Famílias

03 set16:02

Pesquisa aponta queda no endividamento das famílias em Chapecó

Caiu o nível de endividamento das famílias em Chapecó de julho para agosto. Essa indicação está na Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores (Peic), realizada pela Federação do Comércio de Santa Catarina em parceira com o Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom). Conforme esse levantamento, o número de famílias endividadas, que era de 54,4% em julho passou para 41,4% em agosto.

Outro dado positivo identificado pela pesquisa é a queda acentuada no número de famílias que dizem não ter condições de pagar suas dividas. Em julho eram de 44,4% e em agosto o índice foi reduzido para 22,1%. Essa evolução é considerada decorrente das injeções de renda que estão ocorrendo neste mês, na avaliação da economista Andrezza Piekas, da Divisão de Pesquisa e Estatística do Sicom.

- Essa injeção decorre da antecipação de parte do 13º salário dos servidores públicos, aposentados e pensionistas da Previdência Social, bem como da liberação do maior lote de Imposto de Renda da história brasileira – disse Andrezza.

A pesquisa também aponta como dado relevante o salto por endividamento via cheque especial, que passou de 2,4% para 18%, especialmente em famílias com renda superior a 10 salários-mínimos. Ainda quanto ao tipo de dívida, o cartão de crédito é o instrumento mais expressivo para o pagamento de compras a prazo, utilizado por 29,9% das famílias devedoras, enquanto os carnês chegam a 27,6% de utilização pelas famílias endividadas.


Total de famílias

Em números absolutos, o total de famílias endividadas em Chapecó caiu de 33.322 para 25.319. Desse número, conforme a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores, 6.206 indicaram ter contas em atraso e 1.374 especificaram que não terão condições de efetuar o pagamento.



Comente aqui
01 jun10:12

Consumo das famílias cresce 1,0% no primeiro trimestre

O consumo das famílias registrou alta de 1,0% no primeiro trimestre de 2012 ante o quarto trimestre de 2011, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado foi o melhor desde o último trimestre de 2010, quando houve alta de 1,9%. Na comparação com os três primeiros meses do ano passado, o consumo das famílias aumentou 2,5% no primeiro trimestre deste ano. O IBGE anunciou nesta sexta-feira os dados das Contas Nacionais Trimestrais.

O consumo do governo cresceu 1,5% no primeiro trimestre de 2012 ante o quarto trimestre de 2011. Na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, a alta foi de 3,4%. Segundo o IBGE, a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) caiu 1,8% no primeiro trimestre deste ano em relação ao quarto trimestre do ano passado. Foi o pior resultado desde o primeiro trimestre de 2009, quando registrou queda de 12,8% ante o trimestre anterior. Na comparação com o primeiro trimestre de 2011, a FBCF recuou 2,1% no primeiro trimestre deste ano. A taxa de investimento (FBCF/PIB) no primeiro trimestre de 2012 ficou em 18,7%.


AGÊNCIA ESTADO



Comente aqui
29 mai12:56

Cartão de crédito concentra mais de 74% das dívidas de famílias brasileiras

Do total de famílias brasileiras que, no mês de maio, estavam endividadas, 74,8% disseram estar devendo no cartão de crédito. Motivo pelo qual essa modalidade de pagamento foi apontada como a principal dívida das famílias no período pela Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), nesta terça-feira.

Os carnês de loja aparecem na mesma pesquisa como o segundo tipo de dívida mais citado. Eles foram apontados por 20,4% dos consumidores endividados. Em terceiro lugar vem o crédito pessoal, citado por 13,3%. Entre as famílias com renda de até 10 salários mínimos (até R$ 6.220,00), o cartão de crédito esteve ainda mais presente entre as dívidas, sendo apontado por 75,2% dos entrevistados.


Comente aqui
27 mai10:28

Endividamento atinge quase um quarto das famílias brasileiras, aponta estudo

Quase um quarto das famílias se endividou mais do que deveria e foi obrigado a reduzir o padrão de vida ou a dar calote. Um estudo da consultoria MB Associados, com base na Pesquisa de Orçamento das Famílias (POF), do IBGE, mostra que 14,1 milhões de famílias comprometeram mais de 30% da renda mensal com dívidas.

Essa marca ultrapassa o limite saudável para o endividamento, pois 70% do orçamento vai para despesas básicas, como comida, habitação ou saúde, conforme mostra a POF. A maior parte dessas famílias superendividadas está na fatia menos favorecida da população: 5,8 milhões na classe C e 6,6 milhões nas classes D e E.

Na média, no entanto, o brasileiro comprometeu 26,2% da renda mensal com dívidas, diz o estudo da MB. Esse resultado é superior à média de 22% estimada pelo Banco Central, porque inclui gastos como crediário de loja sem parceria com banco e despesa à vista no cartão de crédito.

Na semana passada, o governo anunciou um pacote para estimular o consumo por meio do crédito, principalmente na compra de carros. Para José Roberto Mendonça de Barros, sócio da MB, o efeito do pacote será limitado pelo endividamento.

— É um número grande de famílias que ultrapassaram o limite, por isso o nó no mercado de crédito — afirma.

Nos últimos cinco anos, a expansão do crédito, com a entrada de novos consumidores, garantiu um crescimento robusto da economia. Mas, desde meados de 2011, o ritmo de concessão esfriou, à medida que a inadimplência crescia. Em abril, o calote atingiu o recorde de 7,6%.


AGÊNCIA ESTADO

Comente aqui
20 abr11:57

II Encontro das Famílias em Chapecó

Na noite desta quarta-feira, dia 18, a Secretaria Municipal de Educação, através do Projeto Consciência Comunitária Escolar (CCE), realizou o II Encontro do Ciclo de Palestras para as Famílias Chapecoenses. O Evento que lotou o Salão Comunitário do Bairro Santo Antônio, contou com a presença dos moradores locais e de famílias dos bairros vizinhos.

O Ciclo de Palestras foi dividido em pólos por regiões do município. O primeiro encontro foi realizado no dia 28/03 no Pavilhão três da EFAPI, e o último encontro acontece nesta sexta-feira, dia 20, no Ginásio do CEIM Pequeno Príncipe.

A palestra que aborda o tema: Família o Alicerce da Vida, tem a finalidade de proporcionar momentos de alegria e conhecimentos a fim de fortalecer e aproximar ainda mais escola e comunidade. A “Palestra Show” é ministrada pelo professor Roselei Luiz Angst e sua equipe, de forma humorada e divertida o que concretiza momentos de reflexão e emoção.

De acordo com a Secretária Municipal de Educação Sueli Suttili, essa iniciativa tem como objetivo incentivar a presença da família na escola. – É uma maneira de contribuir no processo de ensino-aprendizagem, fortalecendo a relação que há entre ambos, trazendo assim resultados para dentro da comunidade – disse.


Comente aqui
16 abr11:26

Itá assina convênio para construção de Núcleo de Apoio a Estratégia Saúde da Família

O município de Itá assinou na noite desta quinta-feira, dia 12, um convênio com o governo estadual no valor de R$ 200 mil que prevê a construção de uma unidade do Núcleo de Apoio a Estratégia Saúde da Família (NASF).

O núcleo terá uma área de 321,35 metros quadrados e ficará localizado no bairro Natureza. A verba para obra teve intermediação do deputado estadual Marcos Vieira. Do valor total R$ 33.334,00 são contrapartida município.

O NASF realizará ações multiprofissionais e transdiciplinares, induzindo maior envolvimento e responsabilidade entre as equipes do NASF e dos ESFs. – Para que o programa funcione de forma adequada precisa-se de estrutura física que comporte aos atendimentos prestados pela equipe de saúde do NASF, como ampliação dos atendimentos dos grupos – disse o prefeito Egídio Gritti.

Nos próximos dias o município deve assinar mais dois convênios com o governo estadual, um no valor de R$ 150 mil para construção de calçamento na linha Simon e outro de R$ 103.000,00 para serem investidos me passeios públicos.


Comente aqui
28 mar16:39

Famílias realizam o sonho da casa própria em Xanxerê

Nem a primeira onda de frio do ano afastou as famílias xanxerenses do sonho da casa própria. Na noite desta terça-feira, dia 27, foi realizado o sorteio para as 64 unidades apartamentos do Residencial Fênix, que será construído no bairro São Jorge.

Das 184 famílias que fizeram a pré-entrevista, 121 foram habilitadas através de pré-entrevista para o sorteio. No rosto de cada pessoa que esteve no Ginásio Municipal Ivo Sguissardi para o sorteio, era possível ver a ansiedade em ter o número de sua senha sorteado para que seu sonho pudesse se transformar em realidade.

De acordo com o diretor de Habitação da Prefeitura de Xanxerê, Evandro Berto, foram levadas em conta a renda bruta e a capacidade de endividamento de cada família para a pré-seleção, uma vez que o valor da prestação não pode ultrapassar 30% da renda bruta. – Buscamos famílias com salários entre R$ 1.400 até R$ 1.600 para que as mesmas possam ser beneficiadas com o subsídio de R$ 17 mil – enfatiza Berto.

Os apartamentos tem uma área útil de 43 m², mais de área comum com playground, área de garagem, salão de festas, chegando a52 m².

A secretária de Desenvolvimento Social, Neusa Moscon, frisou que a administração municipal é comprometida com o povo xanxerense, sempre buscando proporcionar o melhor para a população.

Em breve as famílias serão chamadas para a assinatura do contrato. O diretor de Habitação destacou que após a assinatura do contrato, a empresa vencedora da licitação, JBW Construções Ltda, de Chapecó, terá prazo de 18 meses para entrega do imóvel.


Comente aqui
22 mar10:03

Famílias em área de risco e áreas verdes são relocadas em Itá

A Secretaria de Habitação e Ação Social de Itá iniciou o processo de relocação de 26 famílias que moram em áreas de risco e em áreas verdes. As famílias estão recebendo novas moradias nos bairros das Palmeiras e São João. Segundo a Secretária Municipal da pasta, Ivete Mendes, até agora 11 famílias já foram contempladas. Nos próximos dias será efetuada a entrega de novas residências no Bairro São João, onde foram edificadas 16 residências novas.

- O objetivo é oferecer uma melhor qualidade de vida com melhores condições de moradia para essas famílias. As antigas foram interditas pela Defesa Civil devido a rachaduras e desmoronamento de terra no Bairro Floresta onde vive boa parte das famílias atingidas e outras que residem na Vila Gerasul, local considerado como área verde – explica Ivete.

Segundo o prefeito Egidio Gritti, a construção das novas casas foi viabilizada por meio de uma parceira, formulada entre a empresa Tractebel, Defesa Civil Estadual e prefeitura de Itá, e sem custo para as famílias relocadas.

O prefeito e a secretária de Habitação e Ação Social, Ivete Mendes visitaram as famílias que já estão em suas novas casas. A partir de agora será iniciado um programa de acompanhamento social para que as famílias possam se adaptar melhor ao novo local. O município também disponibilizará um programa de ajardinamento.


Comente aqui
06 mar15:22

Consumo das famílias teve menor taxa desde 2004, diz IBGE

O consumo das famílias cresceu 4,1% em 2011, no oitavo crescimento anual consecutivo. Apesar disso, houve uma redução no ritmo desse crescimento, que teve a menor taxa desde 2004 (3,8%). Em 2010, por exemplo, o consumo havido aumentado 6,9%. Os dados foram divulgados nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

— Há um crescimento de massa salarial de 4,8%. Você tem claramente políticas de renda que estão sustentando esse crescimento. No momento em que há uma queda da atividade econômica, você tem normalmente uma diminuição na renda e no consumo — disse o coordenador de Contas Nacionais do IBGE, Roberto Olinto.

O consumo do governo cresceu 1,9%, enquanto a formação bruta de capital fixo (investimento) teve uma expansão de 4,7%. No setor externo, as exportações aumentaram 4,5%, ao mesmo tempo em que as importações subiram 9,7%.

Segundo o IBGE, a demanda interna contribuiu com 3,4% para o crescimento de 2,7% do PIB em 2011, enquanto o setor externo teve uma influência negativa de 0,7%. Em 2010, quando o PIB cresceu 7,5%, a demanda interna respondeu por 10,3% e o setor externo, por uma contribuição negativa de 2,7%.

De acordo com dados divulgados hoje pelo IBGE, a taxa de investimento (investimento sobre o PIB) em 2011 chegou a 19,3% enquanto que a taxa de poupança ficou em 17,2%.


AGÊNCIA BRASIL


Comente aqui
27 jan16:16

Frei Lency II em Concórdia

O prefeito em exercício, Neuri Santhier, participou da abertura da segunda reunião do projeto Técnico Social com as famílias que foram beneficiadas com moradia no Loteamento Frei Lency II, através do Programa Habitacional Minha Casa Minha Vida, em Concórdia. As 205 famílias foram divididas em três grupos, turnos da manhã, tarde e noite.

As famílias ouviram e tiraram dúvidas sobre os equipamentos sociais que serão utilizados por toda a comunidade como escola, o Programa de Saúde Familiar e também sobre as oportunidades de emprego que vão surgindo com a instalação de várias empresas próximas do loteamento. Foram discutidos ainda diversos assuntos, incluindo horários de ônibus, a necessidade de Centro Municipal de Educação Infantil e feito um levantamento das séries em que os filhos estudam para ver necessidades.

Ao final, todos foram comunicados da próxima reunião com as famílias, que já está agendada para o dia 28 de fevereiro, em dois turnos, manhã e tarde.



Comente aqui