Estadual

18 jan10:11

Confirmada construção de nova escola na Regional de Dionísio Cerqueira

O secretário regional em exercício da SDR Dionísio Cerqueira, Sedi Zanella, teve a confirmação oficial da construção da nova sede da Escola de Educação Básica Theoduretto Carlos Faria Soutto, em Dionísio Cerqueira.

Zanella explica que a obra será exatamente igual a construída em Guarujá do Sul na nova sede da EEB Elza Mancelos de Moura. – O novo Colégio Theoduretto vai seguir o modelo adotado pelo Governo do Estado e que está em construção em Guarujá do Sul, na sede da Escola Elza Mancelos – disse.

Secretário da Educação, Marco Tebaldi (E), secretário regional em exercício da SDR Dionísio Cerqueira, Sedi Zanella, Gerente de Operações da SED, Eutides Tavares e o Diretor de Infraestrutura da SED, Waldir Sovernigo.

Estão previstas pelo Governo construções de 32 unidades para Santa Catarina. Nesta primeira etapa foram 16 liberadas e a Regional de Dionísio Cerqueira foi contemplada com duas novas escolas.

A nova sede da Escola Theoduretto Carlos Faria Soutto terá aproximadamente 6 mil m² de área construída, com auditório, laboratório, refeitório, salas de aula amplas e ginásio de esportes. Zanella pontua que a obra será edificada ao lado do ginásio de esportes de Dionísio Cerqueira, junto ao complexo esportivo. Estão previstos investimentos do Governo de Santa Catarina de cerca de R$ 6 milhões nesta nova escola.


Comente aqui
10 jan14:44

Obras de escola estadual é vistoriada em Dionísio Cerqueira

O secretário regional em exercício da SDR Dionísio Cerqueira, Sedi Zanella, realizou na manhã desta terça-feira o trabalho de vistoria nas obras em andamento na EEB Theoduretto Carlos de Faria Soutto, em Dionísio Cerqueira. A intenção é realizar este acompanhamento nos municípios de Princesa, Anchieta, Palma Sola, São José do Cedro, Dionísio Cerqueira e Guarujá do Sul, já que a Secretaria Regional ainda segue sem um titular na pasta de infraestrutura.

O Governo de Santa Catarina vai investir nestas obras, que contemplam reformas, pintura externa e interna, ampliações e melhorias elétricas e hidráulicas, aproximadamente R$ 900 mil.

- Serão realizadas melhorias estruturais nas escolas Antenor Nascentes, de Princesa; Osni Medeiros Régis, de Mariflor em São José do Cedro; Catharina Seger e Claudino Cestani, de Palma Sola; Professor Osni Paulino da Silva (POPS) e Padre Reinaldo Stein, em Anchieta; Maria da Glória Mattos, Dalilo Quintino Pereira, Jabor Maran e Theoduretto Carlos Faria Soutto, de Dionísio Cerqueira – destaca Zanella.

A expectativa é que os trabalhos sejam concluídos até o início do ano letivo de 2012.

Comente aqui
10 jan08:55

Governo de Santa Catarina não irá dar uniformes para os alunos da rede estadual de educação

Julia Antunes | julia.antunes@diario.com.br

Pelo segundo ano consecutivo, os cerca de 400 mil alunos de ensino fundamental da rede estadual vão começar o ano letivo sem uniforme novo. Dessa vez, o governo alega que para aumentar o salário dos professores foi preciso cortar verba de outros investimentos da Secretaria de Educação (SED).

O secretário da Educação, Marco Tebaldi, explica que por causa da nova folha de pagamento, que terá aumento de R$ 600 milhões, foi preciso cortar verbas de alguns setores, como a dos uniformes, que custavam cerca de R$ 70 milhões.

De acordo com ele, as gerências regionais também tiveram corte no orçamento, por causa do reajuste salarial dos docentes. Em 2011, não houve uniformes porque a licitação para compra das roupas foi suspensa.

Em 2010 — último ano em que as roupas foram entregues — cada aluno de ensino fundamental recebeu um agasalho, uma camiseta de manga longa, dois pares de meias, um par de tênis, uma bermuda, duas camisetas de manga curta e um par de chinelos. Os uniformes já não eram entregues aos cerca de 210 mil estudantes de ensino médio.

A ideia é que eles voltem em 2013. Para isso, a secretaria vai rever a distribuição do material porque muitos alunos não usavam o uniforme.

Já os kits, com cadernos, mochila, lápis de cor, borrachas, cola, régua, transferidor e outros materiais, que não foram entregues em 2011, voltaram a ser distribuídos a todos os alunos da rede estadual.

Para a coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), Alvete Bedin, o gasto com os uniformes sempre foi visto como exagerado pelos professores. De acordo com ela, muitos alunos não usavam a roupa porque achavam a malha ruim e muito quente.

Importantes para segurança dos alunos, os uniformes também ajudavam famílias sem condições financeiras. A costureira Leila da Costa Ramos, que mora em Blumenau, está preocupada como fará para comprar roupas para as duas filhas. A comerciante Janice Silva, que mora em Biguaçu, diz que já esperava por isso, porque no ano passado os dois filhos, de sete e nove anos, também ficaram sem uniforme. Além disso, ela lembra que, quando entregues, eles chegavam só na metade do ano, depois que ela já tinha comprado agasalho e camisetas por conta própria.

— Pesa muito no orçamento.

O educador Antônio Pazeto acredita que todo o dinheiro em educação deve ter uma prioridade: a aprendizagem. Para isso, é preciso professores motivados, bem preparados e boas condições de infraestrutura:

— Partindo disso, o uniforme não se enquadra porque é um acessório.

Pazeto considera a roupa importante, principalmente para atender famílias sem condições financeiras.

O presidente do Conselho Estadual de Educação, Maurício Pereira, afirma que o ideal seria ter o uniforme e o aumento do salário.

— Como isso não é possível, o importante é valorizar os professores e cumprir o piso nacional do magistério — ressalta.


Comente aqui
30 nov10:08

Chapecoense na Final do Estadual Absoluto de Xadrez

O enxadrista chapecoense Derlei Florianovitz conquistou a classificação para final do Estadual Absoluto de Xadrez após obter a vaga na etapa semi-final disputa no domingo, 27, em Fraiburgo.

O atleta obteve cinco vitórias em seis rodadas, ficando na 4ª colocação entre os 85 participantes de 10 clubes catarinenses. Ele perdeu apenas para o vice-campeão do evento, o lageano Alfeu Bueno. O campeão foi o paulista radicado em Florianópolis César Umetsubo, e em 3º o blumenauense Rony Gieseler, que neste ano representa Concórdia.

O torneio foi no ginásio do Colégio Cefrai, numa promoção da Federação Catarinense de Xadrez(FCX) com realização da Associação Clube de Xadrez Fraiburgo – ACXF e patrocínio e apoio da Fundação Municipal de Esportes e Lazer de Fraiburgo.



Rafael Fleck e Derlei Florianovitz.



Também obteve prêmio para Chapecó, Rafael Fleck, vice-campeão da categoria até 18 anos, enquanto Kleber Zimermann reestreiou com um satisfatório escore de 4 pontos.

A data da final do catarinense será marcada pela Federação Catarinense de Xadrez,. A competição vai reunir alguns dos melhores enxadristas federados por SC, em ambos os naipes, classificados por diversos critérios técnicos.

A modalidade de xadrez em Chapecó é mantida pelas parcerias com Unochapecó, Prefeitura Municipal e apoio da Lancheria Baitacão, Embracol Construtora, G3 Vestibulares, Construtora Azambuja e Sul Eventos.


Derlei Florianovitz

Desde o ano 2000 Derlei tem participado de eventos representando Chapecó. Ele foi titular das equipes de Chapecó nas conquistas dos troféus de campeões nos Joguinhos 2003 e na Olesc 2004. Conquistou medalha individual nos Jasc 2009 em Chapecó, e no mesmo ano classificou-se ao Mundial da CSIT, e ficou com a medalha de bronze na modalidade relâmpago do evento.


Comente aqui
24 nov11:29

Equipe Sub 11 viaja para Jaraguá do Sul

A equipe do Marista Chapecó viaja nesta sexta-feira, 25, para Jaraguá do Sul, onde vai disputar os jogos do turno do quadrangular final do Campeonato Estadual de futsal da categoria Sub 11. Na sexta-feira a equipe chapecoense joga contra Florianópolis. No sábado, 26, pela manhã o desafio é com Jaraguá do Sul e a tarde com Tubarão.

O técnico Rodrigo Somensi pode contar com todos os seus atletas e acredita na força do grupo para fazer a diferença na reta final. – Esperamos que todos os jogos sejam equilibrados, sendo decididos nos pequenos detalhes. Temos um grupo homogêneo e muito bom. Todos os atletas tem condições de jogar, o que é um fator positivo, pois o desgaste físico será intenso – disse.

Os jogos vão ser realizados na Arena Jaraguá. – As dimensões da quadra de jogo são enormes. Os atletas vão ter que correr e se dedicar ao máximo – completa Somensi.

Nesta fase as equipes jogam entre si em turno e returno. O turno será em Jaraguá do Sul nos dias 25 e 26/11 e o returno em Florianópolis nos dias 09 e 10/12. Quem somar o maior número de pontos é o Campeão do Estado.



Comente aqui
03 out16:02

Chapecó busca o pódio no estadual em Tubarão

A equipe feminina de handebol de Chapecó se prepara para mais uma competição estadual em Tubarão. De quinta-feira, dia seis até domingo, nove, oito municípios participam com equipes na categoria cadete, até 16 anos, do evento promovido pela Federação Catarinense de Handebol –FCHb

As chapecoenses enfrentam na primeira fase Jaraguá do Sul, Lages e Seara. Para o auxiliar técnico Rogério José Schwaab, este campeonato será importante para dar ritmo maior à equipe. – Enfrentaremos equipes qualificadas que vão dar base para a OLESC, que acontece no final deste mês em Chapecó. As melhores atletas do estado vão participar – disse.

No ano passado as chapecoenses terminaram na terceira colocação e ficaram com a medalha de bronze. Para esta competição e para a OLESC Chapecó fez uma parceria com a cidade de Saudades. O município vizinho vai ceder atletas. Esta parceria visa reforçar o handebol feminino da região, dando maior representatividade no estado.

Delegação viaja nesta quarta feira e já estreia na quinta pela manhã, diante da forte equipe de Jaraguá do Sul.


Comente aqui