Férias

19 jul17:34

Atrações radicais no Shopping Pátio Chapecó

Crianças e adultos contam com uma programação especial de férias no Shopping Pátio Chapecó. Com o tema “Férias divertidas” duas novas atrações serão apresentadas no local até o final do mês de julho.

Uma das atrações é Xtreme Park, que apresenta a primeira pista de esqui móvel do Brasil, com a emoção dos esportes de inverno, para crianças e adultos.

>> Confira a programação do CINEMA de Chapecó

Outra é o Mega Ball, uma brincadeira radical para andar sobre a água, jogar sem se molhar e cair sem se machucar. A atração também é recomendada para crianças e adultos.

Os horários das atrações são das 10h às 22h, de segunda a sábado, e das 11h às 22h nos domingos e feriados. Os valores de ingresso devem ser consultados no local.

Ainda para as crianças, o Shopping apresenta nestas férias o “Cantinho Divertido”. Gratuitamente, a criançada pode se divertir para valer com pintura de rosto, desenhos para colorir, jogos e outras atrações, diariamente das 13h às 21h.


Comente aqui
14 jul12:08

Férias com os pequenos: veja cuidados com a alimentação

A presença da criançada em casa durante as férias de inverno pede algumas alterações no cardápio da família. Se para os pequenos o descanso da escola combina com chocolate no café da manhã e doces ao longo de todo o dia, para os pais significa uma alimentação regrada e saudável para garantir energia para brincar até a noite.

Confira algumas dicas.

Não deixe os doces de lado: se você proibir drasticamente o chocolate, as balas e os biscoitos, fará com que as delícias se tornem ainda mais desejadas. Ao invés de excluir totalmente, estipule horários do dia em que ele é permitido, como após o almoço e no lanche da tarde.

Coloque todos na mesma rotina: não adianta proibir o doce no café da manhã da criança se os mais velhos seguem comendo. Para dar o exemplo, aplique a mesma determinação para todos da casa.

Estimule as brincadeiras ao ar livre: tente fazer das férias um período para brincar, correr e se exercitar ao ar livre. Criança que passa o tempo todo dentro de casa vendo tevê ou em frente ao computador, pode desenvolver problemas de peso.


DONNA ZH



Comente aqui
28 jan11:44

Colônia de Férias em Chapecó

A Fundação de Ação Social – FASC mantém durante as férias o atendimento nas Unidades Sócio-Educativas para as crianças e adolescentes que fazem parte do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI.

De acordo com a Diretora Presidente da FASC, Belenite Frozza, cerca de 300 crianças e adolescentes com idade entre 06 e 14 anos participam das atividades realizadas em sete bairros de Chapecó.

- É muito importante que o atendimento às crianças do PETI não seja interrompido. Como eles estão em férias escolares têm a oportunidade de ficar no sócio-educativo e receber atividades direcionadas com os profissionais, respeitando, assim, a condicionalidade do programa de não haver interrupção no atendimento. Isto garante o bem estar dos participantes e a continuidade do trabalho desenvolvido durante todo o ano – explica.

Durante a Colônia de Férias do PETI, as atividades são voltadas à prática esportiva, jogos e brincadeiras e acontecem em horário especial. O atendimento diferenciado será realizado até o dia 02/02. Após este período as oficinas lúdicas e de aprendizagem serão retomadas nos dias e horários habituais, respeitando o contraturno escolar.


Comente aqui
23 jan10:37

Diversão nas Férias em Chapecó

Conhecimento e diversão fazem parte das atividades na Colônia de Férias 2012. O projeto é desenvolvido pela Prefeitura de Chapecó e reúne crianças do berçário, maternal e pré escolar dos 22 Centros de Educação Infantil Municipal, distribuídos em seis CEIM’S pólo de Chapecó.

A colônia iniciou dia 2 de janeiro e terá continuidade até o dia 31 deste mês. A ocupação produtiva dos alunos no período de férias contempla atividades lúdicas e educativas, coordenadas por profissionais habilitados em educação infantil que receberam capacitação pela Secretaria Municipal de Educação. Agentes educativos, coordenadores técnicos, serventes e cozinheiras também fazem parte da equipe. Além disso, através de um planejamento pedagógico, há o acompanhamento dos trabalhos nos Ceim’s, realizado por uma equipe formada por assistentes sociais.

A atividade atende à solicitação da comunidade. Diariamente atividades recreativas, esportivas e culturais envolvem os cerca de 200 alunos participantes, muitas vezes em turno integral. Segundo a Secretária de Educação, Astrit Tozzo, os trabalhos tranquilizam os pais durante este período.

- Ter uma atividade que envolva o aluno também no período de férias escolar e atenda as necessidades da comunidade, significa que estamos cada vez mais preparados e com uma educação municipal de qualidade- destaca a Secretária.


Comente aqui
26 nov12:40

Aprenda a se livrar de sete doenças que podem atrapalhar as férias de verão

Oficialmente, o verão começa só em 21 de dezembro. Mas o sol já está brilhando e a temperatura começa a esquentar. Quem pretende aproveitar o calor na praia ou na piscina, deve tomar cuidado com problemas como micoses, insolação, otite, entre outros. Com os dias mais quentes, podem surgir também problemas de desidratação e intoxicação alimentar.

Todos esses contratempos, no entanto, podem ser evitados com algumas medidas preventivas. O médico Alexandre Wolkoff, dá algumas dicas de prevenção contra sete doenças recorrentes nessa época, justamente para que suas férias não terminem no hospital. Confira:

:: Insolação — Uma das doenças de verão mais comuns, pode ser evitada com uma medida muito simples: não tomar sol entre as 10h e as 15h e sempre usar filtro solar. A longa exposição ao sol pode causar desidratação e queimaduras, além de sintomas como dor de cabeça, náuseas, tontura, temperatura elevada do corpo e queimaduras que podem deixar a pele vermelha ou até provocar bolhas.


:: Micoses — No verão, transpiramos muito mais que nas outras estações e a pele úmida é o local preferido por micro-organismos que normalmente são adquiridos em locais como piscinas e praias. A doença começa com irritação e coceira, que causam uma vermelhidão no local, geralmente nas virilhas, pés e unhas. Ao perceber a micose, o conselho é procurar um clínico geral ou dermatologista, pois essa doença pode ser facilmente confundida com outras patologias. A automedicação nunca é aconselhada.


:: Desidratação — Trata-se de uma grande perda de líquidos e sais minerais. Uma pessoa perde em média 2,5 litros de água por dia, seja por suor, urina ou fezes. Com o alto calor do verão, essas eliminações são potencializadas e outras formas de evasão da água são criadas, como o vômito. Quando desidratado, o paciente apresenta sede, fica com a boca e os olhos ressecados e não urina regularmente. A saída é o repouso em lugares arejados e ingerir líquidos constantemente para que se mantenha hidratado. Beba muita água.


:: Otite — Após mergulhar no mar ou em piscinas, muitas pessoas ficam com o ouvido entupido de água, o que pode predispor à inflamação e à infecção nos ouvidos. Infecções causadas por fungos podem ser frequentes.


:: Conjuntivite — Normalmente é adquirida em piscinas não tratadas devidamente e praias impróprias para o banho. A conjuntivite é de facílima transmissão, por meio do contato manual, por isso evite contato com quem estiver infectado. Quem contrai a doença fica com os olhos avermelhados e lacrimejantes, além de sentir coceira. E escolha bem o lugar onde vai se banhar.


:: Intoxicação alimentar — Os frutos do mar são os principais responsáveis pela intoxicação alimentar. Comer em clubes, barraquinhas de praia e em outros lugares onde a higiene no preparo e a conservação dos alimentos é duvidosa também é perigoso. Podem ser curadas em apenas um dia, com reidratação, mas há casos graves, em que surgem complicações associadas, que podem durar até sete dias. Tenha cuidado na hora de escolher o restaurante, lave bem as mãos quando for preparar alimentos e tenha certeza de que eles estão frescos e bem conservados.


:: Brotoejas — São aquelas bolinhas de água que causam vermelhidão e coceira no rosto, pescoço, ombro, barriga ou peito. Elas estão diretamente relacionadas com a atuação das glândulas sudoríparas, que são muito exigidas durante o verão por causa do excessivo calor e da transpiração. A prevenção consiste em evitar ambientes e banhos muito quentes.


BEM-ESTAR

Comente aqui