Mulheres

08 mai16:35

Mulheres tendem a ser as mais viciadas no Facebook

Muito se fala sobre o uso das redes sociais e o limite para que a interação na internet seja saudável. Para medir como anda a relação dos internautas de todo o mundo com o Facebook, pesquisadores da Universidade de Bergen, na Noruega, realizaram realizaram um estudo sobre o assunto e desenvolveram um teste que pode indicar se você se tornou dependente do site criado por Mark Zuckerberg. A pesquisa mostra que os sintomas deste vício são semelhantes aos da dependência em drogas e álcool, e que mulheres e indivíduos inseguros estão no grupo de maior risco.

Estamos lidando com uma subdivisão do vício em internet, conectado às mídias sociais, afirma Cecilie Schou Andreassen, doutora em psicologia. Cecilie está liderando o projeto de pesquisa “Vício em Facebook”, sobre o qual um artigo foi publicado na revista “Psychological Reports”.

- A dependência do Facebook é mais comum entre os mais jovens. Também descobrimos que as pessoas ansiosas e socialmente inseguras usam a rede social mais do que aquelas com essas características menos acentuadas, provavelmente porque as pessoas ansiosas consideram mais fácil se comunicar pela internet – diz Cecilie.

Os indivíduos organizados e mais ambiciosos tendem a correr menos risco de se tornarem viciados. Eles geralmente vão usar a rede social como parte integrante do trabalho e de suas relações profissionais.

- Nossa pesquisa também indica que as mulheres correm maior risco de desenvolver o vício no site, provavelmente devido à natureza social do Facebook – conta a pesquisadora.

Como o Facebook se tornou tão presente quanto a televisão em nossas vidas, está se tornando muito difícil para as pessoas saberem se estão viciadas. Em janeiro de 2011, 423 alunos – 227 mulheres e 196 homens – realizaram o teste. A metodologia da pesquisa pode facilitar estudos sobre tratamento, a avaliação clínica e pode ser usada para estimar a prevalência da dependência no Facebook na população em todo o mundo.


AGÊNCIA O GLOBO



Comente aqui
13 abr11:28

Artesanato garante renda para mulheres em Ipuaçu

O Cras – Centro de Referência de Assistência Social de Ipuaçu tem realizado constantemente cursos e palestras para grupos de mulheres e adolescentes do interior e do centro do município. Os trabalhos são realizados mensalmente com participantes do Bolsa Família e do Paif – Programa de Atenção Integral a Família.

Atualmente esta sendo trabalhado quatro grupos nas Aldeias Cerro Doce, Baixo Samburá, Água Branca e Fazenda São José. Segundo o Secretário de Assistência Social de Ipuaçu Ivo de Freitas, esse trabalho visa a geração de renda e melhoria da autoestima das participantes.

Nos encontros são confeccionados artesanatos como bonecas de pano, chinelos bordados, crochê, tricô e outros trabalhos. Palestras também faz parte dos grupos. São realizadas palestras sobre vários temas direcionados a mulheres e adolescentes.

Junto aos programas é realizado trabalho com as gestantes, incluindo também gestantes da reserva indígena. Nesses encontros são realizados palestras e confecções de enxoval para o bebê, onde a participante que tem freqüência máxima, ao final da gestação, ganha um kit com enxoval.

Esses cursos são realizados em parceria com Artesãs da Casa do Artesanato, Governo Municipal e Secretaria de Assistência Social.


Comente aqui
27 mar10:31

Dia D do preventivo em Seara

A Secretaria Municipal da Saúde de Seara realizou em março, mais um dia “D” do preventivo. A ação realizada em parceria com a Rede Feminina de Combate ao Câncer tem como objetivo prevenir mulheres do câncer de colo de útero e mama. Ao todo foram mais de 130 coletas para exame papanicolau e 150 requisições para mamografia. Neste ano também teve atendimentos odontológicos no posto do Bairro São João.

Este é o terceiro ano que a Secretaria da Saúde realiza as coletas. – As mulheres searaenses entenderam o objetivo do programa, e viram no exame a oportunidade de se prevenir – disse a secretária da Saúde, Kerstin Lohmann


Estatísticas

Embora o câncer de colo uterino seja considerado o segundo tipo de câncer mais comum em mulheres no mundo todo, está somente em sétimo lugar em países onde existem programas de prevenção. – Isso evidência que a abordagem mais efetiva para o seu controle, é a prevenção e, quando diagnosticado com antecedência tem cura – destaca Kerstin.


Comente aqui
19 mar11:31

Duas mulheres foram presas em Campo Erê

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Rodoviária Federal de Campo Erê prendeu neste domingo, dia 18, por contrabando de cigarros paraguaios Lucia Borges Paim e Alda Paim, residentes em Caxias do Sul/RS.

Segundo o delegado da Polícia Federal, Renato Silvy Tieze, elas conduziam dois veículos totalmente carregados com cigarros. – Questionadas sobre os produtos elas admitiram o contrabando e disseram que iriam comercializar o produto na cidade gaúcha – disse o delegado.

Lucia pagou fiança no valor de mil reais e foi liberada. Alda permanece presa na delegacia de Dionísio Cerqueira.


Comente aqui
13 mar10:06

Curso de mecânica para mulheres em Chapecó

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher a Fundação Aury Luiz Bodanese e a Coopercentral Aurora, em parceria com o Núcleo de Auto Mecânicas da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), promove o curso de mecânica e palestra motivacional, no período de 14 a 16 de março.

A aula teórica do curso acontecerá na quarta-feira, das 19 às 21h30, no Ser Aurora, na rua João Martins, 219 D, bairro São Cristóvão. Os instrutores serão Carlos Sandrin, Ilario Moratelli, Rangel Saueressig, Luiz Geremia Moura, Nilvo Domingos Figueira e Dirceu Giacomelli.

A parte prática será na quinta-feira, dia 15, das 19h às 21h30, nas auto mecânicas que integram o núcleo.

Para participar do curso ou da palestra a inscrição é um quilo de alimento não perecível que será doado para entidades que desenvolvem trabalho social com mulheres. As inscrições podem ser realizadas pelo telefone 49 3321-3131 ou no dia do curso.


Palestra

“Mulher sonhe, acredite e realize” será o tema da palestra motivacional com Carla Lago, na sexta-feira, 16, às 19 horas, na sala Cyro Sosnoski no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes.

Após a palestra será servido coquetel de encerramento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.


Comente aqui
08 mar08:58

Que tal trocar sua foto do Facebook pela imagem de uma mulher notável?

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Diário Catarinense propõe uma ação no Facebook para destacar as lutas e vitórias femininas. Para homenagear as colaboradoras da redação, as imagens da timeline do jornal na rede social serão substituídas por fotos das mulheres que fazem o DC.

Os leitores e leitoras também estão convocados a trocar suas fotos do perfil por imagens de mulheres que marcaram suas vidas e que são exemplos a serem seguido.

Vale foto de mãe, avó, professora, política, cantora, escritora, empresárias, camponesas e personalidades das mais diferentes áreas, famosas e anônimas. É possível também trocar a imagem por caricaturas e personagens de desenho animado. A ideia é aproveitar a data para destacar o papel da mulher na sociedade .

A data oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU) marca as conquistas das mulheres após anos de luta por melhores condições de trabalho e direitos políticos e sociais.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
07 mar15:49

Dia Internacional da Mulher em Concórdia

“A autonomia das mulheres e questões de gênero” será o assunto discutido no Teatro da Fundação Municipal de Cultura, dia 8, Dia Internacional da Mulher, a partir das 14h. A palestra será ministrada por Justina Inês Cima, coordenadora estadual do Movimento de Mulheres Camponesas e Conselheira Nacional de Políticas para Mulheres e também por Aldacir Detofol, militante no Movimento de Mulheres urbanas e debate dos temas de gênero e autonomia desde 1986. O gênero, ou seja, a feminilidade ou masculinidade enquanto comportamentos e identidade, trata-se de uma construção cultural, fruto da vida em sociedade e que mudam conforme o tempo.

No mesmo dia, às 19h15, tem apresentação musical com o grupo de Cordas do Conservatório Musical. Logo na sequência, “Os desafios da mulher na contemporaneidade” é tema da palestra às 20h, em palestra de Raquel Felau Guisoni, educadora, membro do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher e Dirigente da União Brasileira de Mulheres – UBM. No sábado, dia 10, encerra o evento com orientações de saúde no Sesc.


Comente aqui
02 mar15:37

II Jornada Feminina em Chapecó

Oficinas de artesanato, plantio alternativo, culinária rápida, além de serviços de beleza e orientações sobre saúde estão entre as atividades da II Jornada Feminina de Chapecó que iniciou nesta quinta-feira, dia primeiro e segue até o dia 22/03. O primeiro evento foi no Salão Comunitário do Loteamento Colatto. Participaram mulheres dos 15 grupos atendidos na região da Grande Efapi pelo Programa Ação Mulher, desenvolvido pela Prefeitura de Chapecó, através da Fundação de Ação Social (FASC).

O Programa Ação Mulher atende atualmente 1500 mulheres em 72 grupos das áreas urbana e rural. No ano passado, participaram da I Jornada Feminina 1600 mulheres , não somente participantes do Programa, mas também as demais usuárias dos serviços oferecidos pela assistência social.

A II Jornada Feminina contará com seis eventos descentralizados – nas regiões dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. Já o evento que fecha a programação vai ser no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes. – A expectativa é reunir neste grande encontro todas as mulheres participantes dos grupos de Chapecó ligados a FASC através do Programa Ação Mulher e demais atividades dos CRAS – destaca a Diretora Presidente da FASC, Belenite Frozza.


Próximos encontros

A Jornada Feminina continua na sexta-feira, dia 6, no Salão Comunitário do Loteamento Santa Luzia. As moradoras do Distrito de Marechal Bormann vão receber a Jornada no dia 8. Na sexta-feira, dia 9 o evento acontece no Salão Comunitário do Bairro Maria Goretti. No Salão Comunitário do Bairro Universitário a programação será no dia 13. Na quinta, dia 15 a Jornada vai ser no SEST/SENAT para as mulheres da região do Cristo Rei. No dia 22 de março será realizado o Encontro Municipal no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes. Todas as atividades iniciam às 13h30.


Comente aqui
29 fev11:37

SESC de Chapecó realiza Mulheres em Foco

Na semana em que celebramos o Dia Internacional da Mulher, o Serviço Social do Comércio de Santa Catarina realiza o projeto Mulheres em Foco. O objetivo do evento é trazer temas que enfatizam o papel e a importância da mulher na sociedade. Em Chapecó, o Mulheres em Foco será realizado de 5 a 9 de março na Unidade do SESC, com programações voltadas para saúde, bem-estar e desenvolvimento pessoal.

A programação inclui palestras, apresentações artísticas, oficinas, e momentos de promoção do bem estar para as mulheres. Toda a programação é gratuita e aberta à comunidade. O evento é realizado em parceria com UNVIDA Unimed, Itá Thermas e Água de Cheiro e Apoio de Verita Moda Intima, Baby Movie, Sorella Modas, AVHRO e Hair Clinic.

As vagas para alguns mini-cursos, consultas e palestras são limitadas, portanto as inscrições devem ser feitas pelo telefone (49) 3319-9129.


Serviço:

Mulheres em Foco

Quando: 5 a 9 de março de 2012.

Onde: SESC Chapecó

Quanto: gratuito

Informações e inscrições: (49) 3319-9129


Comente aqui
05 jan19:18

Uma em cada 10 mulheres faz dieta a vida toda, diz pesquisa

DONNA ZH ONLINE

Que atire a primeira maçã a mulher que nunca fez uma dieta. Pois uma nova pesquisa afirma que 10% das mulheres passam a vida inteira com restrições alimentares para perder peso.

O levantamento da Omega Pharma, empresa de medicamentos para perda de peso, diz que os motivos de tal comportamento são a ineficiência dos métodos empregados, o que leva ao abandono do regime e a sentimentos negativos de frustação.

A pesquisa revelou ainda que boa parte delas corta refeições para tentar emagrecer.

A gerente de marketing da marca, Juliet Oosthuysen, comentou o assunto:

— Essas dietas que são particularmente muito restritivas, que cortam grupos de alimentos ou refeições inteiras, levam a pouca perda de peso ou a nenhuma perda, de fato. Uma pessoa pode, inclusive, passar uma semana se alimentando bem e depois colocar todo o esforço a perder

O levantamento foi publicado pelo site Female First.

Comente aqui