Livros

03 jul08:16

Livros da coleção Vaga-Lume serão adaptados para o cinema

Dois livros da série Vaga-Lume – O Mistério do Cinco Estrelas e O Rapto do Garoto de Ouro – serão adaptados para o cinema com direção de Tadeu Jungle. A informação foi confirmada pela produtora RT Features ao site Omelete. Os longas não têm data de lançamento.

Os livros são os dois primeiros de uma trinca escrita por Marcos Rey, que ainda inclui Um Cadáver Ouve Rádio, todos publicados na coleção da Editora Ática.

Em O Mistério do Cinco Estrelas, os jovens Leo, Gino e Ângela investigam um assassinato no luxuoso hotel Emperor Park Hotel. Em O Rapto do Garoto de Ouro, o trio tenta solucionar o sequestro do jovem astro do rock Alfredo, o Garoto de Ouro.

Tadeu Jungle é videoartista, roteirista e diretor de produções para televisão e publicidade. Em 2011, ele lançou seu primeiro longa-metragem, Amanhã Nunca Mais.


Comente aqui
26 mai19:33

Livros de autoajuda: vale a pena confiar?

O quanto um livro de autoajuda pode auxiliar a resolver um conflito? As técnicas que prometem recuperar o amor, atrair a pessoa certa e ser bem sucedido no trabalho realmente funcionam?

Segundo a especialista em comportamento humano Vanessa Ritzel, vários psicólogos argumentam que livros de autoajuda não produzem os resultados esperados e que muitas vezes não têm efeito algum.

- A proposta dessas obras é fazer com que as pessoas se sintam melhor, independente da conquista, seja profissional, ou pessoal, mas na prática, não é bem assim – alerta.

Vanessa diz que todas as pessoas que buscam um método terapêutico para enfrentar um problema são orientadas a pensar positivo, mas que o conselho, apesar de parecer inofensivo, pode ser desastroso.

- Muitas pesquisas científicas comprovaram que pessoas com baixo autoestima se sentem piores quando expostas a afirmações positivas – diz Vanessa. A explicação para o fenômeno é que estas pessoas têm como reação imediata rejeitar a alegação positiva, e até mesmo se sentem fracassadas por não conseguir adotar a postura positiva.


Comente aqui
16 mai10:59

Biblioteca de São Lourenço do Oeste adota marcadores de páginas

A Biblioteca Pública Municipal passou a disponibilizar juntos aos livros emprestados, marcadores de páginas como um meio de evitar possíveis danos aos materiais de leitura, tais como: a dobra das abas que causam as chamadas “orelhas” e o uso de objetos como: clips, lápis, caneta e outros para marcar a página do livro.

Os marcadores são muito úteis no momento da leitura, pois permitem ao leitor se localizar entre as páginas, sem para isso, danificar o material, que pode ser livros, relatórios, catálogos, revistas, pastas.

A decisão pelo marca páginas foi definida devido a sua utilidade, ou seja, prolongar a vida útil do livro, preservando a informação e, sobretudo, a estrutura física das obras, além de possibilitar a divulgação de informações relevantes aos usuários, entre as quais estão os horários de atendimento, os documentos necessários para fazer a carteirinha, o endereço, o telefone e o blog da Biblioteca.


Comente aqui
20 abr09:37

Empresa doa tapete e almofadas para a Biblioteca Pública Municipal de São Lourenço do Oeste

A Biblioteca Pública Municipal Santos Dumont, de São Lourenço do Oeste recebeu de uma empresa da cidade um tapete e doze almofadas para a sala infantil. O local é usado para as crianças ler entrar em contato com livros e o mundo da leitura.

A doação foi da Enele Indústria de Estofados que além de desenvolver trabalhos sociais, faz o reaproveitamento de seus resíduos industriais, confeccionando almofadas, tapetes, pufs entre outros materiais que são doados para escolas e entidades, contribuindo assim, com a sua responsabilidade social e ambiental.


Comente aqui
06 mar17:30

Vestibular de inverno 2012 da Udesc

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) divulgou, nesta terça-feira no www.vestibular.udesc.br, as cinco obras literárias de leitura obrigatória para o vestibular de inverno 2012, que acontece no dia 3 de junho.


A lista de livros é a seguinte:

1. Memórias de um Sargento de Milícias, de Manoel Antônio Almeida;

2. Ao som do realejo, de Péricles Prade;

3. Jorge, um brasileiro, de Oswaldo França Júnior;

4. A Cidade Ilhada, de Milton Hatoun;

5. Treze Cascaes, de Adolfo Boss e Outros.


- É necessário o conhecimento sobre o contexto social, cultural, histórico e estético das obras. A leitura dessas obras desenvolve a capacidade de análise, interpretação de textos e a identificação das características dos diversos gêneros literários – disse a coordenadora do vestibular da Udesc, Rosângela Souza Machado.


Inscrição

A coordenação do vestibular informa ainda que a inscrição para o vestibular de inverno 2012 será aberta na primeira quinzena de abril.

Outras informações no 48.3321-8098 ou pelo site da Udesc.


FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SC


Comente aqui
05 mar15:26

Biblioteca Pública de São Lourenço do Oeste faz doação

Quando se adquire um livro, se faz pelo interesse em ler sua história, outras vezes por se tratar de materiais técnicos, pedagógicos, dentre outros, onde se tem a oportunidade de aprimorar os conhecimentos. Na medida em que eles deixam de nos ser úteis, é interessante doá-los, para que outras pessoas possam usufruir, contribuindo assim para o aprendizado das mesmas.

Com esse objetivo  a Biblioteca Pública de São Lourenço do Oeste  recebe diversas doações e também faz a sua parte, doando materiais para o público.

Os interessados poderão se dirigir à Biblioteca, onde encontrarão os materiais disponíveis para doação, podendo assim, escolher o que lhe interessar.

A iniciativa pretende contribuir, mesmo que de forma singela, para o crescimento de cada um, disseminando a leitura, bem como a educação e a cultura, pois doar, sempre foi um ato de amor.


Comente aqui
28 fev14:29

Formosa do Sul incentiva a leitura

Em Formosa do Sul, os alunos da rede municipal estão recebendo livros diferentes dos já utilizados, no Núcleo Escolar Vida e Alegria. As historinhas infantis, agora são impressas em livros de diferentes materiais como, tecido e plástico. Alguns livros mais parecem bichos de pelúcia e outros, se confundem com almofadas ou brinquedos diversos.

Um pacote de 350 livros foi adquirido para a educação infantil. Já o ensino fundamental foi contemplado com 350 livros dos mais famosos autores da literatura brasileira. São obras normalmente exigidas em vestibulares.

A secretária de Educação de Formosa do Sul, Rosemeri Santin, afirma que qualquer tentativa de estimular a leitura é importante. Ela lembra que o município tem investido de forma considerável em materiais didáticos, e destaca o uso das apostilas Positivo, implantado no ano passado.

Comente aqui
30 jan12:17

Coleção Braille na Biblioteca Pública José de Alencar de São Miguel do Oeste

A secretaria de Cultura, Lazer e Turismo de São Miguel do Oeste, por meio da Biblioteca Pública Municipal José de Alencar começa a formar sua Coleção Braille, a partir de doações recebidas do Instituto Benjamim Constant e da Fundação Dorina Nowill para Cegos.

Conforme a bibliotecária Maria Regina Andreatto, em 2011 a equipe recebeu os primeiros exemplares da Fundação Dorina Nowill e, agora em janeiro, foram recebidos os exemplares do Instituto Benjamim Constant.

Maria Regina informa que o Instituto Benjamim Constant é um Centro de Referência Nacional na Área da Deficiência Visual, a nível nacional. Possui uma escola, capacita profissionais da área da deficiência visual, assessora escolas e instituições, realiza consultas oftamológicas à população, reabilita, produz material especializado, impressos em Braille e publicações científicas.

A fundação Dorina Nowill trabalha há mais de seis décadas na inclusão social das pessoas com deficiência visual, por meio da produção e distribuição gratuita de livros braille, falados e digitais, acessíveis diretamente para pessoas com deficiência visual. Também oferece, gratuitamente, programas de serviços especializados à pessoa com deficiência visual e sua família, nas áreas de educação especial, reabilitação, clínica de visão subnormal e empregabilidade.

- Realizamos o cadastro da biblioteca no site destas duas entidades e logo em seguida recebemos os primeiros exemplares – comentou a bibliotecária.

A secretaria de Cultura também adquiriu alguns exemplares, a fim de oportunizar um acervo mais completo e de qualidade às pessoas com deficiência visual, bem como oportunizar a inclusão social.


Relação dos livros em Braille:

Literatura infantil

A Poesia. Maria Luiza Favret

Turma da Mônica e o ABC. Maurício de Sousa e Yara Maura Silva

A arca de Noé. Milton Célio de Oliveira Filho

A África meu pequeno Chaka… Marie Sellier e Marion Lesage

Que horas são. Guto Lins

Não existe dor gostosa. Ricardo Azevedo

Quero ser rico. Álvaro Modernell

A dança das cores. Luis Pimentel

Umbigo: poemas de João Proteti

Era uma vez uma página em branco. Ana Carmen Franco Nogueira

Vou pular. Ana Carmen Franco Nogueira

Chuuuu! Ana Carmen Franco Nogueira

Quem tem medo de quê. Ruth Rocha

Comédias para ser ler na escola: edição especial para crianças. Luis Fernando Verissimo


Literatura Brasileira

O pagador de promessas. Dias Gomes

O mistério das aranhas verdes. Carlos Heitor Cony e Anna Lee

O mistério das jóias coloniais. Carlos Heitor Cony

Poemas para brincar. José Paulo Paes

Um poema puxa o outro: literatura em minha casa. José Paulo Paes et al

Histórias que o povo conta. Ricardo Azevedo

13 lendas brasileiras. Mario Bag

Calabar/O elogio da traição. Chico Buarque. Ruy Guerra


Educação

Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Paulo Freire.

Pequena introdução à filosofia da educação: a escola progressiva ou a transformação da escola. Anísio Teixeira


Revistas

Educação Inclusiva: grafia Braille para a língua portuguesa

Pontinhos: revista infanto-juvenil para cegos


Comente aqui