Joaçaba

11 set11:29

Catarinense é eleito Mister Brasil Diversidade 2012

Guilherme Lira | guilherme.lira@diario.com.br

É de Joaçaba, no Meio-Oeste de Santa Catarina, o novo Mister Brasil Diversidade, eleito na noite desta segunda-feira em um evento no Teatro Gazeta, em São Paulo. Felipe Zabloski, de 25 anos, foi o preferido dos jurados, desbancando outros 22 candidatos de todo o Brasil.

Zabloski começou os preparativos para a competição há um mês, quando venceu a eliminatória de Santa Catarina. Na quinta-feira chegou a São Paulo com os outros candidatos, onde deu início à agenda do concurso.

Esta foi a primeira vez que ele participou da competição. No ano passado, havia sido convidado pela produção, mas recusou. Ele chegou à final como um dos 10 selecionados pelo evento e, ainda assim, em uma repescagem na internet, que dava mais uma vaga, Zabloski ficou em terceiro lugar.

— Este ano, quando me disseram que o tema era o casamento entre pessoas do mesmo sexo, resolvi aceitar o convite. Já fui casado e acho a causa importante. Participar da competição foi uma forma de apoiar — explicou o modelo que cursa jornalismo na Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc).

Com a vitória, o catarinense ganhou R$ 5 mil e será capa da revista A Capa, com direito a um editorial fotográfico. O segundo lugar foi o candidato de Sergipe, Lucas Linutti, ele ganhou um fim de semana em Buenos Aires com um acompanhante. Já o candidato do Paraná, Luiz Queiroz, ficou em terceiro e vai fazer um cruzeiro nacional com acompanhante.

Nesta quarta-feira Felipe Zabloski volta para Santa Catarina. Ele chega em Florianópolis e da Capital segue para São Miguel do Oeste, onde mora há 4 meses. Ele deve voltar a São Paulo ainda este mês para fazer as fotos do editorial e participar de um evento.

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
05 set15:43

Joaçaba sediou a segunda rodada da Copa Unoesc de Handebol

A segunda etapa da Copa Unoesc de Handebol foi realizada em Joaçaba, no Complexo Esportivo da Unoesc. Três equipes formadas por estudantes da Unoesc e pessoas da comunidade disputam o Troféu Professor Edmar de Oliveira Pinto, que homenageia o coordenador do Curso de Educação Física da Unoesc Campus de Joaçaba.

A segunda rodada teve dois jogos, sendo um na noite de sexta-feira, dia 31, e um na manhã de sábado, 1º de setembro. No primeiro, a equipe de Chapecó venceu a de Joaçaba por 35 a 26. No segundo, a equipe vencedora foi a de Videira, que encerrou a partida contra o time de Joaçaba com o placar de 25 a 18.

A terceira rodada da Copa Unoesc de Handebol será disputada nos dias 21 e 22 de setembro, em Chapecó. A final será em outubro, em Videira.



Comente aqui
22 ago16:03

Social: Thainara Latenik é a Miss Mundo Santa Catarina 2013

Thainara Latenik, de Joaçaba, venceu no domingo, dia 19 de agosto em Itá, o concurso Miss Mundo Santa Catarina 2013. A final foi realizada no Clube Cruzeiro. A bela tem 21 anos, é formada em gestão ambiental é madrinha de bateria da Escola de Samba Aliança. Thainara vai representar Santa Catarina no Miss Mundo Brasil 2013 que será realizado em abril em Mangaratiba/RJ.

O concurso, coordenado pelo publicitário chapecoense, Ernesto Antonini, contou com cinco etapas preliminares: Beach Beauty, Top Model, Elegância, Entrevista e Talento para a seleção das oito semifinalistas que foram avaliadas na grande final em trajes de banho, gala e entrevista.

Fizeram parte do júri algumas personalidades: Dr. Denis Valente (cirurgião plástico de Porto Alegre), Dra. Alicy Scavello (dermatologista do Rio de Janeiro), Arlan Alves (Vice-presidente da Associação Catarinense de Colunistas Sociais) e Ademar Robert (Presidente da Associação Catarinense de Colunistas Sociais).

As demais finalistas foram: Miss Navegantes, Priscielle Carraro, Miss Chapecó, Maiara Magrin, Miss Blumenau, Daniele Vanin e Miss Balneário Camboriú, Priscila Fumagalli. Completaram o top 8: Miss Concórdia, Paula Zonta, Miss Apiúna, Vanessa Monteiro Dias e Miss Lages, Indiara Maestri Finochetti.


Os prêmios especiais foram distribuídos entre as candidatas:

Beach Beauty SC 2013: Miss Chapecó, Maiara Magrin

Top Model SC 2013: Miss Balneário Camboriú, Priscila Fumagalli

Miss Elegância SC 2013: Miss Navegantes, Priscielle Carraro

Miss Talento SC 2013: Miss Joaçaba, Thainara Latenik

Miss Personalidade: Miss Apiúna, Vanessa Monteiro Dias

Miss Fotogenia, Miss Concórdia, Paula Zonta

Miss Simpatia, Miss Blumenau, Daniele Vanin




Comente aqui
14 ago16:30

STJ determina divisão igual do prêmio da Mega Sena disputado em Joaçaba

Joyce Santos | joyce.santos@diario.com.br

O prêmio da Mega Sena disputado há cinco anos por dois moradores de Joaçaba, no Meio Oeste catarinense, deve ser divido em partes iguais. O resultado foi definido às 15h desta terça-feira pelo Supremo Tribunal de Justiça, em Brasília. Os R$ 28 milhões, conquistados com o bilhete premiado em 2007, estavam bloqueados. Com os juros, o valor aumentou para R$ 36 milhões.

Os envolvidos, o empresário Altamir José da Igreja, e seu ex-funcionário, o marceneiro, Flávio Júnior Biass, ainda poderão recorrer da decisão no Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão poderia ter saído no dia 12 de junho, quando a sessão foi suspensa pelo ministro Ricardo Villas Bôas, que pediu vistas do processo.

Outros dois julgamentos anteriores, um em Joaçaba e outro em Florianópolis, decidiram pela divisão do prêmio em partes iguais. Enquanto a decisão definitiva não sai, o dinheiro segue em uma conta da Caixa Econômica Federal (CEF).


Entenda o caso:

As duas partes pedem o valor integral do prêmio. O advogado de Flávio Júnior Biass defende que o marceneiro teria dado os números e o dinheiro para que o patrão fizesse a aposta e, por conta disso, seria o dono do bilhete.

A defesa do empresário, que chegou a retirar parte do prêmio, cerca de R$ 2 milhões, defende que Altamir José da Igreja deve ficar com o dinheiro, já que é o portador do bilhete.

O prêmio é motivo de disputa entre o marceneiro e seu patrão desde 4 de setembro de 2007, três dias depois do sorteio do concurso 898 da Mega-Sena.

Biass afirma que deu R$ 1,50 e os seis números para que o patrão fizesse a aposta por ele. Informalmente, os dois teriam combinado de repartir o dinheiro se as dezenas fossem sorteadas.

Biass alega que teria feito a combinação das dezenas sorteadas a partir do número de celular. Já Igreja apresenta no processo justificativas ligadas à data de nascimento dele e dos filhos, que teriam servido de base na hora de fazer a aposta.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
10 ago11:19

Julgamento do caso da Mega-Sena será retomado na terça-feira

Daisy Trombetta | daisy.trombetta@diario.com.br

O destino do prêmio de quase R$ 28 milhões da Mega-Sena, sorteado em 2007 para Joaçaba, no Meio-Oeste catarinense, pode ser conhecido na próxima semana. O julgamento em torno da disputa pelo dinheiro será retomado na terça-feira, no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A sessão havia sido suspensa no último dia 12 de junho, quando o ministro Ricardo Villas Bôas Cueva pediu vistas do processo. Ele seria o último a votar, sendo que os outros três integrantes da Terceira Turma do STJ já votaram pela divisão do prêmio.

Todos acompanharam o parecer do relator, o ministro Massami Uyeda, que proferiu voto em dezembro de 2011 mantendo a decisão da Justiça de Santa Catarina, favorável à divisão do dinheiro em partes iguais entre o empresário Altamir José da Igreja e o marceneiro Flávio Junior Biass, na época patrão e empregado, que disputam o prêmio há quase cinco anos.

Seja qual for a decisão do STJ, eles ainda podem recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). Dois julgamentos anteriores, um em Joaçaba e outro em Florianópolis, decidiram pela divisão do prêmio em partes iguais.

O dinheiro do prêmio está bloqueado desde 2007 em uma conta da Caixa Econômica Federal. Com o rendimento dos juros da poupança, as cifras já ultrapassam R$ 36 milhões. Na época da aposta, Igreja e Biass teriam feito um acordo informal para dividir o prêmio caso fossem sorteados.

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
25 jun20:28

Primeiro caso de meningite causada por vírus H1N1 é confirmado em Santa Catarina

Daisy Trombetta | daisy.trombetta@diario.com.br

Um caso de meningite causada por vírus H1N1 foi confirmado em Joaçaba, no Meio-Oeste catarinense, nesta segunda-feira. Conforme a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), não há outras notificações do tipo no Estado.

O diagnóstico chama a atenção porque a Gripe A geralmente evolui para outras doenças, principalmente para a pneumonia. Só que, neste caso, pode ter ocorrido alguma mutação no vírus H1N1, que levou à meningite.

O médico neurologista que cuida do caso, Jean Ragnini, explica que na maioria dos casos é difícil identificar o vírus que leva à meningite, porque existem mais de 100 tipos. Mas, afirma que todos têm cura se o diagnóstico for precoce.

— O H1N1 não dá só gripe. Pode evoluir para outras doenças, mas ainda não tínhamos registros de casos de meningite causados por esse vírus — diz o médico. O paciente infectado tem 19 anos e o estado de saúde é considerado estável. A previsão é de que o jovem, que está internado há sete dias no Hospital São Miguel, tenha alta em uma semana. Ele recebe medicações tratar a meningite e também a Gripe A.

A suspeita do médico é de que o paciente possa ter contraído o H1N1 durante uma prova de vestibular que realizou na semana passada, quando teve contato com pessoas de várias cidades.

Conforme Maria Inês Sant’Anna Rodrigues, infectologista da Dive, não há registro de outros casos de meningite causada por H1N1 no Estado. Ela explica que como a Gripe A é considerada uma doença nova, podem existir outras evoluções de casos que ainda não foram notificadas, já que nem sempre é possível identificar o vírus causador da meningite.

— Qualquer vírus que entrar no sistema nervoso pode causar a meningite. Então o da H1N1 também pode, embora não existam outros casos notificados no Estado — explica.

A infectologista explica que o tratamento adotado para combater esta doença é o mesmo da convencional, já que o tipo viral – independente do causador – é o mais comum entre os infectados.

Comente aqui
24 mai11:07

Inscrições para o GeraçãoTec são prorrogadas até 5 de junho

[Atualizado às 12h20]

Foram prorrogadas até o dia 5 de junho, as inscrições para o GeraçãoTEC.  As inscrições para o curso gratuito podem ser realizadas  pelo site www.geracaotec.sc.gov.br. São 60 vagas em Chapecó e 30 em Joaçaba.

Os Candidatos devem ter mais de 17 anos, ter o ensino médio completo ou estar cursando o ultimo ano e não estar trabalhando diretamente com a programação/desenvolvimento de sistemas.

Em Chapecó serão disponibilizadas 30 vagas para linguagens .NET/PHP e outras 30 para Delphi/Java e as aulas serão no período vespertino. Em Joaçaba serão 30 selecionados para estudarem Delphi/Java.

Cada curso terá a duração de 260 horas que será ministrado em aproximadamente 90 dias. A lista dos alunos formados será repassada as empresas do setor de tecnologia com grande probabilidade de absorver 100% com contratação imediata.

Além do curso que é gratuito cada aluno receberá uma bolsa auxílio total de R$ 500,00 como ajuda de custos e para custeamento das despesas de translado. Maiores informações no 49 3324-4342.


Geração TEC

Programa desenvolvido pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC), em parceria com o Pólo Tecnológico do Oeste Catarinense (DEATEC), a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) e Instituto Internacional de Inovação (i3) visa formar mais profissionais para incrementar o mercado de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC´s), e estimular o desenvolvimento econômico catarinense.

O programa irá gerar oportunidades para jovens e adultos catarinenses ao atender a demanda por profissionais treinados no setor de tecnologia, que será a base para a introdução de uma nova economia em Santa Catarina. A nova economia é caracterizada pela valorização de novas ideias e inovação que garantam qualidade de vida aos cidadãos, desenvolvimento econômico e respeito ao meio ambiente.

- O setor de TI, não só da região Oeste mas em todo o Brasil, está com falta de mão de obra capacitada. O governo do Estado sabendo do potencial deste segmento está oportunizando a capacitação baseado no resultado do mapeamento realizado no ano de 2012 para suprir de imediato a necessidade e é importantíssimo que nós interessados auxiliamos principalmente na divulgação – enfatiza Francis Marcel Post, presidente do DEATEC.





Comente aqui
17 mai16:33

Projeto GeraçãoTec oferece cursos gratuitos

O GeraçãoTEC, programa desenvolvido pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC), em parceria com o Pólo Tecnológico do Oeste Catarinense (DEATEC), a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) e Instituto Internacional de Inovação (i3) visa formar mais profissionais para incrementar o mercado de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC´s), e estimular o desenvolvimento econômico catarinense.

O programa irá gerar oportunidades para jovens e adultos catarinenses ao atender a demanda por profissionais treinados no setor de tecnologia, que será a base para a introdução de uma nova economia em Santa Catarina. A nova economia é caracterizada pela valorização de novas ideias e inovação que garantam qualidade de vida aos cidadãos, desenvolvimento econômico e respeito ao meio ambiente.

- O setor de TI, não só da região Oeste mas em todo o Brasil, está com falta de mão de obra capacitada. O governo do Estado sabendo do potencial deste segmento está oportunizando a capacitação baseado no resultado do mapeamento realizado no ano de 2012 para suprir de imediato a necessidade e é importantíssimo que nós interessados auxiliamos principalmente na divulgação -enfatiza Francis Marcel Post, presidente do DEATEC.

As inscrições foram abertas no dia 23 de abril e seguem o até dia 25 de maio pelo site www.geracaotec.sc.gov.br. O curso é gratuito e serão disponibilizadas 60 vagas em Chapecó e 30 em Joaçaba.

Os Candidatos devem ter mais de 17 anos, ter o ensino médio completo ou estar cursando o ultimo ano e não estar trabalhando diretamente com a programação/desenvolvimento de sistemas.

Em Chapecó serão disponibilizadas 30 vagas para linguagens .NET/PHP e outras 30 para Delphi/Java e as aulas serão no período vespertino. Em Joaçaba serão 30 selecionados para estudarem Delphi/Java.

Cada curso terá a duração de 260 horas que será ministrado em aproximadamente 90 dias. A lista dos alunos formados será repassada as empresas do setor de tecnologia com grande probabilidade de absorver 100% com contratação imediata.

Além do curso que é gratuito cada aluno receberá uma bolsa auxílio total de R$ 500,00 como ajuda de custos e para custeamento das despesas de translado.

Maiores informações no 49 3324-4342.


Comente aqui
16 mar15:36

107 municípios em situação de emergência

[Atualizado às 17h02]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Com os decretos de Videira, Erval Velho, Ibicaré, Herval d´Oeste e Joaçaba, no Meio Oeste, sobe para 107 o número de municípios em situação de emergência em Santa Catarina devido a estiagem. Até o final da tarde a Defesa Civil do Estado já registrava Erval Velho, Ibicaré, Herval d´Oeste e Videira mas não havia recebido a documentação de  Joaçaba. O número de pessoas afetadas chega a 625.129 .

Em Erval Velho, o rio Erval, que corta a cidade e é uma das fontes para o abastecimento de água do município está seco. Segundo o diretor de agricultura e presidente da Defesa Civil do município, Vanilso Alessi, a demora para encaminhar o decreto foi porque acreditavam que o volume de chuva aumentasse, porém, aconteceu o contrário.

Duas comunidades do interior estão recebendo água. Dois caminhões pipa levam 8 mil litros de água cada para as Comunidades de Nossa Senhora das Graças e Nossa Senhora da Saúde. – Estamos fazendo duas viagens diárias – disse. Ele contou ainda que se a estiagem persistir o número de viagens pode aumentar e outras comunidades poderão ser atendidas.

Técnicos da Secretaria da Agricultura e Epagri estão fazendo um levantamento das perdas na agricultura. – O milho que foi plantado mais cedo teve perdas de 40%, já aquele que foi plantado mais tarde teve prejuízos de 80%- disse. Na soja as perdas também chegam a 40%.

Alessi calculou que as perdas na produção leiteira giram em torno de 20%. – O número não foi maior pois a chuva, que apesar de baixa, garantia renovação da pastagem para os animais – disse.

Joaçaba também decretou situação de emergência. A decisão foi tomada após uma reunião entre o prefeito Rafael Laske e membros da Defesa Civil. Segundo Irineu Meneguini , responsável pelo setor de agricultura as perdas nas safras de milho e soja chegam a 70%.

Se o quadro persistir sem chuva significativa nas próximas semanas, há o risco de comprometer o abastecimento de água nas residências do interior. – Diferente da cidade elas não contam com grandes reservatórios – alertou.

Outra preocupação do município é com a pecuária, principalmente a suinocultura e avicultura. – Na piscicultura as perdas chegam a 50% – disse Meneguini.



107 municípios em situação de emergência


Abelardo Luz

Águas de Chapecó

Águas Frias

Alto Bela Vista

Anchieta

Arabutã

Arroio Trinta

Arvoredo

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Celso Ramos

Chapecó

Concórdia

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Erval Velho

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Herval d´Oeste

Ibicaré

Iomerê

Ipira

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Ipumirim

Iraceminha

Irati

Irani

Itá

Itapiranga

Jaborá

Jardinópolis

Joaçaba*

Jupiá

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Luzerna

Maravilha

Marema

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Pinheiro Preto

Piratuba

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Presidente Castello Branco

Princesa

Quilombo

Riqueza

Rio das Antas

Romelândia

Saltinho

Santa Helena

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tangará

Tigrinhos

Treze Tílias

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Videira

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada em 16 de março de 2012, pela Defesa Civil.

* A Defesa Civil do Estado ainda não recebeu a documentação destes municípios.


Comente aqui
15 mar15:32

Seminário Eleições 2012 no Oeste do Estado

O Ministério Público de Santa Catarina – MPSC, com o apoio da Procuradoria Regional Eleitoral, inicia pelo Oeste o ciclo de seminários Eleições 2012. Serão realizados eventos regionais em 13 municípios catarinenses, entre março e julho deste ano, como preparação para as eleições para Prefeito e Vereadores. Os primeiros três eventos acontecem em São Miguel do Oeste, no dia 20 de março, dia 21 em Chapecó e depois segue, no dia 22 para Joaçaba.

Em cada encontro, o Promotor de Justiça Pedro Robero Decomain, e o Procurador Regional Eleitoral, André Stefani Bertuol, abordarão aspectos práticos e esclarecerão dúvidas sobre legislação eleitoral. O objetivo do ciclo de seminários é unificar o entendimento da legislação entre os operadores da Justiça Eleitoral e orientar partidos e seus filiados, mídia e sociedade de modo a prevenir a ocorrência de irregularidades nas eleições 2012.


Programação

No período matutino, voltado a Promotores, Juízes e Chefes de Cartórios Eleitorais, haverá exposição de experiências de atuação na Justiça Eleitoral e da atuação da Procuradoria Regional Eleitoral e sua interação com as Promotorias Eleitorais. Também serão apresentados posicionamentos do TRE e esclarecimentos quanto à aplicação da Lei da Ficha Limpa. O evento tem início às 9h.

Durante a tarde, a partir das 14h, o seminário será dedicado à orientação de representantes de partidos políticos, integrantes dos meios de comunicação e comunidade em geral. Entre os temas propostos estão condições de elegibilidade, abuso do poder econômico e político, propaganda intrapartidária e propaganda eleitoral, prestação de contas, aplicação da lei da ficha limpa e crimes eleitorais. Os palestrantes estarão disponíveis para entrevista das 15h20às 15h40.

As incrições poderão ser feitas no dia do evento, no próprio local, ou pelo e-mail ceaf@mp.sc.gov.br. Mais informações pelo telefone (48) 3229-9226.


Confira as datas e locais dos eventos:


20/03 – São Miguel do Oeste

Local: Unoesc [Rua Oiapoc, n. 211, Bairro Agostini]


21/03 – Chapecó

Local: Unochapecó [Avenida Senador Atílio Fontana, n. 591-E, Bairro Efapi]

22/03 – Joaçaba

Local: Unoesc [Rua Getúlio Vargas, n. 2125, Bairro Flor da Serra]


Comente aqui