FACE

26 set08:46

Face 2012 abre nesta quarta-feira em Chapecó

Abre nesta quarta-feira e prossegue até sexta-feira, dia 28, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, em Chapecó, um dos eventos sócio-culturais e científicos mais inovadores de Santa Catarina: a Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação – Face 2012. O público-alvo é formado por estudantes, professores, gestores de educação, pesquisadores e empresários. A feira reunirá 45 expositores e atrairá 12 mil visitantes.

A feira estimula jovens, estudantes e acadêmicos a criar e desenvolver projetos, a pensar e a decidir sua carreira, encaminha-os ao mercado de trabalho, permitindo o acesso a oportunidades e inclusão social. O público-alvo é formado pelos alunos finalistas do ensino fundamental, do ensino médio e do ensino superior.

A programação da Face contempla 45 palestras além de oficinas, aulões preparatórios, apresentações artístico-culturais, competições e bate papos. Essas atividades são gratuitas mediante inscrição no site da feira ou durante o evento. As palestras terão a duração média de 40 minutos e serão distribuídas em horários e locais de acordo com os temas e públicos.

Para atender a nova demanda e otimizar o evento, tornando-o mais atrativo para visitantes e expositores, a Face funcionará das 8h às 12h e das 14h às 22h, durante os três dias.

As atividades são gratuitas mediante inscrição no site da feira www.minhaface.com.


Comente aqui
24 set15:55

Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação inicia nesta quarta-feira em Chapecó

Nesta quarta, quinta e sexta-feira, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nês, em Chapecó, será realizado um dos eventos sócio-culturais e científicos mais inovadores de Santa Catarina: a Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação – Face 2012.

O público-alvo é formado por estudantes, professores, gestores de educação, pesquisadores e empresários. A feira funcionará das 8 às 12 horas e das 14 às 22 horas. A entrada é franca o credenciamento deve ser feito através do site www.minhaface.com

Um dos maiores educadores brasileiros, o professor Mário Sérgio Cortella, ministrará duas palestras no Seminário de Formação Educacional, uma para educadores (às 8h30 da manhã) e outra para empresários (às 7h30 da noite) no Centro de Cultura e Eventos Plínio De Nes, em Chapecó no dia 26 de setembro.

Além de Mário Sérgio Cortella, haverá outras dez palestras sobre temas da atualidade: “Vencendo a Inércia na Escola: O Planejamento na melhoria dos processos e resultados”, com o professor Ademir Basso, “Convivência na Escola: O papel do educador, com a professora Mayra de Castro Araújo, “Novas Tendências na Educação: Temas transversais como componentes curriculares obrigatórios (Diversidade e Direitos Humanos)”, com o educador Reinaldo Bulgarelli, “O Professor Inesquecível: A emoção em sala de aula”, com o professor e consultor, Geraldo Almeida, “Para ser um professor de sucesso”, com o professor Dirceu Ruaro.

E, ainda, “Comunicação Não violenta: A via para o entendimento, boa convivência e fomento à aprendizagem”, com o consultor alemão Sven Fröhlich Archangelo, “Desafios da Ação Docente na Educação Infantil”, com a professora Ana Trinconi, “A tecnologia pode transformar a educação?”, com a pesquisadora Betina Von Staa, e “Dislexia: O que os pais e educadores devem saber”, com o ex-presidente da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia e Doutor em Educação, Jaime Luiz Zorzi.


Comente aqui
21 set08:02

FACE vai oferecer 45 palestras gratuitas em Chapecó

Facilidades logísticas, operacionais e temáticas tornarão agradável e descomplicada a participação de estudantes de todos os níveis, professores, empresários, gestores de educação, pesquisadores, e profissionais liberais na Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação – FACE 2012. Programada para os dias 26 a 28 de setembro, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, em Chapecó, a feira terá 45 expositores e atrairá 12 mil visitantes.

A feira estimula jovens, estudantes e acadêmicos a criar e desenvolver projetos, a pensar e decidir sua carreira, além de encaminhá-los ao mercado de trabalho, permitindo o acesso a oportunidade e inclusão social. Grande parcela do público-alvo é formado por alunos em fase de conclusão do ensino fundamental, médio e superior.

A programação da FACE contempla 45 palestras além de oficinas, prova simulada do ENEM, aulões preparatórios, apresentação Programa Qual É, apresentações artístico-culturais, competições de robôs e bate-papos. Essas atividades são gratuitas mediante inscrição no site da feira www.minhaface.com ou durante o evento.

Essas atividades serão desenvolvidas no salão nobre Nelson Galina, na Arena 180 graus com capacidade para 220 pessoas e, também, na sala Giro das Profissões para 50 pessoas.

As palestras terão duração média de 45 minutos e serão distribuídas em horários e locais de acordo com os temas e públicos.

O coordenador geral Leonardo Rinaldi realça que as palestras estimulam a visitação nos estandes, aumentam a visibilidade das empresas e marcas perante o público e relacionam a marca com experiências positivas do participante.

Para atender a nova demanda e otimizar o evento, tornando-o mais atrativo para visitantes e expositores, o horário de funcionamento da feira foi ampliado e passará a ser das 8h30 às 12 horas e das 14 às 22 horas, durante os três dias.

Essa mudança, explica Rinaldi, busca aproveitar o turno de aula dos alunos e aproveitar a parceria com a Secretaria Regional de Educação. A SDR liberará os alunos das 8ª e 9ª séries e ensino médio para visitarem a feira em seus respectivos turnos de aula.

Por outro lado, a coordenação da FACE viabilizou transporte para os estudantes do ensino médio da rede estadual nos turnos matutino, vespertino e noturno.

Nesta terceira edição da Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação será distribuído gratuitamente o “Guia FACE”, publicação destinada aos jovens e estudantes com informações de todos os expositores, calendário dos principais vestibulares, dicas de estudo, sugestões de livros e outros conteúdos segmentados para este público.


Comente aqui
17 ago15:55

Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação

Com o slogan “Para inovar, Para ensinar”, a 3ª edição do Seminário FACE de Formação Educacional vai trazer, nos dias 26 e 27 de setembro, ao Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, em Chapecó, uma ótima oportunidade de aperfeiçoamento e troca de experiências aos profissionais de educação e interessados na área. Serão dois dias em que os participantes poderão desfrutar de palestras com profissionais de renome nacional, compartilhando os mais diversos conhecimentos a partir de assuntos atuais e inovadores.

O seminário integra a Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação – FACE 2012 – que ocorre de 26 a 28 de setembro, com o apoio do Sebrae/SC, Sicom, Sinepe/SC, Ampesc e Chapecó & Região Convention Bureau. A feira reunirá estudantes, professores, gestores de educação e pesquisadores, terá 45 expositores e atrairá 12 mil visitantes.

Ao todo serão 11 palestras sobre os temas “Gestão do Conhecimento: Um desafio necessário”, e “Qual é a tua Obra: Inquietações Propositivas sobre Gestão, Liderança e Ética”, com o Doutor em Educação e autor de diversas obras, Mario Sergio Cortella, “Vencendo a Inércia na Escola: O Planejamento na melhoria dos processos e resultados”, com o professor Ademir Basso, “Convivência na Escola: O papel do educador, com a professora Mayra de Castro Araújo, “Novas Tendências na Educação: Temas transversais como componentes curriculares obrigatórios (Diversidade e Direitos Humanos)”, com o educador Reinaldo Bulgarelli, “O Professor Inesquecível: A emoção em sala de aula”, com o professor e consultor, Geraldo Almeida, “Para ser um professor de sucesso”, com o professor Dirceu Ruaro.

E, ainda, “Comunicação Não violenta: A via para o entendimento, boa convivência e fomento à aprendizagem”, com o consultor alemão Sven Fröhlich Archangelo, “Desafios da Ação Docente na Educação Infantil”, com a professora Ana Trinconi, “A tecnologia pode transformar a educação?”, com a pesquisadora Betina Von Staa, e “Dislexia: O que os pais e educadores devem saber”, com o ex-presidente da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia e Doutor em Educação, Jaime Luiz Zorzi.

Além das palestras, o evento trará a “escola do futuro” com inovações para as salas de aula, e a sala tecnológica, onde estarão expostos produtos e tecnologias para o setor da educação.


Inscrições

As inscrições estão abertas até o dia 3 de setembro no site minhaface.com e podem ser feitas de forma individual ou coletiva (grupos acima de 20 pessoas). Os interessados podem efetuar a inscrição em palestras únicas ou adquirir os pacotes com um ou dois dias de evento.

As palestras ocorrem nos períodos de manhã, tarde e noite. Mais informações no telefone 49 3361-9200 ou no e-mail seminario@minhaface.com.


Comente aqui
17 jul16:32

Feira de Conhecimento, cultura e educação acontece em setembro em Chapecó

As profissões e os mercados de trabalho serão objeto de informação, difusão e debate na Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação – FACE 2012 – programada para os dias 26 a 28 de setembro, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, em Chapecó. A feira reunirá estudantes, professores, gestores de educação e pesquisadores, terá 45 expositores e atrairá 12.000 visitantes.

- A FACE é um evento plural, multicultural que reúne o que há de melhor nas áreas do conhecimento, cultura e educação em um mesmo espaço, contribuindo para gerar mudanças na vida das pessoas e da sociedade. É um lugar para trocar experiências, onde os conhecimentos são multiplicados -resume o coordenador geral Leonardo Rinaldi.

A feira estimula jovens, estudantes e acadêmicos a criar e desenvolver projetos, a pensar e a decidir sua carreira, encaminha-os ao mercado de trabalho, permitindo o acesso a oportunidades e inclusão social. O público-alvo é formado pelos alunos finalistas do ensino fundamental, médio e superior.

A programação da FACE contempla 44 palestras além de oficinas, aulões preparatórios, apresentações artístico-culturais, competições e bate papos. Essas atividades são gratuitas mediante inscrição no site da feira www.minhaface.com ou durante o evento. As palestras terão a duração média de 40 minutos e serão distribuídas em horários e locais de acordo com os temas e públicos.

Para satisfazer aos interesses e anseios de cada um deles, a feira terá uma inovação este ano: foram criados cinco núcleos com ações, atrações, palestras e informações sobre o que mais interessa a esse público. Os núcleos focalizarão profissões e mercado de trabalho, ciência, tecnologia e inovação, intercâmbios (feira de intercâmbio e estudo no exterior), empreendedorismo e escola para inovar, para ensinar.

O núcleo de profissões e mercado de trabalho oferecerá um ambiente vivencial e interativo para que os estudantes tenham a oportunidade de trocar informações que os auxiliarão a compreender, decidir, planejar e aprimorar a carreira. Esse espaço unirá segmentos empresariais e acadêmicos sob o conceito de que a educação e os jovens são a chave para o futuro.


Comente aqui
10 jul07:51

Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação será realizada em setembro em Chapecó

Programada para os dias 26 a 28 de setembro, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, em Chapecó, a Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação – FACE 2012 – está com 90% dos espaços comercializados. A previsão inicial de 45 expositores será superada, de acordo com o coordenador geral Leonardo Rinaldi. A feira reunirá estudantes, professores, gestores de educação e pesquisadores e atrairá 12 mil visitantes.

Entre os expositores, neste ano, estarão cursos profissionalizantes, de graduação, pós-graduação, idiomas e programas de intercâmbio.

- A FACE é um evento plural, multicultural que reúne o que há de melhor nas áreas do conhecimento, cultura e educação em um mesmo espaço, contribuindo para gerar mudanças na vida das pessoas e da sociedade. É um lugar para trocar experiências, onde os conhecimentos são multiplicados – resume Rinaldi.

A feira estimula jovens, estudantes e acadêmicos a criar e desenvolver projetos, a pensar e a decidir sua carreira, encaminha-os ao mercado de trabalho, permitindo o acesso a oportunidades e inclusão social. O público-alvo é formado pelos alunos finalistas do ensino fundamental, do ensino médio e do ensino superior.

A programação da FACE contempla 44 palestras além de oficinas, aulões preparatórios, apresentações artístico-culturais, competições e bate-papos. Essas atividades são gratuitas mediante inscrição no site da feira ou durante o evento. As palestras terão a duração média de 40 minutos e serão distribuídas em horários e locais de acordo com os temas e públicos.

Para satisfazer aos interesses e anseios de cada um deles, a feira terá uma inovação este ano: foram criados cinco núcleos com ações, atrações, palestras e informações sobre o que mais interessa a esse público. Os núcleos focalizarão profissões e mercado de trabalho, ciência, tecnologia e inovação, intercâmbios (feira de intercâmbio e estudo no exterior), empreendedorismo e escola para inovar, para ensinar.


Comente aqui
29 jun12:25

Chupeta pode deformar ossos da face

A fase oral é descrita como a época em que a criança descobre o mundo por meio da boca. Nesta fase, que dura até os dois anos, todo o desenvolvimento está voltado para a região oral, por isso o seio da mãe funciona também como um conforto emocional, sensação que também pode ser obtida com a chupeta.

— O objeto deve ser usado ocasionalmente e o hábito deve ser removido, de maneira gradual, até no máximo dois anos de idade. Mesmo com uso regulado, a criança corre riscos de sofrer com os malefícios de chupar chupeta — observa a fonoaudióloga mioterapeuta orofacial Nilse Köhler.

Alterações na arcada dentária, mastigação, deglutição, respiração, fala, articulações, músculos da face e deformações nos ossos do rosto são alguns dos problemas relacionados ao uso da chupeta, da mamadeira e do hábito de chupar os dedos.

— Os efeitos danosos dependem da frequência, duração e da intensidade destes hábitos. O desenvolvimento bucal pode ficar comprometido. A criança pode apresentar respiração bucal, má-oclusão dentária, posicionamento incorreto da língua e enfraquecimento da musculatura facial, o que por sua vez aumenta os riscos de distúrbios do sono e outras patologias — alerta.

As funções realizadas com a boca, como a comunicação verbal, a respiração e a alimentação também são prejudicadas. Bebês que ficam muito tempo com a chupeta na boca se expressam menos, já que o choro é considerado um dos diversos fatores que estimula o desenvolvimento da linguagem. Além disso, se a língua estiver posicionada inadequadamente, a criança tem dificuldade para articular as palavras e os sons produzidos são distorcidos e de difícil compreensão.

— As deformidades na musculatura e nos ossos da face podem afetar a passagem do ar, provocando mudanças na forma de respirar — explica o ortodontista e ortopedista facial Gerson Köhler.

As alterações nas arcadas dentárias e nas posições dos dentes dificultam a mastigação e deglutição. Quando os alimentos não são mastigados de maneira correta, o organismo não se sente satisfeito, por isso, a criança pode comer mais do que deveria e, dessa forma, contribuir para o ganho de peso.

Outro problema de chupetas e mamadeiras é que esses objetos podem incentivar a o bebê a deixar de mamar precocemente. Como a sucção de chupetas e mamadeiras exige um posicionamento diferente da língua, é possível que na hora de mamar no peito, o bebê sinta mais dificuldade para sugar o leite, passando a se alimentar menos.

Chupar os dedos também entra na lista dos hábitos prejudiciais. Segundo Gerson, a força que os dedos exercem contra os dentes pode empurrá-los para frente.

— Assim que as alterações forem percebidas é necessário fazer o acompanhamento com um ortodontista pediátrico ou ortopedista facial. As consultas podem ter início a partir dos três ou quatro anos de idade ou mesmo antes, se necessário — acrescenta o especialista.


VIDA E SAÚDE



Comente aqui
11 jun15:39

Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação será realizada em Chapecó

Está confirmada para os dias 26 a 28 de setembro, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, em Chapecó, a Feira das Áreas do Conhecimento, Cultura e Educação – FACE 2012 – reunindo estudantes, professores, gestores de educação e pesquisadores. O anúncio foi feito pelo coordenador geral Leonardo Rinaldi A feira reunirá 45 expositores e atrairá 12 mil visitantes.

- A FACE é um evento plural, multicultural que reúne o que há de melhor nas áreas do conhecimento, cultura e educação em um mesmo espaço, contribuindo para gerar mudanças na vida das pessoas e da sociedade. É um lugar para trocar experiências, onde os conhecimentos são multiplicados – resume Rinaldi.

A feira estimula jovens, estudantes e acadêmicos a criar e desenvolver projetos, a pensar e a decidir sua carreira, encaminha-os ao mercado de trabalho, permitindo o acesso a oportunidades e inclusão social. O público-alvo é formado pelos alunos finalistas do ensino fundamental, do ensino médio e do ensino superior.

A programação da FACE contempla 44 palestras além de oficinas, aulões preparatórios, apresentações artístico-culturais, competições e bate papos. Essas atividades são gratuitas mediante inscrição no site da feira ou durante o evento. As palestras terão a duração média de 40 minutos e serão distribuídas em horários e locais de acordo com os temas e públicos.

Para satisfazer aos interesses e anseios de cada um deles, a feira terá uma inovação este ano: foram criados cinco núcleos com ações, atrações, palestras e informações sobre o que mais interessa a esse público. Os núcleos focalizarão profissões e mercado de trabalho, ciência, tecnologia e inovação, intercâmbios (feira de intercâmbio e estudo no exterior), empreendedorismo e escola para inovar, para ensinar.

Facilidades

Para atender a nova demanda e otimizar o evento, tornando-o mais atrativo para visitantes e expositores, a FACE aumentará seu horário de funcionamento e passará a acontecer das 8h30 às 12h e das 14h às 22h, durante os três dias. Esta mudança tem por objetivo aproveitar o turno de aula dos alunos e a parceria fechada com a Secretaria de Educação, no sentido de liberar todos os seus alunos das 8ª e 9ª séries e Ensino Médio para visitarem a feira em seus respectivos turnos de aula.

Também foi viabilizado o transporte para os estudantes do ensino médio da rede estadual nos turnos matutino, vespertino e noturno.

Outra inovação é a distribuição gratuita do “Guia FACE”: publicação destinada aos jovens e estudantes com informações de todos os expositores, calendário dos principais vestibulares, dicas de estudo, sugestões de livros e outros conteúdos segmentados para este público.

A FACE tem o apoio do Sebrae/SC, Sicom, Sinepe/SC, Ampesc e Chapecó & Região Convention Bureau.


Comente aqui
09 fev13:22

Feira das Áreas do Conhecimento Cultura e Educação – FACE em Chapecó

Nesta quinta-feira a Zoom Feiras & Eventos fez a apresentação do projeto da FACE 2012 – Feira das Áreas do Conhecimento Cultura e Educação.

Leonardo Rinaldi, Diretor da FACE.

Na apresentação do projeto foram mostradas todas as novidades desta 3ª edição da feira, entre elas, novo layout, novas atrações, novos espaços e também o anúncio de grandes nomes para realização do 3º Seminário FACE de Formação Educacional. Tudo de forma detalhada para que os parceiros e expositores possam entender como a feira realmente vai funcionar. Segundo Rinaldi é um projeto inovador que vai envolver de forma mais abrangente todos os estudantes, educadores e sociedade.

- A FACE está mais preparada do que nunca. Pronta para mostrar os melhores caminhos do futuro para o jovem e para o educador – destacou ele.

A FACE se configura em uma excelente oportunidade para organizações e empresas que disponibilizam produtos e serviços para os segmentos de educação, cultura e disseminação de conhecimento.

Neste ano a FACE será realizada entre os dias 26 a 28 de setembro, período onde os jovens necessitam de todas as informações. Como que curso escolher, como está o mercado de trabalho nesta profissão, como obter maior êxito nas provas, e tudo mais que possa ajudar neste momento tão difícil e importante da vida.

A coordenação estima um público de 12 mil visitantes e 45 expositores. No seminário cerca de 2600 congressistas devem participar das 12 palestras com palestrantes de renome nacional. Vão ser 28 horas de formação educacional.


Comente aqui