José Caramori

29 dez17:25

Chapecó 94 anos

Aos 94 anos de Chapecó temos muito a comemorar. O atual momento vivido por Chapecó revela um município em plena sintonia com o desenvolvimento. Somos uma cidade pólo no sul do país, a sétima economia de Santa Catarina e a cidade referência no Oeste. Em Chapecó, capital e social caminham juntos, oferecendo melhor qualidade de vida para quem nasceu aqui e para quem escolheu viver nessa terra.

Conhecer hoje o nosso município é como receber um convite cheio de oportunidades que só uma cidade pólo tem a oferecer. Grandes universidades, saúde de qualidade, comércio e indústria forte, gastronomia e turismo de eventos em constante desenvolvimento, além do espaço à cultura e atenção às questões sociais e ambientais.

Ao longo deste quase um século, a história do nosso município foi construída através de pessoas de fibra e de coragem, sempre à frente de seu tempo. Desde a época dos desbravadores, a evolução econômica de Chapecó sempre esteve ligada diretamente ao empreendedorismo e aos valores da nossa gente. Dos balseiros do ciclo da madeira e da erva-mate, à transformação de uma terra essencialmente e primariamente agrícola, ao processamento de carnes, nos tornamos um dos principais centros agroindustriais do Brasil.

Essa realidade reflete diretamente na geração de empregos formais, acima da média nacional e estadual nos últimos quatro anos. Pesquisas em nível nacional, a exemplo das divulgadas pela revista Você S/A apontam, reiteradamente, Chapecó entre as 20 cidades da região sul do país na geração de empregos e entre as 100 melhores cidades do Brasil para fazer carreira. Nos últimos seis anos, cerca de 7 mil empresas foram instaladas em nosso município e a economia alcança índices altamente positivos.

É por isso que temos muito a comemorar. Somos um povo hospitaleiro, que respeita a nossa história, realiza as ações do presente e ajuda a construir a Chapecó dos nossos descendentes.

José Caramori – Prefeito de Chapecó


Comente aqui
26 dez17:29

Balanço de ações e obras realizadas Chapecó

Com o auditório repleto de autoridades, representantes de entidades, secretários municipais, vereadores e profissionais da imprensa, o Prefeito de Chapecó, José Caramori, apresentou mais uma edição do Programa “Prestando Contas”.

O Prefeito apresentou o relatório anual das atividades, obras e projetos desenvolvidos em todas as áreas da gestão pública municipal neste ano de 2011.

- Esta é uma forma de transparência do nosso Governo. Uma possibilidade do cidadão saber sobre os investimentos efetuados em cada área em 2011, além de ter o conhecimento das obras já executadas, das que estão em andamento no município e dos projetos que estão em fase de elaboração para execução em 2012”, destaca o Prefeito.


Comente aqui
19 dez15:37

Chapecó recebe Prêmio “Prefeito Educador”

A educação municipal em Chapecó continua sendo destaque. No dia 14 de dezembro, o Prefeito José Caramori recebeu o Prêmio “Prefeito Educador”. A condecoração foi entregue na cidade de São Carlos e concedida pelo Centro de Excelência em Gestão Pública, com o apoio das instituições de ensino superior Celer Faculdades e Centro Universitário de Maringá/Cesumar.

Astrit Tozzo, secretária municipal educação e José Caramori.

Quarenta e três cidades das regiões Oeste e Extremo-Oeste Catarinense e do Noroeste do Rio Grande do Sul efetuaram inscrição para participar. Destes, apenas 18 municípios receberam o Prêmio, após atingirem os quesitos estabelecidos e avaliados pela instituição idealizadora.

Além dos avanços em infraestrutura e na proposta de investimento na capacitação e valorização dos professores nos últimos anos, a Administração Municipal tem priorizado o atendimento de 100% da demanda da educação infantil; a oferta de uma alimentação balanceada, elaborada com produtos saudáveis e por profissionais qualificados; a participação na comunidade escolar através de projetos e programas, envolvendo pais, alunos e professores e o uso e a incorporação de novas tecnologias no processo de ensino e aprendizagem, como a informática.

De acordo com o Prefeito José Caramori, receber este Prêmio é uma forma de reconhecimento aos trabalhos desenvolvidos desde 2005, sempre com transparência no uso dos recursos destinados à área. – A educação em Chapecó avança a cada dia. A comprovação são os ótimos resultados obtidos no último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Em 2009 nós mantivemos e ampliamos o nosso conceito, estando a frente das médias estadual e nacional – destacou o Prefeito.


Comente aqui
17 out17:35

Uma Efapi para ficar na história

Fatores sociais, econômicos e climáticos se associaram para que o mote publicitário da Efapi 2011 – uma festa “espetacular” – fosse transformado em realidade: a Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó, encerrada domingo, atingiu resultados que superaram as previsões mais otimistas.

A visitação pública passou de 648 mil pessoas, representando um crescimento de 20% em relação a expo-feira de 2009 e os negócios passaram de 130 milhões de reais, com incremento de 19%.

O prefeito José Caramori – ao lado de Luciano José Buligon (presidente da feira e secretário de articulação institucional) e Marcio Ernani Sander (coordenador geral e secretário de desenvolvimento econômico) – foi o grande timoneiro desse evento


Nessa entrevista, Caramori analisa os resultados do maior evento multissetorial do sul do Brasil:


A Efapi 2011 encerrou com marcas de sucesso absoluto. Qual a estratégia adotada para esse resultado?

José Caramori - Acredito que foi o integral envolvimento da comunidade. As entidades empresariais, a imprensa, os clubes de serviço, as associações culturais, todos participaram. E por que isso? Porque a Efapi somos todos nós, ao contrário de tempos atrás, quando a sociedade chapecoense era excluída do processo. Aqui não há sectarismo e todos vislumbram o bem do município. Não existe nenhum outro momento de integração tão plena quanto a Efapi.


O público visitante surpreendeu e superou a previsão de 520 mil visitantes. Como foi possível?

Caramori - Muitos fatores contribuíram para isso. Em primeiro lugar, tivemos três dias de entrada livre com excelentes shows. Em segundo lugar, quem comprou antecipadamente teve descontos reais. Além disso, idosos e crianças não pagaram ingresso e os estudantes pagaram meia-entrada. Destaca-se ainda que a grade de shows nacionais esteve muito bem sintonizada com o gosto popular. Assim, chegamos aos 600 mil visitantes, um resultado espetacular.


Nesse aspecto, os meios de comunicação prestaram grande apoio?

Caramori - Exatamente, pois foi com base nas indicações dos comunicadores de rádio e tv que selecionamos os grandes espetáculos artísticos e musicais, como Paula Fernandes, Zeca Pagodinho, Victor & Léo, César Menotti & Fabiano, Amado Batista, Luan Santana, Fernando & Sorocaba, Jorge & Mateus, César & Paulinho, Gilberto & Gilmar e as bandas de rock SantoGraau, Papas da Língua e Reação em Cadeia.


Podemos dizer, sem demagogia, que essa foi a Efapi do povo?

Caramori - Certamente, foi a grande festa popular na qual quem queria participar, participou, independente da condição socioeconômica. Criamos oportunidades para que as famílias de Chapecó pudessem aproveitar a festa.


Em relação ao comportamento do público, percebermos um amadurecimento no tocante a opção pelo transporte coletivo e a uma melhor gestão do trânsito?

Caramori -O público está de parabéns. Aferimos que 25% das pessoas que vieram ao parque de exposições optaram pelo ônibus. E o transporte coletivo fluiu muito bem. Foram disponibilizados 110 ônibus. As pessoas perceberam que ônibus urbano é sinônimo de economia, rapidez e segurança. Em contrapartida, o trânsito ficou organizado, não houve engarrafamento, nem acidentes. E olha que tivemos dias em que mais de 10.000 veículos estacionavam no entorno do parque.


O sistema de segurança também funcionou bem e, inclusive, de forma articulada com o trânsito?

Caramori - Houve articulação muito eficiente e uma cooperação sem precedente entre a Polícia Militar, a Polícia Civil, a recém-criada Guarda Municipal e os agentes municipais.


Em relação aos negócios realizados na Efapi os resultados foram correspondentes ao grande público?

Caramori -Sim. O balanço ainda não foi fechado, mas a previsão de 125 milhões de reais foi superado. Contabilizamos 40 milhões de reais em máquinas pesadas, 20 milhões de reais em veículos e uns 80 milhões na vasta área do agronegócio, na qual se incluem máquinas, equipamentos e genética. Tivemos excelentes mostras pecuárias. Aliás, com os três novos pavilhões inaugurados, passamos a ter o melhor centro de eventos pecuários de Santa Catarina.


Por falar em eventos pecuários, o mundo Country também se encontrou em Chapecó?

CARAMORI - A companhia César Paraná trouxe o Rodeio Havan com os melhores cowboys e touros do Brasil, atraindo 20.000 pessoas a cada noite. A Companhia de Rodeios César Paraná é a melhor do país.


Depois de 44 anos a Efapi foi reconhecida como festa e incluída na programação da Santur?

Caramori - A Efapi não aparecia no calendário das megafestas de outubro, em Santa Catarina, porque a Santur entendia que se tratava de uma grande feira de negócios e não de uma festa popular. Na verdade, a Efapi é feira, é exposição, é negócios, mas, também, é festa. Mais de meio milhão de pessoas se divertem aqui, comem, bebem, assistem grandes shows, conhecem novidades da indústria, do comércio, do setor de serviços e da agropecuária. Aqui são consumidos mais de 1,2 milhão de lanches e 1,5 milhão de latinhas de bebidas.


O que será necessário melhorar para a próxima exposição-feira-festa?

Caramori -A Efapi está em sistema de melhoria contínua. A cada edição muita coisa é aperfeiçoada. Precisamos melhorar ainda mais a área de alimentação, com novos espaços estruturados para atender a esse grande público.


Comente aqui
21 ago15:21

Chapecó terá primeiro elevado

A obra vai ligar o Contorno Viário Oeste à Avenida Leopoldo Sander, deixando livre o trânsito entre as avenidas São Pedro e Attílio Fontana

O anúncio da construção do primeiro elevado de Chapecó foi realizado pelo prefeito José Caramori, durante a entrega do Troféu ‘O Desbravador’, na última quinta-feira (18). Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, o elevado vai ligar o Contorno Viário Oeste à Avenida Leopoldo Sander, deixando livre o trânsito entre as avenidas São Pedro e Attílio Fontana, que liga o Centro ao Bairro Efapi. Uma passarela também será construída no local para garantir segurança aos pedestres que precisam atravessar a via. O valor máximo orçado para a obra é de R$ 10.278.000,28, com recursos próprios do município.

No ato, Caramori assinou o edital n° 316/2011 para abertura de licitação, na modalidade de concorrência internacional, destinada a contratação de empresa de engenharia para a execução dos serviços necessários à realização das obras de terraplenagem, pavimentação asfáltica, drenagem, obras de arte corrente, obras de arte especial, de proteção ambiental e complementares, sinalização, iluminação e obras de contenção na interseção das vias. As propostas devem ser entregues no setor de Compras da Prefeitura de Chapecó, na Avenida Getúlio Vargas, até às 9h do dia 08 de novembro de 2011.

Contorno Viário Oeste

Obra orçada em R$ 11.383.549,25 milhões terá 7,8 Km de extensão, ligando a SC 480, na saída para o Rio Grande do Sul, até a Avenida Leopoldo Sander e saída para a BR 282. A nova via vai desafogar o trânsito na região central da cidade, desviando os veículos pesados para o Contorno.

Comente aqui