Faxinal dos Guedes

28 nov09:16

Mãe e irmã lembram infância do ministro em Faxinal dos Guedes

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Na varanda da casa de imbuia construída há mais de 30 anos, em Faxinal dos Guedes, onde o ministro Teori Albino Zavascki gosta de tomar chimarrão nas suas férias, a irmã, Delci Zavascki Salvatori, e a mãe, Pia Zavascki, receberam o Diário Catarinense para contar sobre a infância do mais novo membro do STF.

Elas moram numa chácara do bairro Oselame, no limite entre a zona urbana e a zona rural. É um lugar tranquilo, com belo gramado, onde o ministro gosta de fazer caminhadas. Duas vezes por ano ele vai para Faxinal dos Guedes. Uma delas é em maio, quando sua mãe, que está com 97 anos, faz aniversário.

Apesar da idade, ela está bem lúcida.

– É um pouco longe, a gente vai se ver pouco, mas fico feliz pois ele está lá em cima – disse Pia.

>> Ministro Teori Zavascki descarta participar do julgamento do mensalão

Ela lembrou que, quando era pequeno, Teori brincava de fazer arapucas, que são armadilhas para pegar passarinho. Ele e a irmã desciam ladeiras se equilibrando em cima de tonéis. Mas o futuro ministro tinha uma atenção especial para os estudos.

– Quando ele estava estudando, queria silêncio – lembra Delci. Segundo a mãe, ele sempre foi bem humorado e inteligente.

–Ele decorava uma vez e não esquecia mais – disse Pia Zavascki.

Nas datas comemorativas, como Sete de Setembro, Dia das Mães, era ele quem fazia os discursos. E, segundo a irmã, Teori ainda declama nas festas da família.

Mãe e filha pegam avião no meio-dia desta quarta-feira em Chapecó, com destino a Brasília, para acompanhar a posse no Supremo Tribunal Federal. Emocionada, Delci lembra que nos julgamentos do mensalão já prestava atenção na cadeira vazia.

– Essa é a cadeira do Teori – falava, com orgulho do irmão, que será o segundo catarinense a ocupar uma vaga no STF.


Comente aqui
27 nov23:43

Ministro Teori Zavascki descarta participar do julgamento do mensalão

Guilherme Mazui |  guilherme.mazui@gruporbs.com.br

Com a posse no Supremo Tribunal Federal (STF) marcada para a próxima quinta-feira, o ministro Teori Zavascki garantiu que não vai participar da definição das penas dos condenados no julgamento do mensalão.

O magistrado catarinense concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça-feira em uma sala no Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde atuou por nove anos. Indicado pela presidente Dilma Rousseff para suceder Cezar Peluso no Supremo, Teori reforçou durante a conversa o perfil discreto, técnico e seguro.

Questionado sobre a participação no julgamento do mensalão, pediu licença para não comentar a decisão dos futuros colegas, e destacou que, por não ter atuado na apreciação do mérito do caso, não estaria apto a colaborar na definição das penas.

_ Pela minha interpretação do regimento do Supremo, não há previsão da minha participação no julgamento. Não é uma questão de vontade do juiz. O juiz julga o que tem de julgar _ explicou.

Já sobre os futuros recursos, que serão solicitados pela defesa dos réus após a publicação do acórdão do processo, o que deve ocorrer em meados de 2013, o ministro se mostrou pronto para atuar.

_ Vou participar do julgamento em caso de recursos futuros, mas é uma hipótese. Se eu não estiver preparado, por desconhecer o processo, me prepararei _ destacou.

Teori também evitou ser enfático ao analisar se a perda do mandato dos parlamentares condenados no mensalão é de responsabilidade do STF ou da Câmara. Limitou-se a citar um artigo que escreveu nos anos 90, em que sinalizava que a cassação deve ser decidida pelos deputados.

_ Entendi que a condenação criminal suspende os direitos políticos, mas a perda do mandato depende da decisão da respectiva casa legislativa _ disse o ministro, que tem em seu novo gabinete cerca de 5 mil processos à espera.

Entre os temas que saltitaram durante a coletiva, Teori se debruçou sobre a prerrogativa de foro. Não criticou o sistema, mas sinalizou que seria interessante reduzir a quantidade de autoridades que se beneficiam da norma. Ao tratar da pressão popular exercida em cima dos juízes, o novo ministro mostrou seu apego a Constituição.

_ O papel do juiz é fazer com legitimidade os atos em face das normas. É complicado o juiz avaliar o que é a vontade popular. Se fôssemos seguir a vontade popular, penso eu, teríamos implementado a pena de morte no Brasil há muito tempo _ assinalouo ministro.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
08 set12:12

Homem morre em acidente na BR 282 em Faxinal do Guedes

Aderli Thiago Martins, 30 anos, era passageiro do veículo Toyota, placas de Xanxerê, que capotou no quilômetro 482 na BR 282 em Faxinal dos Guedes.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o condutor Rangel Bizzo, 26 anos, teve ferimentos graves o outro passageiro, Ademir Barbieri, 24 anos, teve lesões leves. Os dois seguem internados no Hospital São Paulo em Xanxerê.


Comente aqui
18 jul17:49

Prova de ciclismo será realizada em Faxinal dos Guedes

O município de Faxinal dos Guedes recebe, no domingo, dia 29 de julho, ciclistas dos três estados do Sul do Brasil para uma competição inédita, a 1ª Copa Avelino Bragagnolo. Com expectativa de sucesso, a empresa que denomina e patrocina o evento tem o objetivo de tornar a prova tradicional.

O diretor da empresa, Marcos Bragagnolo afirma que o incentivo à prática esportiva faz parte da política de responsabilidade sócio-ambiental da empresa.

- O esporte deveria ser mais incentivado pela iniciativa privada, porque proporciona a integração da comunidade e o bem estar das pessoas – declarou Marcos.

A Copa envolverá atletas profissionais, amadores e escolares. Para as bicicletas speed, a corrida será de 50 quilômetros, enquanto as bicicletas mountain bike vão percorrer 25 quilômetros. O circuito compreende a cidade e o distrito de Barra Grande, em estrada asfaltada, com largada (às 9h) e chegada no Centro de Faxinal dos Guedes. Vai estar em disputa R$ 4 mil, mais troféus e medalhas. As inscrições podem ser feitas pelo site www.ciclismobragagnolo.blogspot.com.br.


Comente aqui
05 jul00:54

Adolescente morreu em acidente na BR 282 em Faxinal dos Guedes

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Jackson Willian Ampese, 16 anos, morreu após uma colisão frontal envolvendo um veículo e um caminhão no Km 487 da BR 282 em Faxinal dos Guedes. O acidente foi por volta das 20 horas da quarta-feira, dia 4 de julho. O condutor e outro ocupante do veículo ficaram gravemente feridos. O motorista do caminhão, Diego Ewald Seiler, 20 anos, teve apenas ferimentos leves.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o caminhão, placas de Blumenau, fazia sentido Chapecó-Faxinal dos Guedes quando colidiu de frente com o veículo, placas de Ponte Serrada.

O motorista do veículo, Cleberson Ademir Barão Fleck, 22 anos, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros de Xanxerê e encaminhado para o Hospital São Paulo em Xanxerê. Ele segue internado em observação.

Já o outro ocupante do veículo, um adolescente de 14 anos, que não foi identificado, foi levado pelo Samu para o Hospital Regional do Oeste em Chapecó, onde está internado.

O corpo de Jackson foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Xanxerê.


Comente aqui
19 mar15:03

Servidores de Faxinal dos Guedes estiveram reunidos com prefeito

Na manhã desta segunda-feira, dia 19, a direção do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Municipal de Chapecó e Região – SITESPM-CHR, acompanhada de cerca de 20 servidores, participou de reunião com o prefeito de Faxinal dos Guedes, Genaro Costa Keske. Na oportunidade, os servidores apresentaram suas reivindicações.

Com relação a maioria dos pontos o Governo se propôs a buscar soluções, mas o impasse continua com relação à valorização salarial, destaca a presidente do Sindicato, Vania Barcellos. O Governo encaminhou para a Câmara de Vereadores o Projeto de Lei concedendo reposição de 5,75% e nada de aumento real, e os servidores presentes na reunião não aceitaram.

No próximo sábado acontecerá assembleia dos servidores e estará em discussão a possibilidade de uma mobilização e/ou paralisação caso o Governo não avance na proposta de aumento real. Este ano, por ser eleitoral, a Câmara de Vereadores tem até 6 de abril para aprovar aumento salarial aos servidores.


Comente aqui
29 fev11:09

Ministério do Desenvolvimento Agrário fará entrega de máquinas em Abelardo Luz

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) realiza nesta sexta-feira, 2, em Abelardo Luz, a entrega de máquinas retroescavadeiras para 20 municípios do Território da Cidade Meio Oeste Contestado. O ato acontece, a partir das 15h, na Praça Central Olices Stefani, com a presença do ministro Afonso Florence, prefeitos e demais autoridades regionais.

Além de Abelardo Luz, serão contemplados os municípios de Bom Jesus, Celso Ramos, Coronel Martins, Entre Rios, Faxinal Dos Guedes, Galvão, Ipuaçu, Jupiá, Lajeado Grande, Luzerna, Marema, Ouro Verde, Passos Maia, Ponte Serrada, São Domingos, Vargeão, Xanxerê, Xavantina e Xaxim.

As máquinas devem ser usadas em ações emergenciais de atendimento aos agricultores prejudicados pela estiagem e atividades de recuperação de estradas, entre outros serviços. – Essa nova máquina vai nos ajudar a dar um suporte maior aos nossos agricultores familiares que passam por dificuldades com a falta de chuva – declarou o prefeito Dilmar Fantinelli de Abelardo Luz, município que está em situação de emergência.

A entrega das máquinas faz parte da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), que prevê a recuperação e manutenção de estradas vicinais por meio da doação de equipamentos para as prefeituras. A iniciativa visa garantir o escoamento da produção dos empreendimentos da agricultura familiar para a circulação de bens e serviços e para a segurança do tráfego nos pequenos municípios.


Territórios da Cidadania

Implantado em 2008, o Programa Territórios da Cidadania envolve a atuação integrada de 22 ministérios e órgãos do governo federal com estados, municípios e sociedade civil. O objetivo é promover o desenvolvimento sustentável em regiões com baixo dinamismo econômico, especialmente no meio rural. Segundo o MDA, as ações abrangem 1.852 municípios, onde vivem 42,4 milhões de brasileiros, 13,1 milhões deles no meio rural.


Comente aqui
28 fev10:16

Motoristas morrem em colisão frontal entre dois caminhões na BR 282, em Faxinal dos Guedes

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O acidente foi por volta das 6h15 desta terça-feira, no Km 480, da BR 282 em Faxinal dos Guedes. Na colisão frontal o motorista do caminhão placas de São José dos Pinhais/PR, Esmael de Jesus, 28 anos, morreu no local. O condutor do outro caminhão, placas de Chapecó, Adão Pereira, 30, foi socorrido e encaminhado em estado grave pelo Samu para o Hospital São Paulo de Xanxerê. Ele não resistiu e morreu no hospital.

Os corpos foram encaminhados para o IML de Xanxerê. Segundo o Polícia Rodoviária Federal de Xanxerê o trânsito ficou lento no local, mas já foi normalizado.


Comente aqui
30 jan10:22

Colisão frontal envolve quatro veículos na BR 282

O acidente foi às 18h30, do domingo, dia 29, Km 478 da BR 282 em Faxinal dos Guedes, próximo à divisa com Vargeão.

A colisão envolveu um Corsa de Itá, uma carreta Mercedes Bens de Chapecó, uma Tucson de Seberi/RS e um Clio placas de Chapecó.

O condutor do Corsa, Adilson Antonio Dudek, 35 anos, teve ferimentos leves.

Os demais condutores saíram ilesos.


Comente aqui
25 jan10:21

Incêndio atinge aviário em Faxinal dos Guedes

Por volta das 22h, da terça-feira, dia 24, uma equipe do Corpo de Bombeiros de Xanxerê foi chamadA para atender a uma ocorrência de incêndio, em Faxinal do Guedes.

O fogo teve início na sala de alvenaria, dentro de um aviário, no interior do município. As chamas atingiram o painel de comando e a rede elétrica, que se propagaram para a edificação.

Foram utilizados aproximadamente 1500 litros de água para combater as chamas. Não houve vítimas.


Comente aqui