Moleque Bom de Bola

27 nov12:37

Moleque Bom de Bola chega ao fim com campeões inéditos

Pela primeira vez na história das 20 edições do Campeonato Escolar de Futebol – Moleque Bom de Bola, o Colégio Cenecista Marcos Olsen, de Caçador e o Colégio Recriarte, de Camboriú, conquistaram na manhã deste domingo, 27, em São Lourenço do Oeste, cidade do noroeste catarinense, os troféus de campeão 2011.

Com dois gols da atacante Júlia, a segunda maior goleadora do campeonato com 11gols, e duas defesas importantes da goleira Amanda, a equipe caçadorense repetiu o placar da fase de grupos e venceu o Balduíno Rambo, de Tunápolis por 2×1. Descontou para o time do extremo oeste a meia Vanessa. A artilheira e destaque da competição feminina foi Talia, com 13 gols, aluna da escola Lourdes Lago, de Chapecó, que terminou na terceira colocação do Moleque.

Também no masculino, o campeão foi inédito. O colégio Recriarte, de Camboriú, e a escola São Ludgero, de São Ludgero, chegaram invictos à final e com campanha idêntica na fase de grupos, com duas vitórias e dois empates cada e diferença de três gols na semifinal. No jogo “tira teima” com dois gols do centroavante Guilherme, o time de Camboriú se deu melhor e venceu por 2x1ficando com o troféu de campeão . Descontou para São Ludgero o meia Lucas.

A competição que é uma realização da Fesporte, com apoio do Governo do Estado, Secretarias de Desenvolvimento Regional e Prefeitura Municipal de São Lourenço do Oeste tem o patrocínio da empresa Parati, e ocorreu em São Lourenço do Oeste de 22 a 27 de novembro e contou com a participação de 20 equipes de 17 municípios do estado. No ano de 2011, incluindo as etapas municipal, microrregional, regional e estadual, participaram do Moleque Bom de Bola, 77.560 atletas, alunos de 1094 escolas, pertencentes a 264 municípios, que envolveram 36 SDRs.


Arbitragem feminina

Na final da “moleca” entre Marcos Olsen e Balduíno Rambo, o trio de arbitragem foi inteiro feminino, e se tornou uma atração a parte na competição. Com muita serenidade e firmeza, Neuza Inês Back, professora de educação física da escola Rodolfo Foss, de Saudades, município do oeste catarinense, e integrante do quadro nacional da Confederação Brasileira de Futebol – CBF desde 2009, conduziu com maestria a partida final. Neuza nunca foi atleta de futebol, mas quando concluiu seus estudos na faculdade de Palmas PR, incentivada por seu irmão, André, que é árbitro da Federação Catarinense de Futebol, começou a atuar em competições regionais, e hoje apita por todo o Brasil. Já a professora de educação física, Deise Bellaver, de Faxinal dos Guedes que atuou como auxiliar é ex atleta e já participou do Moleque como atleta. A outra auxiliar foi a enfermeira Marilei Bassi, ex-jogadora de futsal de Concórdia, Lindóia do Sul e Peritiba, e que atua em Concórdia.

O Moleque Bom de Bola é uma realização da Fesporte, com promoção do Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte e Parati Alimentos e apoio da prefeitura de São Lourenço do Oeste, secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) e RBS TV.

Fonte: Alvaro Roberge/ Fesporte


Comente aqui
27 nov11:55

Escola de Camboriú conquista o Moleque Bom de Bola no masculino

A final masculina entre o Colégio Recriarte, de Camboriú contra a Escola São Ludgero, São Ludgero terminou agora pouco no estádio Bom de Bola em São Lourenço do Oeste. A equipe de Camboriú venceu por 2 a 1. O mesmo placar da disputa no feminino.

As equipes do colégio Marcos Olsen, de Caçador e Balduíno Rambo, de Tunápolis se consolidam como grandes forças do futebol feminino do estado. Nesta manhã as meninas de Caçador marcaram 2 a 1 em cima da equipe de Tunapólis e conquistaram o primeiro lugar.

A entrega dos troféus será realizada no campo do estádio Bom de Bola, cenário das finais em São Lourenço do Oeste.

O Moleque Bom de Bola é uma realização da Fesporte, com promoção do Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte e Parati Alimentos e apoio da prefeitura de São Lourenço do Oeste, secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) e RBS TV.

Comente aqui
27 nov10:45

Escola de Caçador é campeã no Moleque Bom de Bola

As equipes do colégio Marcos Olsen, de Caçador e Balduíno Rambo, de Tunápolis se consolidam como grandes forças do futebol feminino do estado. Nesta manhã as meninas de Caçador marcaram 2 a 1 em cima da equipe de Tunapólis e conquistaram o primeiro lugar.

A final masculina entre o Colégio Recriarte, de Camboriú X Escola São Ludgero, São Ludgero está rolando no estádio Bom de Bola em São Lourenço do Oeste.

Você pode acompanhar a partida ao vivo no site da Fesporte.


Comente aqui
26 nov22:23

Finais do Moleque Bom de Bola

A cada ano que passa, as equipes do colégio Marcos Olsen, de Caçador e Balduíno Rambo, de Tunápolis se consolidam como grandes forças do futebol feminino do estado. Na etapa estadual do Moleque Bom de Bola, que está sendo realizada em São Lourenço do Oeste, de 22 a 27 de novembro, a situação não foi diferente, e as equipes se enfrentam na final feminina, marcada para o estádio Bom de Bola as 9h deste domingo, 27.

Nas semifinais da manhã deste sábado, 26, realizadas no Estádio Parque Bracatinga, as meninas de Caçador deram “uma aula” de futebol e venceram por 4×1 a escola Lourdes Lago, de Chapecó, com dois gols de Júlia e dois de Paula, os destaques do jogo. A missão do time de Tunápolis foi mais árdua. A vitória conquistada contra o Alinor Vieira Corte de Papanduva aconteceu com gol olímpico, feito pela atacante Júlia, aos quatro minutos do primeiro tempo, e mantido, apesar da forte pressão das papanduvenses.

Bastante satisfeito o técnico Éverton Luiz Corrêa, do Marcos Olsen, achou que a equipe foi bem equilibrada e elogiou a postura das meninas que são centradas e focadas na competição. Ele acrescentou que, na realidade, as garotas são todas do futsal, fruto de uma parceria com a equipe do Kindermann, e como as garotas estudam na mesma escola, participam do futebol mesmo sem treinos específicos da modalidade. Ele falou que foram realizados apenas dois treinamentos para “ajustar” a equipe.

Já o outro finalista, Edson Bieger, o técnico do Balduíno Rambo, disse que este trabalho é realizado há 10 anos gratuitamente e já rendeu cinco títulos estaduais embora a quatro anos Tunápolis não tenha mais conseguido chegar a uma decisão. Para ele, tão importante quanto chegar a final, é saber que a base do time de 2012 já está formada, pois 16 meninas que vão jogar a final, vão permanecer na equipe do ano que vem. Edson creditou o sucesso do time a muito treinamento e muita dedicação, o que fez com que as garotas abdicassem de muitas coisas da adolescência para aos treinamentos. Como quase todas as garotas são agricultoras e moram na área rural o que mais toma tempo do técnico é o transporte das garotas. Com seu carro, durante cinco dias da semana, ele leva uma hora e meia para recolher as meninas para o treinamento, e o mesmo tempo para deixá-las em casa, mas é gratificante, complementa.

As semifinais masculinas foram realizadas no estádio do Vasco da Gama no distrito de Presidente Juscelino. No primeiro confronto o Recriarte de Camboriú abriu caminho para o bi-campeonato e venceu a escola José Marcolino Eckert, de Pinhalzinho por 3×0. No jogo de fundo o São Ludgero, de São Ludgero, goleou por 5×2 o Rui Barbosa de São Lourenço do Oeste.

As finais da 20ª edição do Moleque serão realizadas na manhã deste domingo no estádio Bom de Bola, da indústria Parati. As 9h jogam as meninas do Marcos Olsen/Caçador x Balduíno Rambo/Tunápolis. As 10:15h a final masculina entre Recriarte/Camboriú x São Ludgero/São Ludgero.


Fonte: Alvaro Roberge / Fesporte


Comente aqui
26 nov08:00

Definidas semifinais do Moleque Bom de Bola

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

As semifinais do Campeonato Escolar Moleque Bom de Bola serão realizadas neste sábado, em São Lourenço do Oeste. Os confrontos foram definidos após quarenta confrontos, em duas chaves masculinas e duas femininas. Duas equipes por chave foram classificadas, após três dias.

No masculino os jogos serão no campo do Vasco da Gama. Às 9 horas jogam Colégio Recriarte, de Camboriú x E.E.B. José Marcolino Eckert, de Pinhalzinho. Às 10h15 jogam se enfrentam E.E.B. São Ludgero, de São Ludgero x E.E.B. Rui Barbosa, de São Lourenço do Oeste.

As semifinais do feminino serão no campo da Bracatinga. Às 9 horas jogam CNEC Marcos Olsen, de Caçador x EEB Padre Balduíno Rambo, de Tunápolis. Às 10h15 jogam EEB Alinor Vieira Corte, de Papanduva x EEB Lourdes Lago, de Chapecó.

As finais serão no domingo pela manhã, às 9 horas, no feminino, e 10h15, no masculino, no estádio da Parati.


Comente aqui
23 nov12:23

Bola em campo

O projeto oferece às crianças uma oportunidade de desenvolvimento por meio do futebol e outras atividades, bem como ações sociais, culturais e educativas.

Foram classificadas 20 escolas, cerca de 500 alunos/atletas de 17 municípios, divididos por equipes masculinas e femininas. Sete confrontos por gênero vão classificar os dois primeiros colocados que seguem para as semifinais. A etapa eliminatória do projeto em Santa Catarina contou com a participação de 1050 instituições de ensino de 267 municípios catarinenses, aproximadamente 77 mil alunos/atletas, entre meninas e meninos, com a faixa etária entre 12 a 14 anos.


Os jogos da fase final iniciaram na manhã desta quarta-feira, 23 e seguem até o sábado, 26, com as partidas da semi-final.


Grande Final

As partidas finais, do masculino e feminino, acontecem no Campo do Bom de Bola da Parati, em São Lourenço do Oeste, no domingo, 27.


Projeto Moleque Bom de Bola

O Projeto Moleque Bom de Bola completou 20 anos em 2011 e continua a promover o esporte amador em prol à educação, cidadania e o desenvolvimento humano de crianças e jovens. O evento também é um grande incentivador para um futuro no esporte profissional. Foram revelados no projeto nomes como: André Santos (Seleção Brasileira e Arsenal-ING), Marquinhos (Santos, São Paulo e Grêmio), Filipe (Seleção Brasileira e La Coruña-ESP) e Eduardo Costa (Seleção Brasileira e Vasco).

Realizado pela RBS TV, Governo do Estado, em parceria com a Fesporte (Fundação Catarinense de Esporte) e a Parati, esse é o maior campeonato escolar de futebol da América Latina.


Jogos

Quando: de 23 a 25 de novembro, das 8h às 19h

Local: Campo do Clube Recreativo Bracatinga (Centro de São Lourenço do Oeste) e no Campo do Bom de Bola da Parati


Semi-final

Quando: 26 de novembro, das 9h as 11h – 16h as 18h

Local: a definir


Final

Quando: 27 de novembro, feminino às 9h15 e masculino às 10h15

Local: Campo do Bom de Bola da Parati


Comente aqui
22 nov12:19

Inicia fase final do Moleque Bom de Bola

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A abertura da fase final do campeonato escolar Moleque Bom de Bola será às 20 horas desta terça-feira, no campo Bom de Bola, em São Lourenço do Oeste. Haverá desfile das delegações das 20 equipes finalistas, 10 no masculino e 10 no feminino. Está previsto pronunciamento de autoridades, vídeo do projeto e apresentações do grupo Música do Parque, da Parati, e Coral Curumin, de Curitiba.


Os jogos iniciam na quarta-feira, com sete confrontos no feminino e sete no masculino. As equipes de cada gênero foram divididas em duas chaves, onde os dois primeiros colocados se classificam para as semifinais, no sábado. As finais serão no domingo.

São cerca de 500 atletas, de 17 municípios, na fase final. Durante todo o campeonato foram 77 mil atletas, de 1050 escolas, de 267 municípios.

O Moleque Bom de Bola foi criado em 1992, numa parceria do Governo do Estado e a RBS TV. A Parati é a patrocinadora e a Fesporte ajuda na organização. Nessa fase final, tem o apoio da Prefeitura de São Lourenço do Oeste.

O projeto tem como objetivo promover a cidadania e educação. Mas também revela atletas como Marquinhos e Douglas, do Grêmio.


Comente aqui
10 out17:38

Seis equipes classificadas na etapa de Faxinal do Guedes do Moleque Bom de Bola

Neste fim de semana encerrou mais uma etapa do Moleque Bom de Bola, em Faxinal dos Guedes. Por causa do número de escolas inscritas as regiões leste e oeste classificaram três times no masculino e no feminino.

No feminino as escolas classificadas foram: Lourdes Lago, de Chapecó, Balduino Rambo, Tunápolis, e a última vaga foi para Elza Mancelo Moura de Guarujá do Sul. Já os clasificados dos meninos foram: José Marcolino Eckert, de Pinhalzinho, São Vicente, de Itapiranga, e Raul Pompéia de Campo Erê.

A última etapa regional, de um total de quatro, acontece em Araranguá, de 12 a 16 de outubro.

Comente aqui
20 set15:30

Moleque Bom de Bola mobiliza escolas do Estado inteiro

clicEsportes


Em 1992 nascia o maior campeonato escolar de futebol do Brasil, o Moleque Bom de Bola. Na sua 1ª edição foram 186 municípios e mais de 23 mil alunos/atletas participantes. Em 2011 teve a participação de 267 municípios, 1050 escolas e 77 mil alunos/atletas.

Durante estes 19 anos muitos talentos do futebol catarinense passaram pelo projeto e chamaram a atenção de grandes clubes brasileiros, europeus, da seleção brasileira sub 17, sub 20 e Seleção principal. Nomes como André Santos, Marquinhos, Eduardo Costa, Leandro Damião, Filipe, são alguns exemplos do Moleque Bom de Bola.

O técnico tetracampeão no futebol masculino do Moleque Bom de Bola, Daniel Skrsypcsak, da Escola São Vicente, de Itapiranga, extremo-oeste de Santa Catarina, afirma que a cada ano mais jogadores mostram potencial para jogarem por clubes profissionais:

— Torço muito para que isso aconteça. Muitas vezes até os acompanho. Mesmo que, a longo prazo, esse sonho não se concretize, sempre coloco a eles a importância de aproveitar a experiência e saber que tiveram a oportunidade que milhares de garotos dessa idade desejam ter.


As fases regionais deste ano vão começar:

Regionais – Setembro

20 a 24 Regional Leste Norte – Guaramirim (RBS TV Joinville)

24 a 29 Regional Centro Oeste – Três Barras ( RBS TV Joinille)


Regionais – Outubro

05 a 09 Regional Oeste – Faxinal do Guedes (RBS TV Chapecó)

12 a 16 Regional Sul – Araranguá ( RBS TV Criciúma)

Comente aqui
15 set09:24

Moleque Bom de Bola

As partidas finais da etapa Microrregional do Campeonato Catarinense Escolar de Futebol “Moleque Bom de Bola”, em Dionísio Cerqueira, aconteceram na tarde da quarta-feira, dia 14, no estádio da comunidade de Santa Rita, em São José do Cedro.



São José do Cedro classificado no masculino.



Durante três dias, as escolas Antenor Nascentes, de Princesa; Osni Paulino da Silva (POPS), de Anchieta; Serafim Bertaso, São José e Cedrense, de São José do Cedro; Claudino Crestani e Catharina Seger, de Palma Sola; Theoduretto Faria Souto e Irineu Bornhausen, de Dionísio Cerqueira e Elza Mancelos de Moura, de Guarujá do Sul e participaram das disputas.

Para o integrador Esportivo da SDR de Dionísio Cerqueira, professor Nivaldo Pontin, o Moleque Bom de Bola é um campeonato escolar que promove o esporte amador, a educação para a cidadania e o desenvolvimento humano e integral de jovens e crianças.

Na final do feminino, a equipe de Guarujá do Sul empatou no tempo normal com Dionísio Cerqueira, no placar de 1 a 1. Nos pênaltis a equipe guarujaense venceu por 3 a 0 e ficou com o título.



Guarujá do Sul classificado no feminino.



Na categoria masculina, um novo empate. A equipe de Guarujá do Sul saiu na frente, com gol do atleta Guilherme Schuh. São José do Cedro empatou com gol de Claudemir Siqueira e venceu nos pênaltis por 6 a 5 sagrando-se campeão.

Os campeões desta etapa são: no masculino, São José do Cedro, e no feminino, Guarujá do Sul. As equipes vão representar a região de Dionísio Cerqueira na fase Regional do Moleque Bom de Bola, que será realizada de cinco a nove de outubro, no município de Faxinal dos Guedes. A etapa estadual será realizada de 22 a 27 de novembro, em São Lourenço do Oeste.

O Moleque Bom de Bola, destinado a meninos e meninas de 12 a 14 anos, é uma parceria da Fundação Catarinense de Esporte – Fesporte, Secretarias de Desenvolvimento Regional, empresas parceiras e prefeituras.


Comente aqui