitar que o vírus se espalhe, e tomar a vacina antes do inverno começar. A vacina é eficaz em quase 90% dos casos, mas como o organismo leva cerca de 40 dias para produzir anticorpos contra o vírus AH1N1, é preciso se vacinar o quanto antes.

Devem procurar os postos de saúde: idosos a partir dos 60 anos, trabalhadores de saúde, crianças entre seis meses e menores de dois anos, gestantes em qualquer fase da gravidez e povos indígenas.

Em Chapecó, todos os postos de saúde do município estão abertos das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h. Os postos da Efapi, Cristo Rei, Leste e Santo Antônio estão com atendendo a noite das 18h às 22h.


Dados em Chapecó | vacinados

Crianças: 2.552 | 61%

Trabalhadores da Saúde: 1.750 | 100%

Gestantes: 999 | 47%

Indígenas: 1.053 | 77%

Idosos: 9.991 | 65%

Total: 16.225| 65%


Fonte: Ministério da Saúde



VIDA E SAÚDE



Comente aqui
23 mai10:27

Agricultores pedem apoio para agroindústrias familiares

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Agricultores do Oeste de Santa Catarina realizaram ontem uma mobilização em Chapecó e Rio do Sul para cobrar do governo do estado políticas públicas de apoio às agroindústrias familiares. Os atos foram coordenados pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul (Fetraf-Sul).

Em Chapecó cerca de 60 pessoas se concentraram no início da manhã na Praça Coronel Bertaso e depois partiram em caminhada até a Cidasc, onde entregaram uma pauta de reivindicações. No início da tarde foram até a sede da Receita Estadual. Enquanto isso lideranças da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul, Fetraf-Sul, estiveram reunidos com representantes da Secretaria de Agricultura do Estado, em Florianópolis.

Os agricultores familiares reclamam que a Cidasc terceirizou a inspeção sanitária, que antes era gratuita e agora é feita por profissionais contratados de empresas ou cooperativas, que cobram pelo serviço.

Gelso Marchioro, consultor da Associação dos Pequenos Agricultores do Oeste Catarinense, disse que a cobrança varia de R$ 750 a R$ 2,5 mil por mês. –Isso deveria ser um serviço público e gratuito- explicou Marchioro.

Francisco Giordan, que é dono de uma agroindústria de embutidos em Coronel Freitas, disse que essa cobrança tira a competitividade do empreendimento. –É um custo que a gente não tinha e perdemos concorrência com isso- afirmou.

Vanda Biazussi, que tem uma empresa de massas e bolachas em Maravilha, reclama que o imposto é alto e que os contratos com o Estado demoram para ser renovados.

Os agricultores também reclamaram demora na liberação dos novos projetos. Sandra Bergamin, presidente da Cooperfamiliar, cooperativa ligada à Fetraf Sul, disse que a Cidasc está com quadro de veterinários defasados, o que prejudica a assistência aos produtores. A Fetraf-Sul também cobra uma redução na alíquota do ICMS nos produtos da agricultura familiar, que é de 17%.

O presidente da Cidasc, Enori Barbieri, reconhece que o quadro está defasado, mas que não há previsão de contratação de novos médicos veterinários. Em relação à cobrança das inspeções ele afirmou que a Cidasc não tinha como dar conta das 800 empresas que tinha que fiscalizar e por isso adotou o modelo de credenciar empresas, que é utilizado em países desenvolvidos.

Sobre a demora na aprovação dos projetos, disse que muitos não estão adequados às exigências. Por isso haverá uma reunião no dia 5 de junho, com responsáveis técnicos da Fetraf-Sul, para tratar da “reciclagem” desses profissionais.

Uma nova mobilização dos agricultores deve ser realizada hoje, cobrando mais medidas de compensação contra a estiagem.



Comente aqui
20 mai19:03

Equipe de Xadrez de Chapecó tem bom resultado em competições no estado

Neste final de semana dois integrantes da equipe de xadrez Unochapecó/Prefeitura de Chapecó tiveram bons resultados em competições pelo estado.

Na região norte de SC, em São Bento do Sul, Eduardo Viana (da equipe de Joguinhos de Chapecó em 2008), sagrou-se vice-campeão na Divisão Especial da 3ª etapa do Circuito Catarinense de Xadrez Rápido, agora com validade para o ranking da Federação Internacional de Xadrez (FIDE).

Neste mesmo evento Dieferson Massarotto, Capitão da equipe de Chapecó Campeã nos Joguinhos Abertos 2011, participou da Divisão Superior, com excelente desempenho, ficando sempre nas primeiras mesas. Participaram desta etapa 126 enxadristas de 10 municípios.

Já no sul do estado, na cidade de Içara, o atleta Marcelo Senger foi o campeão invicto da 1ª etapa do Circuito de Inverno da Liga Sul Catarinense de Xadrez. Senger foi titular da equipe de Chapecó Campeã nos Joguinhos de 1993, e tem também obtido excelentes resultados nos eventos promovidos pelo SESI/SC. Participaram mais de 100 enxadristas da região sul catarinense, divididos em 1ª e 2ª divisão.

- É muito bom ver que os atletas de Chapecó, mesmo morando fora da cidade para estudo ou trabalho, conseguem, mediante treinamentos via internet, manter a forma e até mesmo evoluir tecnicamente, continuando a obter excelentes resultados em eventos pelo estado e além. A equipe de xadrez atualmente usa muito EAD – disse o técnico Marco Barbosa.



Comente aqui