Final

16 ago17:28

Voleibol Masculino de Chapecó está na final dos JUC´s

A equipe chapecoense, que representa a Unoesc na competição universitária, decidirá o título do voleibol masculino nos Jogos Universitários Catarinense. A final dos JUC´s colocará frente a frente Chapecó e Criciúma, representado pela Esucri. A partida decisiva está marcada para às 15h30, desta sexta-feira, no Centro de Eventos da Unoesc, em Joaçaba.

A Aprov/Unoesc/Chapecó derrotou na estreia a equipe da UFSC, de Florianópolis, por 3 sets a 0. As parciais foram 25 a 13, 25 a 15 e 25 a 19. Como o evento tem apenas três equipes, a vitória colocou Chapecó automaticamente na decisão. A equipe chapecoense. O time comandado por Nilson Rex está com 100% de aproveitamento em 2012 e poderá conquistar o segundo título da temporada.


Liga Nacional

Além de confirmar a invencibilidade no ano, de garantir uma vaga nos Jogos Universitários Brasileiro, o título dos JUC´s também dará moral para os chapecoense na disputa da Liga Nacional.

- São todas competições importantes e precisamos entrar para buscar o título em todas elas -disse o técnico da Aprov/Unoesc/Chapecó, Nilson Rex.

A partir de segunda-feira, 20 de agosto, todas as atenções do voleibol brasileiro se voltaram para Chapecó. A cidade volta a sediar uma competição nacional depois de 15 anos. A fase final da Liga Nacional reunirá os seis campeões de cada região do país. Somente o campeão garantirá vaga na Superliga B, em 2013. As disputas, que terão entrada gratuita, serão no ginásio Ivo Silveira. Serão três rodadas por dia a partir das 16h.


Comente aqui
17 jul10:24

Voleibol Masculino Chapecó está na fase final da Liga Nacional

A equipe Aprov/Unoesc/Chapecó de voleibol masculino encerrou a participação na Liga Nacional – etapa Sul, de forma invicta. A equipe chapecoense venceu os cinco jogos que disputou e garantiu a primeira colocação do torneio. Os jogos foram realizados na cidade de Maringá, no Paraná. Aprov será o único representante da região Sul do país na fase final da competição.

- O time foi evoluindo a cada dia, ganhando ritmo de jogo e no final podemos dizer que fizemos uma boa campanha – disse o técnico Nilson Rex.

Na rodada final, Chapecó e Maringá/Banco Bonsucesso/AmaVôlei entraram em quadra na briga pelo título da etapa classificatória. Uma partida equilibrada desde o início, com vitórias apertadas dos catarinenses nos dois primeiros sets, com parciais de 27/25 e 28/26. Os paranaenses deram o troco no terceiro set, com vitória por 25/16. Mas os chapecoenses liquidaram a partida no quarto set por 25/20, 3 sets 1 no jogo.

- Foi um jogo decidido no detalhe. Nosso saque e o bloqueio funcionaram muito bem -avaliou Rex.


Fase final

Depois de garantir a vaga da região Sul, Chapecó luta agora para sediar a fase final da Liga Nacional. O convite foi feito pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), mas a sede ainda não foi oficializada. Nesta semana, dirigentes da CBV devem realizar uma vistoria na cidade. O objetivo é verificar os possíveis locais de competição, hospedagem, refeições e como seria feito o translado das equipes.

A etapa final, que reúne os campeões de cinco regiões do país, está marcada para acontecer de 20 a 25 de agosto.


Comente aqui
23 mar14:42

Final do JAS 2012 é neste domingo em Xaxim

A Fundação Municipal de Esportes de Seara promove no domingo, 25, o encerramento do JAS 2012. As 12 equipes participantes disputam os últimos pontos nas modalidades de embaixadinha, corrida da carriola, cabo de guerra, corrida do saco e serrote. Ainda pela manhã terá as provas de ciclismo e rústica no masculino e feminino. Na sexta-feira, 23, às 19 horas tem as finais do voleibol misto e no sábado, a partir das 13h30, as disputas do pênalti em dupla no masculino, dominó em dupla livre, escova livre, canastra dupla livre e cinquilho individual livre.

A Diretora da Fundação Susane Sgarbossa destaca que os jogos estão bastante disputados com a participação de atletas da cidade e interior do município e a disputa pelas primeiras colocações também está equilibrada. – Até o momento a equipe do Fla-Seara lidera com 125 pontos, 03 de Maio/Avaí tem 98 pontos e Academia Energia/Ipiranga 82 pontos – disse.

Depois de realizadas as últimas provas da tarde de domingo será feita a premiação dos vencedores e logo após os atletas terão comemoração com a animação da Banda Danúbio Azul. – Todos os searaenses estão convidados a prestigiar o encerramento dos jogos no Carecão, a entrada é totalmente gratuita – comenta Susane.


Comente aqui
26 dez14:42

Venda da linha de festas cresce de 8% a 10%

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O final de ano está sendo gordo para as agroindústrias que devem ter um crescimento de 8 a 10% na linha de festas, em relação ao ano passado. Esta é a previsão do presidente da Associação Catarinense de Avicultura, Cléver Pirola Ávila. A BRF prevê aumento de um dígito em volumes e dois dígitos em vendas. A Aurora e a Seara prevêem crescimento de 8%. A Seara aposta que alguns consumidores vão redirecionar gastos para os alimentos, melhorando a qualidade de suas festas.

A BRF atribui o crescimento a o aumento na renda do brasileiro, lançamentos de produtos mais práticos e inovadores e à incorporação de 1,3 milhão de consumidores de produtos natalinos.

Para o diretor comercial da Aurora Alimentos, Leomar Somensi, resultado positivo é fruto do momento na economia nacional: – Os empregos formais e aumento do poder aquisitivo geraram recursos que estão senso utilizados em produtos para as festas de final de ano- explicou.

Na avaliação do diretor executivo do Sindicato das Indústrias de Carnes e Derivados de Santa Catarina (Sindicarne) Ricardo Gouvêa, a estabilidade da economia brasileira está refletindo num aumento do consumo interno. O Brasil passou incólume às crises internacionais nos últimos anos e com isso as agroindústrias apostaram no mercado interno. Ele afirmou que as indústrias até contrataram mais para a produção de linhas de festa e somente não há mais contratações por falta de mão de obra. A estimativa é que existem entre duas e três mil vagas nas agroindústrias catarinenses.

O presidente da Acav, Cléver Pirola Ávila, disse que houve um aumento do público consumidor e as indústrias também lançaram produtos específicos para as classes A/B e C/D. –Temos vários novos itens à base de peru e linhagens diferenciadas de frangos- avaliou Ávila.

Ele explicou que, a partir de julho, as indústrias já voltam parte de sua produção para as linhas de final de ano. Ávila destacam que estes produtos são de maior valor agregado e isso permitiu às agroindústrias uma recuperação em seus resultados. –Tivemos um ano impactado negativamente pelo câmbio e pelos custos- explicou.

Em alguns meses o dólar caiu para patamares de R$ 1,50 a R$ 1,55, o que prejudicava a competitividade e o retorno com as exportações, principalmente da indústria catarinense, que exporta 30% da produção.

Outro fator negativo foi o custo do milho e do farelo de soja, que chegaram a aumentar em cerca de 50% em relação aos anos anteriores.

Para o presidente da Companhia Integrada para o Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Enori Barbieri, o alto custo vai afetar a rentabilidade das agroindústrias. –O aumento das vendas do final de ano vai neutralizar o efeito do aumento dos custos- prevê. Barbieri disse que os produtores também tiveram um ano difícil. Quem terá um Natal gordo mesmo são os produtores de grãos.


Consumo chega a 46 quilos nas aves e 15 quilos nos suínos

O bom momento da economia brasileira está refletindo no aumento do consumo de proteína de carne. Tanto que o frango vai passar de 43 quilos per capita ano para 46 quilos, segundo o presidente da Associação Catarinense de Avicultura, Cléver Pirola Ávila. Ele afirmou que, se fosse levada em conta a média de dezembro, esse número seria de 50 quilos. –O consumo aumenta no final de ano- explicou.

Além do aumento da renda a variedade de produtos e embalagens mais atrativas também contribuem para este resultado. -Os produtos estão tão atrativos que estão virando até presentes de final de ano- explicou.

Nos suínos o consumo também cresceu de 13 quilos per capita ano para 15 quilos nos últimos dois anos, segundo o diretor executivo do Sindicato das Indústrias de Carnes e Derivados de Santa Catarina (Sindicarne), Ricardo Gouvêa.

O presidente da Companhia Integrada para o Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Enori Barbieri, disse que a previsão é de aumento de produção para 2012. Em Santa Catarina a produção de suínos de aumentar 50 mil toneladas, passando de 750 mil ano para 800 mil toneladas/ano. Tudo graças à perspectiva da conquista de novos mercados, como Japão, Coréia do Sul e China.

Nas aves também há perspectiva de crescimento para os mercados já existentes. O que preocupa mesmo é que a previsão de estiagem prejudique a safra de milho, o que pode impactar em aumento de custos.


Principais produtos

AURORA - O destaque da linha Boas Festas Aurora é o Blesser, ave diferenciada com maior rendimento, carne suculenta, tempero exclusivo e pronto para assar. A novidade é o Peito de Blesser Recheado, com farofa de lingüiça calabresa e uvas passas.

SEARA - Lançou oito novos produtos da linha comemorativa. Três deles são da Seara Ceia Fácil: Ave Classy Temperada e Desossada (ideal para receber o recheio da preferência do consumidor), o Peito de Peru com Manteiga e Ervas Finas (com sachê de manteiga separado para utilização no momento em que o produto for ao forno) e o Pernil sem Osso Temperado e com Molho de Ameixa (o sachê com o molho também vem separado). O Peru e a Ave Classy são os principais itens e representam juntos mais de 50% das vendas.

SADIA - O Peru é o líder das vendas. Os principais lançamentos são o Pernil Assado, Lombo Assado e Pernil de Cordeiro.

PERDIGÃO – O principal produto é o Chester. As novidades são o Chestes Assa Fácil Desossado e Recheado e Sobrepaleta Recheada com Lingüiça


Comente aqui
27 nov12:37

Moleque Bom de Bola chega ao fim com campeões inéditos

Pela primeira vez na história das 20 edições do Campeonato Escolar de Futebol – Moleque Bom de Bola, o Colégio Cenecista Marcos Olsen, de Caçador e o Colégio Recriarte, de Camboriú, conquistaram na manhã deste domingo, 27, em São Lourenço do Oeste, cidade do noroeste catarinense, os troféus de campeão 2011.

Com dois gols da atacante Júlia, a segunda maior goleadora do campeonato com 11gols, e duas defesas importantes da goleira Amanda, a equipe caçadorense repetiu o placar da fase de grupos e venceu o Balduíno Rambo, de Tunápolis por 2×1. Descontou para o time do extremo oeste a meia Vanessa. A artilheira e destaque da competição feminina foi Talia, com 13 gols, aluna da escola Lourdes Lago, de Chapecó, que terminou na terceira colocação do Moleque.

Também no masculino, o campeão foi inédito. O colégio Recriarte, de Camboriú, e a escola São Ludgero, de São Ludgero, chegaram invictos à final e com campanha idêntica na fase de grupos, com duas vitórias e dois empates cada e diferença de três gols na semifinal. No jogo “tira teima” com dois gols do centroavante Guilherme, o time de Camboriú se deu melhor e venceu por 2x1ficando com o troféu de campeão . Descontou para São Ludgero o meia Lucas.

A competição que é uma realização da Fesporte, com apoio do Governo do Estado, Secretarias de Desenvolvimento Regional e Prefeitura Municipal de São Lourenço do Oeste tem o patrocínio da empresa Parati, e ocorreu em São Lourenço do Oeste de 22 a 27 de novembro e contou com a participação de 20 equipes de 17 municípios do estado. No ano de 2011, incluindo as etapas municipal, microrregional, regional e estadual, participaram do Moleque Bom de Bola, 77.560 atletas, alunos de 1094 escolas, pertencentes a 264 municípios, que envolveram 36 SDRs.


Arbitragem feminina

Na final da “moleca” entre Marcos Olsen e Balduíno Rambo, o trio de arbitragem foi inteiro feminino, e se tornou uma atração a parte na competição. Com muita serenidade e firmeza, Neuza Inês Back, professora de educação física da escola Rodolfo Foss, de Saudades, município do oeste catarinense, e integrante do quadro nacional da Confederação Brasileira de Futebol – CBF desde 2009, conduziu com maestria a partida final. Neuza nunca foi atleta de futebol, mas quando concluiu seus estudos na faculdade de Palmas PR, incentivada por seu irmão, André, que é árbitro da Federação Catarinense de Futebol, começou a atuar em competições regionais, e hoje apita por todo o Brasil. Já a professora de educação física, Deise Bellaver, de Faxinal dos Guedes que atuou como auxiliar é ex atleta e já participou do Moleque como atleta. A outra auxiliar foi a enfermeira Marilei Bassi, ex-jogadora de futsal de Concórdia, Lindóia do Sul e Peritiba, e que atua em Concórdia.

O Moleque Bom de Bola é uma realização da Fesporte, com promoção do Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte e Parati Alimentos e apoio da prefeitura de São Lourenço do Oeste, secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) e RBS TV.

Fonte: Alvaro Roberge/ Fesporte


Comente aqui
17 nov14:46

Horário do comércio para o final de ano

Com o objetivo de regular o atendimento ao consumidor no período de final de ano, a diretoria do Sindicado do Comércio da Região de Chapecó (Sicom), mediante análise das necessidades das empresas e a partir de sugestão da CDL, deliberou sobre a definição de horários para o funcionamento dos estabelecimentos comerciais lojistas no mês de dezembro.

Conforme orientação do Sicom, o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais lojistas não se confunde com a jornada de trabalho máxima permitida legalmente para o comerciário. Nesse caso, alerta o Sicom, é necessário observar a legislação trabalhista quanto à jornada de trabalho e intervalos intra e inter jornadas, obedecendo os dispositivos legais. São eles os artigos 58, 59, 66 e 71 da CLT, as leis federais 605/1949, que trata do repouso seminal remunerado, e 10.101/2000, que regula o funcionamento em domingos e feriados, e as cláusulas 9ª, referente ao adicional de horas extras, e 27ª e 28ª, que tratam da compensação do horário de trabalho, da Convenção Coletiva de Trabalho em vigor.

As empresas devem realizar as devidas adequações funcionais, obrigatoriamente, observando sempre a legislação trabalhista em vigor. Qualquer desrespeito à legislação ou a não formalização dos instrumentos previstos legalmente poderá resultar em infração administrativa, punível com multa pelo Ministério do Trabalho, além de demandas trabalhistas dos funcionários, lembra o sindicato das empresas do comércio. Para qualquer esclarecimento adicional, a assessoria jurídica do Sicom está à disposição das empresas.


Tabela de horário do Comércio para o final do ano em Chapecó

28/11 a 02/12 – até às 19h

03/12 – sábado – até às 18h

05/12 a 10/12 – até às 20h

11/12 – domingo – das 16h às 21h

12/12 a 17/12 – até às 21h

18/12 – domingo – das 16h às 21h

19/12 a 23/12 – até às 22h

24/12 – sábado/véspera de natal – até às 16j

25/12 – domingo – fechado

26/12 a 30/12 – até às 19h

31/12 – sábado/véspera de Ano Novo – até às 17h

01/01/12 – domingo – fechado


Horário de atendimento Shopping Pátio Chapecó

De segunda-feira a sábado: 10h às 22h

Domingos e feriados:

Alimentação e lazer – 11h às 22h

Lojas – 14h às 20h


Comente aqui