Líder

02 out10:23

Chapecoense é vice do grupo na Série C

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Nesta terça-feira todo o elenco da Chapecoense se reapresenta às 15 horas na Arena Condá. De acordo com a Assessoria do Clube, o treino será, provavelmente, no campo do Trevo. Quinze minutos antes do início dos trabalhos o técnico Gilmar Dal Pozzo concede entrevista coletiva na sala de imprensa na Arena Condá. Ele volta a falar com o jornalista somente na sexta-feira, dia 5.

Em 14 jogos , sendo seis vitórias, cinco empates e três derrotas, na Série C do Campeonato Brasileiro 2012 a Chapecoense esta na vice-liderança do Grupo B, com 23 pontos. Agora a equipe se prepara para a partida do sábado, contra o Brasiliense.

>> Acompanhe mais informações do Verdão no Blog da Chapecoense

Programação da semana 02 à 07/10

terça-feira (02/10)

manhã: descanso

tarde: treino às 15h


quarta-feira (03/10)

manhã: descanso

tarde: treino às 15h


quinta-feira (04/10)

manhã: descanso

tarde: treino às 15h


sexta-feira (05/10)

manhã: treino às 9h

tarde: descanso


sábado (06/10)

manhã: treino às 9h para os não relacionados

tarde: 16h – Chapecoense X Brasiliense/DF – na Arena Condá


domingo (07/10)

descanso o dia todo.


Comente aqui
18 jun19:56

Xanxerê é líder em infrações de trânsito por embriaguez em Santa Catarina

[Atualizado 09h27 - 19/06/12]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Xanxerê, no Oeste de Santa Catrina, é líder em infrações de trânsito por embriaguez em relação à frota existente no município, segundo levantamento preliminar feito pelo Fórum Parlamentar de Combate e Prevenção às Drogas. Em cinco anos, 987 infrações por embriaguez foram registradas no município. Levando em conta a frota de veículos da cidade, 28.225 registrados até dezembro de 2011, a cada 28 veículos um condutor é autuado no perímetro urbano.

Esse número coloca a cidade no topo das 20 com mais infrações por embriaguez, se considerada a frota de veículos nas ruas. Para diminuir esse número, a Polícia Militar de Xanxerê aposta nas blitze. De acordo com o comandante da 4ª Região, Maurício Gonçalves Viríssimo, a intenção é acabar com os excessos e fazer a verificação da documentação dos veículos e dos condutores.

— As barreiras são montadas nas entradas da cidade e no centro. Nos bairros são realizadas rondas e se preciso abordagens — disse.

Segundo levantamento da PM, nos primeiros cinco meses de 2011, foram realizados 409 testes de bafômetros e/ou constatação por embriaguez. No mesmo período, em 2012, foram apenas 75 autuações. O município conta com dois equipamentos de bafômetro.

No mesmo período o número de carteiras de motorista (CNH) recolhidas pela Polícia diminuiu. Em 2011 foram 70 casos e neste ano foram 68. O supervisor do setor de imposição de penalidades da Delegacia da Polícia Civil de Xanxerê, Juacir Franciscon, disse que só neste ano foram suspensas, e não tem recurso, 140 carteiras de habilitação na região de Xanxerê.

— Esse número é geral de infrações como embriaguez e por acúmulo de pontos na CNH nos 13 municípios de atuação da Regional — disse. Juacir disse ainda que já foram julgadas e aguardam defesa outros 150 casos.

— Mais 200 esperam por julgamento — completa.


Testes de Bafômetros

2011

Janeiro – 57

Fevereiro – 80

Março – 85

Abril – 91

Maio – 96

Total – 409 testes de realizados



2012

Janeiro – 27

Fevereiro – 10

Março – 19

Abril – 15

Maio – 4

Total – 75 testes de realizados


*Dados da Polícia Militar de Xanxerê.

Comente aqui
16 out07:51

Julgamento de indígenas pela morte de líder sindical no Oeste de SC inicia na próxima segunda

Os oito acusados da morte do agricultor e líder sindical Olices Stefani — ocorrida em Abelardo Luz, no Oeste Catarinense, em 2004 — serão julgados a partir da próxima segunda-feira. A sessão do Tribunal do Júri deve iniciar às 9 horas, no campus da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) em Joaçaba, e deve durar sete dias.

Como se trata de acusação de crime doloso contra a vida (com intenção), a decisão caberá a sete jurados, que serão escolhidos por sorteio antes do início do julgamento. Durante os trabalhos, além dos oito réus, devem ser ouvidas 31 testemunhas de acusação e defesa. A sessão será presidida pela juíza federal substituta Marta Weimer, da Vara Federal de Joaçaba.

De acordo com a assessoria de imprensa da Justiça Federal em Santa Catarina, dois procuradores da República, do Ministério Público Federal, e um advogado assistente atuarão pela acusação. Já pela defesa, serão quatro procuradores da Fundação Nacional do Índio (Funai) e dois defensores dativos.

O julgamento, que inicialmente ocorreria em Chapecó, foi transferido para Joaçaba a pedido da defesa, para garantir a imparcialidade dos jurados.


Crime teria sido motivado por disputa de terras

Olices Stefani era presidente de um sindicato de produtores rurais da região quando foi morto, no dia 15 de fevereiro de 2004. Entre os oito acusados do crime, sete são indígenas da etnia Kaingang. O assassinato teria relação com a demarcação da Terra Indígena Toldo Imbú.

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui