Federal

09 abr12:41

Operação Semana Santa da PRF termina com 59 autuações por embriaguez em SC

As ações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizadas entre quinta-feira e o último domingo resultaram em 59 autuações por embriaguez em Santa Catarina. Desses 11 motoristas foram presos depois que teste com o bafômetro apontou nível igual ou acima 0,3 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões (mg/l). Nesses casos, o motorista é encaminhado à polícia, leva multa de quase mil reais e tem o direito de dirigir suspenso por um ano.

Para o chefe de comunicação da PRF em Santa Catarina, Luiz Graziano, os dados registrados em um curto período de tempo são preocupantes.

— É um absurdo que isso ocorra durante um feriado religioso. E esses números são ainda mais preocupante porque foram registrados em apenas quatro dias de operação — avaliou Graziano.

Além dos flagrantes por embriaguez ao volante, chamou atenção dos policiais rodoviários o elevado registro de imagens feitas pelo radar fotográfico de motoristas dirigindo acima da velocidade permitida nas rodovias federais. Foram 10.121 casos, ou seja, mais de 2,5 mil por dia. Outras infrações foram responsáveis por 1.754 autuações.

— Colocamos radares em pontos e horários onde sabemos que os acidentes são mais frequentes. Ou seja, somando os casos de embriaguez, excesso de velocidade e outras infrações, chegamos à conclusão de que o desrespeito dos motoristas em Santa Catarina está muito grande — lamentou o chefe de comunicação da PRF.


Índices de acidentalidade:

Na comparação com a operação Semana Santa de 2011, a PRF registrou redução no número de acidentes e feridos. No entanto, o número de mortos foi maior.


Veja o comparativo:

2012

Acidentes: 302

Feridos: 186

Mortos: 11


2011

Acidentes: 312

Feridos: 219

Mortos: 8


Das 11 mortes ocorridas nas rodovias federais de Santa Catarina entre quinta-feira e domingo, quatro ocorreram na BR-282, em Vargem Bonita. Outras três mortes foram na BR-101, duas na BR-470, uma na BR-280 e uma morte na BR-153.

A Sexta-feira Santa com 7 vítimas fatais, foi o dia mais violento. A ocorrência mais grave foi em Vargem Bonita. Três pessoas de uma família de Canoas (RS) morreram na colisão de um carro contra uma árvore na BR-282.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
09 abr11:18

Duas pessoas foram presas por tráfico de drogas em Dionísio Cerqueira

[Atualizando às 12h53]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Federal de Dionísio Cerqueira prendeu na BR 163  duas pessoas por tráfico interestadual de drogas neste final de semana. Os dois eram passageiros de um ônibus que fazia a linha Foz do Iguaçu/PR – Porto Alegre/RS.

A primeira prisão foi no sábado, dia 7 de abril. A Polícia Rodoviária Federal – PRF encontrou, durante a Operação Sentinela, 345 gramas de cocaína com um homem.  Ao ser questionado pelos policiais sobre a origem da droga o homem disse que havia comprado em Cascavel/PR e que a venderia  em Canoas/RS com a finalidade de pagar uma motocicleta.

No domingo, os policiais encontraram seis tabletes de crack, pesando 6,480Kg na mala de um passageiro. Ele não respondeu sobre a procedência da droga.

Segundo o delegado Marcio Antonio Lelis Anater os dois foram presos por tráfico interestadual de drogas e encaminhados para a Delegacia de Polícia de Dionísio Cerqueira. Se condenados podem pegar de cinco a 10 anos de prisão.

A droga será encaminhada para perícia e depois deve ser incinerada.

No sábado, um homem de 24 anos, também foi preso na BR 153, em Água Doce por tráfico de drogas. Com ele os policiais encontraram 1,1Kg de cocaína.






Comente aqui
09 abr09:53

Receita libera da malha fina lotes do Imposto de Renda de 2008 a 2011

A Receita Federal liberou da malha fina lotes de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física dos exercícios de 2011, 2010, 2009 e 2008. O dinheiro estará no banco no próximo dia 16. A consulta poderá ser feita no site www.receita.fazenda.gov.br ou pelo telefone 146. De acordo com a Receita, 60.708 contribuintes devem receber a restituição, totalizando R$ 139.592.689,68.

Do exercício de 2011, serão creditadas restituições para um total de 40.205 contribuintes, com correção de 11,04 %. No lote de 2010, serão feitas restituições a 10.852 contribuintes, com correção de 21,19 %. Com relação ao lote residual do exercício de 2009, serão creditadas restituições para um total de 6.880 contribuintes, com correção de 29,65 %. Além disso, quase 3 mil pessoas estarão incluídas no lote referente a 2008, cujo pagamento terá correção de 41,72%.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte deve procurar qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, por meio do Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Declaração IRPF.


AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
06 abr16:37

UFFS divulga edital do processo seletivo para primeiro mestrado da instituição

Já está publicado o edital do processo seletivo do primeiro curso de mestrado da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) em Estudos Linguísticos. Os interessados em participar do processo de seleção devem ler atentamente o edital e se preparar para o processo.

Inscrições

As inscrições serão abertas a partir do dia 2 de maio até o dia 25 de maio, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, na Secretaria Geral da Pós- Graduação na UFFS – Unidade Bom Pastor, do Campus Chapecó -SC. Será aceito envio de inscrições pelo Correio, via Sedex, aos cuidados da Secretaria Geral da Pós-Graduação, desde que a postagem ocorra até o dia 25 de maio.


Vagas

Serão oferecidas 20 vagas no Curso de Mestrado em Estudos Linguísticos, para o ingresso no segundo semestre de 2012. As vagas serão distribuídas entre os docentes das linhas de pesquisa de acordo com a seguinte especificação: Nove vagas para a linha de pesquisa em Práticas Discursivas e Subjetividades; sete vagas para a linha de pesquisa em Diversidade e Mudança Linguística e quatro vagas para a linha de pesquisa em Língua e Cognição: representação e processamento da linguagem.


Público alvo

Poderão se inscrever no processo seletivo do Mestrado candidatos que concluíram curso superior de Graduação reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), no país e/ou no exterior, ou candidatos que comprovem, mediante declaração de Instituição de Ensino Superior, que terão concluído o curso de Graduação até o ato de matrícula.


Etapas

O Processo Seletivo constará de três etapas diferenciadas e eliminatórias, na seguinte ordem: exame de proficiência em língua estrangeira, de caráter eliminatório; prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório; e arguição do pré-projeto e do Curriculum Vitae, de caráter eliminatório.


Documentação

Todos os documentos necessários, bibliografia e demais informações sobre o processo seletivo do mestrado em Estudos Linguísticos da UFFS estão no edital N°114/UFFS/2012 que pode ser encontrado na página da UFFS > Boletim Oficial (no menu da direita) > Editais.


1 comentário
05 abr10:34

Mais de 3,6 mil latas de energético apreendidas em Joaçaba podem ser destruídos, diz Receita Federal

A mais recente apreensão de mercadoria ilegal no país já tem destino certo. As 3.672 latas de energético e 3.360 isqueiros apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal, às 0h30min de quarta-feira, em Vargem Bonita, será levada para destruição na próxima semana.

O material estava distribuído em dois carros, um Uno com placas de Palhoça e um Gol de Florianópolis. os veículos também foram apreendidos e estão na sede regional da Receita Federal, em Joaçaba.

A apreensão revela que continua ativa a entrada ilegal de mercadorias no território de SC, segundo o delegado da Receita Federal em Joaçaba Otto Maresch.

— Energéticos, equipamentos de informática e cigarros são os principais produtos apreendidos nesta região — revela.

Neste caso, segundo ele, os produtos devem ser levados para um aterro sanitário ou encaminhados para uma empresa que realiza a destruição dos materiais.

— O proprietário pode recorrer em até 20 dias mostrando que a compra foi feita licitamente. Se isto não ocorrer, o material será encaminhado para o descarte — sentencia o delegado.

Os motoristas dos carros foram liberados e devem responder pelo crime de descaminho, ou seja a entrada de mercadorias sem o pagamento de taxas alfandegárias.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
08 fev10:03

Casal é preso com quase 700 maços de cigarro e 400 brinquedos em Chapecó

Um casal foi preso na madrugada desta quarta-feira em Chapecó. Em perseguição, eles fugiram depois da polícia disparar dois tiros em direção ao Escort com placas de Caixas do Sul (RS) usado pela dupla. No carro usado por eles havia 667 maços de cigarros e 337 brinquedos que teriam vindo do Paraguai. Presos, foram encaminhados à Polícia Federal.

A Polícia Militar da cidade havia recebido informações de que o casal estava em atitude suspeita. Edson de Medeiros da Rosa e Nicole Schumann, ambos de 30 anos, estavam nas ruas centrais de Chapecó por volta de 2h50min quando a PM os encontrou.

Eles ignoraram a ordem de parar e fizeram manobras bruscas durante a fuga. Depois de serem interceptados, foram presos em flagrante sob o crime de descaminho de mercadorias e contrabando.

As mercadorias foram apreendidas e levadas com o casal para a delegacia da PF em Chapecó.


DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
08 fev09:36

Receita abre consulta a lote da malha fina do IR 2011

A Receita Federal abre nesta quarta-feira consulta a mais um lote de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2011 liberado da malha fina. A consulta estará disponível a partir das 9h na internet. Será liberada também a consulta a declarações retidas de 2010, 2009 e 2008.

O dinheiro será depositado no banco no próximo dia 15. De 2011, serão creditadas restituições para um total de 43.277 contribuintes, corrigidas em 9,47 %. Do exercício de 2010, serão 13.495 declarações corrigidas em 19,62 %. Referentes ao lote residual de 2009, são 6.861 declarações com correção de 28,08 % e de 2008, o número de declarações liberadas chega a 3.076, corrigidas em 40,15%.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone 146.


AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
13 jan08:43

Rios estão secos no Extremo Oeste

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O prolongamento da estiagem no Oeste vai consumindo a água até dos rios, agravando a situação de milhares de agricultores. Em Belmonte um dos principais rios, o Lajeado Tabajara, já não tem mais água correndo no seu leito. Até parece uma estrada cheia de pedras. O agricultor José Luís Borges dos Santos caminha pelo local e mostra onde normalmente ficava o leito. –Tinha mais de meio metro de água- explicou.

O rio servia para abastecer as quatro vacas, que agora recebem água da rede de um poço artesiano, que é servida num bebedouro. –Nossa rotina é tratar os bichinhos e esperar a chuva- disse Dair dos Santos, mulher de José.



Rio tabajara, que corta três comunidades em Belmonte, está seco. O agricultor José Luis Borges dos Santos tem que dar água para o gado em bebedouros.



Até o peixes morreram. Sobraram apenas algumas poças Dair utiliza para lavar algumas roupas. É uma forma de economizar o precioso líquido. –Nunca vi o rio tão seco- diz. A família Santos teme ficar sem alimento para o gado, já que a lavoura de milho foi perdida e a pastagem do campo está secando. –O sol está matando tudo- lamentou José.

O extensionista da Epagri em Belmonte, Evandro Carlos Decol, disse que outro rio importante do município, o Belmonte, também está ficando sem água. E os afluentes já secaram. Cerca de 50 famílias dependem do transporte de água da Prefeitura.

>> Santa Catarina vai receber R$ 10 milhões para combater a seca

>> 75 municípios em situação de emergência

As maiores perdas são na lavoura de milho, que em média oscilam entre 70 e 75% segundo Decol. O agricultor Carlinhos Godóe teve perdas que superam 90%. Ele pretendia colher 1,5 mil sacas de milho em 10 hectares. –Não vai dar 100 sacas- lamenta. Ele até está tentando fazer silagem para o gado e assim aproveitar o que sobrou das espigas e da palha. A junta de bois tenta aproveitar para comer as plantas secas. Godóe tem R$ 7,9 mil em financiamento e espera ser isentado pois não tem como pagar. Ele aguarda o laudo da Epagri para encaminhar o pedido do Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro). –Vamos ver se a gente ganha alguma coisa- explicou.

Na residência da família, a água da fonte só chega à noite. Sua mulher, Judite Godóe, armazena o que pode num reservatório, para utilizar no dia seguinte. E economiza ao máximo. Ela primeiro lava as roupas mais limpas e reutiliza a água para lavar as mais sujas.

O gerente regional da Epagri em São Miguel do Oeste, João Carlos Biasibetti, disse que as perdas maiores são na agricultura familiar, onde a quebra é de 60% no milho e 30% no leite. O laticínio Terra Viva teve uma redução de 20% na captação de leite.


Pastagens estão morrendo

A falta de chuva pode ser observada nas pastagens do Extremo Oeste, que estão morrendo. O gado tenta encontrar algum broto verde no meio das folhas de grama que já estão brancas. A costelas dos animais já começam a aparecer.



A costelas dos animais já começam a aparecer.



–Eles perderam 30% do peso- lamenta o agricultor José Mayer.

A fonte modelo Caxambu já secou. E no rio Lajeado Tabajara, que serve para os animais beberem, restam só poças. Se não chover nos próximos dias ele vai ter que tirar água do consumo humano, que vem por uma rede comunitária, para dar aos animais.

Mayer tem 19 bovinos, quatro cavalos e duas ovelhas. Como não tem mais pasto ele está cortando o milho que não serve mais para a produção de grãos.-A lavoura se foi, não vai mais produzir- sentenciou. O problema é que ele perdeu os R$ 2.780 que investiu na lavoura e não tem cobertura de seguro. Além disso está devendo R$ 1,3 mil. Para piorar, a renda com a produção de leite caiu cerca de 20%. Ele tirava 1,2 mil litros por mês e agora estão em mil litros, o que garante um ganho de apenas R$ 780, sem contar as despesas.

–Não sei como vamos passar o ano- refletiu. Ele investiu todas suas economias na lavoura e perdeu tudo. Mayer espera algum auxílio, nem que seja divino. –Nem que seja Deus que dê uma mão pra gente- concluiu.


Dois meses sem chuva

-A última chuva boa foi no dia 21 de novembro- lembra o agricultor Egídio Volpato, de Belmonte.

O poço que abastecia a casa já secou e ele depende agora do transporte de caminhão pipa da prefeitura. Sua mulher, Inês, não lava mais a louça com a torneira aberta.

–Lavo tudo dentro de uma bacia para economizar- disse.



Dair dos Santos lava roupa no rio por falta de água.



O açude da propriedade, lembra o nordeste brasileiro. –Sobrou só 5% da água- calculou Volpato. Na borda do reservatório, o solo está todo rachado. E a pastagem em volta, está morrendo. –Não tem mais pasto- mostra o agricultor. Ele teme ficar sem alimentação e sem água para as 26 cabeças de gado que tem na propriedade. A lavoura de milho, nem sabe se vale a pena colher. –Não sei se vai cobrir o custo- explicou.

Em São Miguel do Oeste choveu um pouco mais, mas não muito. Em dezembro a Epagri registrou 53 milímetros. De acordo com o gerente regional da Epagri, João Carlos Biasibetti, isso representa 1/3 do normal. Em janeiro, a situação é ainda pior. Foram apenas 16,4 milímetros até ontem. As nuvens rondavam a região ontem mas até o final da tarde haviam caído apenas alguns pingos em pontos isolados. A previsão era de 5 milímetros de chuva.

–Isso não dá pra nada, é chuva para um dia- calculou Biasibetti. Volpato disse que seriam necessários 50 milímetros para recuperar os pastos. E com chuvas regulares a cada semana. Caso contrário a estiagem vai ficando cada vez pior.



1 comentário
12 jan20:11

Santa Catarina vai receber R$ 10 milhões para combater a seca

Atualizada às 19h08min

Fabiano Costa | fabiano.costa@gruporbs.com.br

Santa Catarina irá receber R$ 10 milhões do governo federal para executar medidas de prevenção contra a seca. A verba, anunciada na tarde desta quinta-feira, faz parte do pacote de socorro aos três estados da Região Sul castigados pela falta de chuva. Paraná e Rio Grande do Sul vão receber a mesma ajuda.

O governo federal, porém, não garantiu os R$ 12,5 milhões solicitados durante a manhã pelo governador Raimundo Colombo para comprar caminhões-pipa para os municípios atingidos pela estiagem. O Ministério da Integração Nacional afirma que o pedido de Santa Catarina ainda não foi formalizado. Após cumprir os ritos burocráticos, a proposta será analisada e a verba poderá vir a ser liberada.

Os R$ 10 milhões disponibilizados para investimentos de prevenção não eram esperados. O dinheiro poderá ser aplicado na perfuração de poços artesianos, recuperação de barragens e na instalação de redes de distribuição de água.

— Esses recursos já estão disponíveis, os projetos precisam ser construídos cumprindo condições legais para que possamos repassar esses recursos — disse o diretor do Departamento de Articulação e Gestão da Defesa Civil, Cristiano Heckert.

Os convênios poderão ser fechados com os estados e municípios. Segundo Heckert, para agilizar a liberação dos recursos, foi criado o Centro de Monitoramento Integrado para a Seca do Sul, com representes dos governos estaduais, dos ministérios da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário, da Integração Nacional e da Agência Nacional de Águas (ANA).

— Foi uma determinação da presidente para que o governo tenha um posto avançado nos estados mais atingidos pela seca — explicou.

De acordo com o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, o governo vai encaminhar ao Conselho Monetário Nacional (CMN) uma proposta para a criação de uma linha de crédito de R$ 200 milhões para as cooperativas refinanciarem as dívidas de produtores rurais que vivem em municípios que decretaram situação de emergência ou de calamidade por causa da estiagem.


Visita ao Estado

Na próxima segunda-feira, o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, desembarcará em Santa Catarina para visitar o município de Chapecó, uma das áreas atingidas pela seca. Mendes será recepcionado pelo governador Raimundo Colombo.


DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
09 jan13:24

Receita libera nesta segunda consulta a lotes da malha fina

A Receita Federal do Brasil libera nesta segunda-feira a consulta ao primeiro lote de declarações residuais do Imposto de Renda Pessoa Física 2011 que estavam na malha fina. Serão liberadas também declarações que estavam retidas referentes a 2010, 2009 e 2008. A consulta aos lotes estará disponível na página da Receita Federal na internet ou pelo telefone 146. O dinheiro será depositado no banco no dia 16.

Do exercício de 2011, serão creditadas restituições para um total de 73.878 contribuintes, corrigidas em 8,58 %. De 2010, serão pagas restituições para 10.768 contribuintes, com correção de 18,73 %. Do exercício de 2009, os valores, atualizados em 27,19%, serão pagos a 5.578 pessoas. De 2008, as restituições serão destinadas a 3.533 contribuintes, já corrigidas em 39,26 %.

A Receita informou que a restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Declaração IRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá ir a qualquer agência do Banco do Brasil (BB) ou ligar para a Central de Atendimento BB – que atende pelos telefones 4004-0001 (capitais), 08007290001 (demais localidades) e 080071290088 (deficientes auditivos) – para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

AGÊNCIA BRASIL

Comente aqui