Joinville

12 jun08:05

Inicia campanha de vacinação contra a poliomielite em SC

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite (Paralisia Infantil) iniciou ontem em Santa Catarina com a meta de vacinar 411.967 crianças de 0 a 5 anos. A estimativa é da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive).

De acordo com a enfermeira responsável pela vacinação da regional de Chapecó, Iracema Azzolini, neste ano será realizada uma etapa única de vacinação em gotinhas. Iracema destaca ainda que a imunização não será mais realizada dentro das escolas.

A intenção é que os pais ou responsáveis procurem os postos de saúde, local adequado para a vacinação. – É importante que eles levem a caderneta de vacinas da criança para atualização – disse Iracema. A imunização não apresenta qualquer efeito colateral.

Neste ano, o objetivo é atender 25.767 crianças nos 37 municípios da região Oeste. Em Chapecó devem ser imunizadas 12.900 crianças, já no Norte, em Joinville, a meta é mesma do ano passado, 35.579 crianças.

Na cidade do Oeste, as 26 unidades de saúde da cidade atendem de segunda à sexta-feira das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

A poliomielite é uma doença infecto-contagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro de paralisia flácida e de início súbito. Conforme o Ministério da Saúde, o último caso de pólio foi registrado em 1989.

A campanha, que seguiria até o dia 29 de junho, foi prorrogada para o dia 7 de julho.


Dia D

O sábado dia 16 de junho é o Dia D de vacinação. Nesta data o atendimento nas unidades de saúde em todo estado será das 8h até as 17h.


Comente aqui
29 mar07:52

Vitória em quatro Athos

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O campeão voltou. Este já era o grito da torcida da torcida da Chapecoense aos 40 minutos do primeiro tempo no jogo de ontem, onde o time da casa aplicou 4 a 1 no Joinville e ainda errou dois pênaltis. Com o resultado o Verdão do Oeste voltou ao G4 na classificação geral e mostrou futebol suficiente para brigar novamente pelo título.

A proposta do 3-6-1 de Itamar Schulle contou um personagem que fez a diferença. O meia Athos, que estreou contra o Figueirense, fez boa dupla ao lado de Neném. Ele participou da jogada dos quatro gols. Foi dele a cobrança de falta aos cinco minutos, que Leonardo escorou para Fabiano marcar seu sexto gol de cabeça no campeonato.

>> Chapecoense venceu o Joinville em casa por 4 a 1

Aos 27 minutos, Athos fez boa jogada pela direita e concluiu no poste. Na volta, João Paulo fez 2 a 0. A movimentação do meia, contratado junto ao Juventude, confundia a zaga do Joinville. Campeão Catarinense pelo Criciúma em 2005, Athos mostrou que quer brigar novamente pelo título. Aos 37 ele deu uma arrancada em direção à área, passou pela zaga e foi derrubado pelo goleiro Ivan. Só não ganhou um dez porque na cobrança o goleiro levou a melhor. Mas três minutos depois, ele cobrou escanteio que Diogo Roque aproveitou para fazer 3 a 0, de cabeça. Foi então que torcida começou a gritar: “O campeão voltou”. Finalmente o time da casa fazia uma apresentação que dava esperança de brigar pelo título.

No segundo tempo o time da casa manteve o ritmo e novamente perdeu um pênalti, aos 17 minutos, com João Paulo. No lance Eduardo foi expulso. Mas a Chapecoense também perdeu Diego Teles três minutos depois, ficando dez jogadores para cada lado. Athos ainda tinha mais munição. Ele cruzou para o quarto gol, de Leonardo, de cabeça. O Joinville fez o gol de honra com Cristiano, aos 30 minutos.

-A equipe estava jogando bem mas o resultado não vinha, mas hoje todo mundo está de parabéns- disse Leonardo. Em noite de Athos, a Chapecoense ressurgiu no campeonato.

O goleiro Ivan, que poderia ser o herói do Joinville ao defender dois pênaltis, não desanimou. –Temos dois jogos em casa e, se deus quiser, ainda vamos classificar- concluiu.



Comente aqui
28 mar21:45

Chapecoense vence o Joinville em casa

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Essa foi uma partida decisiva na Arena Condá. A Chapecoense precisava da vitória para ficar entre o quatro.

Mesmo com uma noite fria em Chapecó, com a temperatura marcando 15 graus, mais de 3 mil torcedores foram para a Arena Condá conferir Chapecoense x Joinville. Do norte vieram cerca de 20 torcedores do Jec.

Logo aos 5 minutos de jogo Athos cobrou falta, Diego Telles escorou e Fabiano completou de cabeça. O primeiro gol do Verdão esquentou e animou a torcida, que aprovou a renovada no time promovida pelo técnico Itamar Schulle e deixou o time bem distribuído no campo.

>> Assista aos gols da partida

>> Veja a galeria de fotos da partida

Aos 27 minutos, o meia Athos cruzou bem, a bola bateu na trave, voltou, Ivan não segurou e João Paulo marcou o segundo para a Chapecoense.

O placar poderia ter aumentado aos 38 minutos para o time do Oeste. Athos caiu na área do Joinville, o árbitro Ronan Marques da Rosa marcou pênalti. Athos chutou fracou no lado esquerdo e Ivan defendeu.

Diego Roque marcou de cabeça, aos 39 minutos, o terceiro gol para o Verdão.

Primeiro tempo termina Chapecoense 3 x 0 Joinville.


Segundo Tempo

Tiago Real quase abriu o placar para o Joinville, aos 10 minutos, ele chutou forte, mas foi por cima do gol de Nivaldo.

Aos 12 minutos João Paulo perdeu a oportunidade de ampliar. Athos trocou bola com ele na área, o atacante errou o chute e Ivan salvou.

Eduardo do Joinville foi expulso aos 17 minutos. Ele marcou pênalti em cima de Esquerdinha. João Paulo se preparou para bater e desperdiçou a chance de marcar mais um.

Aos 23 minutos, Diego Telles marcou falta, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Ricardinho cobrou bem a falta, encobriu a barreira, mas Nivaldo salvou no ângulo.

Quatro minutos depois, Athos cruzou e Leonardo marcou o quarto gol para o Verdão. E mais uma vez animou a torcida.

O gol do Jec saiu aos 30 minutos. Após cobrança de falta Ricardinho cruzou e Cristiano que entrou no segundo tempo no lugar de Bruno Rangel, marcou e abriu o placar para o tricolor.

Aos 37 minutos, Itamar Schulle tirou Diogo Roque e Rafael Mineiro fez sua estreia. O lateral direito estava no Juventude.

Final de partida, Chapecoense 4 x 1 Joinville.



FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE – 4

Nivaldo; Fabiano, Dema, Leonardo; Eliomar, Diego Telles, Diogo Roque (Rafael Mineiro), Athos, Neném (Willian); Esquerdinha e João Paulo (Jean Carlos).

Técnico: Itamar Schulle


JOINVILLE – 1

Ivan; Eduardo, Ênio, Pedro Paulo, Gilton; Natan (Tiago Real), Glaydson, Ricardinho, João Henrique (Alex); Bruno Rangel (Cristiano) e Lima.

Técnico: Argel Fucks



Gols:

Fabiano (5 min 1ºT), João Paulo (27 min 1ºT), Diogo Roque (39 min 1ºT), Leonardo (27 min 2ºT).

Cristiano (30 min 2ºT)


Cartões Amarelos:

Neném (Chapecoense)

Natan, Glaydson (Joinville)

Expulsos:

Eduardo (17 min 2ºT)

Diego Telles (23 min 2ºT)

Eduardo (17 min 2ºT)


Arbitragem: Ronan Marques da Rosa apita o jogo auxiliado por Josué Gilberto Lamim e Eder Alexandre.

Público: 3.315

Renda: R$ 36.985

Local: Arena Condá – Chapecó/SC




Comente aqui
28 mar11:34

Chapecoense x Joinville

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Indignação. Esse foi o sentimento na Chapecoense com a suspensão preventiva do zagueiro Souza, determinada pelo Tribunal de Justiça Desportiva, em virtude do lance em que o atacante Heber fraturou a tíbia e a fíbula. Com isso o jogador não enfrenta o Joinville, hoje, às 19h30, no Índio Condá. A Chapecoense tenta um efeito suspensivo para ele possa jogar. Souza, que na segunda-feira deu entrevista alegando que o lance foi uma fatalidade, ontem à tarde não quis falar.

A direção do clube emitiu uma nota reclamando da forma como vem sendo tratado o caso. –Foi a pressão da imprensa que puniu o Souza – disse o vice-presidente de futebol, João Carlos Maringá.

O presidente Sandro Pallaoro disse que dirigentes do Figueirense já anunciavam após o jogo que o zagueiro seria punido, enquanto o árbitro nem falta havia marcado. Além disso os diretores deram uma coletiva reclamando das constantes falhas de arbitragem. –Estamos sendo roubados- bateu com mão na mesa Sandro Pallaoro. Ele questionou o pênalti de Wanderson contra o Figueirense e sua expulsão na sequência. –Já deram seis pênaltis contra nós e nenhuma a favor- contou.

Ele lembrou também de um gol de mão do Atlético em Ibirama e um pênalti não marcado contra o Metropolitano. –O goleiro deu uma voadora no Gustavo e o árbitro não marcou nada- explicou. O diretor de futebol Mauro Stumpf reclamou que a arbitragem deu 18 cartões amarelos para a Chapecoense nos 20 minutos iniciais. Pallaoro questionou também os sorteios da arbitragem, afirmando que José Acácio da Rocha disse que iria apitar o jogo no domingo, na quarta-feira, um dia antes do sorteio. A informação foi confirmada pelo diretor de futebol, Cadu Gaúcho.

O técnico Itamar Schulle também mostrou indignação. –Se quiserem a gente já começa com 10- lamentou, lembrando da expulsão de Wanderson contra o Figueirense. –Espero que as coisas sejam decididas dentro de campo- completou. A partida contra o Joinville é considera uma decisão. –Uma vitória é fundamental- disse o zagueiro Fabiano. A Chapecoense conta com a volta do zagueiro Dema e também pode ter a estreia do lateral Rafael Mineiro, contratado junto ao Juventude.

MINUTO A MINUTO

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE

Nivaldo; Fabiano, Dema, Leonardo; Eliomar, Diego Telles, Diogo Roque, Athos, Neném; Esquerdinha e João Paulo.

Técnico: Itamar Schulle


JOINVILLE

Ivan; Eduardo, Ênio, Pedro Paulo, Gilton; Natan, Glaydson, Ricardinho, João Henrique; Bruno Rangel e Lima.

Técnico: Argel Fucks


Arbitragem: Ronan Marques da Rosa apita o jogo auxiliado por Josué Gilberto Lamim e Eder Alexandre.

Horário: 19h30

Local: Arena Condá – Chapecó/SC

Comente aqui
27 mar12:36

Chapecoense treina às 15h na Arena Condá

A equipe da Chapecoense teve folga na manhã desta terça-feira e à tarde realiza trabalhos na Arena Condá. O treinamento está marcado para às 15h.

Os ingressos para Chapecoense x Joinville já estão à venda.

Comente aqui
26 mar17:40

Ingressos promocionais para Chapecoense X Joinville

A Diretoria da Chapecoense promove uma grande promoção e mobilização para a partida decisiva desta quarta-feira, 28, entre Chapecoense x Joinville. A partida inicia às 19h30 na Arena Condá.

Para isso, foi lançado um lote com 2 mil ingressos antecipados, que serão comercializados a partir desta terça-feira pela manhã, até quarta-feira, às 14 horas.


Os valores são os seguintes:

Cadeiras: R$ 60

Cobertas: R$ 30

Meia Cobertas: R$ 15

Geral: R$ 20

Meia Geral: R$ 10


Observação: Os meios ingressos para as cobertas e para as arquibancadas descobertas serão vendidos para estudantes, crianças entre 8 e 12 anos, aposentados e mulheres. Após o horário das 14 horas, da quarta-feira, 28, os valores serão os mesmos cobrados em jogos anteriores.


Pontos de venda: Posto de Marco, Maidana Esportes, Palácio dos Esportes, Sensação do Mate (Shopping) e a Barraquinha em frente ao Cansian.

Informações: 49 3324-6688.


Comente aqui
26 mar17:12

Definida arbitragem de Chapecoense x Joinville

A Federação Catarinense de Futebol divulgou no início da tarde desta segunda-feira o trio de arbitragem da partida Chapecoense x Joinville pelo returno do Campeonato Catarinense. Partida será às 19h30 na Arena Condá.

Ronan Marques da Rosa apita o jogo auxiliado por Josué Gilberto Lamim e Eder Alexandre.

Comente aqui
15 fev16:20

Sargento da PM de Xanxerê que teve corpo queimado recebe visita

Na segunda-feira, dia 14, o sargento Valmir Bressan Camargo, vítima de queimadura após atendimento de uma ocorrência no dia 2 de janeiro em Abelardo Luz, recebeu a visita do capitão Maurício Gonçalves Viríssimo, comandante da 4ª Companhia do 2º BPM, do sargento Leandro e dos soldados Curtarelli e Fabiano. Ele segue internado no Hospital da Unimed, em Joinville.

Os policiais colheram o depoimento de Camargo que teve 50% do corpo queimado. Ele foi transferido um dia após o acidente, pelo helicóptero da Polícia Militar, para o Hospital de Joinville.

>> Sargento de Xanxerê que tentou impedir morte no Oeste segue internado

Segundo o capitão Maurício, o Sargento ficou emocionado com a visita. Por algumas vezes ele chorou ao lembrar a ocorrência e ao saber que a população de Xanxerê está preocupada com a situação dele – contou o oficial.

De acordo com o capitão, todos os dias o policial militar é submetido ao tratamento em câmara hiperbárica, em outro hospital, e em dias alternados são trocados os curativos, um procedimento que chega a durar cerca de três horas, além da fisioterapia todos os dias. – É uma recuperação lenta, mas que com o apoio da família e dos colegas de farda com certeza o sargento terá muita força e coragem para passar por essa etapa da sua vida ainda mais fortalecido – completou Maurício.


Comente aqui
13 fev14:50

Caratê de Chapecó começa 2012 com medalhas

A temporada começou bem para a equipe de Caratê de Chapecó. Os caratecas Gustavo Cavalher, Elivelton Barqui, e Marco Antonio Rodrigues estiveram em Joinville para participar do Troféu Cidade de Joinville e conquistaram medalhas. Além deles, outro integrante da delegação, Jefferson Scherer, participou do Curso de Arbitragem.

Na competição os três atletas conseguiram medalhar. O destaque ficou por conta do técnico e atleta Marco Antônio Rodrigues que garantiu dois ouros ao vencer no Kata (Apresentação dos movimentos do caratê), e no Kumitê (luta), na sua categoria. O evento em Joinville contou com técnicos, árbitros e atletas de todo o estado.


Em 2011

No ano passado a modalidade disputou competições nacionais e estaduais obtendo medalhas inclusive na Liga Nacional Universitária de Lutas. Em Santa Catarina terminou o estadual em 3º lugar.

Para 2012 a intenção é seguir na busca de mais praticantes, que chegam a 300 em Chapecó. Os núcleos estão espalhados pelos bairros SAIC, Loteamento Zanrosso, Cristo Rei, que atende também o bairro Bela Vista, no ginásio da Unochapecó, para acadêmicos e comunidade vizinha, e no Ger Sadia, onde o projeto iniciou.


Comente aqui
09 fev10:21

Chapecoense chega no início da tarde e faz treino na Arena Condá

Os jogadores da Chapecoense, comandados por Gilberto Pereira, chegam no voo das 13h45 no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso em Chapecó. Mesmo com a primeira derrota por 3 a 1 para o Joinville, a Chapecoense segue na liderança do Catarinense.

Eles seguem direto para a Arena Condá onde participam de um treinamento. Os trabalhos devem iniciar pelas 16h.

Na sexta-feira pela manhã, eles tem folga, e treinam a tarde.

No domingo, o Verdão enfrenta o Metropolitano, a partir das 17h, na Arena Condá.

Comente aqui