Magistério

04 set14:43

Inscrições para Concurso Público de Ingresso ao Magistério em escolas estaduais encerram nesta quarta-feira

Os interessados em participar do Concurso Público de Ingresso ao Magistério da rede Estadual têm até às 15 horas da quarta-feira, dia 5, para efetuarem a inscrição. Os candidatos deverão se inscrever pelo site www.acafe.org.br somente para vagas disponíveis na Gerência Regional de Educação (Gered) de sua preferência. Para efetuar a inscrição é preciso imprimir o Requerimento de Inscrição e a Guia DARE-SC e pagar a taxa de R$ 50.

O concurso será realizado em duas fases de caráter eliminatório e/ou classificatório. A primeira com uma prova objetiva, que será realizada no dia 30 de setembro, e uma segunda de títulos, na qual o candidato tem o período de 30 de outubro a 5 de novembro para enviara a documentação.

O resultado final com a relação dos aprovados será divulgado no dia 29 de novembro, nas 36 Gereds, no endereço eletrônico da SED (www.sed.sc.gov.br) e no da Acafe. A escolha de vagas, oferecidas na primeira chamada, ocorrerá nos dia 3 e 4 de dezembro, conforme quadro do edital.

Segundo a diretora de Gestão de Pessoas, Lúcia Steinheuser Gorges, terminadas as fases do concurso, os professores aprovados serão chamados, ainda este ano, para iniciarem suas atividades no início do ano letivo de 2013.

- Desta forma, queremos garantir maior tranquilidade às escolas – destaca.

Disciplinas: Biologia, Química, Ciências, Física, Alemão, Artes, Educação Física, Ensino Religioso, Espanhol, Filosofia, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa, Língua Portuguesa e Literatura, Sociologia, Matemática, Italiano e Séries Iniciais.

Constam no edital os programas das disciplinas, quadro de vagas por regional, documentação exigida, cronograma além de mais detalhes sobre o concurso. O edital está disponível no Portal da Secretaria de Estado da Educação.


Cidades que realizarão a prova objetiva:

Araranguá, Biguaçu, Blumenau, Brusque, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Florianópolis, Itajaí, Joaçaba, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Mafra, Palhoça, Porto União, Rio do Sul, São José, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Tubarão, Videira e Xanxerê.


Número de vagas  na região Oeste:

Chapecó – 54

Concórdia – 30

Dionísio Cerqueira – 37

Itapiranga – 24

Maravilha – 22

Palmitos – 25

Quilombo – 19

Seara – 30

São Lourenço do Oeste – 20

São Miguel do Oeste – 21

Videira – 42

Xanxerê – 41


Comente aqui
23 jan21:01

Prova de concurso para magistério em Chapecó será refeita

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Prefeitura de Chapecó decidiu nesta segunda-feira acatar sugestão do Ministério Público e anular as provas objetivas do processo seletivo para contração de professores em caráter temporário. A nova prova será aplicada no dia 5 de fevereiro, a partir das 7h45, nos mesmos locais da prova anterior.

O Ministério Público recomendou a anulação após receber denúncias de irregularidades na aplicação da prova objetiva, ocorrida no dia 8 de janeiro. Entre as reclamações estava a abertura dos portões após o horário previsto no edital do concurso e candidatos entrando nas salas de concurso e conversando com membros da comissão do concurso após a entrega das provas.

Na avaliação do promotor de Justiça Jackson Goldoni, essa situação levaria à anulação da prova, pois fere a igualdade entre os candidatos e daria margem à fraude ou favorecimento. A recomendação de anulação foi para evitar uma ação judicial que prejudicaria o início do ano letivo, levando em consideração o interesse público.

O procurador do município, Tiago Etges, disse que foi aberta uma sindicância para apurar as responsabilidades e o município constatou que houve problemas com alguns candidatos no horário de entrada. – Apuramos que os portões foram fechados e depois reabertos pois não havia certeza quanto ao horário exato de 7h45- explicou Etges. Nisso alguns candidatos entraram depois.

Por isso o município acatou o parecer da promotoria. Os 1,4 mil candidatos que prestaram as provas serão avisados via meios de comunicação ou meio eletrônico. Eles devem comparecer no local das provas no dia 5 de fevereiro, com o documento de inscrição. A prefeitura deve contratar 200 professores em cargo temporário, para compor o quadro que já tem 1,2 mil servidores em caráter efetivo. As provas de títulos foram mantidas.

A secretaria de Educação estará aberta do dia 5 de fevereiro a 11 de fevereiro, das 12 horas às 20 horas. Os prazos para recursos encerram no dia 11, quando será homologado o resultado. A escolha de vagas será no domingo, dia 12 de fevereiro. Etges disse que isso é para não prejudicar o início das aulas na rede municipal, que é no dia 13 de fevereiro.

A empresa responsável pela aplicação das provas é a Alternativa Concursos. Ela recebeu R$ 50 mil para a realização do processo seletivo. O pagamento pela nova prova vai depender da apuração da responsabilidade na anulação da primeira prova.

1 comentário
29 nov14:43

Prefeito de Concórdia sanciona lei

RBSTV CONCÓRDIA

O prefeito João Girardi de Concórdia sancionou na manhã desta terça-feira, 29, a revisão do Plano de Cargos e salários do Magistério. Além de elevar o salário base, as mudanças no plano também estimulam os professores a se especializarem.

A revisão do plano implantado em 2005 foi um acordo entre a prefeitura e o sindicato da categoria ainda no ano passado. As discussões iniciaram no mês de maio. Uma empresa especializada foi contratada para elaborar a revisão, que foi aprovada rapidamente pela Câmara para que as novas regras passassem a valer a partir de dezembro.

O secretário Santo de Luca apresentou as mudanças do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos do Magistério Público Municipal de Concórdia (PCCVM), que estabelece normas de enquadramento, institui nova Tabela de Vencimentos e outras providências. Participaram do ato oficial diretores e professores das escolas municipais, além de vereadores e secretários municipais.

Com as mudanças, o salário base de quem tem apenas o curso de magistério passa de R$ 1.433 para R$ 1.613. Já para quem é graduado, o salário de 40 horas semanais passa de R$ 1.687 para R$ 1.900. Entre outras alterações, também houve um aumento dos percentuais para formação acadêmica.

Antes ao concluir uma pós, por exemplo, o professor tinha um acréscimo de 6% no salário. Agora este percentual sobe para 12%. O percentual de acréscimo do mestrado também dobrou de 10 para 20%. E de doutorado de 15 para 35%.


Comente aqui