Masculino

28 out15:51

Chapecó ganha troféu inédito no judô

A caçula das modalidades da Olesc, o judô, que acontece pela terceira vez na história do evento, terminou no final da manhã desta sexta-feira, dia 28 no ginásio do Sest/Senat e revelou um campeão inédito e um bicampeão.

As meninas de Chapecó levantaram pela primeira vez o troféu de campeão, depois de uma campanha irreparável, que rendeu a Chapecó 62 pontos e nove medalhas (três ouro, três prata e três bronze). A equipe é comandada pelo técnico Adenildo João da Silva Alves, escolhido como Técnico Destaque de 2010 pela Federação Catarinense de Judô. Florianópolis com 51 pontos foi vice e Biguaçu, com 26, o terceiro colocado.

Além da medalha de ouro conquistada nas lutas por equipe, Chapecó venceu com Pamela  Pilar, no peso superligeiro, e Aline da Silva, no peso médio. As medalhas de prata ficaram com a equipe masculina, mais Polliana do Pilar, no peso ligeiro, e Karine Lemes, no meio-leve. As medalhas de bronze foram para Roberta Silva, do peso meio-pesado; Eduardo Baierle, do peso pesado e Gediklei Vizentini, do peso ligeiro.

Judô Masculino

Para Florianópolis, que tem uma escola tradicional no judô masculino, esta foi a segunda conquista, repetindo o feito de 2008 na Olesc de Criciúma. A equipe da Capital somou 53 pontos contra 34 de Blumenau e 31 de São Bento do Sul, segundo e terceiro colocados, respectivamente.

O troféu de campeão foi mais uma vez para os florianopolitanos “pelo conjunto da obra”. A equipe da Capital levou duas medalhas de ouro – a da equipe e a de Eduardo Marques no peso ligeiro; uma de prata com Emerson Silveira, no peso leve; e duas de bronze, com Deiwid Hoffer, no peso meio médio, e Leandro Manoel, no peso leve.

A competição do judô encerrou com as lutas por equipe, que contam os pontos em dobro, e definiu os campeões da modalidade. No masculino, os judocas da Capital ficaram com a medalha de ouro, Chapecó foi prata e São Bento do Sul e Blumenau dividiram o bronze. No feminino, o ouro foi para Chapecó, a prata para Biguaçu e os bronzes para Curitibanos e Florianópolis.

Comente aqui
15 set09:24

Moleque Bom de Bola

As partidas finais da etapa Microrregional do Campeonato Catarinense Escolar de Futebol “Moleque Bom de Bola”, em Dionísio Cerqueira, aconteceram na tarde da quarta-feira, dia 14, no estádio da comunidade de Santa Rita, em São José do Cedro.



São José do Cedro classificado no masculino.



Durante três dias, as escolas Antenor Nascentes, de Princesa; Osni Paulino da Silva (POPS), de Anchieta; Serafim Bertaso, São José e Cedrense, de São José do Cedro; Claudino Crestani e Catharina Seger, de Palma Sola; Theoduretto Faria Souto e Irineu Bornhausen, de Dionísio Cerqueira e Elza Mancelos de Moura, de Guarujá do Sul e participaram das disputas.

Para o integrador Esportivo da SDR de Dionísio Cerqueira, professor Nivaldo Pontin, o Moleque Bom de Bola é um campeonato escolar que promove o esporte amador, a educação para a cidadania e o desenvolvimento humano e integral de jovens e crianças.

Na final do feminino, a equipe de Guarujá do Sul empatou no tempo normal com Dionísio Cerqueira, no placar de 1 a 1. Nos pênaltis a equipe guarujaense venceu por 3 a 0 e ficou com o título.



Guarujá do Sul classificado no feminino.



Na categoria masculina, um novo empate. A equipe de Guarujá do Sul saiu na frente, com gol do atleta Guilherme Schuh. São José do Cedro empatou com gol de Claudemir Siqueira e venceu nos pênaltis por 6 a 5 sagrando-se campeão.

Os campeões desta etapa são: no masculino, São José do Cedro, e no feminino, Guarujá do Sul. As equipes vão representar a região de Dionísio Cerqueira na fase Regional do Moleque Bom de Bola, que será realizada de cinco a nove de outubro, no município de Faxinal dos Guedes. A etapa estadual será realizada de 22 a 27 de novembro, em São Lourenço do Oeste.

O Moleque Bom de Bola, destinado a meninos e meninas de 12 a 14 anos, é uma parceria da Fundação Catarinense de Esporte – Fesporte, Secretarias de Desenvolvimento Regional, empresas parceiras e prefeituras.


Comente aqui
08 set14:24

Estadual de vôlei masculino em Chapecó

Chapecó é sede do segundo quadrangular do Campeonato Estadual de Voleibol Adulto Masculino. Além da Associação Pró-Vôlei (Aprov) de Chapecó, participam as equipes de Itajaí, Morro da Fumaça e Blumenau. Os jogos desta quinta, dia oito, nove e 10 de setembro serão realizados no Ginásio de Esportes Ivo Silveira, a partir das 18h. As partidas da equipe de Chapecó iniciam às 20h. A entrada é gratuita.


Na primeira etapa, realizada em Blumenau, Chapecó ficou com o segundo lugar. A melhor equipe das duas etapas estará automaticamente classificada para a final contra o time da Cimed/Florianópolis, que será realizada em outubro. Na final, serão três jogos: um em Florianópolis e outro na casa do adversário. Se houver necessidade do terceiro jogo, será novamente em Florianópolis.



Equipe vôlei masculino de Chapecó.



O técnico da equipe da Aprov, Nilson Rex, está confiante. – Na primeira rodada, ficamos em segundo. Como iremos jogar em casa, temos grandes chances de faturar o primeiro lugar. Por isso, é muito importante a participação do público, para prestigiar o evento e incentivar a nossa equipe – disse.


Tabela de Jogos:


08/09/2011 – quinta-feira

18h – BLUMENAU X ITAJAÍ

20h -CHAPECÓ X MORRO DA FUMAÇA


09/09/2011 – sexta-feira

18h – BLUMENAU X MORRO DA FUMAÇA

20h – CHAPECÓ X ITAJAÍ


10/09/2011 – sábado

18h - ITAJAÍ X MORRO DA FUMAÇA

20h – CHAPECÓ X BLUMENAU


Comente aqui