Galvão

29 fev11:09

Ministério do Desenvolvimento Agrário fará entrega de máquinas em Abelardo Luz

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) realiza nesta sexta-feira, 2, em Abelardo Luz, a entrega de máquinas retroescavadeiras para 20 municípios do Território da Cidade Meio Oeste Contestado. O ato acontece, a partir das 15h, na Praça Central Olices Stefani, com a presença do ministro Afonso Florence, prefeitos e demais autoridades regionais.

Além de Abelardo Luz, serão contemplados os municípios de Bom Jesus, Celso Ramos, Coronel Martins, Entre Rios, Faxinal Dos Guedes, Galvão, Ipuaçu, Jupiá, Lajeado Grande, Luzerna, Marema, Ouro Verde, Passos Maia, Ponte Serrada, São Domingos, Vargeão, Xanxerê, Xavantina e Xaxim.

As máquinas devem ser usadas em ações emergenciais de atendimento aos agricultores prejudicados pela estiagem e atividades de recuperação de estradas, entre outros serviços. – Essa nova máquina vai nos ajudar a dar um suporte maior aos nossos agricultores familiares que passam por dificuldades com a falta de chuva – declarou o prefeito Dilmar Fantinelli de Abelardo Luz, município que está em situação de emergência.

A entrega das máquinas faz parte da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), que prevê a recuperação e manutenção de estradas vicinais por meio da doação de equipamentos para as prefeituras. A iniciativa visa garantir o escoamento da produção dos empreendimentos da agricultura familiar para a circulação de bens e serviços e para a segurança do tráfego nos pequenos municípios.


Territórios da Cidadania

Implantado em 2008, o Programa Territórios da Cidadania envolve a atuação integrada de 22 ministérios e órgãos do governo federal com estados, municípios e sociedade civil. O objetivo é promover o desenvolvimento sustentável em regiões com baixo dinamismo econômico, especialmente no meio rural. Segundo o MDA, as ações abrangem 1.852 municípios, onde vivem 42,4 milhões de brasileiros, 13,1 milhões deles no meio rural.


Comente aqui
05 jan14:27

Aumenta número de municípios em situação de emergência no Oeste

[atualizado 19h06]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Mais municípios decretaram situação de emergência em virtude da estiagem que atinge o Oeste Catarinense: Entre Rios, Caxambu do Sul, Guatambu e Bandeirante. Com isso já são 56 cidades nessa situação. E o número deve aumentar, já que a previsão de chuva abaixo da média vai até o mês de março.



André Baggio, de Coronel Freitas, terá uma quebra de 50% na safra do milho.



Até o começo da tarde a Defesa Civil tinha registrado 54 municípios em situação de emergência. As prefeituras de Guarujá do Sul e Palmitos também encaminharam decreto mas a documentação ainda não chegou na Defesa Civil do Estado.

>> Estiagem se agrava no Oeste

O governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira, viaja para o Oeste nesta sexta-feira onde fará reuniões nas regionais de Chapecó, Maravilha e São Miguel do Oeste. O Governo está fazendo um levantamento dos caminhões pipa disponíveis no Estado, que devem ser deslocados para os municípios mais atingidos. A Epagri vai realizar os laudos de perdas para que os agricultores possam acessar o seguro. Os prejuízos nas lavouras ultrapassam  R$ 400 milhões.


56 Cidades em situação de emergência

Águas de Chapecó

Águas Frias

Anchieta

Bandeirante

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Chapecó

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Entre Rios

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul*

Guatambu

Ipuaçu

Iraceminha

Irati

Jardinópolis

Maravilha

Marema

Modelo

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Ouro Verde

Palma Sola

Palmitos*

Passos Maia

Planalto Alegre

Pinhalzinho

Ponte Serrada

Quilombo

Riqueza

Romelândia

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Carlos

São Domingos

São José do Cedro

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tigrinhos

União do Oeste

Xanxerê


*Defesa Civil ainda não recebeu a documentação dos decretos destes municípios. Dados do relatório das 19h da Defesa Civil.



Comente aqui