Exposição

21 out14:24

Aberta exposição em Chapecó

Teimar, tentar, inovar. Foi com esses três verbos que o artista plástico Xiko Bracht abriu em Chapecó a exposição que marca seus 30 anos de trajetória na arte. Até 4 de novembro estará aberta à visitação pública a mostra “Xiko Bracht, 30 anos de vida artística – Série Os Guerreiros”. A promoção ocorre no Centro Executivo Empresarial (Cesec), numa iniciativa conjunta entre o artista e a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom).

Ao estrear o novo Espaço Cultural Cesec, o artista agradeceu a acolhida das três entidades empresariais.

- Com persistência, dedicação e dignidade procuro através da arte melhorar o mundo. Esta exposição é um marco na relação com as entidades empresariais e quebra a retórica de que a iniciativa privada não investe em cultura – disse Xiko.

Em nome da Acic, CDL e Sicom, o presidente da Associação Comercial e Industrial, João Stakonski, enalteceu o trabalho artístico de Francisco José Bracht. Destacou sua sensibilidade na criação de peças artísticas e a necessidade de maior valorização da cultura em Chapecó.


A exposição, os materiais e as técnicas

A retrospectiva de Xiko Bracht é formada por 28 painéis e por 28 esculturas inéditas. Nos painéis são mostrados os trabalhos mais importantes do artista nas três últimas décadas. Através de fotos, essa trajetória é representada pela criação de obras artísticas desenvolvidas com entalhes em madeira, esculturas, troféus e monumentos. Já as esculturas inéditas, que podem ser adquiridas, foram executadas em cortes de metal e formam a série “Os Guerreiros”. Mostram figuras de guerreiros e retratam, especialmente, Dom Quixote, personagem imortalizada em obra do escritor espanhol Miguel de Cervantes. Nessas figuras, segundo Xiko, estão significados como esperança, derrotas, ilusões, perseverança e vitórias. “Essa série apresenta uma visão das minhas lutas nos últimos 30 anos e também retratam, por isso, a dificuldade de se manter ativo e criativo na área artística”, afirma ele.

Nos painéis são apresentadas as várias técnicas que o artista utiliza, em diferentes materiais. Nisso se incluem o entalhe em madeira, esculturas em bronze, peças em resinas de poliéster e murais esgrafiados, ou seja, construídos em concreto colorido, em baixo relevo, e que integram o movimento artístico denominado como “Muralismo”. Nos painéis, estão retratadas obras que estão em locais de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e na Argentina.

O público poderá visitar a mostra das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Além disso, podem ser feitas visitas monitoradas, mediante agendamento no Sicom ou pelo telefone (49) 3319-4600.


Comente aqui
19 out17:28

Exposição Objetos de Consumo

Foi aberta na noite da terça-feira, dia 18, a exposição “Objetos de Consumo”, do grupo SOS Terra, na Galeria Municipal de Arte Dalme Rauen. Fazem parte do grupo os artistas Enólia Maria Pereira, Eliane Fistarol, Ivandra Matiassi, Ingrid Antunes, Juceli Nardi, Mirian Tiecher Borges, Maria Salete Machado da Silva e Michele Marques.

De acordo com a Diretora Presidente da Fundação Cultural de Chapecó, Roselaine Vinhas, o coletivo SOS Terra – Arte em Ação, realiza a instalação “Objetos de Consumo” associando fotografias e assemblagens. O objetivo é tornar visível e questionável ao espectador uma das problemáticas mais preocupantes em relação ao meio ambiente: o volume de resíduos sólidos descartados diariamente, que tem em potencial a possibilidade de serem reutilizados, reaproveitados e reciclados.

- O trabalho da SOS Terra conclama a sociedade a refletir sobre o culto ao consumismo de objetos supérfluos, vazios de sentido e valor, para uma sociedade preocupada com o meio ambiente e o futuro da humanidade – disse Roselaine.

A exposição fica na Galeria até o dia 17 de novembro e pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 13h às 19h. ‘Objetos de Consumo’ é mais uma das mostras previstas no calendário anual da Galeria Dalme Rauen, de acordo com edital específico.


Comente aqui
19 out16:34

Xiko Bracht abre exposição em Chapecó

Chapecó terá, a partir desta quinta-feira, 20 de outubro, a primeira exposição de um artista chapecoense em comemoração a 30 anos de atividade artística. Às 20h, no Centro Executivo Empresarial (Cesec), será iniciada a mostra “Xiko Bracht, 30 anos de vida artística – Série Os Guerreiros”. A exposição permanece até o dia 4 de novembro.

A partir desta exposição as três entidades empresariais que formam o condomínio Cesec – Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom) – passam a destinar os corredores do local para eventos artísticos.

Integram a retrospectiva 28 painéis. Neles, são mostrados os trabalhos mais importantes do artista nas três últimas décadas. Através de fotos, essa trajetória consta da criação de obras artísticas desenvolvidas com entalhes em madeira, esculturas, troféus e monumentos. Também inclui 28 esculturas inéditas, que podem ser adquiridas pelos aficcionados pela arte. Essas esculturas, que formam a série “Os Guerreiros”, foram executadas em cortes de metal. Mostram figuras de guerreiros e retratam, especialmente, Dom Quixote. Nessas figuras, segundo Xiko, estão significados como esperança, derrotas, ilusões, perseverança e vitórias.

- Essa série apresenta uma visão das minhas lutas nos últimos 30 anos e também retratam, por isso, a dificuldade de se manter ativo e criativo na área artística – disse.


Comente aqui
10 out17:52

Exposição de aves na Efapi

Os admiradores de aves podem conferir a mostra da Sociedade Oeste Catarinense de Ornitologia (SOCO) que acontece durante na Efapi 2011, no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves. São 161 aves de mais de 20 espécies, entre canários, calopsitas, agapornis, manom e periquitos. Algumas exóticas e silvestres como Ring neck, Katarina, Forpus e Calafate.

Em sua oitava participação, a mostra tem como principal objetivo esclarecer os visitantes sobre a importância de não capturar pássaros nativos. Desde 1989, a sociedade se preocupa em criar pássaros para preservação da fauna. Todas as aves têm acompanhamento veterinário que inclui análise genética e cuidados com a saúde.

O diretor técnico de agapornis e psitacídeos, Isaldir de Almeida, ressalta que o contrabando de aves silvestres é crime e pode levar de seis meses a três anos de prisão, além de multas que variam de 500 a 5 mil reais. – Ao adquirir um pássaro, orientamos o comprador sobre os cuidados para o seu desenvolvimento saudável – disse.

A sede da SOCO tem capacidade para expor 3 mil pássaros e, atualmente, possui 35 sócios, totalizando cerca de mil e quinhentas aves de criadores associados. É credenciada junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e a Federação Ornitológica do Brasil (FOB). Os criadores são associados à Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (CIDASC).

Venda dos pássaros

Para quem quiser adquirir uma ave, os preços variam de 25 a 400 reais por animal. Ao comprar, o cliente tem a garantia de ter um pássaro saudável e com anéis invioláveis com o número identificador da ave. Os anéis contêm um número sequencial da FOB, o registro do criador e da sociedade comercializadora e a espécie da ave.


Comente aqui
07 out11:25

Fragmentos de vida não vivida

Integrantes do Grupo Isto Não é Uma Fotografia de Chapecó abriram na noite desta quinta-feira, dia seis de outubro, na Galeria Agostinho Duarte, na Unochapecó, a Exposição Fragmentos de vida não vivida. A exposição pode ser visitada até o dia 17 de outubro. A entrada é gratuita.

Aráceli Nichelle, Cristina Luviza Battiston, Janaína Piccoli, Juliano Zanotelli, Luciano Guralski, Mari Baldissera e Sonia Loren integram o grupo criado em 2008. Os artistas já participaram de diversas exposições em Chapecó e em outros estados.


Luciano Guralski, Cristina Luviza Battiston, Mari Baldissera, Juliano Zanotelli, Aráceli Nichelle e Sonia Loren.


São sete trabalhos que apresentam a fotografia nas suas mais diversas técnicas, formatos e concepções.


1 comentário
15 set14:10

Londres: caos, transição e ordem

A exposição de Rafael Stecca foi aberta na noite desta quarta em Chapecó.


Rafael Stecca.

As fotografias que apresentam o olhar do artista sobre a capital inglesa, seu modo de vida e as pessoas que compõe a paisagem da cidade estão expostas no atelier da Marlowa/Cristina, rua Quintino Bocaiúva 304-D, no centro da cidade.

A visitação pode ser realizada em horário comercial até o dia 28 de setembro.



Comente aqui
13 set11:54

1ª Efacisb

A 1ª Efacisb- Exposição Feira Agropecuária, Comercial e Industrial de São Bernardino está marcada para os dias 28, 29 e 30 de outubro.

A primeira edição da feira será marcada por atrações culturais, shows e uma bela infra-estrutura de parque. As obras do local estão sendo acompanhadas pelo responsável de obras do município, Adelar Banaszeski.

Conforme a expectativa da organização, cerca de 20 mil pessoas devem passar pelo parque nos três dias de feira. Para os shows um palco será montado em frente a Secretaria de Educação do município.


Programação da feira:


28 de Outubro

17h – Abertura do parque de exposições

19h – Solenidade de abertura de Iª EFACISB

20h – Show com Os canarinhos de Cristo

22h – Show com Banda Alma Latina


29 de Outubro

9h – Abertura do parque

9h30min – Palestra sobre bovinocultura de leite

12h – Almoço participantes

14h – Tarde criança

19h – Banda Km

22h – Chopp Fest com Os Montanari (1º chopp na lona – inédito na região)


30 de Outubro

9h – Abertura do parque

10h – Valores da nossa terra

14h – Os 4 latinos

16h – Show com Deivid e Eduardo

18h – Banda Mercosul

21h – Show com Gilberto e Gilmar


Maiores informações  podem ser obtidas na Prefeitura Municipal de São Bernardino com a Comissão Central Organizadora.


Comente aqui
02 ago15:19

Prorrogadas inscrições para o 9º Salão Estadual de Artes Plásticas

Os artistas interessados em participar da seleção podem fazer a inscrição gratuita até o dia 12 de agosto na Fundação Cultural Chapecó, localizada no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes. A exposição é promovida pela Prefeitura de Chapecó, através da Fundação Cultural.

Podem se inscrever artistas de todo o Estado nas modalidades escultura, objeto, pintura, desenho, cerâmica, gravura, fotografia, vídeo-arte, performance e instalação, desde que estes já tenham participado de seleções oficiais para ocupação de espaços de exposição ou tenham sido selecionados em salões de arte ou afins. Além disso, os artistas deverão ter participado de, no mínimo, uma exposição individual e/ou coletiva.

A exposição será realizada de 04 a 30 de novembro, no Centro de Cultura e Eventos, com visitação em horário comercial. “O objetivo do Salão é apresentar e divulgar o trabalho de artistas visuais catarinenses que já possuam um percurso artístico definido e que tenham passagem pelo crivo de curadores e críticos. Esta é mais uma oportunidade de difusão da arte oferecida pela Administração Municipal, através da Fundação Cultural Chapecó”, destaca a Diretora Presidente da Fundação Cultural, Roselaine Vinhas.

Ao todo, 30 obras irão compor a exposição. Três delas receberão prêmio aquisição, pela Prefeitura de Chapecó, nos valores de R$ 6.000,00 para o primeiro colocado e R$ 3.000,00 para o segundo e o terceiro. Após a mostra, as obras passarão a fazer parte do acervo artístico do município. Informações adicionais sobre o Salão e sobre as inscrições podem ser obtidas no edital que está no site www.chapeco.sc.gov.br, no link da Fundação Cultural, ou pelo telefone (49) 3319-1010.

Comente aqui