Estado

13 fev18:11

Concórdia decreta Situação de Emergência devido à estiagem

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Concórdia, no Meio-Oeste, decreta situação de emergência. O anúncio foi feito pelo prefeito João Girardi, na tarde desta segunda-feira. Girardi esteve reunido com membros da Defesa Civil, Secretaria Municipal de Agricultura, representantes da Epagri e Corpo de Bombeiros.

– Essa é uma medida de prevenção – disse o prefeito. O Corpo de Bombeiros e a Secretaria Municipal de Agricultura estão recebendo pedidos para entrega de água na cidade e interior .

Segundo o secretário Antonio Colussi, trata-se de uma situação que ainda não é tão visível. – Ocorreram chuvas, mas não o suficiente para manter os mananciais de água – disse. Ele informou ainda que as perdas na agricultura giram entorno de 25 a 30% na produção de grãos.

Além da perda na produção de grãos, a produção leiteira, de frutas e hortaliças também está prejudicada. – Os prejuízos podem aumentar ainda mais caso não chova nos próximos – disse o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, e representante da Defesa Civil, Glaucemir Grendene.

O decreto deve ser encaminhado ainda nesta semana, antes vão ser realizados os levantamentos e comprovações exigidas para o envio da documentação para a Defesa Civil.


Comente aqui
13 fev13:34

Aulas da rede estadual de ensino iniciam nesta terça-feira

Professores estão em estado de greve. Segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Chapecó serão realizadas assembléias regionais até o dia 14 de março.

Depois desta data acontece o encontro estadual onde será definida a situação dos professores. A categoria discute a cobrança do que foi acordado com o Governo durante a greve no ano passado. Na pauta estão o reajuste do piso nacional e a recomposição da tabela salarial.


Comente aqui
09 fev13:01

Professores em estado de greve em Chapecó

Nesta sexta e sábado representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Chapecó reúnem-se com os coordenadores das outras 30 regionais do Sinte para discutir a cobrança do que foi acordado com o Governo durante a greve no ano passado.

Na pauta estão o reajuste do piso nacional e a recomposição da tabela salarial. Os professores continuam em estado de greve e decidem no dia 16 de março, em assembleia estadual, o futuro da categoria.


Comente aqui
21 jan09:59

Caso Marcelino Chiarello

Natália Viana | natalia.viana@diario.com.br

O secretário de Segurança Pública, César Grubba, garantiu que pedirá agilidade na conclusão dos laudos técnicos do inquérito que investiga a morte do vereador de Chapecó Marcelino Chiarello.

Marcelino Chiarello.

O anúncio foi feito durante uma reunião, ontem à tarde, com lideranças do PT e o advogado criminalista Luiz Eduardo Greenhalgh, que por enquanto descarta a hipótese de solicitar a federalização do caso.

A audiência foi solicitada por Greenhalgh com o argumento de que a morte do vereador completou 50 dias sem qualquer informação concreta sobre o crime.

Segundo o advogado, ele decidiu procurar o secretário após conversar com os delegados responsáveis pelo caso, Ronaldo Moretto e Augusto Brandão, que afirmaram depender dos resultados das perícias técnicas para continuar trabalhando no inquérito.

Greenhalgh explica que são necessários três laudos: o do local da morte, o da quebra do sigilo telefônico e o laudo da autopsia.

— O legista diz que assinou o laudo em 22 de dezembro e estranhamente este ainda não foi incluído no inquérito. O telefone celular do vereador foi entregue à Polícia no dia da morte, mas até agora não veio nada sobre a quebra do sigilo telefônico para saber para quem Marcelino Chiarello ligou e de quem recebeu ligações. E o laudo do local da morte também não apareceu ainda — diz o advogado.

>>> PT acusa Estado de não priorizar caso Chiarello

De acordo com o presidente estadual do PT, José Fritsch, como o secretário afirmou que solicitará ao Instituto Geral de Perícia (IGP) que agilize os laudos e apresente as conclusões em uma semana, os dirigentes do partido aguardarão este prazo.

Ele assinala que a principal reivindicação do PT é que a Polícia Civil considere a gravidade do caso e priorize o inquérito.

— O que nos parece é que foi um crime elaborado e que a Polícia precisa ter o mesmo nível de elaboração para conseguir descobrir o que ocorreu — completa a vereadora de Chapecó, Angela Vitória.

Greenhalgh afirma que saiu satisfeito da reunião e que, por enquanto, descarta a hipótese de pedir a federalização das investigações. Para o criminalista, o secretário César Grubba, sabe que pode contar com o apoio da Polícia Federal se necessário.

O delegado-geral, Aldo Pinheiro D’Ávila, destacou que a Polícia Civil está trabalhando no inquérito e que acredita que a demora na conclusão dos laudos se deve à complexidade envolvida.

Ele confirmou que será pedido ao IGP a agilização dos laudos e rebateu as críticas sobre a demora nas investigações afirmando que a Polícia Civil “confia” na competência dos dois delegados que estão trabalhando no caso.

Comente aqui
20 jan13:40

Raimundo Colombo defende desenvolvimento do Oeste

Participando do lançamento da pedra fundamental da Corti/Avioeste, em Cunha Porã, o governador Raimundo Colombo afirmou que o Governo do Estado vai investir no Oeste catarinense para desenvolver economicamente e socialmente a região. – Quando você instala uma grande indústria num pequeno município, traz recursos, empregos e minimiza a migração da população para grandes cidades – afirma Colombo.

O governador deu como exemplo a própria liberação de R$ 436 mil, por meio da Secretaria Regional de Palmitos, para terraplanagem do terreno de 20,5 mil m² da empresa. O investimento possibilitou que a fábrica se instalasse na cidade, gerando cerca de 500 empregos diretos e indiretos aos municípios da região. A Corti/Avioeste será a maior e mais moderna indústria da América Latina no ramo de fabricação de equipamentos agrícolas.

- Esse é um investimento determinante para a empresa. Estamos no coração da produção do agronegócio brasileiro – disse o diretor de investimentos na América Latina da Corti/Avioeste, Luigi Zubiani. O diretor entende que a instalação da fábrica na região abrirá as portas da empresa para a América Latina.

Com os investimentos na região, como atração de empresas, o governador Raimundo Colombo quer colocar o Oeste em melhores patamares socioeconômicos. Ao lado de Cunha Porã, a cidade de Maravilha é a primeira a receber a Indústria de Laticínios Bela Vista, originalmente instalada em Goiás. O Governo do Estado investiu R$ 750 mil na terraplanagem e pavimentação asfáltica de acesso à empresa, inaugurada em setembro de 2011.

A fábrica, que é uma das maiores marcas do segmento lácteo brasileiro, investiu mais de R$ 35 milhões no município de Maravilha e gera 100 empregos diretos e milhares de indiretos. São produzidos 450 mil litros/dia de leite e a previsão é de que, até 2015, esse número chegue a 1,2 milhão de litros, o que deve desenvolver ainda mais a região.

O lançamento da pedra fundamental da Corti/Avioeste foi realizado na BR-158, km 103, em Cunha Porã, e contou também com a presença do diretor da SDR Palmitos, Ademar Henchem; secretário regional de Maravilha, Sandro Donati; prefeita de Cunha Porã, Luiza Vacarin, deputados estaduais Marcos Vieira, Maurício Eskudlark e Mauro de Nadal; além dos deputados federais Celso Maldaner e Jorginho Mello.


Programa Juro Zero

Mas não é apenas com atração de grandes empresas que o Governo do Estado pretende desenvolver a região. Lançado em novembro de 2011, o programa Juro Zero já liberou R$ 1,29 milhão em empréstimos para os Microempreendedores Individuais (MEI) locais sem a cobrança de juros. – O Juro Zero é uma ação para fomentar e desenvolver os pequenos negócios dos catarinenses, daqueles que não recebem muita importância, mas que são fundamentais para o crescimento de Santa Catarina – analisa o governador Raimundo Colombo.

Por meio das Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público – Oscips, os MEIs, com receita bruta anual de, no máximo, R$ 36 mil, poderão fazer empréstimo de até R$ 3 mil. Esse valor poderá ser utilizado pelo microempreendedor para melhorar o seu negócio e, futuramente, expandir sua empresa, de forma a gerar mais empregos e aumentar a renda familiar. Inclusive, a Oscip que obteve o melhor desempenho até dezembro de 2011 foi a Extracredi, de São Miguel do Oeste, com R$ 434,4 mil emprestados em 151 operações efetuadas.


Comente aqui
10 jan13:59

Cúpula da Segurança Pública do Estado aprova estrutura do Planeta Atlântida SC

Os responsáveis pelos órgãos de segurança do Estado circularam, na manhã desta terça-feira, pelo Sapiens Parque, em Canasvieiras, no Norte da Ilha, para conhecer as instalações do Planeta Atlântida 2012. Nesta sexta-feira e sábado, o local recebe a 15ª edição do evento. Tudo para garantir que os milhares de planetários possam aproveitar o festival sem imprevistos. As autoridades aprovaram a estrutura.

Bombeiros e Polícia Militar fizeram vistoria no Planeta Atlântida nesta manhã.

Comandantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e o secretário de Segurança Pública, César Augusto Grubba, visitaram o parque para conferir de perto as instalações e acertar os últimos detalhes com a organização do evento.


Serviço

O que: 15º Planeta Atlântida SC

Quando: sexta e sábado, 13 e 14 de janeiro

Onde: Sapiens Parque, na SC-401, no acesso a Canasvieiras, Florianópolis

Quanto: R$ 160 por dia na arena (R$ 80 a meia entrada) ou R$ 260 o passaporte para os dois dias (R$ 130 a meia entrada), R$ 300 por dia no camarote (sem meia entrada) ou R$ 460 o passaporte para os dois dias


HORA DE SANTA CATARINA

Comente aqui
09 jan14:25

Governo libera R$ 56 mil para municípios da Regional de Dionísio Cerqueira

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira recebeu, na tarde da sexta-feira, 06, recursos do Governo do Estado, para os municípios de Anchieta e Palma Sola. As duas cidades tiveram homologadas pela Defesa Civil as situações de emergência em função dos prejuízos que a forte estiagem que atinge a região trouxeram.

De acordo com o secretário em exercício da SDR Dionísio Cerqueira, Sedi Zanella, foram liberados R$ 56.688 para os dois municípios.

- Os valores serão destinados para o transporte de água às famílias e animais, bem como a terceirização de equipamentos para produção de silagem e outras atividades que possam amenizar de imediato a situação de seca – disse Zanella.

>> Dilma recebe ministros para discutir danos causados pela estiagem no Sul

Segundo a gerente de Administração e Finanças da SDR Dionísio Cerqueira, Marlene Theisen, os recursos são repassados conforme o número de propriedades rurais de cada cidade. Ela destaca que a gerência vai trabalhar para organizar a parte documental junto aos municípios.

- A expectativa é que os valores sejam liberados para aplicação ainda nesta semana – destaca Marlene. De acordo com a Defesa Civil, Palma Sola e Anchieta não recebem chuvas consideráveis há mais de 50 dias. Alguns agricultores enfrentam dificuldades para abastecimento de água potável para consumo humano.


Comente aqui
09 dez19:06

Estado assina convênio com HRO de Chapecó

Um convênio na ordem de R$ 1,3 milhão foi assinado nesta sexta-feira en-tre o Governo do Estado de Santa Catarina e o Hospital Regional do Oeste – HRO. Os recursos serão investidos para melhorar e ampliar atendimentos do hospital e ainda saldar algumas necessidades de final de ano, como 13º salário dos funcionários.

De acordo com Severino Teixeira da Silva Filho, presidente da Diretoria E-xecutiva da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF), entidade beneficente que administra o HRO, os recursos vindos do Governo do Estado bem em ótimo momento. Segundo ele, os recursos serão aplicados no paga-mento do décimo terceiro salário dos funcionários, nos compromissos com os médicos contratos para as escalas de aviso e sobre aviso e também para sal-dar dívida com a empresa que fez o serviço de construção dos 06 leitos de UTI do hospital.

Severino destaca também que o ano de 2011 foi excelente para o HRO e as expectativas para 2012 são as melhores possíveis. Segundo Severino, o Go-verno do Estado de Santa Catarina tem como prioridade os investimentos na área da saúde, e algumas reinvidicações de Chapecó e região estão em estudo junto ao governo.

Severino destaca a necessidade de novos equipamentos para o HRO. – Um novo acelerador linear para melhorar e ampliar o serviço que já é oferecido na radioterapia do HRO. Hoje, nessa área, Chapecó é referência para mais de 200 cidades e quase 2 milhões de habitantes. E também um tomógrafo com mais recursos do que o existente hoje no HRO e que poderá ampliar as especialidades médicas atendidas, na alta complexidade – finalizou.


Comente aqui
08 dez16:05

Hospitais do Extremo-Oeste recebem recursos do Governo do Estado

O secretário de Estado da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira repassa nesta quinta-feira, recursos na ordem de R$ 2,9 milhões para os hospitais de Maravilha e Caibi na região extremo-oeste.

Durante a inauguração, prevista para as 16h, o secretário da Saúde e o secretário regional de Maravilha, Sandro Donati, assinam convênio para o funcionamento imediato da unidade, que possui mais de 10 leitos. O hospital também receberá R$ 379 mil para aquisição de equipamentos e materiais e R$ 221 mil para reforma e readequação da lavandeira. – A cidade de Maravilha e região passa a contar com uma infraestrutura mais ampla para atender melhor à população – destaca Oliveira.

Na solenidade também será inaugurada a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Ernani Appelt, do Hospital São José. O investimento é de R$ 780 mil.

Ainda na SDR Maravilha, o secretário da Saúde repassará convênios para o Hospital Beneficente de São José, de Caibi, no valor de R$ 250 mil, para conclusão da reforma da instituição. Para aquisição de equipamentos e materiais, o Hospital São Bernardo, de Quilombo, receberá R$ 178 mil. Já o hospital de São José do Cedro contará com R$ 790 mil destinados à reforma e ampliação. E a Fundação Hospitalar e Assistencial de Cunha Porã será contemplada com R$ 350 mil, que serão utilizados para aquisição de equipamentos e adequação do espaço físico do hospital.


Comente aqui