Natação

28 out12:15

Seguindo as braçadas do avô

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Mesmo antes de iniciar a competição da natação da Olesc, que está sendo disputada em Chapecó, Murilo Renan Tavares já era apontado com um dos destaques da modalidade pelos técnicos. -É um atleta de grande potencial- disse o coordenador das provas, Marcelo Costa.

Ao cair na piscina da AABB, o atleta de Joinville confirmou as previsões vencendo com folga a prova dos 100 metros peito. -Nadei bem, isso é fruto do treinamento- explicou o atleta, que cumpre uma rotina de preparação de duas horas por dia, de segunda a sábado.

Murilo Renan Tavares.


O gosto pelo esporte veio da influência do avô, Samuel Rocha Tavares, que compete em provas de travessia.

- Eu ia junto com ele para treinar e comecei a nadar- explicou.

Isso foi quando tinha oito anos. Há cerca de um ano começou a competir pra valer. No início do mês conquistou o ouro no Campeonato Brasileiro Interfederativo Infanto Juvenil de Natação, disputado em São Paulo.

Sua meta agora é vencer o Campeonato Brasileiro que será disputado em João Pessoa, em dezembro. Atingindo o objetivo, garante classificação para o Sul-Americano.

Murilo sonha grande. -Quero disputar o Pan Americano de 2015 e a Olimpíada de 2016, no Brasil- projeta.

Nesta sexta ele volta a competir na piscina da AABB, onde é favorito nos 100 metros borboleta e também briga pelo ouro nos 50 metros livre. Ele também vai participar da prova de revezamento, por Joinville. Ele que levar várias medalhas para orgulhar o avô.

Da asma para a medalha

Uma bronquite asmática levou Fernanda Delegado a praticar natação, para fortalecer seu sistema respiratório. Pois o que era recomendação médica se transformou em esporte competitivo. Fernanda conquistou ontem a primeira medalha da natação na Olesc, nos 100 metros livre. Ela compete por Tubarão e hoje vai em busca de mais medalhas.





Comente aqui
28 out10:40

Chapecó conquista medalhas na Natação

Os nadadores da ACN Chapecó subiram ao pódio no primeiro dia da natação na OLESC. Bruno Sfredo garantiu a primeira colocação nos 100metros/costas.

- Foi uma sensação maravilhosa. Faz valer a pena tudo que a gente treina – disse Bruno.

Já Gabriela Guimarães foi prata na mesma prova no feminino. – Estou muito feliz com a medalha de prata. Dei o meu máximo e isso é importante – disse a jovem nadadora.


Bruno e Gabriela.


As provas da natação continuam na manhã desta sexta-feira, dia 28, com as provas eliminatórias e à tarde tem as finais na piscina da AABB.


Blumenau e Jaraguá dominam a natação da Olesc

Depois do primeiro dia de disputas na modalidade, Blumenau e Jaraguá do Sul dominam as disputas da natação na 11ª edição da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), que está sendo realizada em Chapecó, no Oeste do Estado. Blumenau ganhou a prova de revezamento 4 x 100 metros livre, no masculino, e com a medalha de ouro chega a 40 pontos. Jaraguá do Sul está em segundo, com 23; e Tubarão em terceiro, com 19 pontos.

No feminino, ao vencer o revezamento 4 x 100 metros livre, o município de Jaraguá do Sul assumiu a liderança, com 33 pontos, seguido por Criciúma, com 28 e por Indaial, com 21 pontos. As provas estão sendo disputadas na piscina da AABB. Esta sexta-feira (28) é o último dia de competição na natação, com a realização das provas de 200 metros livre, 200 medley, 100 borboleta, 50 livre e revezamento 4 x 100 estilos, nos dois naipes. Os pontos desta quinta-feira serão somados aos desta sexta-feira, por município, para definir o campeão da modalidade nos dois naipes.

Nesta quinta-feira foram disputadas 10 provas, cinco em cada naipe. Quem ganhou mais medalhas de ouro foi o município de Tubarão: Três Criciúma, Chapecó, Joinville, Jaraguá do Sul, Indaial, São Bento do Sul e Blumenau conquistaram uma medalha de ouro cada.

Revezamento garante ouro para dois estreantes

O naipe masculino da natação estava equilibrado até a disputa da nona prova nesta quinta-feira. Porém, na última competição do dia, Blumenau ganhou o revezamento e abriu vantagem sobre os concorrentes. E para chegar à medalha de ouro, o município contou com a determinação de dois calouros na Olesc: Leonardo Fermino, de 14 anos; e Lucas Kienem, 13. Ambos treinam há dois anos. A equipe foi completada por Lucas Cunha, 14 anos e há sete treinando natação; e Jonathan Santil, de 14 anos. Ele pratica natação há três anos. Ambos disputam a Olesc pela segunda vez. Na primeira, representaram Pomerode.

- A medalha de ouro representa a recompensa pelo trabalho, pelo treino de três horas por dia, de segunda a sábado – disse Leonardo.

Lucas Kienem afirmou que é um orgulho para a cidade e uma recompensa pela dedicação da nossa técnica, a Marilene Segatto, que é uma das pessoas mais importantes da nossa vida.

Para Lucas Cunha, concluir a prova em primeiro representa um prêmio à nossa dedicação e uma homenagem à nossa técnica, que sempre apostou na nossa capacidade. E Jonathan resumiu bem o que a natação significa para todos eles: – A nossa vida é a natação. O esporte representa tudo – disse.

Na Olesc, em cada naipe, e em cada modalidade, os três primeiros vão receber troféu e medalha de premiação. E os três melhores na classificação geral também serão premiados com troféu e medalha. Além disso, os três primeiros nas modalidades coletivas, nos dois naipes, estão automaticamente classificados para a versão 2012 da competição.

A Olesc conta com equipes de 83 municípios, em 14 modalidades, e envolve mais de 4 mil desportistas entre atletas, técnicos, dirigentes e integrantes de equipes de apoio. O evento é disputado por alunos de 13 a 16 anos, da rede pública de ensino e de escolas particulares de todo o Estado. A realização é da Fesporte, com promoção do governo do Estado e da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e apoio da prefeitura de Chapecó e da secretarias de Desemvolvimento Regional (SDRs).


Os vencedores em todas as provas


No feminino:

100 metros livre – Fernanda Schmitz – Tubarão

100 metros costas – Thais Tiegs – Criciúma

100 metros peito – Emillin Honorato Fernandes – Tubarão

400 metros livre – Bárbara Benk – Indaial

Revezamento 4 x 100 metros livre – Jaraguá do Sul


No masculino:

100 metros livre – Cassiano de Souza Benedetti – Tubarão

100 metros costas – Bruno Sfredo – Chapecó

100 metros peito– Murillo Rennan Tavares – Joinville

400 metros livre – Guilherme Furst de Souza – São Bento do Sul

Revezamento 4 x 100 metros livre – Blumenau



Fonte: Fesporte


Comente aqui
17 out11:34

ACN conquista 44 medalhas em Concórdia

Nadadores de seis clubes disputaram no sábado, dia 16, no Clube CPC, em Concórdia, a Terceira edição da Copa Unimed. A ACN de Chapecó conquistou o título geral depois de subir ao pódio mais de 40 vezes nas 96 provas que foram disputadas nos quatro estilos. Agora a ACN prepara os atletas para representar Chapecó nas Olimpíadas Escolares Catarinenses (OLESC) dias 27 e 28 deste mês.

Na competição em Concórdia os destaques foram Natália da Silva, Yan Macena, Júlia Piccoli, e Jéssica Canofre que conquistaram 3 medalhas de ouro cada. Já Renato Sprícigo e Bruno Sfredo ficaram com duas medalhas de primeiro lugar. Gabriela Guimarães, Caroline Costa, Carolina Panho e Guilherme Perobelli conquistaram um ouro cada, totalizando 20 medalhas de primeiro lugar.

A ACN subiu ao pódio mais 24 vezes em Concórdia. Metade para receber medalhas de prata com Caroline Costa (2), Lucas Benelli (2), Vinícius Goulart (3), Carolina Panho (2), além de Renata Sprícigo, Bruno Sfredo e Guilherme Perobelli.

A delegação também teve 12 medalhas de bronze conquistadas pelos revezamentos (4), por Laura dos Santos (2), Gabriela Guimarães, Aírton Vargas Jr, Cassiano de Oliveira, Lucas Benelli, Lucas Cordazzo e Mateus Apolinário.

A delegação foi formada por 30 nadadores que levaram a associação ao topo na classificação geral, seguido pelo Clube Caça e Tiro de Lages, APAN/Concórdia, Aliança de Porto União, Atlântico de Erechim-RS, e APAN Chapeco, que terminou em sexto lugar.


Comente aqui
06 set14:31

Torneio de Natação em Chapecó

A 19ª edição do Torneio Cidade de Chapecó – Troféu Jonas Beal foi realizado no sábado, dia três. 168 nadadores de três academias da cidade , a partir de cinco anos de idade, participaram das provas. A academia Aquatic Center foi a campeã.

Os nadadores da Aquatic conquistaram o segundo título seguido na competição. Eles conquistaram 30 medalhas de ouro. Elas foram asseguradas principalmente pelas performances de Renata Spricigo, Vinícius Goulart, Bruno Sfredo, Jéssica Canofre, Julia Picoli, Gabriela Guimarães, Lucas Cordazzo, Yan Macena, Henrique Salgado, Thiago de Souza e Natália da Silva. Eles venceram todas as provas que disputaram.


O troféu de vice-campeão ficou com a Água Viva, com 19 medalhas de ouro, garantidas por Estela Sandrin, Vinicyus Monteiro, Thiago de Oliveira, Anderson de Paula, Milena Lima e Gustavo Nicoluzzi, com dois ouros cada.


A terceira colocação foi da Mega Armazém Saúde, equipe anfitriã, que sob o comando da professora Bruna Menegazzo conquistou cinco medalhas de ouro. O destaque foi Ana Carolina Vertuoso.


Promovido pela Secretaria Municipal de Esportes, em parceria com as três academias de Chapecó, o torneio homenageou Jonas Beal, ex-dirigente que durante anos esteve à frente da modalidade.


Confira o quadro de medalhas:

1º Aquatic Center: 30 (ouro) – 16 (prata) – 10 (bronze) Total: 56

2º Água Viva: 19 (ouro) – 17 (prata) – 12 (bronze) Total: 48

3º Mega Armazém Saúde: 05 (ouro) – 08 (prata) – 10 (bronze) Total: 23






Comente aqui
31 ago10:22

Nadadores chapecoenses são destaques

Dez nadadores da APAN participaram, em Palhoça, do III Festival Mirim e Petiz de Natação. Entre as 18 equipes participantes e os 233 atletas, os chapecoenses conquistaram 15 medalhas. Seis de ouro, cinco de prata e quatro de bronze.

Na categoria pré-mirim foram conquistadas seis medalhas:

Estela Sandrin garantiu duas medalhas de ouro nas provas de 50m peito e 50m costas e uma de prata nos 50m livre.

Thiago de Oliveira faturou uma medalha de ouro nos 50m peito e uma medalha de bronze nos 50m borboleta.

Izabel Schneider, estreando em competições oficiais, conquistou uma medalha de bronze.

Na categoria mirim, Anderson de Paula foi o grande destaque de Chapecó mais uma vez. O nadador conquistou três medalhas de ouro nas provas de 50m livre, 50m borboleta e 200m medley e uma medalha de prata na prova de 100m livre.

Gustavo Nicoluzzi garantiu uma medalha de bronze na prova de 50m peito e Ramon Sebalhos obteve duas medalhas de prata nas provas de 100m livre e 400m livre.

A equipe mirim masculino da APAN faturou ainda a medalha de prata no revezamento 4x50m nado livre com nadadores Gustavo Ferreira Nicoluzzi, Anderson de Paula, Ramon Sebalhos e o estreante Eduardo Maddalozzo Martins. Para completar o quadro de medalhas na categoria petiz, Marcos Lise Junior faturou a medalha de bronze na prova de 100m nado peito.

Comente aqui