Faixa

24 jul14:46

Santa Catarina ganha Núcleo Estadual de Integração da Faixa de Fronteira

O Núcleo Estadual de Integração da Faixa de Fronteira de Santa Catarina (NFSC) foi instituído na manhã desta terça-feira, dia 24 de julho na Câmara de Vereadores de Dionísio Cerqueira. O Núcleo é composto por 11 Secretarias de Desenvolvimento Regional e abrange 82 municípios. A assinatura do Decreto contou com a presença do secretário de Estado do Planejamento, Filipe Mello, que representou o governador Raimundo Colombo e os secretários de Desenvolvimento Regional envolvidos no processo.

O NFSC inclui as Regionais situadas na faixa de fronteira, sendo: São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira, Itapiranga, Palmitos, Xanxerê, São Lourenço do Oeste, Chapecó, Seara, Quilombo, Maravilha e Concórdia tem por finalidade propor e coordenar ações para desenvolver iniciativas que possibilitem a adequada atuação do governo estadual na região de fronteira do estado de Santa Catarina. Participam, ainda, secretarias setoriais, autarquias e fundações, assim como poderão participar, como membros convidados, representantes dos municípios, da União e de outras instituições públicas e privadas.

O Núcleo Estadual de Integração da Faixa de Fronteira de Santa Catarina contará com uma Secretaria Executiva, exercida pela Secretaria de Estado do Planejamento, responsável pela coordenação do núcleo, com a tarefa de criar um regimento interno que defina as competências, o funcionamento e demais atribuições do Núcleo.


Comente aqui
19 jan15:12

Trânsito de Xaxim de cara nova

O trânsito de Xaxim está ganhando uma nova cara. Desde o início do ano as ruas da cidade estão sendo revitalizadas. As rótulas e faixas de pedestres também estão sendo repintadas.

Segundo o responsável pelo departamento de trânsito do município, Jorge Lauchzer as melhorias servem para tornar o fluxo mais tranqüilo e para garantir a segurança dos pedestres.

– Ainda faltam algumas obras como construção de lombadas e rótulas, que devem acontecer nos próximos meses – disse.

Ele destacou ainda que as placas de sinalização também estão sendo substituídas.


Comente aqui
18 jan11:17

Saúde amplia faixa etária de prevenção à hepatite B

O Ministério da Saúde está ampliando a faixa etária do grupo de 20 a 24 anos para até 29 anos, a vacinação da população contra a Hepatite B, a partir de janeiro de 2012. A vacinação encontra-se disponível gratuitamente nas 1051 salas da rede pública de saúde, distribuídas em todo o estado e no Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE). O motivo dessa ampliação é em decorrência da vulnerabilidade à doença apresentada nessa faixa etária.

A vacina de Hepatite B vem sendo implantada gradativamente no Brasil pelo Programa Nacional de Imunização desde o ano de 1989. Em Santa Catarina, 8269 pessoas possuem o vírus. A vacinação contra Hepatite B iniciou no ano de 1994, pela região Oeste, em função do maior número de ocorrências, onde Chapecó se destaca com o registro 2292 casos.

Segunda enfermeira da Vigilância Epidemiológica Paula Senna, a vacina está disponível nas 25 unidades de saúde do município.


Hepatite B

A hepatite pode se desenvolver de forma assintomática ou sintomática. Para evitar que a doença se torne crônica é importante a detecção precoce e fazer o tratamento adequado. Os indivíduos infectados com o vírus da hepatite B, se não cuidar, de 5 a 10% cronificam. Caso a infecção ocorra durante a gestação ou parto, a chance de cronificação é de 85% e a manifestação da hepatopatia crônica bem mais precoce. Metade dos casos crônicos evolui para doença hepática avançada (cirrose e/ou carcinoma hepatocelular).

Para o diretor da Vigilância Epidemiológica, Luis Antônio Silva, a maior estratégia para vencer esta epidemia silenciosa, além do uso do preservativo será a intensificação da vacina contra hepatite B. – Essas medidas são as mais seguras e eficazes na prevenção da doença, que tem como maior fator de risco a transmissão sexual (50%), – declara Silva. Ele observa também que é preciso esforços para a vacinação dos adolescentes e adultos até 29 anos com o objetivo de alcançar coberturas vacinais adequadas e homogêneas.

A expectativa com a vacinação, para este ano, é alcançar uma cobertura mínima de 95% da população alvo com homogeneidade em todos os municípios.



Comente aqui
10 nov11:03

Preservação da faixa ciliar

O Projeto Itá Pensando no Futuro em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e a Escola Municipal de Educação Básica João Henrique Pille deu início ao Projeto Piloto de Restauração de Faixa ciliar.

A primeira atividade foi realizada na comunidade de Santa Cruz, na propriedade de Vanderlei Deves.

Segundo o professor Gleison Minella,  o projeto consiste no isolamento, com cerca, de um córrego de água e a sua nascente, além do trabalho de sensibilização com os alunos da 7ª série da escola João Henrique Pille.

A próxima etapa será o plantio de espécies nativas no local. Para a realização da atividade o projeto contou também com o apoio dos pais dos alunos e de empresas.

Comente aqui