Nacional

22 mai10:49

Puxado pelos serviços bancários, IPCA-15 tem alta de 0,51% em maio

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) registrou alta de 0,51% em maio, após subir 0,43% em abril. O resultado, divulgado nesta segunda-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo AE Projeções, que esperavam inflação entre 0,45% e 0,63%, com mediana de 0,56%. Com o resultado anunciado nesta segunda-feira, o IPCA-15 tem taxa acumulada de 2,39% no ano e de 5,05% em 12 meses, até maio.

Tarifas de bancos tiveram alta de 1,66%, um dos destaques no índice de 0,51%. No IPCA fechado de abril, os serviços bancários já tinham subido 1,42%, contribuindo para a alta de 2,23% no grupo Despesas Pessoais no período. Em maio, o grupo Despesas Pessoais teve alta de 1,32%, a maior dentre o grupo que compõem o índice.

Além dos serviços bancários, do cigarro, dos remédios e do feijão carioca, destacaram-se também na inflação medida em maio pelo IPCA-15 os artigos de vestuário (0,97%), seguro de veículos (1,66%), telefonia celular (1,58%), mão de obra para pequenos reparos (1,51%), táxi (1,29%), taxa de água e esgoto (1,16%), gás de botijão (1,01%) e artigos de limpeza (0,99%).


AGÊNCIA ESTADO

Comente aqui
17 mai15:22

Dia Nacional Contra a Violência e Exploração Sexual

O dia 18 de maio é o “Dia Nacional Contra a Violência e Exploração Sexual”. E a Prefeitura de Xaxim através das secretarias de Assistência Social, Educação e Cultura, Mulher, Juventude e Terceira Idade realizam uma ação na sexta-feira. Deve ser realizada panfletagem, informações, apresentações artísticas, pintura de rosto, e muitas outras atividades. O evento acontece na Praça Frei Bruno durante todo o dia.

A presidente do Fórum Contra a Violência e Exploração Infanto Juvenil, Silvia Morás Piana disse que é fundamental que não somente as entidades se organizem, mas que toda a comunidade xaxiense também participe.

- Infelizmente muitas pessoas, e na maioria delas crianças e adolescentes continuam sendo vítimas de violência e exploração sexual. Por isso precisamos fazer com que nossa população tenha conhecimento, denuncie e nos ajude a combater – disse Silvia.


Comente aqui
14 mai14:04

Aberta a 10ª Semana Nacional dos Museus em Xanxerê

Foi aberta nesta segunda-feira, dia 14, a 10ª Semana Nacional de Museus, que acontece até o domingo dia 20 de maio. A solenidade foi realizada no Museu do Milho, em Xanxerê.

Este ano o Museu do Milho apresenta a exposição “Cultura do Milho: passado e perspectivas futuras”, que, de acordo com a Diretora de Ações Culturais, Magda Vicini, pretende promover um olhar para o passado, a partir da exposição do acervo do Museu do Milho que possui algumas tecnologias de cultivo do milho do final do século XIX e XX: plantadeiras (saraquás), colheitadeiras, debulhadeiras e moedeiras de milho, valorizando as práticas do passado e mostrando-as para as gerações atuais; bem como promover uma reflexão sobre a importância da cultura do milho na atualidade e as possibilidades culturais e econômicas desta cultura.

Magda destaca a importância do Museu do Milho para a história do município de Xanxerê, e que, graças ao trabalho de voluntários, está conseguindo manter o acervo, valorizando a cultura local.

A abertura da 10ª Semana Nacional dos Museus contou com a participação de alguns alunos da Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida, que ao final do evento, receberam uma broa de milho como lembrança da visita ao Museu do Milho.

O Museu do Milho ficará aberto durante a Semana Nacional de Museus – de14 a20 de maio, no horário das 8 às 11h30 e das 13h30 às 17 horas, inclusive no sábado e domingo.


Comente aqui
14 mai07:46

10ª Semana Nacional de Museus no Oeste

Será realizada nesta segunda-feira, dia 14, a abertura da 10ª Semana Nacional de Museus, que acontece de 14 a 20 de maio. A solenidade acontece às 10 horas, no Museu Municipal do Milho, localizado no Parque de Exposições Rovilho Bortoluzzi, em Xanxerê.

Como parte de um mundo em movimento acelerado, marcado pela desconstrução das noções tradicionais de tempo e espaço e no qual, identidades locais e globais se relacionam em complementaridade, os museus assumem um papel ainda mais estratégico e desafiador. Museus acessam no presente a memória do passado e, a partir daí, promovem perspectivas de futuro.

Por isso, em 2012, o Ibram (Instituto Brasileiro de Museus) convida os museus brasileiros a comemorarem a 10ª edição da Semana Nacional de Museus com o tema “Museus em um mundo em transformação – novos desafios, novas inspirações”.


Cultura do Milho

De acordo com a Diretora de Ações Culturais, Magda Vicini, o Museu Municipal do Milho apresenta a exposição “Cultura do Milho: passado e perspectivas futuras”, que pretende promover um olhar para o passado, a partir da exposição do acervo do Museu do Milho, que possui algumas tecnologias de cultivo do milho do final do século XIX e XX: plantadeiras (saraquás), colheitadeiras, debulhadeiras e moedeiras de milho, valorizando as práticas do passado e mostrando-as às gerações atuais; bem como promover uma reflexão sobre a importância da cultura do milho na atualidade e as possibilidades culturais e econômicas desta cultura.

Durante a Semana Nacional de Museus, o Museu do Milho ficará aberto das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17 horas, inclusive no sábado e domingo.


Chapecó participa da Semana dos Museus

Dois Museus de Chapecó participam este ano da Semana Nacional dos Museus, que chega a 10ª edição. O Museu de História e Arte de Chapecó e o Museu da Colonização vão ter uma programação diferenciada entre os dias 21 e 25 deste mês. O tema da Semana, organizada pelo Instituto Brasileiro de Museus, é ‘Museus em um mundo de transformação: novos desafios, novas inspirações’.


Comente aqui
10 mai16:36

Chapecó participa da Semana dos Museus

Dois Museus de Chapecó participam este ano da Semana Nacional dos Museus, que chega a 10ª edição. O Museu de História e Arte de Chapecó e o Museu da Colonização vão ter uma programação diferenciada entre os dias 21 e 25 deste mês. O tema da Semana, organizada pelo Instituto Brasileiro de Museus, é ‘Museus em um mundo de transformação: novos desafios, novas inspirações’.

Em Chapecó, cada Museu trabalhará com um tema específico, adaptado da temática global. No Museu de História e Arte será apresentado o tema “Chapecó – uma cidade em transformação: sua história, sua gente e seu desenvolvimento”. Já no Museu da Colonização (Efapi), o tema será “Chapecó e seus 95 de história: colonização, ciclos econômicos e sua importância como polo regional”.

De acordo com o Gerente de Cultura, Patrimônio Histórico e Memória da Fundação Cultural, Oracílio Costella, a ideia é mostrar a grande transformação de Chapecó. – Queremos apresentar os fatos históricos e agentes dessa transformação, através de painéis que retratam a Chapecó desde 1917 até os tempos modernos – explica.

A Diretora Presidente da Fundação Cultural, Roselaine Vinhas, destaca que a expectativa é de receber aproximadamente 1,5 mil visitantes entre os dois Museus durante a semana de 21 a 25.

- Já temos mais de mil estudantes agendados e esperamos que a população em geral também aproveite este momento para conhecer um pouco mais da cultura, história e evolução de Chapecó – afirmou.

Maiores informações na Fundação Cultural de Chapecó pelo telefone 49 3319-1010.


Comente aqui
30 abr14:55

Equipe de vôlei e futsal de Chapecó na Liga Nacional Universitária

Duas das principais equipes apoiadas pela Unochapecó começam a disputar nesta quarta-feira, 2, em Campo Grande/MS, a fase regional da Liga Nacional Universitária. A fase é classificatória para a competição nacional que será realizada em Goiânia/GO de 11 a 16 de junho. A universidade estará representada pela sua equipe de vôlei, atual vice-campeã catarinense e dos Jogos Abertos de Santa Catarina, e pelo melhor futsal feminino do mundo.

As equipes começam as disputas contra universidades do sul, do sudeste e do centro-oeste do Brasil. As equipes vão fortes para o evento na capital sul-matrogrossense.

O futsal feminino, atual hexa-campeão catarinense e detentor dos principais títulos nacionais e internacionais é um dos grandes favoritos para garantir o título da Liga Universitária.

- Todas as jogadoras do time titular são universitárias. Isso deixa o time forte para a competição -disse o técnico Éder Popiolski.

O vôlei feminino ainda não conhece os seus adversários. Apenas no congresso técnico o time treinado por Fernando Piccoli vai saber quem serão os oponentes pela vaga na fase nacional. A exemplo do futsal, todas as jogadoras que estão na equipe são universitárias, o que facilita a escalação.

- No ano passado fomos campeões dos Jogos Universitários Catarinenses e vice-campeões da fase final nacional. Esta é uma competição nova para nós. Será nossa primeira competição oficial do ano – disse o técnico.

A competição que inicia nesta quarta-feira termina no domingo, dia 6.


Comente aqui
25 abr14:05

Aluna de Dionísio Cerqueira vence Concurso Nacional de Redação

A aluna do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) de Dionísio Cerqueira, Maria Lindamir Perin, venceu uma categoria do Concurso de Desenho e Redação promovido pela Controladoria Geral da União (CGU) no ano de 2011. Ela recebeu a premiação pela conquista neste mês de abril, em Florianópolis.

De acordo com a diretora do Ceja, Eloide Cantarelli, a entrega da premiação ocorreu no dia 2 de abril, durante a abertura da 1ª Conferência sobre Transparência e Controle Social (Consocial), promovida pelo Estado de Santa Catarina e pela Controladoria Geral da União.

Para a gerente de Educação da SDR Dionísio Cerqueira, Nilza Suffredini, a conquista da aluna Maria Lindamir Perin foi mais uma mostra que a Educação na Regional de Dionísio Cerqueira está no caminho certo.

- Ela venceu o concurso na categoria Redação 3 – Eja, no 5º Concurso de Desenho da Controladoria Geral da União – detalha Nilza.

O responsável pela aplicação da atividade em sala de aula foi o professor César Luiz Theis, que também recebeu premiação.

Acompanhe a redação premiada:

COMO ADMINISTRAR O DINHEIRO PÚBLICO

Como contribuintes ou pagadores de impostos, temos não só o direito, mas o dever de fiscalizarmos a aplicação desses recursos pelo poder público, para melhoria e assim uma boa qualidade de vida para todos nós.

Seremos fiscais sendo ativos, participando das seções dos vereadores exigindo prestações de contas das aplicações correta dos recursos, cobrando a aprovação de projetos na área da educação, da saúde, segurança, transportes, estradas, enfim, tudo o que for de direito da população.

Ficamos atentos em nossas escolas se elas apresentam boas condições a fim de atender as necessidades das nossas crianças.

Na saúde, termos um bom atendimento por parte dos médicos, enfermeiras, enfim de todo o pessoal envolvido nessa área.

Falando em segurança pública, termos o direito de ir e vir sem risco de sermos roubados e proteção principalmente a nossa própria vida e assim também em nossas moradias.

Na questão dos transportes, temos o direito de nos deslocarmos em segurança e em vias com boas condições.

Como bons cidadãos, devemos estar sempre de olho em nossos governantes, afim de que, apliquem bem os recursos públicos, sem desvios, sem obras superfaturadas com licitações honestas e francas.

Maria Lindamir Perin

1 comentário
20 abr10:22

Prazo para entrega da declaração do Simples termina nesta sexta-feira

O prazo para entrega da Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-2012), ano-calendário 2011, termina nesta sexta-feira, às 23h59min. A entrega é feita apenas pela internet no Portal do Simples Nacional, disponível no site da Receita Federal. Inicialmente, o prazo final era 16 de abril, mas a Receita prorrogou a data de entrega devido a problemas técnicos no portal do Simples.

Dúvidas sobre a declaração podem ser tiradas no próprio endereço do Simples Nacional na internetonde se encontra uma lista de perguntas e respostas sobre o regime especial unificado de arrecadação de tributos e contribuições de microempresas e empresas de pequeno porte.

O Simples Nacional é a forma encontrada pelo governo para simplificar a arrecadação de impostos federais e estaduais, entre os quais o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto sobre Serviços (ISS), que é municipal.

O último balanço, divulgado pela Receita Federal na segunda-feira passada, registrava a entrega de 3 milhões declarações. O número equivale a 78% das quase 3,8 milhões de empresas obrigadas a declarar.

O prazo não se aplica ao Microempreendedor Individual (MEI), que deve entregar a declaração até o dia 31 de maio.


AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
19 abr14:59

Escolas comemoram o Dia Nacional do Livro Infantil em Chapecó

Nesta quarta-feira, dia 18, diversas escolas da rede municipal de ensino de Chapecó realizaram atividades culturais e lúdicas para comemorar o Dia Nacional do Livro Infantil. A data foi instituída em função do nascimento de um dos maiores escritores de livros infantis do país, Monteiro Lobato.

A Escola Básica Municipal Rui Barbosa, no bairro Jardim Itália, que desenvolve o Projeto “Hora da Leitura”, contou com a presença de personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo e de outros clássicos.

Na abertura do evento, foi ressaltada a importância da leitura e da criação do Dia do Livro e relatado os momentos da vida e obras de Monteiro Lobato. Na seqüência, cada aluno escolheu um livro e durante uma aula realizaram o momento da leitura. Houve o envolvimento de toda comunidade escolar.

Também comemoraram o Dia do Livro de forma especial, os alunos do CEIM do Comércio. Aproximadamente 200 crianças, alunos do berçário, maternal e pré-escolar participaram do Momento Lúdico. O objetivo do evento foi incentivar a leitura através da contação de histórias. Esteve presente a escritora chapecoense Dinara Tessari.

Segundo a Secretaria de Educação, Sueli Suttili momentos como esses acontecem diariamente nas Escolas do Município e são de importância fundamental. – Estimulamos aos alunos o gosto e o hábito pela leitura, além de ampliar o conhecimento e o vocabulário, facilitando a escrita, a leitura e a interpretação de textos – destacou.


Comente aqui
16 mar09:59

Professores estaduais entregam ao governo nesta sexta contraproposta para o pagamento do piso nacional

Gabrielle Bittelbrun | gabrielle.bittelbrun@diario.com.br

Nesta sexta-feira, os professores da rede estadual devem apresentar um documento à Secretaria da Educação, em que, além do reajuste imediato de 22,22% para toda a carreira, pedem pela realização de concurso público para a contratação de mais professores.

Em assembleia em Florianópolis, nesta quinta-feira, a categoria decidiu manter o indicativo de greve. Os docentes discordam da proposta apresentada pelo governo na última quarta-feira. Nela, o Estado se compromete a pagar o piso nacional de R$ 1.451 para os professores que ainda não recebiam este valor no salário-base. A categoria considera que a medida representa um achatamento da tabela, mas ainda está aberta a negociações. Caso não haja a extensão do reajuste para toda a carreira, os professores pretendem decidir no dia 17 de abril, em assembleia estadual, se entram em greve outra vez.

À reunião que lotou o CentroSul, nesta quinta-feira, compareceram representantes de todas as 30 regionais do Estado, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte). A principal reivindicação era o reajuste imediato do aumento para todos os professores, incluindo aqueles com especialização e com mais experiência.

— Se deixarem para reajustar em 2013, no ano que vem, o reajuste ficará para o ano seguinte e seguinte e vai ficando uma bola de neve e vamos ficando com a tabela achatada — considerou a professora de Joinville, Gizele de Castro Barros.

Apesar do governo alegar que o impacto no orçamento anual para a educação seria muito grande com o repasse do aumento a todos os docentes, os professores acham que seria possível atender aos pedidos dos professores.

— O governo federal já informou que ajudaria os Estados que não tivessem condição de pagar, mas o governo de SC não pediu essa ajuda. Então, tem dinheiro para pagar —afirmou o professor Edílio Olm, de São José.

De acordo com o Sinte, o governo também não está cumprindo com a promessa do ano passado de recompor os salários, mantendo as diferenças entre os níveis. Mesmo assim, a maior parte dos docentes defendeu a abertura das negociações com o governo até o dia 27 de março, quando começarão as assembleias regionais. No dia 17 de abril, uma nova assembleia poderá decidir pela greve.

A secretária geral do Sinte, Anna Julia Rodrigues, reforçou que o objetivo é conseguir a valorização da categoria. Para ela, a proposta do governo é uma afronta e uma desmotivação aos professores que optam pela graduação e pós-graduação. O encontro teve o apoio da União Nacional dos Estudantes, que pedem por melhorias na educação. Após a assembleia, os professores saíram em passeata pelas ruas centrais da Capital.


Comente aqui