Estaduais

26 nov17:06

Duas mortes nas rodovias estaduais do Oeste

Em São Lourenço do Oeste, Juliano Grutka, 22 anos, morreu após o veículo que ele estava capotar. O acidente foi por volta das 20h25 do domingo, dia 25, no Km 11 da SCT 480 em São Lourenço do Oeste. Outros quatro ocupantes do veículo tiveram apenas ferimentos leves.

O “Alemão”, como era chamado pelos amigos e colegas de trabalho, era solteiro e trabalhava há 10 meses em uma funerária da cidade. O enterro acontece no final da tarde desta segunda no cemitério da Linha Sete de Setembro, interior da cidade de Irati.

>> Dois jovens morrem após veículo sair da pista e cair em barranco na BR-282 em Xanxerê

Também na noite do domingo, dia 25, por volta das 21h15, Evandro Matias de Oliveira, 24 anos, morreu após o veículo que ele estava colidir frontalmente com um caminhão. O acidente foi no Km 23 da SC 467, em Abelardo Luz.

Evandro fazia curso supletivo e trabalhava no setor de cortes de uma agroindústria de Abelardo Luz. O enterro será no cemitério da Linha Formigas, interior da cidade de Ouro Verde. O motorista do caminhão não se feriu.


1 comentário
24 ago09:45

Curso “Aprendendo Libras” é realizado em São Miguel do Oeste

Muito mais que uma comunicação com as mãos, a linguagem em libras vem se tornando um caminho de inserção de pessoas surdas na sociedade. Desta forma, a Gerência Regional de Educação (Gered) de São Miguel do Oeste iniciou nesta semana dois cursos de formação continuada “Aprendendo Libras”, destinado a alunos, professores e profissionais das escolas EEB São Miguel e EEB Alberico Azevedo, ambas de São Miguel do Oeste.

O curso tem como objetivo propiciar aos profissionais da educação, alunos e comunidade escolar uma formação especifica voltada ao ensino de libras, com metodologia adequada a real aprendizagem dos educandos surdos, conforme a proposta de Educação de Santa Catarina.

Os encontros iniciaram na EEB Alberico Azevedo e as próximas aulas acontecem nos dias 28 de agosto; 4, 11 e 18 de setembro. Na EEB São Miguel, a turma tem encontros previstos para os dias 29 de agosto; 05, 12 e 19 de setembro.

A integradora de Educação Especial e Diversidade da Gered, Inês Soprano, explica que o projeto vem sendo desenvolvido há alguns anos, sendo realizados os cursos em unidades escolares onde existem alunos surdos e interessados.

- É muito bom vermos a comunidade escolar participando de atividades de inserção da língua de sinais nos educandários – disse.



Comente aqui
18 ago09:39

Equipe de Tênis de Mesa de Chapecó encara maratona de competições

Depois de quase um mês de recesso nas competições, a equipe de tênis de mesa da Prefeitura de Chapecó/Unoesc/Nord Eletric/Aurora se prepara para encarar quase 45 dias de seguidas competições regionais, estaduais e nacionais. O primeiro desafio é neste fim de semana, em Balneário Camboriú, onde acontece a 5ª etapa do Circuito Catarinense. A competição reunirá 264 mesa-tenistas de 20 clubes do estado em provas individuais, válidas pelo ranking e rating (nível técnico) estadual.

A delegação chapecoense será formada por cinco atletas e com objetivos distintos. Enquanto que Natan Terribele, mirim masculino, e Giuliana Valentini, infantil feminino, ainda brigam por vagas entre os primeiros colocados no ranking e consequentemente vagas na seleção catarinense, os outros chapecoenses disputam a competição para adquirir ritmo de jogo.

É o caso de Eduarda Piaia, que segue para o litoral do estado para competir, mas principalmente para se preparar para os Joguinhos Abertos de Santa Catarina, que acontece no fim do mês, em Curitibanos. Já Durvan do Santos e Cleberson Silva, categorias adulto e sênior respectivamente, intensificam a preparação para os Jogos Abertos.


Outras competições

Além do evento estadual, a equipe da Prefeitura de Chapecó/Unoesc/Nord Eletric/Aurora terá pela frente nos próximos dias outras quatro competições. No dia 25 de agosto, aniversário do município, Chapecó vai sediar a 3ª etapa do Circuito Oeste. De 30 de agosto a 8 de setembro as equipes masculina e feminina encaram os Joguinhos Abertos. De 12 a 16 de setembro, Giuliana Valentini e Aline Dias disputam os Jogos Escolares Brasileiro, em Minas Gerais, e no fim de setembro as mesa-tenistas de Chapecó ainda terão pela frente a Olesc, Criciúma.


Comente aqui
20 jan16:00

Escolas Estaduais atendem em horário especial da SDR Dionísio Cerqueira

As 18 escolas estaduais da área de abrangência da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira, que compreende os municípios de Anchieta, Princesa, Guarujá do Sul, Dionísio Cerqueira, Palma Sola e São José do Cedro realizam horário especial de atendimento neste mês de janeiro. A informação é da gerente de Educação, Nilza Suffredini.

De acordo com ela, os educandários realizam trabalhos internos de planejamento neste mês. Nilza explica que na sede da Regional, as equipes de Ensino e de Desenvolvimento Humano (DH) reiniciaram os trabalhos nesta semana com a organização do cronograma de aulas e atividades com os professores.

- Os trabalhos normais nas escolas e na Gerência de Educação serão realizados a partir de primeiro de fevereiro, com o retorno do período de férias da maioria dos servidores – pontua.

Nilza Suffredini explica que o calendário escolar na Regional de Dionísio Cerqueira já está definido. O retorno dos professores às atividades acontece no dia 08 de fevereiro.

As aulas reiniciam no dia 14 de fevereiro, uma terça-feira.



Comente aqui
04 jan11:31

Acessibilidade nas escolas estaduais de São Miguel do Oeste

As 17 unidades escolares que foram beneficiadas com o projeto de adequação nos itens acessibilidade e preventivo contra incêndio estão com cerca de 30% das obras estão concluídas. Na terça-feira, dia 03, o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, visitou algumas escolas para ver o andamento das obras. O gerente de Infraestrutura, engenheiro civil Fernando Roberto Vidor, acompanhou a visita.

Segundo o secretário regional, ao todo, o Governo do Estado investiu cerca de R$ 1,8 milhão. – O período de férias escolares é adequado para as obras. Desta forma, as aulas não são prejudicadas e vamos iniciar o ano letivo de 2012 com a maioria das escolas tendo acessibilidade e preventivo contra incêndio – desta Trevisan.

A previsão da SDR é de iniciar o ano letivo com mais de 50% das obras concluídas.

As unidades de ensino que receberam os projetos são: de São Miguel do Oeste: a EEB Alberico Azevedo, a EEB Jaldyr Bhering da Silva, a EEB Santa Rita, o Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja), a EEB São João Batista, a EEB São Sebastião e o Centro de Educação Profissional Getúlio Vargas; de Paraíso: a EEB Adolfo Silveira; de Bandeirante: a EEB Hélio Wassum; de Barra Bonita: a EEB Professora Cecília Lotin; de Guaraciaba: a EEB Julio Vicente de Pelegrin, a EEB Ouro Verde, a EEB Nereu de Oliveira Ramos e a EEB Sara Castelhano Kleinkauf; de Descanso: a EEB Everardo Backheuser e a EEB Itajubá e de Belmonte: a EEB Francisco Brasinha Dias.

Trevisan esclarece ainda que as EEB São Miguel e Guilherme Missen de São Miguel do Oeste, não foram contempladas com os itens de acessibilidade e preventivo, pois estão com os projetos de reforma geral encaminhados.



Comente aqui
25 dez14:18

Pesquisa avalia estilo de vida de adolescentes das escolas estaduais de São Miguel do Oeste

O secretário de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, recebeu, em dezembro, os resultados do projeto realizado pelo curso de Educação Física da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), campus de São Miguel do Oeste. O foco da pesquisa foi o estilo de vida, características antropométricas e composição corporal de adolescentes na região de São Miguel do Oeste.

De acordo com a coordenadora do projeto e coordenadora do curso de Educação Física da Unoesc, Andréa Jaqueline Prates Ribeiro, a pesquisa foi constituída por uma amostra de 982 adolescentes de 14 a 17 anos, sendo avaliado o estilo de vida dentro das categorias: atividade física, nutrição, relacionamentos interpessoais, estresse e comportamentos, além do Índice de Massa Corporal (IMC), porcentagem de gordura, circunferência de cintura e quadril.


Resultados

A coordenadora Andréa especifica que no componente Nutrição, a prevalência foi de indivíduos classificados com índice regular. Já para os componentes Atividade Física, Comportamento Preventivo, Relacionamentos e Controle de Stress, a prevalência dos adolescentes foi para o índice positivo. – Isso demonstra que o resultado quanto à classificação geral do estilo de vida foi positivo. Mas o que precisar ser alertado é o trabalho que deve ser realizado nas escolas quanto ao componente Nutrição que apresentou resultados regulares – esclarece.

Nos componentes Índice de Massa Corporal (IMC), porcentagem de gordura, circunferência de cintura e quadril, os resultados ficaram entre normal e adequado. A coordenadora destaca que os índices foram positivos, mas que todos os alunos foram orientados com palestras educativas que abordaram orientações como a prática de atividade física, nutrição, aspectos psicológicos e monitoração da pressão arterial, glicose e colesterol.

Os resultados foram entregues pela coordenadora do projeto à Gerência Regional de Educação. – Apresentamos dados específicos de cada escola, sendo possível a realização de um trabalho adequado as necessidades em cada unidade escolar – declara Andréa. As secretarias de Educação e Saúde também estão de posse dos resultados, para que as mesmas tenham subsídios para elaborar ou até mesmo restaurar suas metas de trabalho em relação à saúde pública.

O secretário regional Wilson Trevisan menciona que o projeto desenvolvido e os resultados apontados irão orientar os trabalhos nas escolas voltados aos componentes da pesquisa. – Com os índices, ficará mais fácil planejar o que será desenvolvido nos educandários -  afirma.


Recursos

De acordo com a coordenadora do projeto, Andréa Jaqueline Prates Ribeiro, a pesquisa foi desenvolvida em parceria com a SDR São Miguel do Oeste, Fundação Universidade do Oeste de Santa Catarina (Funoesc) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). – Após aprovação da pesquisa na chamada pública para Desenvolvimento Regional de Santa Catarina em 2009, tivemos a liberação de recursos que foram utilizados no projeto – explica.

Para a realização da pesquisa, foram investidos R$ 99,2 mil, sendo financiados pelo Governo do Estado, por meio da Fapesc e também pela Unoesc – campus de São Miguel do Oeste. A equipe de trabalho contou com professores de educação física, nutricionista, psicóloga e acadêmicos dos cursos de educação física e enfermagem.

Comente aqui