HRO

24 ago11:23

HRO vai aumentar em 50% o atendimento

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O edital para a ampliação do Hospital Regional do Oeste (HRO) foi assinado pelo Governador do Estado Raimundo Colombo, na noite da quinta-feira, dia 23 de agosto em Chapecó. A obra que terá investimento previsto de R$ 31,7 milhões do Governo do Estado.

- A empresa responsável deve iniciar as obras em quatro meses e a previsão é que esteja concluída em dois anos – disse o governador.

A nova ala vai contar com nove andares. Com a ampliação o número de leitos vai passar de 319 para 475 tornando-se o maior hospital público do estado.

Serão ampliadas ainda o novo Centro Cirúrgico com 12 novas salas cirúrgicas, nova UTI com 20 leitos para adultos, 10 novos leitos UTI pediátrica e sete novos leitos de UTI Coronária.

Está previsto também um pavimento específico com 42 leitos para Oncologia adulto e Pediátrica, mais um pavimento específico com 53 leitos para Quimioterapia, além de um Heliponto.

- Com a ampliação vamos aumentar em torno de 50% a capacidade de atendimento e teremos condições de atender mais pessoas e oferecer mais serviços – disse o presidente da diretoria executiva da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, Severino Teixeira da Silva Filho.

Atualmente o HRO realiza em média 1,2 mil cirurgias e 1,6 mil internações por mês. Entre curativos, consultas e administração de medicamentos são 600 atendimentos por dia.


Comente aqui
24 ago10:46

Segue internado em Chapecó o menino de três anos atacado por cão

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O menino de três atacado por um cão da raça Chow Chow segue internado em quarto do Hospital Regional do Oeste (HRO) em Chapecó. O quadro do menino, que passou por duas cirurgias e está acompanhado dos pais, é estável.

Três médicos, sendo um oftalmologista, acompanham o caso. O ataque do animal, que estava com a família a menos de seis meses, foi na quarta-feira, dia 22, na Linha Battistelo, interior do município.

O primeiro atendimento foi realizado pelo Corpo de Bombeiros que encaminhou o menino, com ferimentos na face, nariz e olho esquerdo, para o Hospital da Criança.

Como o caso era grave ele foi transferido e passou por cirurgia, ainda na noite da quarta, no HRO. A segunda cirurgia foi no começo da tarde da quinta. Ele saiu da UTI no final da tarde da quinta-feira.


Comente aqui
24 jul16:43

Semana de Aleitamento Materno será realizada em Chapecó

Menores chances de ter diarréia, pneumonia, diabetes, câncer ou de desenvolver alergias. Esses são alguns dos benefícios do aleitamento materno, destacados durante a Semana Mundial de Aleitamento Materno, que acontece de 1º a 7 de agosto em Chapecó.

Esse ano a campanha tem como tema: “Amamentar: uma necessidade, um carinho” e visa divulgar principalmente a Norma NBCAL – Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes – que regulamenta a comercialização de alimentos e materiais que possam concorrer com a amamentação, como por exemplo, mamadeiras, chupetas e leite em pó.

O evento é destinado para estudantes e profissionais de saúde, será realizado em parceria entre o Hospital Regional do Oeste (HRO), Udesc e Unochapecó. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no site www.hro.com.br ou através do telefone 49 3321-6770 até o dia 30 de julho.

De acordo com Andreia Dall´Agnoll, coordenadora de aleitamento do HRO, no dia 1º, quarta-feira, acontecem no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, duas palestras: “Aleitamento Materno: Compreendendo o passado, planejando o futuro, comemorando 10 anos de estratégia global”, com a palestrante Nelci Zorzi e também “Nutrição infantil: Aleitamento Materno e Alimentação Complementar, com Evanice Pagel.

Já na quinta-feira, dia 2, cada instituição envolvida com a programação realiza atividades internas e no dia 3 será realizada uma integração com a comunidade, com a distribuição de materiais e informações em três pontos da cidade: calçadão, shopping e no bairro Efapi.

- Nesse dia vamos distribuir folders, tirar dúvidas e repassar informações à comunidade, das 8 às 17 horas – enfatizou.

Andreia comenta ainda que o incentivo ao aleitamento materno é um trabalho constante no HRO. Segundo ela, todas as mamães recebem orientações e dicas sobre amamentação, podem tirar dúvidas sobre higiene, cuidados, alimentação e saúde dos bebês. A enfermeira comenta ainda que a amamentação é essencial até os seis primeiros meses de vida da criança e pode ser continuada até dos dois anos ou mais.


Comente aqui
16 mai10:36

Ainda não foi identificado homem atropelado na BR 480 em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Por volta das 17h50 desta terça-feira um homem morreu atropelado Km 128 da BR 480 em Chapecó. Até o final da manhã desta quarta-feira ele não havia sido identificado. Segundo funcionários do Instituto Médico Legal (IML), o homem de aproximadamente 35 anos, vestia bermuda, jaqueta de um supermercado de Chapecó e chinelo de dedos. Com ele foi encontrado também uma mochila preta cheia de roupas. Familiares podem fazer o reconhecimento no IML do Hospital Regional do Oeste em Chapecó.

Uma van, placas de Cunha Porã, com trabalhadores que saía de Chapecó atropelou o homem que, segundo a Polícia Rodoviária Federal de Xanxerê, teria tentando atravessar a pista. Nenhum ocupante do veículo se feriu.

O acidente gerou engarrafamento no local.



Comente aqui
17 abr09:44

Delegado do RS baleado ao reagir a assalto segue na UTI em hospital de Chapecó

Baleado ao intervir em um assalto no último domingo em Chapecó, no Oeste catarinense, o delegado de Canoas (RS) Paulo Florentino Machado, de 46 anos, segue internado em estado grave no Hospital Regional do Oeste. A Polícia Civil do Rio Grande do Sul enviou um representante para Santa Catarina para acompanhar o caso.

Segundo a Polícia Militar (PM) de Chapecó, uma família foi feita refém por volta das 23h de domingo no bairro Universitário. Três homens renderam os moradores que chegavam de carro em uma casa na Rua Amazonas. Um dos assaltantes ficou aguardando os comparsas do lado de fora em um veículo.

Vizinhos perceberam a ação dos criminosos e avisaram a PM. Enquanto isso, o delegado Paulo Florentino teria atraído os assaltantes para fora da casa. Houve troca de tiros e o policial acabou atingido.

Machado foi levado para o Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, onde passou por cirurgia. Ele estava em Chapecó para visitar parentes. Segundo a Polícia CIvil gaúcha, o delegado é catarinense, mas atua no Rio Grande do Sul desde 1999.

Após o crime, buscas foram realizadas na região. Dois homens foram presos e dois adolescentes apreendidos.

Antônio Ferreira de Matos, 22 anos, foi ferido com tiros nas pernas. O outro preso foi identificado como Elton Faccin, que estava dando cobertura aos assaltantes. Os dois foram levados para o Presídio Regional de Chapecó.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
30 mar14:29

Lions Clube Chapecó União completa um ano

O Lions Clube Chapecó União completou nesta quinta-feira, dia 29, o primeiro aniversário. A solenidade de comemoração da data foi realizada em parceria com o Lions Clube Chapecó Integração, padrinho do mais novo clube de Lions de Chapecó. O evento contou com a presença dos presidentes dos Lions clubes Chapecó e Universidade, além de autoridades leonísticas e representantes do Hospital Regional do Oeste – HRO.

Durante a solenidade de aniversário, o Lions Clube Chapecó União, a Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, que representa o Hospital Regional do Oeste, e a RBS TV Chapecó assinaram um termo de cooperação para apoiar as iniciativas do HRO no desenvolvimento e divulgação da campanha de doação de órgão e tecidos “Seja Um Anjo Doador”. A campanha contará com o apoio de todos os 63 Lions Clubes do Distrito LD 8, que atuam no Oeste e Meio-Oeste de Santa Catarina e, também, com a agência Vox Brasil que será responsável pela produção do material de divulgação, que será veiculado através da RBS para uma região de cobertura de 85 municípios.

No ato de assinatura do termo de cooperação, os representantes das entidades e organizações destacaram a importância da parceria. O presidente do Lions Clube Chapecó União, Juliano Delazzeri Ramos, disse que reunindo todos os integrantes do Lions do distrito LD 8, somam mais de 2100 voluntários engajados na campanha.

- O Hospital Regional do Oeste é uma instituição bem preparada, bem administrada, que tem todas as condições de colocar em prática essa campanha – disse o presidente do conselho fiscal do HRO, Sérgio Utzig.

Para o diretor executivo da RBS TV Chapecó, Mauro Vanin, é uma satisfação participar e apoiar de uma campanha como esta. – O intuito do Grupo é de ajudar as pessoas e buscar uma sociedade melhor para todos nós, num trabalho voluntário – disse.

A iniciativa pretende conscientizar ainda mais a população sobre a importância da doação de órgãos. Segundo a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante – CIHDOTT – do HRO, Santa Catarina é destaque e está em primeiro lugar no ranking nacional de doações. Chapecó ocupa a segunda colocação no número de doações em Santa Catarina.


Comente aqui
16 jan14:24

Hospital Regional de Chapecó recebe equipamentos

A aquisição de uma lavadora ultrassônica e a adoção do Ácido Peracético pelo Centro de Materiais e Esterilização (CME) do Hospital Regional do Oeste resulta em economia, rapidez, qualidade e menor risco de infecções. A infor-mação é da enfermeira-chefe do setor Aline Foresti.

O Hospital Regional substituiu o Hipoclorito de Sódio pelo Ácido Peracético para a desinfecção de artigos como plásticos, PVC, silicones, látex, máscaras de inalação, respiradores e cânulas, geralmente desgastados pelo hipoclorito, forçando substituição frequente e permanente. – A substância combate espo-ros e bactérias e vírus (incluindo HBV e HIV) e conta com boa compatibilidade com materiais, promovendo maior durabilidade – explica Aline.

Outras vantagens: o Ácido Paracético não descolore, não mancha e ou cor-rói tecidos, os maiores problemas do HRO em termos de reposição de roupas e campos (panos em procedimentos cirúrgicos). Segue as boas práticas ambientais defendidas pela instituição em diversos programas internos: é biodegradável, não necessita de qualquer tratamento de resíduos ao ser desprezado após o uso. O produto final é água e oxigênio, portanto compatível com o meio ambiente. Todo resíduo é removido após o enxágüe. Por fim, conta com o aval da respeitada Sociedade Alemã de Higiene e Microbiologia (DGHM).

Para facilitar o trabalho de preparo já vem equipado para garantir a precisão na diluição. Possui um dosador DS1, diluidor eletrônico com controle automático de dosagem, desenvolvido especialmente para trabalhar com este tipo de produto. Tecnicamente: O DS1 tem a capacidade de produzir o produto pronto, automaticamente, a partir de água mais o químico (ácido peracético) na concentração selecionada 0,5% ou 1%, conforme necessidade. O sistema conta com sensores de dosagem que monitoram continuamente a concentra-ção da solução produzida, certificando assim que o usuário não terá um produto pronto uso com percentual de diluição diferente do selecionado. Caso acabe o galão de solução concentrada ou ocorra algum outro problema, os sensores acusam imediatamente e o processo é interrompido automaticamente, evitando a produção de uma solução com dosagens diferentes da solucionada. Portanto, é um sistema confiável e extremamente seguro para diluição.


Lavadora ultrassônica aperfeiçoa processo de higienização

A adoção da lavadora ultrassônica – adquirida pelo HRO – aperfeiçoa o pro-cesso de higienização, explica Aline Foresti. O equipamento automatiza a higienização dos materiais. Depois de pré-lavagem os instrumentais seguem para a lavadora, equipada com um sistema de cavitação – ondas com pressões altas e baixas. Milhões de bolhas minúsculas produzidas por ultrassom retiram toda a matéria orgânica depositada.

Na lavadora comum, o processo de limpeza através de escovação manual não atingia todos os pontos dos instrumentos como ocorre através do ultras-som. Uma pinça, por exemplo, possui uma cremalheira, tem a parte distal, a parte de envergadura, locais onde a escovação não atinge. A lavadora ultras-sônica permite a limpeza profunda.

A lavadora com ultrassom aperfeiçoa os recursos, protege o colaborador – pois não precisa entrar em contato direto com o instrumental – e diminui os custos. No processo manual, há necessidade de escova, uso do movimento – repetitivo -, e maior quantidade de detergente. – Hoje, em 10 minutos dispomos do equipamento limpo, sem contato manual. A qualidade é ímpar. E, ainda podemos validar o processo de limpeza – saber exatamente os pontos atingidos pelo ultrassom, garantindo, assim, qualidade, eficácia e eficiência – resume a coordenadora do Centro de Materiais e Esterilização, Aline Foresti.


Comente aqui
09 dez19:06

Estado assina convênio com HRO de Chapecó

Um convênio na ordem de R$ 1,3 milhão foi assinado nesta sexta-feira en-tre o Governo do Estado de Santa Catarina e o Hospital Regional do Oeste – HRO. Os recursos serão investidos para melhorar e ampliar atendimentos do hospital e ainda saldar algumas necessidades de final de ano, como 13º salário dos funcionários.

De acordo com Severino Teixeira da Silva Filho, presidente da Diretoria E-xecutiva da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF), entidade beneficente que administra o HRO, os recursos vindos do Governo do Estado bem em ótimo momento. Segundo ele, os recursos serão aplicados no paga-mento do décimo terceiro salário dos funcionários, nos compromissos com os médicos contratos para as escalas de aviso e sobre aviso e também para sal-dar dívida com a empresa que fez o serviço de construção dos 06 leitos de UTI do hospital.

Severino destaca também que o ano de 2011 foi excelente para o HRO e as expectativas para 2012 são as melhores possíveis. Segundo Severino, o Go-verno do Estado de Santa Catarina tem como prioridade os investimentos na área da saúde, e algumas reinvidicações de Chapecó e região estão em estudo junto ao governo.

Severino destaca a necessidade de novos equipamentos para o HRO. – Um novo acelerador linear para melhorar e ampliar o serviço que já é oferecido na radioterapia do HRO. Hoje, nessa área, Chapecó é referência para mais de 200 cidades e quase 2 milhões de habitantes. E também um tomógrafo com mais recursos do que o existente hoje no HRO e que poderá ampliar as especialidades médicas atendidas, na alta complexidade – finalizou.


Comente aqui
07 nov13:48

Incentivo para doação de órgãos

O Colégio Trilíngue Inovação de Chapecó realizou na tarde da sexta-feira, dia 4, na Avenida Getúlio Vargas atividade de encerramento do projeto “Procura-se um coração”. O projeto foi desenvolvido na turma de 8ª série da escola desde o mês de agosto e trabalhou com os alunos o tema doação de órgãos e tecidos.

De acordo com a professora Liana Giachini, coordenadora do projeto, os alunos trabalharam em sala de aula o livro “Procura-se um coração”, que conta a história de uma adolescente que precisava de um transplante de coração. Segundo ela, um dos objetivos do projeto era mostrar para os alunos o tema doação de órgãos e mostrar que eles podem ter um papel fundamental e ajudar muitas pessoas.

Os alunos pesquisaram sobre o assunto, participaram de palestras explicativas com os profissionais de saúde do Hospital Regional do Oeste (HRO) e agora fazem esclarecimentos à população, através de conversas, entrega de folders e também através de uma música que os próprios alunos criaram.


Música: Uma luz no fim do túnel


Estou aqui pra lhe fazer

Um pedido solidário

Tantas vidas são perdidas

Muitas famílias aborrecidas


Imagine se fosse com você

Sem ninguém para ajudar

Ficar esperando tanto tempo

Até encontrar


Uma luz no fim do túnel

Para salvar

Seja um doador de órgãos

E evite resultar

Em mais uma perda

Em mais uma tristeza


Autores: Isadora Tasca, Sabrina Franceschi, Arthur Cristino Baldo Cruz, Angela Valentina Sartori.


1 comentário
28 out18:35

HRO completa 25 anos de fundação

O Hospital Regional do Oeste – HRO completa no mês de outubro, 25 anos. Para marcar a data foi realizada nesta sexta-feira, 28, um Culto Ecumênico alusivo aos 25 anos de fundação do HRO. Participaram das atividades a administração, funcionários, voluntários e pacientes do hospital. Durante o culto, a funcionária mais antiga do hospital, Ivone Lorenzi foi homenageada.

De acordo com Severino Teixeira da Silva Filho, presidente da Diretoria E-xecutiva da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF), entidade beneficente que administra o HRO, o hospital é hoje o maior complexo de saúde de Santa Catarina, pela estrutura e equipe que possui.

Segundo ele, hoje o HRO e a cidade de Chapecó são referências em diver-sas especialidades médicas. Ele enfatiza ainda que atualmente o HRO atende 120 municípios da região oeste catarinense e dos estados do Paraná e Rio Grande do Sul, englobando cerca de 2.000.000 pessoas. Entre janeiro e se-tembro de 2011, foram realizados mais de 100 mil atendimentos no Pronto Socorro do hospital, em média 11.300 pessoas por mês. No mesmo período foram internadas 15.416 e foram realizados mais de 140 mil exames laboratoriais.

O secretário de Saúde de Chapecó, Américo do Nascimento Junior, desta-cou que o HRO é referência em diversas especialidades médicas para Chape-có e diversos municípios da região. Ele comentou que as pessoas que hoje estão na gestão têm o compromisso de manter a estrutura do HRO forte e am-pliá-la cada vez mais. – Temos que manter um serviço e um atendimento de qualidade – disse.


Comente aqui