Móvel

05 mar15:51

Passos Maia recebe Unidade Odontológica Móvel

Passos Maia foi um dos três municípios do estado contemplados com uma Unidade Odontológica Móvel – UOM. O veículo foi entregue pelo Ministério da Saúde e faz parte do Programa Brasil Sorridente, criado em 2003, por meio da Política Nacional De Saúde Bucal.

Os veículos são consultórios odontológicos completo. Possui cadeira odontológica, kit de pontas, cadeira de dentista, refletor, amalgamador e fotopolimerizador (que faz o preparo dos materiais utilizados nas restaurações de dentes), raios-X odontológico e autoclave para esterilização do material. As unidades móveis possuem ainda ar-condicionado, pia, reservatórios de água e armário, além de um mini-trailer, acoplado ao furgão, que transporta o gerador, responsável pela energia do consultório por um período de até 24 horas.

O município receberá também R$ 3,500,00 para compra de instrumentos odontológicos e R$ 4.680,00 mensais como incentivo de custeio da UOM.

- A UOM será usada para o atendimento às comunidades mais distantes, onde não existe ainda atendimento. O próximo passo é fazer um planejamento, junto com a Secretaria de Saúde e a equipe de Saúde Bucal, para definirmos quem trabalhará e qual roteiro será realizado – disse o prefeito Osmar Tozzo.


Comente aqui
06 out18:01

Em três anos, portabilidade atingiu 12,1 milhões de usuários

Desde o início da implantação da portabilidade numérica no país, em 1º de setembro de 2008, foram realizadas 12,1 milhões de trocas de operadoras com a manutenção do número do telefone. Desse total, a maioria (66%) corresponde a usuários de telefonia móvel e 34% são usuários de telefonia fixa.

O número de migrações realizadas até hoje corresponde a 4,5% do total de linhas fixas e móveis habilitadas atualmente no país. Em 2008, antes do início da vigência da portabilidade numérica, a expectativa do setor era que 11,3 milhões de pessoas aderissem ao serviço ainda no primeiro ano de implantação do sistema.

Segundo a Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom), entidade que administra a portabilidade numérica no Brasil, entre julho e setembro deste ano, foram realizadas 1,5 milhão de trocas de operadoras de telefonia fixa e móvel, mantendo o mesmo número de identificação.

Desde o início do ano até setembro, a entidade registrou o movimento de 4,1 milhões de transferências efetivadas. Quem quiser trocar de prestadora e manter o número do telefone deve dirigir-se à operadora para a qual quer migrar e pedir uma nova habilitação mantendo o número atual.

A operadora antiga terá um dia útil para conferir os dados do usuário e o processo de portabilidade deve ser concluído em, no máximo, três dias úteis depois da solicitação do consumidor. A portabilidade só poderá ser feita dentro do mesmo serviço (móvel para móvel ou fixo para fixo) e na área de abrangência do mesmo DDD.


AGÊNCIA BRASIL

Comente aqui