Fórum

10 jul08:16

Cordilheira Alta terá I Fórum de melhoramento genético

Levar conhecimento ao produtor rural este é o objetivo I Fórum Cordilat em Melhoramento Genético, que será realizado na quinta-feira, 12 de julho no auditório da Prefeitura de Cordilheira Alta. As inscrições gratuitas podem ser realizadas pelo (49) 3358-0412 ou pelo email rodolfo@cordilat.com.br.

Serão dois momentos abordados neste Fórum, a primeira palestra terá como tema a Genômica, e o uso dessa nova tecnologia para transformar o processo de seleção e melhoramento genético mundial. Já a segunda palestra terá o foco no processo de Genotipagem de Rebanho Leiteiro em Plataforma Ampla, uma nova ferramenta disponível ao produtor, onde o mesmo poderá, através de uma análise do DNA ,saber qual é o animal de melhor carga genética em sua propriedade para assim prosseguir com o trabalho de seleção.

De acordo com o gerente do departamento técnico, o Zootecnista Rodolfo Meneguello, toda empresa de lácteos têm um compromisso social muito grande e deve empenhar todos os esforços em capacitar seus produtores parceiros.

- Com esta nova ferramenta, não somos mais reféns apenas da análise fenotípica. A Genômica nos dá a possibilidade de somarmos a atual análise de fenótipo (teste de progênie), aos dados obtidos a partir da leitura do código genético do animal. Dessa forma aceleramos, e muito, a melhoria genética do rebanho – disse.

A última etapa a ser realizada no Fórum será de levar os participantes até a Fazenda Cordilat, onde poderão acompanhar uma atividade prática sobre os assuntos abordados nas palestras e conhecer uma estrutura ideal para criação de gado de leite sem a necessidade de um custo elevado e com grandes possibilidades de lucros.


Comente aqui
04 jun10:51

Seja um conselheiro da RBS TV Chapecó

Estão abertas as inscrições para o Fórum dos Consumidores da RBS TV Chapecó. Pelos próximos seis meses dez conselheiros selecionados repassarão suas avaliações do Jornal do Almoço e do RBS Notícias transmitidos para a região Oeste de Santa Catarina.

Além de opinar sobre a cobertura jornalística da emissora, os conselheiros apontam falhas, avaliam e sugerem reportagens, questionam decisões editoriais e discutem enfoques, inclusive do ponto de vista ético. Desta forma, contribuem para que a RBS TV corrija eventuais falhas e cumpra criteriosamente seu papel social. O Fórum dos Consumidores é uma das novidades da emissora na busca pela transparência, proximidade com o público e aperfeiçoamento de seu produto.

A escolha dos conselheiros procura reproduzir o universo dos telespectadores da RBS TV. Por isso, será formado um grupo o mais heterogêneo possível, com pessoas de diferentes idades, hábitos e opiniões. A seleção vai se basear na análise dos perfis dos candidatos. Os interessados em participar devem acessar o link da pesquisa e preencher o questionário.

O Fórum dos Consumidores reúne-se uma vez por mês, na sede da RBS TV, na Rodovia Chapecó/Seara, s/n.º km 3,5 em Chapecó. A atividade não é remunerada.

O mandato será de seis meses e vai até dezembro. Relatórios das reuniões do conselho serão distribuídos aos jornalistas da RBSTV. Além dos encontros mensais, os integrantes poderão entrar em contato com a emissora a qualquer momento, pessoalmente, por telefone ou e-mail, para discutir temas do noticiário.

Comente aqui
01 jun17:59

Oeste de SC deve sediar primeira empresa de microeletrônica do Brasil

Instalar a primeira indústria de encapsulamento microeletrônico da América Latina em Santa Catarina com garantia de aporte financeiro do Governo Federal e Estadual. Esse é o teor do documento assinado por entidades na tarde desta sexta-feira, dia 1º de junho em Chapecó, durante o Fórum de Validação do Projeto Chapecó 2030, promovido pela Sociedade Amigos de Chapecó (SAC), no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes. Trata-se de sediar na capital do oeste a Optoi Microelectronics, empresa italiana de microeletrônica, eletrônica e sistemas, pertencente ao Grupo A-Innotech de Trento/Itália – know-how de quase duas décadas no setor.

O projeto apresentado busca oferecer às Indústrias, universidades, centros tecnológicos e institutos de pesquisa os serviços de BackEnd que viabilizam o desenvolvimento e a produção de novos chips, memórias, sensores, sistemas e circuitos integrados no Brasil. A proposta está alinhada às intenções do Governo Federal, que já lançou planos prioritários de investimento e incentivo ao desenvolvimento da indústria de semicondutores.

À frente da iniciativa estão a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), Prefeitura Municipal de Chapecó, Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Unochapecó, SAC, Senai Chapecó, Uceff Faculdades, Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC – Campus Chapecó), Unoesc e empresa Nord Electric.

Entre as atividades correlacionadas à indústria de BackEnd destacam-se o mapeamento (silicon mapping), corte, afinamento, testes, caracterização, solda, encapsulamento, registro e acabamento em processos microeletrônicos. Estes serviços são disponibilizados tanto para a pesquisa e desenvolvimento científico quanto à produção seriada de indústrias nacionais e estrangeiras.

No documento, as entidades justificam que o Brasil é o único país em desenvolvimento que não domina a indústria da microeletrônica e por estar em defasagem no segmento. Enfatizam também que Chapecó ocupa uma posição central em relação aos grandes centros consumidores do Mercosul, é 6ª colocada na economia do Estado de Santa Catarina, possui índices de geração de emprego acima dos níveis Estadual e Federal, o que garante à população renda e estabilidade social. E ainda o crescimento econômico desencadeado pelos incentivos fiscais concedidos para empreendedores que desejam instalar suas empresas em Chapecó através da instalação de distritos industriais.

O presidente da ACIC Maurício Zolet, o diretor de Desenvolvimento Industrial e Agronegócio da ACIC Gustavo Muller Martins e o engenheiro doutor Leonardo Biazi citaram as vantagens que a indústria trará ao Brasil e ao Estado barriga-verde, entre elas, o crescimento da produção industrial nacional (inclusive com novos setores); diminuição nos custos de produção; maior acessibilidade aos produtos de qualidade; avanço tecnológico nacional; crescimento no número de empresas, produtos e patentes; valorização do produto nacional; atração de capital estrangeiro para novos investimentos etc.

Entre os mercados que serão beneficiados estão o de telecomunicação, informática, o agroalimentar, biomédico, de energia, de petróleo e gás e, ainda, as indústrias naval, aviônica e aeroespacial.

- Chapecó já é referência em vários setores e agora poderá ser líder neste segmento na América Latina. Vamos buscar o envolvimento e comprometimento dos governos Federal e Estadual para o aporte dos recursos financeiros necessários à viabilização do empreendimento – complementou Zolet.

As entidades avaliam que o projeto inédito no Brasil será o responsável pela inclinação do eixo desenvolvimento socioeconômico da região oeste de Santa Catarina, inserindo o Estado e o País em um cenário diferenciando e de alto valor agregado.

Participaram ainda da assinatura do documento o prefeito de Chapecó José Cláudio Caramori, o deputado federal Celso Maldaner, o secretário de articulação institucional Luciano Buligon, o presidente da SAC Cláudio Kracker e o diretor proprietário da Nord Electric Nelson Eiji Akimoto.


Comente aqui
30 mai17:45

Participe e seja um conselheiro da RBS TV Chapecó

Estão abertas as inscrições para o Fórum dos Consumidores da RBS TV Chapecó. Pelos próximos seis meses dez conselheiros selecionados repassarão suas avaliações do Jornal do Almoço e do RBS Notícias transmitidos para a região Oeste de Santa Catarina.

Além de opinar sobre a cobertura jornalística da emissora, os conselheiros apontam falhas, avaliam e sugerem reportagens, questionam decisões editoriais e discutem enfoques, inclusive do ponto de vista ético. Desta forma, contribuem para que a RBS TV corrija eventuais falhas e cumpra criteriosamente seu papel social. O Fórum dos Consumidores é uma das novidades da emissora na busca pela transparência, proximidade com o público e aperfeiçoamento de seu produto.

A escolha dos conselheiros procura reproduzir o universo dos telespectadores da RBS TV. Por isso, será formado um grupo o mais heterogêneo possível, com pessoas de diferentes idades, hábitos e opiniões. A seleção vai se basear na análise dos perfis dos candidatos. Os interessados em participar devem acessar o link da pesquisa e preencher o questionário.

O Fórum dos Consumidores reúne-se uma vez por mês, na sede da RBS TV, na Rodovia Chapecó/Seara, s/n.º km 3,5 em Chapecó. A atividade não é remunerada.

O mandato será de seis meses e vai até dezembro. Relatórios das reuniões do conselho serão distribuídos aos jornalistas da RBSTV. Além dos encontros mensais, os integrantes poderão entrar em contato com a emissora a qualquer momento, pessoalmente, por telefone ou e-mail, para discutir temas do noticiário.

Comente aqui
23 abr12:25

Fórum Catarina da Cultura

Nesta segunda-feira, dia 23 de abril, um grupo formado por mais de 50 coletivos de artistas de Santa Catarina e um grupo de conselheiros do Conselho Estadual de Cultura participam de um manifesto em Florianópolis.

O grupo estará a partir das 15 horas em frente ao Centro Integrado de Cultura – CIC, onde fará a entrega de uma carta para o presidente da FCC, Joceli de Souza.


Abaixo, a integra da carta a ser entregue:


Ao Exmo Sr.

Raimundo Colombo

Governador do Estado de Santa Catarina

Senhor Governador,

No último dia 20 de março, foi assinado o Termo de Compromisso com o Ministério da Cultura para o desenvolvimento do Sistema Estadual de Cultura, que deve estar alinhado às políticas federais de implementação do Sistema Nacional de Cultura.

Nós, trabalhadores da área da cultura de Santa Catarina, reunidos e unanimemente, entendemos que este processo deva ocorrer com transparência e ampla participação da sociedade. Por esta razão, solicitamos urgência na devolutiva das ações da Fundação Catarinense de Cultura, da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e do Conselho Estadual de Cultura, além de diálogo aberto com convite à participação da sociedade civil nas decisões da Gestão Cultural de Santa Catarina. Solicitamos especial atenção aos assuntos que percebemos urgência:

1. Retomada dos trabalhos da Comissão de Elaboração do Sistema Estadual de Cultura (SEC-SC);

2. Revisão da agenda de implementação do SEC-SC com ampla divulgação e garantia de participação da sociedade civil, conforme o Termo de Compromisso assinado;

3. Respeito às deliberações do Conselho Estadual de Cultura de Santa Catarina (CEC-SC) e inclusão de sua reestruturação junto ao Sistema Estadual de Cultura;

4. Transparência das atividades desenvolvidas pela SOL e FCC com publicação de informações e prestações de contas, além da disponibilização das atas do CEC e publicação do Diário Oficial na internet;

5. Oficialização de informação e abertura para participação da sociedade civil, com qualidade representativa, para contribuição com o processo de revisão do Decreto que regulamenta o FUNCULTURAL;

6. Valorização da cultura como tema transversal nas políticas públicas de Santa Catarina, pelo entendimento de que o setor cultural catarinense, com sua produção artística e cultural fortalecida, além de contribuir para o desenvolvimento intelectual, educacional e social de nossa sociedade, constitui-se como fonte legítima de trabalho e renda contribuindo com o crescimento de nossa economia;

7. Diálogo transparente e participativo sobre o Decreto e a não publicação do Edital Elisabete Anderle;

8. Transparência sobre a não realização do Salão Nacional Victor Meirelles e do Prêmio Cruz e Souza de Literatura;

9. Realização de reuniões periódicas do Comitê Gestor, conforme Decreto nº 1.291/2008, respeitando as deliberações do Conselho Estadual de Cultura;

10. Compromisso do Governo do Estado na criação de uma Secretaria Específica para a Cultura de Santa Catarina.

Solicitamos a manifestação do Governo de Santa Catarina, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e Fundação Catarinense de Cultura com o agendamento e compromisso de organização de Fórum de Política Cultural Catarinense para o mês de junho de 2012 e por um período mínimo de três dias, para que a sociedade civil tenha a justa oportunidade de participação na construção da Política Cultural de Santa Catarina.

Certos de contar com a resposta às nossas reivindicações no prazo de 5 dias do recebimento deste ofício, solicitamos uma audiência com o Governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo.


FORUM CATARINA DE CULTURA


O documento já foi assinado por mais de 50 coletivos de artistas e membros do conselho estadual de cultural, entre eles alguns chapecoense:

AAPLASC – ASSOCIAÇÃO DOS ARTISTAS PLÁSTICOS DE SANTA CATARINA

ACATE – ASSOCIAÇÃO CHAPECOENSE DE ARTISTAS DE TEATRO

ACINEJ – ASSOCIAÇÃO DE CINEMA DE JOINVILLE E REGIÃO

ADAG – ASSOCIAÇÃO DE DANÇA DE GAROPABA

AJOTE – ASSOCIAÇÃO JOINVILENSE DE TEATRO

AMUJ – ASSOCIAÇÃO DOS MÚSICOS DE JOINVILLE

ANACÃ – ASSOCIAÇÃO DE GRUPOS DE DANÇA DE JOINVILLE

APRODANÇA – ASSOCIAÇÃO PROFISSIONAL DE DANÇA DE SANTA CATARINA

ASSOCIAÇÃO CULTURAL CINEMATECA CATARINENSE – ABD/SC

ASSOCIAÇÃO CULTURA MATAKITERANI

CINELO – ASSOCIAÇÃO DE CINEMA E VÍDEO DE CHAPECÓ E REGIÃO

FECATE – FEDERAÇÃO CATARINENSE DE TEATRO

FÓRUM CULTURAL DE FLORIANÓPOLIS

GESTO – ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES TEATRAIS DA GRANDE FLORIANÓPOLIS

ICOMOS/BR – SEÇÃO SC – INTERNATIONAL COUNCIL OF MONUMENTS AND SITES / COMITÊ BRASILEIRO DO CONSELHO INTERNACIONAL DE MONUMENTOS E SÍTIOS

MOVIMENTO DANÇA JARAGUÁ

MUSICATARINA – ASSOCIAÇÃO DA CADEIA PRODUTIVA DE MÚSICA DE SANTA CATARINA

SANTACINE – SINDICATO DA INDÚSTRIA AUDIOVISUAL DE SANTA CATARINA

SETORIAL PERMANENTE DE TEATRO DE FLORIANÓPOLIS

SINTRACINE – SINDICATO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA CINEMATOGRÁFICA E DO AUDIOVISUAL DE SANTA CATARINA

CIA ALMA LIVRE DE TEATRO

ANONIMOATO GRUPO TEATRAL

APRIKA COOPERATIVA DE ARTE

ARCO PRODUTORA

ATELIÊ DO COMEDIANTE

ATOS TEATRO

BOCARELA DAS PALAVRADAS CIA DE TEATRO

BRUXOS DA CORTE CIA DE TEATRO

CÁLICE (AECA)

CARONA TEATRO E PRODUÇÕES ARTÍSTICAS LTDA

CARRETEL CIA DE TEATRO

CENTRO ACADÊMICO DE TEATRO DA UDESC

CIA ACARA TEATRO E DANÇA

CIA ANDANTE

CIA CARAVANA DO SONHAR

CIA CARONA DE TEATRO

CIA CÊNICA ESPIRAL

CIA DE TEATRO COLHER DE PAU

CIA DE TEATRO DA UNIVILLE

CIA DE TEATRO VANGUARDA

CIA DIDOIS

CIA DOS NOBRES ARTEIROS

CIA EXPERIMENTOS

CIA GAIA DE TEATRO

CIA GARAGEM CÊNICA DE TEATRO

CIA JOGRAL DE TEATRO

CIA MUIRAQUITÃ DE TEATRO

CIA MÚTIA

CIA PÉ DE VENTO

CIA RÚSTICO TEATRAL

CIA STUDIO EM CENA

CIA TEATRAL ANCHIETA

CIA TEATRAL AVENIDA LAMPARINA

CIA TEATRAL CANTO DO POVO

CIA TEATRAL EM CENA

CIA TEATRAL L.A. CHAMA

CIA TEATRAL PILIQUINHA

CIA TEATRAL MATAKITERANI

CIA TEATRAL NÓS EM CENA

CIA TEATRAL VERDE VIDA

CIA TRÊS TERÇOS

CIA VAI DE TEATRO

CIA Z DE TEATRO

CIA ZULU CANIBAL ATOR E BONECOS

CIRQUINHO DO REVIRADO

COLETIVO CARDUME CULTURAL – FORA DO EIXO SC

COLETIVO CIRCO FLORIPA

COLETIVO NEGA – NEGRAS EXPERIMENTAÇÕES GRUPO DE ARTES

COLETIVO NÓ CULTURAL

COLETIVO TERCEIRA MARGEM

D.A. CIA. DE TEATRO

DE ARAQUE CIA DE TEATRO

DESVIO DE SEPTO CIA TEATRAL

DIONISOS TEATRO – JOINVILLE

EFFECTUS CIA TEATRAL

ERRO GRUPO

ESFERA PRODUÇÕES ARTÍSTICAS

ESSA É CIA DE TEATRO

EXPRESSO PRODUÇÕES – FLORIANÓPOLIS

FUNDAÇÃO CULTURAL SIMPOZIO

GPOEX

GRUPO AFRICATARINA DE ARTE E ARTE-EDUCAÇÃO

GRUPO CÍRCULO DE TEATRO

GRUPO CULTURAL RODA VIVA

GRUPO DE PESQUISA DE TEATRO DE ANIMAÇÃO

GRUPO DE PESQUISA TEATRAL PANACÉIA

GRUPO DE TEATRO NOVO TEMPO

GRUPO DE TEATRO TEMPORAL

GRUPO ENSAMBLE PRODUÇÕES ARTÍSTICAS

GRUPO FÃS DE TEATRO

GRUPO GATS DE TEATRO

GRUPO MUNICIPAL DE TEATRO

GRUPO TEATRAL ACONTECENDO POR AÍ

GRUPO TEATRAL BOCA DE SIRI – FLORIANÓPOLIS

GRUPO TEATRAL FIO DE ARIADNE

GRUPO TEATRAL LEGIÃO DE PALHAÇOS

GRUPO TEATRAL SENTIR

GRUPO 3RS

HARMÔNICA ARTE E ENTRETENIMENTO

INSTITUTO ARCO-ÍRIS

IRREAL PRODUÇÕES ARTÍSTICAS

LA TRAMA CIA TEATRAL

O GRITO CIA DE TEATRO

OSPÁLIA – COLETIVO DE PALHAÇOS

OS NAVEGANTES DE UTOPIA

P.A. PESQUISA ATORAL

PERSONA CIA DE TEATRO

PESQUISA ATORAL CIA DE TEATRO – BLUMENAU

PHOENIX CIA DE TEATRO

PORTO CÊNICO CIA DE TEATRO

REDE ITAJAIENSE DE TEATRO

RESTA NÓIS CIA LIVRE DE TEATRO – FLORIANÓPOLIS

SANDRA BARON CIA DE TEATRO

SINOS CIA DE TEATRO

SOCIEDADE CULTURAL ESPORTIVA E RECREATIVA BABADOS DE CAPINZAL E OURO

SÓ LUZ TEATRO

STUDIO F PRODUÇÕES ARTÍSTICAS E CINEMATOGRÁFICAS

SUA CIA DE TEATRO

TEATRANDO POR AÍ

TEATRO DO DESEQUILÍBRIO

TEATRO EM TRÂMITE

TEATRO SIM POR QUE NÃO?

TEMPORADA BLUMENAUESE DE TEATRO

TÉSPIS CIA DE TEATRO

TRAÇO CIA. DE TEATRO

TRIP PIERROT DE TEATRO

TRIP TEATRO DE ANIMAÇÃO

TRUPE TEATRAL TRIBO PIERROT – SÃO BENTO DO SUL

VENTO NEGRO CIA DE TEATRO

ADRIANA DURANTE – Conselheira Estadual de Cultura – Representante da Associação dos Arte Educadores do estado de Santa Catarina.

BETINA ADAMS – Conselheira Estadual de Cultura – Representante dos Profissionais de conservação e restauração do Patrimônio Histórico.

ELISANGELA JAWORSKI – Conselheira Estadual de Cultura – Representante dos Profissionais de Dança.

FRANSCISCO DO VALE PEREIRA – Conselheiro Estadual de Cultura – Representante da área de Folclore e Artesanato.

FIFO LIMA – Conselheiro Estadual de Cultura – Representante dos Profissionais de Cinema.

LUCIANO CAVICHIOLLI – Conselheiro Estadual de Cultura – Representante dos Profissionais de Teatro.


Comente aqui
16 mar17:36

Entidades pedem que MP aprofunde investigação do Caso Chiarello

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Cerca de 40 pessoas integrantes do Fórum em Defesa da Vida, Justiça e Democracia estiveram nesta sexta-feira no Fórum de Justiça de Chapecó, para entregar ao Ministério Público um documento pedindo o aprofundamento das investigações.

Uma comissão entregou aos promotores de justiça um documento onde aponta contradições nos laudos da morte do vereador. A vereadora Angela Vitória disse que ficou insatisfeita com o resultado dos laudos do Instituto Geral de Perícias.

Ela contestou a hipótese de que os ferimentos na cabeça do vereador e o sangramento tenham sido causados pelo próprio vereador, ao se debater após ter se enforcado. –É um absurdo pois o sangue não teria como subir- argumentou. Ela também contesta o parecer dos médicos do IGP que indicaram que o segundo sulco no pescoço teria sido causado durante o transporte do corpo.

Para ela o vereador foi agredido, amarrado no pescoço no chão e depois pendurado.

Uma das coordenadoras do Fórum que reúne 52 entidades, Deise Paludo, espera que o Ministério Público trate a questão com muita seriedade. Ela disse que o Fórum das entidades está à disposição para contribuir com a questão.

O Ministério Público recebeu nesta semana o inquérito da Polícia Civil, que foi inconclusivo, não indicando se houve homicídio ou suicídio. O Ministério Público instaurou um Procedimento Investigatório Criminal para dar sequência nas investigações.

O subprocurador geral de Justiça para Assuntos Administrativos, José Galvani Alberton, designou os promotores Jackson Goldoni, Cléber Augusto Hanisch e Benhur Poti Betiolo, para auxiliar no processo.

Goldoni disse que os promotores vão analisar o caso e podem solicitar novas perícias. O Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) deve auxiliar na investigação.



Comente aqui
16 mar13:16

Caso Marcelino Chiarello

Representantes do Fórum em Defesa da Vida, por Justiça e Democracia, composto por 42 entidades, fazem manifestação nesta sexta-feira, dia 16, a partir das 13h30, em frente ao Fórum de Chapecó.

O ato acontece durante a reunião dos promotores do Ministério Público, que investigam o caso. O Fórum vai entregar um documento com informações sobre as contradições na investigação da morte do vereador Marcelino Chiarello.

>> Junta conclui que Marcelino morreu por enforcamento

O vereador foi encontrado morto em casa na manhã do dia 22 de novembro de 2011. Peritos que impressionaram o Brasil ao desvendar o assassinato da menina Isabela Nardoni, em SP, devem analisar os laudos do caso.


3 comentários
15 mar18:47

Caso Marcelino Chiarello

Representantes do Fórum em Defesa da Vida, por Justiça e Democracia fazem manifestação nesta sexta-feira, dia 16, a partir das 13h30, em frente ao Fórum de Chapecó.

>> Junta conclui que Marcelino morreu por enforcamento

O ato acontece durante a reunião dos promotores do Ministério Público, que investigam o caso. O Fórum, composto por 42 entidades, entregará um documento com informações sobre as contradições na investigação da morte do vereador Marcelino Chiarello, ocorrida no dia 22 de novembro de 2011.


Comente aqui
08 mar15:58

Nova diretoria do Fórum da Mesorregião toma posse

O Fórum da Mesorregião Grande Fronteira do Mercosul – MESOMERCOSUL realizou nesta desta quinta-feira, dia 8, a Assembleia Geral Ordinária, no Plenário da Câmara de Vereadores de Concórdia. Na ocasião foi apresentado o relatório de atividades, o balanço financeiro e patrimonial, discutidas as diretrizes e metas para os anos de 2011 e 2012 e transição dos cargos da Diretoria.

O representante do Ministério da Integração Nacional, Cleber Mello, falou sobre os programas desenvolvidos e principais ações apoiadas pelo órgão. Destacou o Projeto que o Fórum da MESOMERCOSUL esta desenvolvendo voltado a Fruticultura, em parceria com a UFFS e o Ministério da Integração.

Entre os trabalhos desenvolvidos no ano de mandato como presidente do Fórum, Leocir Sartor avaliou como positiva a celebração da parceria com a Universidade Federal Fronteira Sul – UFFS, que auxilia na descentralização dos recursos financeiros oriundos do Governo Federal para apoio a projetos nesta Mesorregião. Destacou a continuidade da articulação e estímulo para que cada porção dos Estados que integram a Mesomercosul criem seus mecanismos de acesso a mercados – Bolsas de Mercadorias, favorecendo particularmente as pequenas e micros empresa e os produtores familiares. Outro item importante destacado é parceria firmada com a Universidade de Passo Fundo – UPF, que é um dos apoiadores e colaboradores para a realização do IV INTEGRASUL, que acontecerá nos dias 21 e 22 de Junho, na sede da UPF.

Após tratar assuntos do Fórum, aconteceu a Transmissão dos cargos da Diretoria a nova composição passou a ser formada pelos seguintes componentes: Roberto Kurtz Pereira (SC), Presidente; Sergio Luis Allebrandt (RS), 1ª Vice-Presidente; Leocir Sartor (PR), 2ª Vice-Presidente; Marize Coletti, Secretária-Executiva e Silvio Santos Junior, Tesoureiro. A composição do Conselho de Representantes e do Conselho Fiscal permanece inalterada, pois a eleição ocorre a cada três anos.

O novo presidente do Fórum da Mesorregião Grande Fronteira do Mercosul, Roberto Kurtz Pereira, participa ativamente do processo de desenvolvimento da mesorregião desde a criação do Fórum, em 2001. Os projetos a serem implementados ainda no ano de 2012, que refletem as prioridades estabelecidas no Plano de Ação, estão contidos no fortalecimento do Fórum, na organização do IV INTEGRASUL que acontecerá no mês de Junho na UPF – Passo Fundo, continuidade do Projeto da Fruticultura bem como a elaboração do Plano Estratégico da Fruticultura para a Mesomercosul. Ainda continuara a se estudar a criação da Bolsa de Mercadorias para os Estados da Mesorregião, sendo que o Estado do Paraná já esta realizando os tramites para criação da Bolsa e ainda no ano de 2012 deve entrar em funcionamento.

O Fórum da Mesorregião Grande Fronteira do Mercosul existe desde o ano de 2001 e abrange o norte do Rio Grande do Sul, o oeste de Santa Catarina e o sudoeste do Paraná, compreendendo 396 municípios. O Fórum atende à política governamental de criação de espaços de debate para implementação de políticas públicas de desenvolvimento regional, promovendo a articulação para definição de diretrizes, estratégias e prioridades com vistas à elevação das condições sociais básicas e da redução das disparidades sócio-econômicas inter e intra-regionais.


Comente aqui
27 jan18:54

Caminhoneiro que atropelou e matou uma mulher de 35 anos em Concórdia é condenado

RBS TV CONCÓRDIA

O caminhoneiro Carlos Eduardo Faccin, de 31 anos, foi condenado a sete anos e seis meses de reclusão, em regime semi aberto. O julgamento, que iniciou às nove da manhã desta sexta-feira, encerrou às 17h da tarde e foi realizado no Fórum de Concórdia.

Carlos Eduardo foi o responsável pela morte de Sandra Mara Barbieri de 35 anos. De acordo com o Ministério Público,  Sandra estava no acostamento da SC 283, quando Carlos Eduardo deu cavalinho de pau com o caminhão e atingida a vítima. O fato ocorreu no dia 11 de junho de 2007.

Carlos Eduardo chegou a ficar 10 meses preso, mas conseguiu um habeas corpus e foi solto. Em função disso, mesmo com a condenação, ele vai recorrer da sentença em liberdade.


Comente aqui