Munições

30 nov11:29

Três homens são presos por tráfico de munição e drogas em Maravilha

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Três homens foram presos na madrugada desta sexta-feira em Maravilha por tráfico de munição e tráfico drogas, na Operação Sentinela, realizada em conjunto pela Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal. Eles estavam em um ônibus que fazia a linha Foz do Iguaçu/PR-Porto Alegre/RS. Todos estão na Delegacia da Polícia Federal de Dionísio Cerqueira e devem ser encaminhados para a Unidade Prisional Avançada de São Miguel do Oeste.

De acordo com os policiais, Rogério Froes Batista, 42 anos, foi preso por tráfico internacional de munições. Com ele os policiais encontraram 50 munições calibre 9mm. Ele disse que teria comprado o material no Paraguai e que venderia em Porto Alegre/RS. Se condenado pode cumprir até 8 anos de reclusão.

Na mesma operação foram presos por tráfico transnacional de drogas André Luis Vaz de Alexandre e Vinícius da Cruz. Com eles os policiais encontraram quase um 1,5 quilos de cocaína e 478 comprimidos de ecstasy.

Ambos, moradores de Gravataí/RS, disseram aos policiais que compraram a droga no Paraguai e a venderiam na cidade gaúcha. O crime tem pena prevista de até 15 anos de reclusão.

A droga e as munições vão ser encaminhadas para o setor de perícias da Polícia Federal em Florianópolis.



Comente aqui
28 mai09:56

Homem foi preso por tráfico internacional de munições no extremo-oeste

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Rodoviária Federal de Dionísio Cerqueira, durante a Operação Sentinela, prendeu na noite do sábado, dia 26 de maio, um homem por tráfico internacional de munições. Com ele os policiais encontraram 649 cartuchos calibre .40 e 100 do calibre 380. Ele foi encaminhado para a Polícia Federal de Francisco Beltrão/PR.

Paulo Assis dos Santos Lirio, morador da cidade gaúcha de Cruz Alta, foi abordado no Km 5 da BR 163 na divisa dos municípios de Dionísio Cerqueira/SC, Barracão/PR e Bernardo de Irigoyen na Argentina. Ao vistoriar o veículo os policiais encontram uma caixa de papelão cheia de munições escondida embaixo de um travesseiro no banco traseiro. Também foram encontradas munições dentro da bolsa da esposa do motorista.

De acordo com a Polícia Federal as munições foram compradas no Paraguai e seriam vendidas no Rio Grande do Sul.

O crime, previsto no artigo 18 da Lei 10.826/2003 do Estatuto do Desarmamento, tem pena prevista de até oito anos de reclusão.


Comente aqui
17 fev11:59

Polícia Civil apreende armas de fogo em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Na manhã desta terça-feira dia 17 a equipe da Divisão de Investigação Criminal da Polícia Militar de Chapecó prendeu em flagrante um homem de 36 anos por porte ilegal de armas. Na casa do homem foram apreendidas uma Pistola Glock de calibre 380, um Fuzil Ceska Zbrojovka de calibre 7.62 mm, uma Carabina CBC de calibre 12”, uma Carabina Winchester de calibre 44, munições destas armas e de outros calibres, além de farto material para recarga e uma máquina de recarga de munições.

Segundo o delegado Ronaldo Moretto Neckel, no momento da abordagem o homem tentou esconder o fuzil dentro de uma piscina na residência. Ele foi autuado em flagrante pelos delitos de posse irregular de arma de fogo e munição de uso restrito e posse irregular de arma de fogo e munição de uso permitido.

– Vamos continuar as investigações para saber se as armas não seriam vendidas ou repassadas para outras pessoas – disse o delegado.

O homem que era investigado pela DIC há três meses foi encaminhado para o Presídio Regional de Chapecó. A pena pode chegar a 10 anos de reclusão.


Comente aqui