Litoral

30 jul15:38

Julho registra chuva 60% acima do normal em algumas regiões de SC

Choveu em julho em Santa Catarina, é o que informa a Epagri/Ciram — órgão que monitora as condições climáticas no Estado. Apesar de o mês ter registrado menos chuva do que o mesmo período no ano passado, em algumas localidades chegou a chover 60% a mais do que a média — em 2011 esse numero chegou a 80%.

Só nas últimas 48 horas, Rio do Campo, no Alto Vale, registrou 41,2 mm; Capos Novos, no Meio-Oeste, 48,5 mm e Dionísio Cerqueira, no Oeste, 65 mm. De acordo com a Epagri/Ciram, a chuva volumosa foi causada pela presença de um cavado — área alongada de baixa pressão — aliada a passagem de uma frente fria pelo Sul do Brasil.

Esse cavado mantém o tempo instável com chuva desta segunda-feira ao inicio da quarta-feira. O acumulado de chuva, entre a noite desta segunda-feira e a madrugada de quarta-feira, deve variar entre 20 a 40mm em média no Planalto Sul e no Litoral Sul, e entre 50 a 80mm em média nas demais regiões, sendo o Vale do Itajaí e o Litoral Norte as regiões mais preocupantes devido a chance de alagamentos e deslizamentos.


Volume da chuva em julho, até o dia 30/07

> Médio Vale e Litoral Norte – 185mm / 60% acima do normal

> Lages – 144 mm / 12% acima do normal

> São Joaquim – 162 mm / normal

> Urussanga – 95 mm / normal

> Campos Novos – 148 mm / normal

A Grande Florianópolis registrou 130 mm até está segunda-feira e a média histórica indica 110 mm.

Temperatura não deve subir

As temperatura segue amena e não devem passar muito dos 20ºC na terça-feira. A mais alta deve ser registrada no Oeste, onde pode chegar a 21ºC. Na Grande Florianópolis a máxima deve chegar a 18ºC e não passa dos 14ºC no Planalto Sul.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
19 abr10:04

Concordiense é encontrado morto no litoral catarinense

Um homem foi encontrado morto na Rodovia Interpraias, em Balneário Camboriú, no final da tarde desta quarta-feira. Rudimar de David, 47 anos, estava dentro de um carro e tinha a marca de um tiro no peito. Embora aparentemente nada tenha sido levado do local, a primeira hipótese levantada pela polícia é de latrocínio.

O carro, um Crossfox com placas de Bombinhas, estava próximo à entrada da Praia do Pinho. O veículo chegou a bater num barranco ao lado da estrada, mas ainda não se sabe se isto teria ocorrido antes ou após David ter sido atingido.

Testemunhas ouvidas pela Polícia Militar disseram ter visto três homens encapuzados entrarem na mata, próximo ao local onde o corpo foi encontrado. Policiais fizeram buscas pela região, mas ninguém foi encontrado.

As investigações estão a cargo do delegado Procópio Batista Silveira Neto, da Divisão de Investigações Criminais de Balneário Camboriú (DIC). O delegado não informou se há suspeitos do crime.

O corpo será transladado para Concórdia onde serão feitos os atos fúnebres. Rudimar de David, 47 anos, tinha duas filhas. Rudimar era ex-marido da secretária de saúde, Genair Bogoni.


BLOG DO LITORAL


Comente aqui