Oeste

19 abr12:30

Meteorologia alerta para chance de frio intenso na próxima semana em SC

O ingresso de uma forte massa de ar frio pode derrubar a temperatura na próxima semana em Santa Catarina. A previsão indica que o tempo já terá mudança no domingo, com os termômetros não subindo tanto à tarde. Para o período entre segunda e quarta-feira é esperado clima de inverno, com frio intenso em todas as regiões, inclusive no Litoral.

>> Mais detalhes no Blog do Puchalski

— O centro do ar frio estará mais sobre a Argentina, que é o ponto onde as temperaturas serão menores. As bordas dessa massa de ar frio é que ficarão sobre Santa Catarina. As pessoas devem ficar atentas à previsão. O deslocamento desse sistema é que vai determinar se teremos mais ou menos frio — explicou o meteorologista da RBS Leandro Puchalski.

No domingo, a tarde deve ter máximas em torno de 19°C nas regiões Oeste e Serra. No começo da semana, no entanto, o termômetro deve despencar e os dias podem amanhecer com menos de 10°C na maior parte do Estado. Entre segunda e quarta há chance de temperaturas negativas na Serra.

As condições também favorecem a formação de geada, que dependendo da intensidade pode trazer prejuízos para a agricultura.


Previsão para esta quinta-feira

O dia deve ser de sol entre nuvens em todas as regiões de Santa Catarina. A previsão, elaborada pela Epagri, aponta ainda que há condições para pancadas de chuva à noite, principalmente no Oeste.

As temperaturas devem ficar altas, podendo chegar a 31ºC no Litoral e até 30ºC na Grande Florianópolis. Para as demais regiões, os termômetros não devem passar de 28ºC.

Os ventos sopram de nordeste a sudeste, com intensidade fraca. A velocidade não deve passar de 35 Km/h, segundo o órgão que monitora as condições climáticas em SC.


DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
19 abr10:23

Obras na BR 282 em Lages e Xanxerê seguem a passos lentos

Pablo Gomes e Darci Debona | pablo.gomes@diario.com.br darci.debona@diario.com.br

Ainda que estejam em andamento contínuo desde que iniciaram, há pouco mais de um ano, as obras da BR-282 no perímetro urbano de Lages, na Serra Catarinense, vão atrasar.

Em Xanxerê, as obras de duplicação na mesma rodovia, que estão paralisadas há sete meses, devem ser retomadas até o final do mês. Na Serra, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) admite que os trabalhos não ficarão prontos até dezembro, que era o prazo inicial, e só devem ser concluídos entre junho e julho de 2013.

O supervisor do Dnit em Lages, engenheiro Enio Spieker, diz que 30% das obras já foram executados e mais 20% estão em execução. O atraso de meio ano ocorreu por problemas como o excesso de chuvas em 2011, a necessidade de retirada de uma rede de alta-tensão da Celesc na rótula com a Avenida Duque de Caxias e a descoberta de redes clandestinas de esgoto em alguns pontos das obras.

Outros entrave foi a demora na contratação da empresa responsável por fazer o levantamento de preços dos cerca de cem imóveis que serão atingidos e precisarão ser indenizados. As obras integram a segunda edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) do governo federal. O projeto inicial foi elaborado pela prefeitura e cedido ao Dnit, que fez as adequações necessárias e o colocou em prática.

O custo total das obras teve um teto estipulado em R$ 62 milhões, mas não deverá chegar a R$ 58 milhões entre execução, supervisão e desapropriações. O projeto prevê a construção de vias laterais nas duas marginais, entre o aeroporto, no km 215, e a rótula do Bairro São Paulo, no km 221. Prevê, também, a construção de cinco viadutos, todos com passagens para pedestres.

Dois já estão prontos e foram feitos sobre a estrada de ferro ao lado da empresa Klabin Papéis, no km 217,1; um será feito sobre o Rio Ponte Grande, no km 217,6; um no cruzamento com a Avenida Luiz de Camões (Hospital Infantil Seara do Bem), no km 218,3; e outro no entroncamento com a Avenida Duque de Caxias, no km 218,9. Não estão incluídas no projeto, mas serão solicitadas pelo Dnit três passarelas para pedestres ao longo do trecho: uma no Bairro Vila Mariza, no km 216; uma entre os Bairros Gethal e Santa Maria, perto do cruzamento com a Rua Campos Sales, no km 217,8; e outra no acesso ao Bairro Frei Rogério, no km 219,2.

As três passarelas deverão custar algo em torno de R$ 2 milhões e serão feitas quando todas as outras obras estiveram prontas. O objetivo das obras é desafogar o trânsito na BR-282 – que recebe, em média, 10 mil veículos por dia, chegando a dobrar no verão e em alguns feriados -, distribuir o tráfego local, facilitar o acesso dos moradores às suas casas e garantir segurança aos pedestres que cruzam a rodovia.


Xanxerê: nada anda há sete meses na duplicação

As obras de duplicação da BR-282 na travessia urbana de Xanxerê, paralisadas há sete meses, devem ser retomadas até o final do mês. Este é o prazo que o Dnit determinou para que a empresa CBMEI – Construtora Brasileira e Mineradora Ltda – retome os trabalhos. D e acordo com a assessoria do órgão, a não retomada pode implicar advertência, multa e até suspensão do contrato.

As obras no trecho de 14 quilômetros preveem duplicação de 8,1 quilômetros, vias laterais, viaduto, duas passarelas, ciclovia, iluminação e paisagismo. A ordem de serviço foi dada em 24 de julho de 2010, com previsão de conclusão de 720 dias. Os trabalhos ocorreram normalmente até setembro do ano passado, quando a empresa começou a atrasar salários, houve uma greve de 60 funcionários e o Ministério Público do Trabalho ajuizou uma ação contra a empresa.

Na época, a CBMEI reconheceu que a empreiteira passava por dificuldades financeiras, mas que pretendia fazer o acerto e estava no prazo de conclusão da obra. Cerca de 70% da obra foi realizado. Até setembro do ano passado foram investidos R$ 41 milhões, de um total de R$ 58 milhões. Em virtude dos problemas da empreiteira, o Dnit paralisou o contrato em janeiro deste ano. Nesse período, o órgão está revisando o projeto para adequar quantitativos de alguns serviços.

Mesmo com essa revisão, o Dnit informou que a obra pode ser retomada. Além disso, já estão garantidos R$ 20 milhões no orçamento para a conclusão dos serviços. A CBMEI foi procurada por telefone mas não houve retorno da ligação para informar sobre a retomada das obras.


DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
19 abr09:27

Previsão aponta que quinta-feira será de sol entre nuvens em Santa Catarina

A quinta-feira deve ser de sol entre nuvens em todas as regiões de Santa Catarina. A previsão, elaborada pela Epagri, aponta ainda que há condições para pancadas de chuva à noite, principalmente no Oeste.

Mais detalhes no Blog do Puchalski

As temperaturas devem se manter altas, podendo chegar a 31ºC no Litoral do Estado e até 30ºC na Grande Florianópolis. Para as demais regiões, os termômetros não devem passar de 28ºC.

Os ventos sopram de nordeste a sudeste, com intensidade fraca. A velocidade não deve passar de 35 Km/h, segundo o órgão que monitora as condições climáticas em SC.

DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui
17 abr18:46

Escolas fechadas ou sem algumas aulas no Oeste

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Enquanto os professores realizavam sua assembleia em Florianópolis em Chapecó algumas escolas tiveram algumas aulas suspensas ou até fecharam completamente. As escolas Marechal Bormann e Bom Pastor não tiveram aulas.

Na escola Marechal Bormann 996 alunos ficaram sem aula. – Os professores decidiram paralisar hoje (ontem) mas a maioria não deve aderir à greve – afirmou o diretor René Ternus.

Na escola Zélia Scharff, o diretor Jubilei Dalcin disse que apenas uma turma teve aula ontem, de 1,8 mil alunos. Na escola Bom Pastor, apenas seis professores não compareceram, segundo a direção. Os alunos tiveram que ficar no pátio da escola. A sétima série não teve aulas de Artes e Matemática. –A gente fica conversando com os colegas- disse Luis Henrique Balbinot Paludo, de 13 anos. Ele afirmou que os professsores tem direito de reivindicar melhor salário, mas que a greve atrapalha o ensino.

– No ano passado quando voltaram da greve os professores explicavam pela metade – argumentou. – A gente se ferra no final- completou Keythleen Ambrósio, 13 anos, que aproveitava o tempo ocioso para ouvir música. Ela disse que a única coisa que não muda é seus colegas incomodando.

Lara Debona, 12 anos, manifestou que não pretende enfrentar outra greve. – É muito ruim, vou para um colégio particular- ameaçou. Letícia Dalla Vecchia, lembrou que sua irmã estava terminando o Ensino Médio e perdeu conteúdo que caiu no vestibular. Ou seja na briga entre Governo e professores novamente os alunos novamente levam a pior.

Comente aqui
16 abr18:12

Secretaria itinerante da Defesa Civil no Oeste

Nesta terça-feira, começa a primeira etapa das atividades de assistência aos municípios atingidos pela estiagem por meio da instalação da secretaria itinerante da Defesa Civil Estadual. Entre os dias 17 a 20 de abril, uma equipe composta pelo diretor de resposta aos desastres, major Aldo Baptista Neto, o gerente de logística e mobilização, capitão Renaldo Laureano Onofre e os coordenadores regionais de Defesa Civil das regiões impactadas, estará nas Secretarias de Desenvolvimento Regional de São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste e Chapecó para atender, orientar e agilizar as ações de combate ao período de seca severa e prolongada.

Nesta etapa, 62 cidades serão atendidas e oconsumo de água potável humano em cada uma delas será avaliado. Com o recurso de R$ 6,8 milhões repassado pelo Ministério da Integração na última quarta-feira, as demandas dos municípios por tanques de polietileno, garrfas de água mineral e purificadores de água poderão ser atendidas. Como não há caminhões-pipa para atender todas as cidades, será feito um rodízio, administrado pelas Secretarias de Desenvolvimento Regional.

>> Sobe para 127 o número de municípios em situação de emergência

>>  Governo de SC anunciou novas medidas para agricultores atingidos pela estiagem

A necessidade do planejamento e das atividades surgiu quando análises do sistema Epagri/Ciram alertaram que os efeitos da estiagem devem se estender até o mês de junho. As medidas têm como objetivo amenizar as consequências para a população, mantendo a qualidade das pessoas que vivem nas áreas afetadas. A Defesa Civil Estadual cuida da escassez de água potável. Prejuízos da agricultura e da pecuária, que já chegam a R$ 662 milhões, são de responsabilidade de outras secretarias e ministérios.

Na segunda fase da visita, cerca de 54 municípios serão auxiliados pelas secretarias itinerantes da Defesa Civil do Estado. A etapa está prevista para as próximas semanas.

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
15 abr14:27

Contorno Viário Oeste em Chapecó

Com 75% já concluída, a obra do Contorno Viário Oeste está em fase final de conclusão. A inauguração deve acontecer até o mês de junho. Iniciada em fevereiro de 2009, a rodovia, com 7,8 quilômetros de extensão, liga a SCT 480, na saída para o Rio Grande do Sul, até a Avenida Leopoldo Sander, na rótula com a Avenida São Pedro e Attílio Fontana.

Com investimentos de R$ 12.321.152,86 por parte da Prefeitura de Chapecó, a obra vai desviar o fluxo de veículos de carga pesada que hoje corta a cidade, principalmente a Avenida General Osório. Também em andamento, a obra da ponte sobre o Rio Taquaruçú está orçada em R$ 3 milhões, totalizando cerca de R$ 15 milhões no Contorno Viário Oeste.

A ponte em ‘curva’ tem 130,33 metros de extensão, 11,57 metros de largura e 29,5 metros de altura. Todos os pilares e vigas, que servem de sustentação, já estão colocados, totalizando 85% da obra concluída.

Quase toda extensão do Contorno Viário Oeste já está com terraplenagem e drenagem concluída. A base também está pronta até as duas extremidades da ponte. Cerca de 65% da via já foi asfaltada. Neste momento também está sendo construído o trevo que dá acesso ao Contorno, no acesso ao Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso, que liga à SCT 480.


Primeiro elevado de Chapecó

Na interseção do Contorno Viário Oeste com as avenidas São Pedro, Attílio Fontana e Leopoldo Sander, no Bairro Efapi, será construído o primeiro elevado de Chapecó, para facilitar o fluxo de veículos na região. O edital, na modalidade de concorrência internacional, destinado à contratação de empresa de engenharia para a execução dos serviços necessários, será aberto ainda este mês.

O elevado vai ligar o Contorno Viário à Avenida Leopoldo Sander, deixando livre o trânsito entre as avenidas São Pedro e Attílio Fontana, que liga o Centro ao Bairro Efapi. Uma passarela também será construída no local para garantir segurança aos pedestres que precisam atravessar a via. O valor máximo orçado para a obra é de R$ 10 milhões com recursos próprios do município.


2 comentários
11 abr09:44

Chuva deve continuar em todas as regiões de Santa Catarina nesta quarta-feira

A previsão para esta quarta-feira em Santa Catarina indica que o dia deve ter o predomínio de nuvens e a chance de chuva é alta em praticamente todas as regiões do Estado. As temperaturas devem permanecer altas, chegando a 28ºC no Vale do Itajaí e Extremo-Oeste.

Mais detalhes no Blog do Puchalski

Para as demais regiões do Estado, os termômetros também devem indicar dia quente, com até 27ºC no Oeste e 26ºC na Grande Florianópolis.

A instabilidade no tempo ainda deve provocar novas pancadas de chuva e até descargas elétricas. A explicação, segundo a Epagri, órgão que monitora as condições climáticas, é a atuação de uma área alongada de baixa pressão e um jato subtropical.

Esta situação também pode provocar rajadas de vento vindos de Nordeste a Norte e de até 60 Km/h no Sul e 50 Km/h no Meio-Oeste e Serra.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
11 abr08:22

Fortalecimento do setor imobiliário no Oeste

Aliar desenvolvimento planejado e sustentável com qualidade de vida nos municípios é uma das bandeiras da nova diretoria do Sindicato do Mercado Imobiliário (Secovi/Oeste). As metas da gestão 2012/2013, bem como os novos diretores serão apresentados nesta quarta-feira, dia 11, a partir das 19h30, no salão nobre do Lang Palace Hotel, durante solenidade festiva de posse.

O novo presidente é o empresário Altir Paludo. Natural de Xavantina é casado com Márcia Regina Cella Paludo. Graduado em Gestão de Negócios Imobiliários pela Unochapecó ele atua no mercado imobiliário há 15 anos. Integrou a gestão 2010/2011 do Secovi/Oeste como diretor de finanças. É sócio-proprietário da Mapa Imóveis.

Também estão à frente da nova gestão o vice-presidente Ademir Roque Sander; 1° tesoureiro Paulo Lindermann; 2° tesoureiro Carlos Eduardo Antonio Chemin; 1ª secretária Vanderléia Maestri Martinelli e 2° secretário Rivelino da Silva.

Integram o Conselho Fiscal Titular: Armelindo Carraro, Paulo Jorge Lise e Neli Gotardi. Os suplentes são Rivelino da Silva, Vanderléia Maestri Martinelli e Sadi Luiz Pasini. Os diretores são: de parcelamento do solo Valdir Baldin, de vendas Paulo Benites e de eventos Sadi Pasini.


Prioridades

A nova diretoria assumiu mandato em 1º de janeiro deste ano e defende o desenvolvimento com qualidade de vida, por isso contribuirá para este cenário apresentando sugestões à administração municipal, bem como acompanhando os projetos que tramitam no Conselho de Desenvolvimento Territorial.

Outra prioridade é a realização da sétima edição do Salão do Imóvel, prevista para o período de 15 a 17 de junho, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes.

O Secovi/Oeste promoverá cursos e palestras voltados ao aperfeiçoamento e capacitação profissional. Segundo Paludo, também haverá a continuidade dos projetos de inclusão do Sindicato no portal nacional que permitirá aos associados divulgar seus imóveis pela internet para todo o Brasil, além da criação de um banco de dados em parceria entre os Secovi’s.

O dirigente antecipa que a intenção da nova diretoria é interagir com toda a região de abrangência, que compõe 91 municípios, buscando novos associados e o fortalecimento da classe.



Comente aqui
10 abr09:42

Tempo deve ficar instável em Santa Catarina nesta terça-feira


A terça-feira deve ter tempo instável em Santa Catarina, de acordo com a previsão da Epagri. O órgão que monitora as condições climáticas aponta que o dia deve ser marcado por sol entre nuvens durante o dia e chance de chuva isolada entre a tarde e a noite.

Mais detalhes no Blog do Puchalski

As temperaturas devem permanecer altas, podendo chegar a 28ºC na Grande Florianópolis e 27ºC no Extremo-Oeste e vale do Itajaí. Nas demais regiões, não deve passar de 25ºC.

A instabilidade no tempo ocorre em função da influência de uma área alongada de baixa pressão e de um jato subtropical, o que deve provocar também ventos fortes, vindos de nordeste.

A previsão é que todas as regiões do Estado sejam atingidas com rajadas de vento que podem chegar a 60 Km/h, principalmente durante os temporais.

Além da possibilidade de chuvas fortes e até temporais, a Epagri indica que há chance de queda de granizo em todo o Estado.


>> A previsão completa no clicTempo

>> Navegue pelo site das Estações Meteorológicas


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
09 abr10:17

Seguem internadas na UTI as crianças atropeladas em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Os dois meninos atropelados na tarde deste domingo seguem internados em estado grave na UTI do Hospital Regional de Chapecó. Até as 10h da manhã desta segunda-feira o motorista envolvido na ocorrência não havia se apresentado na Delegacia.

As duas crianças, uma de 14 e outra de 11 anos, foram atropeladas enquanto andavam de bicicleta na Rua Anselmo Santa Catarina no Bairro São Pedro. Os dois tiveram traumatismo craniano.

Segundo informações da Polícia Militar de Chapecó o motorista teria prestado socorro as vítimas chamando as guarnições dos Bombeiros. Mas como estava sendo ameaçado por populares saiu do local. O veículo foi encaminhado para a 2ª Delegacia de Polícia.


Comente aqui