Inverno

20 jul09:10

Sexta-feira é de sol em Santa Catarina

A sexta-feira será tempo estável com predominância de sol. O frio continua, mas a temperatura aumenta durante o dia. Na Serra catarinense, o dia começou com gelados -4C. A mínima foi registrada em Urupema.

>> Confira mais detalhes no Blog do meteorologista Leandro Puchalski

De acordo com meteorologista Leandro Puchalski, a diminuição da temperatura foi provocada pela massa de ar frio que chegou depois da chuva do início da semana.

De acordo com Puchalski, a previsão é que a massa de ar seco e frio que está sobre Santa Catarina ainda influencie o tempo nos dois próximos dias. O sol vai aparecer entre algumas nuvens em todas as regiões. Sábado à noite e o domingo haverá maior maior nebulosidade, mas ainda assim o sol aparece.

O frio segue durante a noite e amanhecer no fim de semana. A temperatura deve variar entre 20ºC em SC. No Litoral, Vale do Itajaí e Norte ficam entre 23ºC a 25ºC em algumas cidades.

As menores temperaturas desta sexta-feira em Santa Catarina:

Bom Jardim da Serra -3,8ºC

Major Vieira -0,7ºC

Itaiópolis -0,3C

Major Vieira 0,2C

Papanduva, Monte Castelo e Tres Barras 0,3C

Lages e Irineópolis 0,8ºC

Porto União 0,9ºC

Criciúma 4,4ºC

Blumenau 6ºC

Joinville 7ºC

Florianópolis 7,8ºC

Chapecó 9ºC



DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
19 jul17:34

Atrações radicais no Shopping Pátio Chapecó

Crianças e adultos contam com uma programação especial de férias no Shopping Pátio Chapecó. Com o tema “Férias divertidas” duas novas atrações serão apresentadas no local até o final do mês de julho.

Uma das atrações é Xtreme Park, que apresenta a primeira pista de esqui móvel do Brasil, com a emoção dos esportes de inverno, para crianças e adultos.

>> Confira a programação do CINEMA de Chapecó

Outra é o Mega Ball, uma brincadeira radical para andar sobre a água, jogar sem se molhar e cair sem se machucar. A atração também é recomendada para crianças e adultos.

Os horários das atrações são das 10h às 22h, de segunda a sábado, e das 11h às 22h nos domingos e feriados. Os valores de ingresso devem ser consultados no local.

Ainda para as crianças, o Shopping apresenta nestas férias o “Cantinho Divertido”. Gratuitamente, a criançada pode se divertir para valer com pintura de rosto, desenhos para colorir, jogos e outras atrações, diariamente das 13h às 21h.


Comente aqui
19 jul15:35

Nadadores Chapecoenses participam do Campeonato Catarinense de Inverno

A Associação Chapecoense de Natação (ACN/ Aquatic Center / Unochapecó / Inovadora Sistemas / Linear Auditores / PMC) participa até domingo, dia 22 de julho, do Campeonato Catarinense de Inverno, em Blumenau. O evento na piscina semi-olímpica do complexo do Sesi tem a presença de 16 nadadores chapecoenses. Serão disputadas 212 provas por atletas a partir de 13 anos de idade.

Esta é a principal competição do semestre. Estão na cidade do vale do Itajaí 405 atletas de 23 clubes de Santa Catarina e também de três equipes do Paraná e uma do Rio Grande do Sul. De Chapecó estão na piscina os atletas revelados nas academias Mega Armazém e Aquatic Center.

E numa intensa rotina de campeonatos, a ACN chega a 14ª participação no semestre.

- Desde o início dos treinos em fevereiro, nossos atletas vem enfrentado uma maratona de grande competitividade, onde trouxemos para Chapecó títulos estaduais, sulbrasileiros e nacionais. Apesar do desgaste, acredito que todos estão preparados para melhorar seus tempos – disse o técnico Vitor Goulart que comandará a delegação.

A equipe viajou de ônibus e está hospedada num hotel da cidade.

- Fizemos um esforço com as contas e deixamos a delegação em hotel. Por causa do frio eles terão mais conforto do que um alojamento e poderão pensar apenas em nadar e buscar medalhas – disse a presidente da ACN Mara Sfredo.

Em Blumenau duas chapecoenses devem ser presenças garantidas no pódio. Jéssica Canofre (Unimed), que recentemente conquistou cinco medalhas no campeonato brasileiro de seleções, e Gabriela Guimarães (Bazar Novidades).

- Mas não descarto outros atletas no pódio. Todos estão trabalhando para isso – finalizou o treinador.


Comente aqui
19 jul09:45

Chapecó amanheceu coberta pela neblina

O tempo fica estável nesta quinta-feira na maior parte de Santa Catarina. A quinta-feira amanheceu com temperaturas baixas. Bom Jardim da Serra, na região serrana, registrou -2,6ºC. De acordo com meteorologista Leandro Puchalski, a diminuição da temperatura vem pela nova massa de ar frio que chegou depois da chuva dos últimos dias.

>> Confira mais detalhes no Blog do meteorologista Leandro Puchalski

Chapecó amanheceu coberta por neblina.

— A queda da temperatura tem relação com os nevoeiros que estão predominando em parte do Estado — explica Puchalski.

A Epagri/Ciram alerta para geadas, que podem ocorrer também nesta sexta-feira. Diferente dos últimos dias, nesta quinta-feira, a temperatura sobe gradativamente. Segundo Puchalski, podem ficar entre 17ºC e 19ºC em boa parte do Estado. Na Serra catarinense, beiram entre 13ºC a 15ºC.


As temperaturas da manhã desta quinta-feira em Santa Catarina:

Bom Jardim da Serra: -2,6ºC

Papanduva -1ºC

Três Barras -0,9ºC

Monte Castelo -0,3ºC

São Joaquim -0,1ºC

Urupema 0,3ºC

Major Vieira 0,7ºC

Água Doce 1,1ºC

Caçador 1,2ºC

Irineópolis 1,5ºC

Porto União e Canoinhas 1,8ºC

Xanxerê 3,5ºC

Alfredo Wagner 3,7ºC

Turvo 3,4ºC

Criciúma 4,1ºC

Blumenau 5ºC

Chapecó 6,7ºC

Joinville 9ºC

Florianópolis 9,5ºC




DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
18 jul10:17

Massa de ar frio e seco empurra a instabilidade e deixa o céu limpo em SC

Guilherme Lira | guilherme.lira@diario.com.br

A chuva que atinge Santa Catarina desde o fim da tarde de segunda-feira e se mantém em parte desta quarta é resultado da atuação de uma área de baixa pressão. Desde esta manhã, porém, uma massa de ar frio e seco vindo do Rio Grande do Sul avança sobre o Estado, empurrando a instabilidade para o oceano. Desta forma, o tempo começa a melhorar do Sul para Norte.

>>  Confira mais detalhes no Blog do meteorologista Leandro Puchalski

De acordo com a Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições climáticas em SC, a ação dessa massa de ar frio e seco deve manter o tempo estável em todo o Estado até o início da próxima semana.

Com isso, as temperaturas devem cair de forma gradativa em todas as regiões. Na Serra, por exemplo, a mínima pode chegar a 3ºC nesta quarta, 0ºC na quinta e -1ºC na sexta-feira. No sábado, a temperatura deve voltar a subir, mas não muito, chegando a 4ºC.

A chuva que caiu entre segunda e terça-feira foi mais intensa na região do Alto Vale do Itajaí. Rio do Campo, por exemplo, registrou em 24 horas, 57,4mm de chuva. O período em que choveu mais foi por volta do meio-dia de terça-feira, chegando a 5mm. Petrolândia, no Alto Vale, registrou 16,39mm. A média para o mês de julho naquela região varia entre 115mm e 120mm.

No Planalto Norte, Papanduva e Três Barras registraram 26.99mm e 29mm. Lebon Regis e Tangará, no Meio-Oeste, tiveram uma volume de 22,39mm e 21,6mm. Itapoá, no Litoral Norte, apresentou 38,99mm e Bom Retiro, no Planalto Serrano, 24.99mm.

Todas as outras regiões, segundo a Epagri/Ciram, tiveram volumes que variaram entre 7mm e 15mm. O órgão informou, ainda, que estes volumes estão normais para o período e não representam risco de enchentes e, aos poucos, os ventos devem diminuir, melhorando, inclusive, as condições do mar.

Essa chuva, porém, compromete a visibilidade e pode criar lâminas d’água nas pistas, exigindo mais atenção dos motoristas nas estradas, evitando a aquaplanagem e acidentes mais graves.


DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui
18 jul07:45

Consumo de sódio, que já é alto no país, cresce no inverno

A ingestão de sódio no Brasil, que já é normalmente alta, tende a atingir os mais elevados índices no inverno, quando cresce o consumo de alimentos calóricos e condimentados. Nesses três meses do ano é fundamental, portanto, mais do que em qualquer outra estação, verificar o teor de sódio no rótulo de alimentos industrializados e consumir aqueles que contêm menor quantidade da substância.

O consumo excessivo de sódio provoca hipertensão e aumenta os riscos de a pessoa desenvolver doenças renais. No Brasil, a ingestão média de sal é de 12 gramas por dia, enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda cinco gramas. Sem contar que a maior parte do sódio consumido não vem do saleiro de casa.

— No inverno, as pessoas consomem mais alimentos condimentados e calóricos e 75% do sódio que elas ingerem vêm dos alimentos processados e industrializados — afirma Daniel Rinaldi, presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), entidade que reúne médicos e outros profissionais da saúde especializados no diagnóstico e tratamento de doenças do sistema urinário, em especial o rim, que tem entre suas funções justamente filtrar e eliminar o excesso de sal do organismo.

Rinaldi conta que o governo federal já assinou um termo de compromisso com as associações que representam os produtores de alimentos processados para estabelecer um plano de redução gradual na quantidade de sódio presente nos alimentos industrializados.

— A meta é uma queda anual de 6,9% no consumo médio de sal — diz Rinaldi, chegando-se a cinco gramas diárias a partir de 2021.

Sódio em excesso é uma das principais causas da insuficência renal, que atinge 10 milhões de brasileiros, embora apenas 30% saibam que têm a doença.

— Geralmente, quando o paciente percebe os sintomas, a doença já está instalada em seus estágios avançados, quando já deve ser encaminhado para diálise ou mesmo transplante — afirma Rinaldi, que recomenda o exame de creatinina, que pode detectar a doença renal em seus estágios iniciais e determinar o início do tratamento.


Confira abaixo três recomendações para reduzir a ingestão de sódio:

1) Leia o rótulo dos alimentos para verificar a quantidade de sódio. Os fabricantes são obrigados a informar, no rótulo do produto industrializado, o teor de sódio no alimento. Alguns alimentos processados concentram tanto sódio que uma única porção tem quantidade superior à recomendada para ingestão diária.

2) Tire o saleiro da mesa. É recomendável salgar os alimentos na panela, durante o preparo, para ter controle da quantidade usada.

3) Substitua o sal por condimentos e ervas. Há uma série de alimentos naturais que acentuam os sabores dos alimentos e podem substituir o sal, como salsinha, alecrim, orégano, pimenta-do-reino, louro, hortelã, páprica e outros.



VIDA E SAÚDE

Comente aqui
17 jul09:36

Tempo instável em Santa Catarina deve permanecer até a próxima quarta-feira

A instabilidade em Santa Catarina, que começou ainda na segunda-feira em grande parte das regiões, deve permanecer até a próxima quarta-feira, quando um vórtice que está sobre o Estado começará a se deslocar rumo ao oceano.

>> Confira mais detalhes no Blog do meteorologista Leandro Puchalski

Ao longo desta terça-feira, as temperaturas continuarão baixas em todas as regiões, com a máxima prevista de 17ºC na Grande Florianópolis e Litoral Norte. Na Serra e Meio-Oeste há uma pequena possibilidade de neve nas áreas mais altas, segundo a Epagri/Ciram.

Os ventos sopram de sudeste a sul, com intensidade fraca a moderada e algumas rajadas fortes, principalmente no Litoral Norte. A velocidade pode chegar a 60 Km/h durante o dia.

DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui
16 jul09:45

Inverno sem gripe: reforce sua imunidade e fique longe de doenças

Hábitos relacionados ao estilo de vida moderno, em que estamos sempre correndo, deixando a alimentação e o bem-estar em segundo plano, podem enfraquecer o sistema imunológico, tornando-o mais vulnerável a doenças. Dentre esses fatores destacam-se o estresse, má alimentação e poucas horas de sono. A nutricionista e mestre em saúde pública Maria Fernanda Elias dá dicas para quem quer se cuidar bem durante o inverno e chegar ao verão sem nem uma gripe no caminho.


Atenção com as crianças e os idosos

Segundo Maria Fernanda, a função do sistema de defesa é manter o controle sobre os invasores externos (como vírus e bactérias) e eliminá-los do organismo. De modo geral, os principais mecanismos para que isso ocorra incluem barreiras — como a pele e as células do trato gastrintestinal, boca e nariz — e moléculas especializadas, que reagem rapidamente às infecções. Crianças pequenas, que ainda não tem o sistema imunológico devidamente desenvolvido, e indivíduos na terceira idade estão mais susceptíveis às infecções e, portanto, deve-se redobrar a atenção nessas situações.


Alimente-se bem

Uma alimentação equilibrada fornece os nutrientes necessários para garantir que o organismo se mantenha fortalecido. Maria Fernanda explica que a vitamina C costuma ser o nutriente mais lembrado, entretanto, a ingestão adequada de betacaroteno, vitaminas A, B, D, E, polifenóis, ômega-3, ômega-6, zinco, selênio e cobre é fundamental para a boa atuação dos mecanismos imunológicos.

- Inclua diariamente no seu cardápio os seguintes alimentos:

frutas, verduras e legumes (fontes de betacaroteno, vitaminas e polifenóis);

peixes marinhos (ômega-3, ferro, cobre, zinco);

cereais integrais e oleaginosas (ômega-6, selênio, vitaminas);

alimentos lácteos (vitaminas A e D).

— Os suplementos nutricionais também contribuem para a ingestão dos nutrientes que fortalecem o sistema de defesa — acrescenta a nutricionista.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
16 jul09:27

Saúde no inverno: como se cuidar na estação mais fria do ano

Pele ressecada?

Hidrate a pele e esconda imperfeições com o trio base + pó + corretivo. A Make Up Forever lançou uma linha que cumpre as duas funções. A base HD Invisible Cover tem uma fórmula líquida, leve e oil free, com textura suave. Dá um acabamento fosco, de aspecto natural, nutre e protege do ressecamento. O corretivo HD Invisible Cover contém fucogel, usado para corrigir o equilíbrio de água na pele. O pó HD Microfinish Powder é dermatologicamente testado, livre de talco e de parabeno, e não desidrata a pele.


Boca desidratada?

Você pode até escolher um hidratante labial sem gracinha, mas que tal hidratar sua boca com cor? O batom Rouge Cream Lipstick de Sephora tem uma fórmula hidratante e melhor cobertura, graças à quantidade de pigmento. A textura cremosa deposita a quantidade certa de cor e brilho, criando uma impressão de volume.


Água?

No inverno também precisa? As pessoas esquecem, mas beber água é um hábito fundamental, em qualquer estação. A Kor apresenta um jeito de beber com estilo. As garrafinhas de design elegante, desenvolvidas especialmente para o consumo de água, são feitas com titânio e aço inoxidável. A Kor é engajada em campanhas de proteção das águas, e parte do lucro com os produtos é repassada a um seleto grupo de organizações sem fins lucrativos.


Que tipo de água?

As vantagens da água termal são um tema polêmico. Há quem acredite que o produto traz benefícios específicos à pele. Outro acham que é simplesmente água. Nessa época em que o rosto fica tão comprometido, a água termal hidrata, suaviza e acalma a pele. A Vichy oferece um produto sem conservantes, rico em minerais e oligoelementos. À venda em farmácias.


Comente aqui
16 jul09:26

Semana deve ter temperaturas negativas e chuva em SC

A semana começa com tempo firme em todas as regiões de Santa Catarina e sob a atuação de uma massa de ar frio e seco. Mas a previsão é de que haja uma desestabilização ao longo da semana, com possibilidade de chuva, ressaca e temperaturas ainda mais baixas.

A influência da massa de ar frio e seco nesta segunda-feira causou temperaturas mais baixas em todo o Estado. No amanhecer, a mínima chegou a -3,2ºC em Urupema e -2,8ºC em Bom Jardim da Serra.

As primeiras horas desta segunda-feira também foram de temperaturas baixas em todas as regiões. Confira as mínimas, segundo a Epagri/Ciram:

Urupema: -3,2ºC

Bom Jardim da Serra: -2,8ºC

São Joaquim: 0ºC

Painel: 0,2ºC

Rancho Queimado: 1,6ºC

Timbé do Sul: 2,5ºC

Campos Novos: 3,1ºC

Tangará: 3,8ºC

Água Doce: 4,2ºC

Papanduva: 4,6ºC

Major Vieira: 6ºC

Lontras: 5,3ºC


>> Confira mais detalhes no Blog do meteorologista Leandro Puchalski

Ao longo do dia, a máxima não deve ultrapassar os 18ºC no Oeste e Extremo-Oeste e dos 10ºC na Serra. Na Grande Florianópolis, a previsão é que os termômetros marquem, no máximo, 17ºC.

O órgão que monitora as condições climáticas aponta que a quantidade de nuvens deve aumentar no Centro-Norte do Estado com possibilidade pequena de chuva à noite.

Os ventos que sopram de sul a sudeste no Litoral podem chegar a 60 Km/h no Sul do Estado. Nas demais regiões, a direção do vento é sudeste a nordeste com previsão de máxima de 45 Km/h.

A partir de terça-feira, o tempo muda em SC. O tempo começa a ficar mais instável e deve haver mais nuvens. Há possibilidade de chuva e trovoadas no decorrer do dia, especialmente da Serra ao Litoral. No Oeste do Estado o tempo permanece mais estável e com temperaturas semelhantes às desta segunda-feira.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui