Hospital

19 out10:27

Motociclista saiu da UTI

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br*

atualizado 14h35

O motociclista José Valdomiro Eufrazio, que sobreviveu cinco dias no mato após um acidente com moto e está internado desde o dia 12 de outubro, saiu da UTI do Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, no final da tarde de terça-feira.

De acordo com o neurologista Cleiton Piekala, na manhã desta quarta foi realizada uma avaliação da saúde do paciente, que estava em coma até domingo. Eufrazio está falando desde domingo mas ainda está confuso e sonolento.

-O quadro dele é estável- disse Piekala.

O motociclista de Passos Maia teve um braço amputado. O acidente foi na noite do dia 7 de outubro, na SC 465, em Passos Maia.


Ex-namorada quer reencontrá-lo para dizer que ainda o ama

O motociclista foi encontrado pela ex- namorada, Géssica Aguilheira, 15 anos, quando retornava para Passos Maia. Géssica voltada de uma atividade do Programa Educacional de Resistência as Drogas (Proerd) na cidade de Ponte Serrada. Devido à altura do ônibus ela conseguiu observar a moto e o homem. Géssica não pediu para o motorista parar, apenas comentou com uma amiga o que tinha visto.

– O ônibus passou rápido e não deu tempo de parar, mas quando eu vi a moto, sabia que era ele – disse a ex namorada.

Quando Géssica chegou em casa contou para a mãe e, com uma amiga, voltaram ao local.

- Se eu não tivesse voltado ele estaria morto – se emociona.

Segundo a ex namorada, José estava sem o capacete e sem um dos tênis, mas mexia a perna. As estudantes pediram ajuda a um morador que passava pela rodovia para comunicar a Polícia. O casal morou junto por um ano. E há 5 meses estavam separados.

A estudante espera José  sair da UTI para conversar com ele.

– Meu coração anda angustiado. Eu quero falar com ele para dizer o quanto o amo – disse.


* Colaborou Sirliane Freitas e Juliano Zanotelli

Comente aqui
17 out18:04

Grave acidente na BR 282

A ocorrência foi às 13h10 desta segunda-feira, na BR 282, próximo ao condomínio Espelho das Águas em Chapecó.

Adão Maris, 59 anos, motorista do veículo foi encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital Regional de Chapecó. O condutor do caminhão saiu ileso.

Adão foi atendido e está internado no Hospital. Segundo informações da Instituição ele passa bem.




1 comentário
13 out12:48

Motociclista encontrado vivo em Passos Maia teve braço amputado

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

José Valdomiro Eufrágio, 21 anos passou por cirurgia na noite de quarta-feira. Ele teve o braço direito amputado. A mãe da vítima, Maria Eufrágio, está no Hospital e não quis falar com a imprensa. Ela ainda está abalada com o caso.

A Assessoria de Imprensa do Hospital divulgou nota sobre o estado de saúde do jovem:

De com o médico plantonista da UTI Geral, Carlos Luzzi do Hospital Regional do Oeste (HRO) o paciente José Valdomiro Eufrágio, 21 anos, assim que deu entrada no Pronto Socorro do HRO, ainda na tarde de quarta-feira, dia 13, fora imediatamente atendido pela equipe médica e enfermagem de plantão além de junta médica composta por clínico geral, cirurgião, ortopedista, neurologista e anestesista . Além do atendimento emergencial, fora submetido a exames e passou por tomografia. O José também foi submetido a procedimento cirúrgico, onde teve amputação total do braço direito. O paciente encontra-se em leito de isolamento na UTI Geral onde é assistido por equipe médica e enfermagem de plantão. O quadro do paciente persiste grave. Ele está em coma e respira com auxílio de aparelhos.

Segundo parente da vítima, Paulo Cesar Pereira da Cruz, a moto Gross 150 laranja envolvida no acidente foi entregue pela Polícia Civil para a família. Ele disse ainda que a Polícia só foi procurada na segunda-feira, quatro dias após o desaparecimento, pois acreditavam que ele tivesse ido visitar parentes em Xanxerê.

No dia do acidente José havia viajado para Ipumirim, para levar um atestado médico pois estava gripado. De acordo com Elizandra de Oliveira, ele fazia o mesmo trajeto há 3 meses. – Ele saía de casa sempre às 11h30min e retornava para casa às 4 horas da manhã – disse Elizandra.

>> O motociclista foi encontrado vivo cinco dias depois do acidente na SC 465 em Passos Maia.


1 comentário
11 out17:16

Pacientes laringectomizados

Equipe médica vem realizando encontros com grupo de pacientes laringectomizados totais, ou seja, que retiraram totalmente a laringe. Objetivo é prestar esclarecimentos e informações sobre convivência com uso de equipamento para fala, higiene, alimentação, convívio social entre outras, bem como troca experiências entre os pacientes.

O grupo de trabalho conta com participação multiprofissional como nutricionista, enfermeira, psicóloga, assistente social, bem como acadêmicos da área de saúde da Unochapecó.

Coordenam os trabalhos a fonoaudióloga, mestre em Distúrbios da Comunicação, Luciara Giacobe Steinmetz, e o médico Cirurgião de Cabeça e Pescoço, Marco Antonio Tesseroli que também é professor de Medicina na Unochapecó.

A fonoaudióloga Luciara, ressalta que a retirada total da laringe ocasiona perdas irreversíveis ao ser humano, e segundo ela, afetam as condições físicas, sociais e emocionais do paciente.

- A evidente mudança física ocasionada pela cirurgia, dificuldade de contato interpessoal e o preconceito devido à doença trazem problemas de diferentes ordens aos pacientes e seus familiares – disse.

Luciara destaca que a retomada das relações sociais fica limitada, principalmente pela ausência da voz. – A voz representa a identidade do indivíduo e sua perda pela retirada da laringe compromete a manifestação dos sentimentos, desejos e das características individuais – enfatiza.

O médico Marco Tesseroli explica que o principal objetivo do grupo é reconstruir as relações com o paciente, família e grupo social. Foram convidados para fazerem parte da equipe profissional, um psicólogo, uma nutricionista, uma enfermeira, uma acadêmica do curso de nutrição , uma do curso de enfermagem e duas acadêmicas do curso de medicina da Unochapecó.



Comente aqui
06 out16:46

Hospital Regional implanta SAC

O Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste, conta com um novo serviço, o SAC. O Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) possui o objetivo de prestar apoio no atendimento e oferecer suporte para a resolução de problemas, recebimento de críticas e elogios.

De acordo com o diretor administrativo, Marcio Sottana, este é um passo importante para o hospital. – Através desse serviço poderemos medir o grau de satisfação de nossos clientes e assim melhorar nosso atendimento, já que um de nossos maiores objetivos é o atendimento humanizado – disse.

Também, em conjunto com o SAC, está disponível o serviço de ouvidoria, que pretende da mesma forma, ouvir via telefone, sugestões, elogios e reclamações, referentes ao atendimento na instituição.

O telefone para contrato com a ouvidoria do Hospital Regional é, (49)3631.1852 e o e-mail para contato é sac@hospitalregionalsaocamilo.org.


Comente aqui
09 set17:49

Passageiro do ônibus envolvido no acidente na BR 163 tem alta

Na tarde desta sexta-feira, mais um passageiro do ônibus envolvido no acidente na BR 163 em São José do Cedro, teve alta. Renato Cornelli de Oliveira deixou o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso em São Miguel do Oeste.

Dez pessoas, entre elas o motorista do caminhão envolvido no acidente permanecem internados. Hedy Freitag e Debora Cavalheiro permanecem sedadas em estado grave na UTI.


Comente aqui
08 set11:50

Menino é atropelado em Chapecó

RBSTV CHAPECÓ


Permanece na UTI do Hospital Regional de Chapecó o menino de 13 anos que foi atropelado por volta das sete horas da noite da quarta-feira, dia sete.


O acidente aconteceu na rua São Pedro, bairro Jardim América. Alexander Emanuel Saltier Ramos apresentava escoriações e inchaço na cabeça e suspeita de traumatismo craniano.


Segundo informações levantadas pela Polícia Militar ele estaria atravessando a pista quando foi atingido pelo veículo. A Polícia vai instaurar inquérito para apurar como teria acontecido o acidente.


Comente aqui
08 set09:27

Passageira do acidente na BR 163 tem alta

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br


A passageira do ônibus envolvido no acidente na BR 163, em São José do Cedro, Ana Paula Tosin recebeu alta na manhã desta quinta-feira. Ela estava internada no Hospital Regional de São Miguel do Oeste.


De acordo com a direção do Hospital,  11 pacientes continuam internados e sem previsão de alta. Uma pessoa permanece na UTI.


Passageiros encaminhados para o Hospital Regional de São Miguel do Oeste: Débora Cavalheiro, Hedy Freitag, Marelise Hirsch, Maria Rosane Schimit, Maria Silvia Quinzani, Carsildo Schlosser, Beatriz Schlosser, Carolina Schlosser, Nady Dockhorn Rockemvach, Ana Paula Tosin (teve alta), Renato Cornelli De Oliveira, Claudiomar José Fernandes (motorista do caminhão).


A colisão entre ônibus que fazia o trajeto Guaíra/PR – Santa Maria/RS e caminhão carregado com soro de leite foi por volta da 1h40min desta quarta-feira, dia sete, no Km 96 na BR 163, em São José do Cedro, limite com o Guaraciaba. Três pessoas morreram, uma delas o motorista do ônibus.

Comente aqui
07 set16:32

Mulher conta que quase ficou sufocada

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br


Um dos resgates mais difíceis do acidente desta quarta-feira foi o da dona de casa Beatriz Schlosser, que mora em Santa Rosa. Ela estava voltando de Toledo, com o marido, Carsildo, e a filha, Caroline.


-Fiquei duas horas até ser resgatada, pois fiquei presa entre os bancos- disse.




Carolina Scholsser e a mãe Beatriz Scholsser estão internadas no Hospital Regional de São Miguel do Oeste.





Quando o ônibus tombou, ela ficou na parte de baixo. –Fiquei com uma parte do corpo no chão, prensada contra galhos de árvores e os bancos me amassando- disse.


Um homem caiu por cima dela e ela teve que fazer muita força para retirá-lo de cima do seu pescoço. –Estava ficando sufocada- explicou.


Os bombeiros tiveram até que usar um guindaste para retirá-la. Apesar da demora, Beatriz disse que os bombeiros foram muito gentis e cuidadosos.


Ela lembrou que, no momento do acidente, estava cochilando. –Quando deu a batida todo mundo acordou e aí o ônibus capotou e começou a cair tudo- contou a dona de casa. –Era muito grito e eu sentia muita dor- completou.


Beatriz quebrou a bacia e teve que passar por cirurgia na tarde de quarta.


O marido, Carsildo, teve fratura numa das pernas e também passou por cirurgia.


Caroline também fraturou uma das pernas mas talvez não precise de cirurgia. –Levei um susto-disse. Ela tinha comemorado o aniversário de 20 anos no dia anterior. Carolina tinha ido com os pais para Toledo para comemorar o noivado dos irmão. Sua mãe disse que pretende se recuperar logo.


–No casamento vou estar entrando com o noivo- disse. A data deve ficar para 2012 para que os três, que estão no mesmo hospital, se recuperem.


Comente aqui
30 ago11:39

Homem é atingido por raio em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Um homem foi atingido por um raio no Bairro Seminário, em Chapecó, na madrugada desta terça-feira. Francisco Manfrina Jr., 29 anos, estava consciente e com hipotermia.

A vítima foi atendida pela equipe de socorro do Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Regional do Oeste. Após avaliação médica ele foi liberado na manhã desta terça-feira.

O temporal com granizo e ventos fortes tem provocado estragos no Oeste. As cidades mais atingidas na região foram Irati e Formosa do Sul, que decretaram situação de emergência.

Comente aqui