Oeste

24 ago10:46

Segue internado em Chapecó o menino de três anos atacado por cão

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O menino de três atacado por um cão da raça Chow Chow segue internado em quarto do Hospital Regional do Oeste (HRO) em Chapecó. O quadro do menino, que passou por duas cirurgias e está acompanhado dos pais, é estável.

Três médicos, sendo um oftalmologista, acompanham o caso. O ataque do animal, que estava com a família a menos de seis meses, foi na quarta-feira, dia 22, na Linha Battistelo, interior do município.

O primeiro atendimento foi realizado pelo Corpo de Bombeiros que encaminhou o menino, com ferimentos na face, nariz e olho esquerdo, para o Hospital da Criança.

Como o caso era grave ele foi transferido e passou por cirurgia, ainda na noite da quarta, no HRO. A segunda cirurgia foi no começo da tarde da quinta. Ele saiu da UTI no final da tarde da quinta-feira.


Comente aqui
24 ago07:42

A descobrir, o Grande Oeste é cheio de surpresas

Sâmia Frantz | samia.frantz@horasc.com.br

O Grande Oeste é cheio de surpresas. Tem cascatas, tem cânions, tem águas termais e tem reservas indígenas. Tem aquilo que está à vista dos olhos e em qualquer guia turístico da região. E tem o inusitado, que só com espírito aventureiro se descobre pelo caminho.

Quando menos se espera, chega-se a um lugar pouco explorado ou que existe há muitos anos e, mesmo assim, pouca gente ouviu falar. E isso não é exclusivo das cidades pequenas ou menos populares. Até a maior delas, Chapecó, tem suas surpresas. Lá onde o tradicional é voltar para casa com uma fotografia do monumento O Desbravador e da Catedral Santo Antônio há outras dezenas de lugares para conhecer: o novo shopping Pátio Chapecó, inaugurado no fim do ano passado, e lugares embrenhados entre a mata nativa e estradas de chão.

Chapecó

A maior cidade do Grande Oeste tem belezas tão escondidas que boa parte dos moradores desconhece. Os lugares mais distantes do Centro fogem do óbvio.

_ Isso não fica em Chapecó. Nasci aqui e nunca ouvi falar… _ disseram algumas pessoas à reportagem. Até os funcionários do Centro de Informações Turísticas pareciam não saber.

Não há tradição de turismo no município, a própria prefeitura admite. Portanto, para quem pretende dar uma volta pela cidade, paciência: a Secretaria de Agricultura, que dá dicas dos roteiros, só funciona a partir das 13h. A outra opção é desbravar.


Rota dos Tropeiros

Em um lugarejo chamado Linha Boa Vista, lá para os lados da Unochapecó, há um museu construído por um senhor de 86 anos só para os bisnetos e tataranetos entenderem como funcionavam as coisas antigamente. O local cresceu tanto em 25 anos que o Museu do Tropeiro Velho, batizado assim, abriu suas portas para o público _ são mais de duas mil peças, algumas com mais de 100 anos. O próprio idealizador Luiz da Fonseca Rosa, o tropeiro velho em pessoa, faz questão de acompanhar cada visitante e, de vez em quando, preparar um fogo de chão por ali. Lúcido, ele gosta de prosear e contar as histórias de tudo o que viu e viveu em suas quase nove décadas de vida.


Rota italiana

Já para o outro lado da cidade, lá onde a BR-282 leva à Cordilheira Alta, há um pedacinho da Itália ainda preservado. Uma réplica de casa típica do início do século é mantida com orgulho pelos moradores de Colônia Cella, junto à capela e ao salão paroquial. Há dez anos, o local abriga um museu com ferramentas e utensílios domésticos usados em uma época em que todos ainda tinham um parreiral de uva em casa. Para quem tem vontade de conhecer o local, marque na agenda: neste domingo, dia 26, ocorre a festa da comunidade (reserva de almoço pelo telefone (49) 3328-0075).

Mais adiante, ainda seguindo pela BR-282, a gruta da sede Figueira reserva diversão, caso você resolva entrar lá dentro das ocas. Em meio à mata nativa e cascatas, a Trilha dos Mistérios do Rosário tem 15 esculturas espalhadas pelos 470 metros, que contam a história da via sacra em pedras de arenito, obra do escultor Cyro Ionoski.


Rota do Vale do Rio Uruguai

E não para por aí. Para os lados do aeroporto, na SC-480, Chapecó tem surpresas ainda mais inusitadas. Em direção ao Rio Grande do Sul, há mirantes, casas de produtos coloniais, artesanato e duas tirolesas. A primeira, a do Valle do Uruguai, tem 400 metros de extensão e uma bela vista do Rio Uruguai. É possível sentar no mirante, logo ao lado, e comer o pinhão servido pela Lanchonete Tonello.

Mas se você é daqueles que prefere mais emoção, o melhor ainda está por vir. Três quilômetros à frente, pela mesma rodovia, é possível chegar à única tirolesa interestadual do Brasil. Inaugurada em fevereiro, ela atravessa o Rio Uruguai, que faz o limite entre Santa Catarina e o Rio Grande do Sul, de ponta a ponta. São 1,3 quilômetros de extensão, que partem do município gaúcho de Erval Grande e chega na localidade de Goio-En, ainda Chapecó.

_ A topografia do lugar nos chamou a atenção. É perfeito para uma tirolesa entre dois estados. E tem todo um glamour atravessar o Rio Uruguai _ diz o proprietário Rogério Antônio Faé, 39 anos.

A tirolesa interestadual fica junto ao Centro Náutico Faé. O valor por pessoa é R$ 30. Informações no (49) 3322-3889, ramal 21.


Xanxerê

No meio do nada, de onde só se avistam mato e montanhas e onde se chega até a duvidar de que aqueles caminhos de terra podem levar a algum lugar, de repente ouve-se o som da água. De muita, muita água. A 21 quilômetros do Centro de Xanxerê, a Cascata S’Manella já virou um dos mais belos pontos turísticos da cidade. E vale cada quilômetro sacolejado pela estrada de chão até lá.

São três quedas. A primeira tem 25 metros de altura. É possível chegar bem pertinho dela. A segunda e a terceira, um pouco menores, podem servir de cenário para uma boa reflexão: ao sentar-se nas pedras dá para encostar as mãos nas águas geladas do Rio Chapecozinho. O local, porém, costuma ficar vazio no inverno. Mas não deveria. As paisagens deslumbrantes, o espaço para churrasco, a área de lazer e o campo de futebol, afinal, permanecem lá o ano inteiro. E não se engane: o local até tem certa estrutura, mas sofre pelo abandono do poder público.

Batizada em homenagem ao engenheiro Salomão Manella, a Cascata S’Manella sediou obras de uma hidrelétrica na década de 60, que nunca entrou em funcionamento _ existem, inclusive, várias versões para o fim das obras. O acesso é pela SC-242, no caminho a Abelardo Luz.


Vargeão

A cidade é pequena, mas tem muito a contar. Há milhões de anos, uma brilhante bola de fogo rasgou o céu e avançou sobre a Terra, caindo na área onde hoje está Vargeão. Com o choque, milhares de toneladas de rochas foram derretidas e pulverizadas, transformando-se em arenito. A formação, chamada de Domo de Vargeão, existe até hoje e a estrutura deixada ainda é muito utilizada na construção civil e em tratamentos estéticos.

E são todas essas histórias, ainda conservadas pelos moradores, que valem uma visita à cidade. Mas contenha-se apenas com os mirantes e as cascatas. O local onde está a cratera virou propriedade particular e está abandonado: não há estrutura, nem autorização para entrar. Os únicos visitantes do local são geólogos e pesquisadores do mundo inteiro, que, cada vez mais, viajam até Vargeão para estudar sua curiosa história _ a cidade é uma das oito do país que possui uma cratera aberta por fragmentos de meteoro.

O principal mirante _ e o mais alto deles _ fica ainda na BR-282. O acesso é pelo Restaurante Parada do Meteoro, que cobra R$ 2 para liberar a entrada. A estrutura é de ferro e, 150 degraus depois, você chega ao topo e consegue ver a cidade e a extensão que coroa o domo: a cratera só pode ser vista em dias de tempo bom. Logo ao lado do restaurante fica a rodovia que dá acesso à cidade. São sete quilômetros até lá.


Comente aqui
23 ago12:01

Menino de três anos foi atacado por cão em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O estado de saúde do menino de três anos, que foi atacado por um cão no interior de Chapecó, é estável. Ele segue internado na UTI do Hospital Regional do Oeste de Chapecó e deve passar por mais uma cirurgia na tarde desta quinta-feira.

O ataque do animal doméstico, de porte médio, foi por volta das 17h30 da quarta-feira, dia 22. A família que mora na Linha Battistelo, interior do município, procurou ajuda do Corpo de Bombeiros no posto que fica no bairro Engenho Braun. No local o menino, que apresentava ferimentos na face, nariz e olho esquerdo, recebeu os primeiros atendimentos e foi encaminhado para o Hospital da Criança.

Como o caso era grave ele foi transferido para o Hospital Regional onde passou por cirurgia ainda na noite da quarta.

Na tarde desta quinta-feira ele passará por novos exames e cirurgia.



Comente aqui
22 ago11:17

Chapecó vai sediar a 3ª etapa do Circuito Oeste de Tênis de Mesa neste sábado dia 25

A equipe de tênis de mesa da Prefeitura de Chapecó/Unoesc/Nord Eletric/Aurora está com uma programação intensa de competições.

No sábado, dia 25 de agosto, aniversário do município, Chapecó vai sediar a 3ª etapa do Circuito Oeste. De 30 de agosto a 08 de setembro as equipes masculina e feminina encaram os Joguinhos Abertos.

De 12 a 16 de setembro, Giuliana Valentini e Aline Dias disputam os Jogos Escolares Brasileiro, em Minas Gerais, e no fim de setembro as mesa-tenistas de Chapecó ainda terão pela frente a Olesc, Criciúma.


Comente aqui
21 ago09:22

Frente fria provoca chuva isolada e mais nuvens no Oeste

Uma frente fria que atuava no Rio Grande do Sul (RS), desvia para o oceano e provoca chuva isolada e mais nuvens no Oeste, Meio Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul.

O sol aparece nas demais regiões, mas, com presença também de nebulosidade variável. Vento de nordeste a noroeste, com rajadas, deverá ser fraco e moderado. Na Grande Florianópolis o sol deve aparecer durante todo dia, entre nuvens.

A temperatura fica entre 18ºC, mínima, e 26ºC máxima. No Litoral Norte poderá chegar a 28ºC, o sol também eleva as temperaturas.

::: Confira mais detalhes no Blog do Puchalski

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
14 ago08:35

Sol predomina em todas as regiões e temperaturas chegam a 26ºC em SC

A terça-feira deve ser mais um dia de tempo firme e temperaturas altas em Santa Catarina. A previsão da Epagri/Ciram é que os termômetros cheguem a 26ºC no Extremo-Oeste e e 24ºC na Grande Florianópolis.

::: Confira mais detalhes no blog do meteorologista Leandro Puchalski

Depois de um amanhecer com nevoeiros, o dia deve ser de sol entre algumas nuvens. O predomínio da nebulosidade deve ser maior entre a Serra e o Litoral. Esta estabilidade no tempo ocorre em função da influência de uma massa de ar seco sobre o Estado.

Os ventos sopram de sudeste a nordeste, com intensidade fraca a moderada e com rajadas que podem chegar a 60 Km/h entre a Serra e o Sul e até 50 Km/h.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
13 ago16:38

Orgulho de Sophia

Darci Debona| darci.debona@diario.com.br

Mesmo antes de iniciar a partida no domingo, dia 12, contra o Oeste a Chapecoense já tinha seu herói, que iria marcar o gol da vitória aos 32 minutos do segundo tempo.  No dia em que comemorava seu primeiro Dia dos Pais como homenageado, Eliomar foi o responsável pelos três pontos que garantiram à Chapecoense a terceira colocação no Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro.

Ao comemorar, Eliomar chorou de alegria. Eram lágrimas de quem sofreu muito nos últimos meses para poder ser chamado de pai. Sua esposa teve complicações na gravidez e o parto de Sophia, com 35 semanas de gestação, foi de risco.

Eliomar chegou a ficar oito dias sem treinar e dois jogos sem atuar. E a Chapecoense sentiu a falta do “curinga” do time, pois perdeu uma e empatou a outra. Mas nesses dois jogos Eliomar tinha outra missão: estar perto de sua esposa e sua filha, que ficou internada 27 dias e chegou a ficar na UTI.

Assim como Eliomar a torcida da Chapecoense também sofreu durante a partida contra o Oeste,antes de poder sorrir. Desde o início o time paulista “catimbou” a partida, atrasando reposição de bola. O goleiro Jaílson chegou a levar cartão amarelo. Aos 20 minutos de jogo, o atacante visitante Serginho deu um carrinho no goleiro Nivaldo, que revidou com um soco. Os dois foram expulsos.

Como o técnico Itamar Schulle teve que tirar um zagueiro para colocar outro goleiro, Juliano, Eliomar teve que ajudar mais na marcação.

Mas, no segundo tempo, como o jogo não saía do 0 a 0, ele começou suas investidas ao ataque. Aos 30 minutos, quase marcou, de cabeça, mas o goleiro espalmou. Dois minutos depois ele pegou a bola em velocidade pelo meio, tirou o zagueiro e chutou forte no canto direito do goleiro.

Todo o estádio vibrou com o pai de Sophia. Ontem ela completou um mês e meio de vida. Ela ainda não pôde assistir ao jogo  e  à comemoração, mas um dia vai saber que, no dia 12 de agosto de 2012, seu pai fez muitos outros pais felizes. E que ela foi uma das homenageadas pelo gol. –Estou muito feliz- disse Eliomar, ao final da partida. Ele já tem quatro gols na Série C. E domingo, contra o Madureira, no Índio Condá, pode dar sequência às homenagens.

Comente aqui
13 ago09:18

Frente fria se aproxima e tempo muda em parte de SC nesta segunda-feira

A segunda-feira ainda deve ser um dia de muito calor em Santa Catarina com temperaturas que podem chegar a 28ºC no Extremo-Oeste e até 27ºC na Grande Florianópolis. No entanto, a aproximação de uma frente fria deixa o tempo instável entre o Oeste e o Sul.

::: Confira mais detalhes no blog do meteorologista Leandro Puchalski

Esta instabilidade deve provocar chuva isolada no Oeste, Meio-Oeste, Serra e Litoral Sul. Nas demais regiões continua a influência da massa de ar seco com predomínio de sol entre poucas nuvens.

Conforme a Epagri/Ciram, a primeira semana de agosto foi marcada por uma condição de tempo seco em Santa Catarina, bem diferente do observado na segunda quinzena de julho. A causa disso é um bloqueio na atmosfera, que muda o padrão de escoamento da atmosfera, no momento fazendo com que as frentes frias desviem para o oceano.

A previsão é que o bloqueio se estenda até o inicio desta semana, o que vai deixar a primeira quinzena de agosto mais seca em todo o Estado. Até o momento, os indicativos são de temperaturas mais elevadas durante o dia e amenas à noite, sem influência de massas polares.

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
10 ago08:23

Fim de semana será com tempo firme e calor em todas as regiões de SC

A sexta-feira deve ser de tempo seco e temperaturas altas em praticamente todas as regiões de SC, segundo a previsão da Epagri/Ciram. As máximas podem chegar a 30ºC no Sul e 29ºC no Extremo-Oeste. Para a Grande Florianópolis, a indicação é de alcançar os 25ºC. Os ventos sopram de nordeste a noroeste e com intensidade fraca a moderada. A velocidade pode chegar a 40 Km/h.

::: Confira mais detalhes no blog do meteorologista Leandro Puchalski

Segundo a equipe de meteorologistas da Epagri/Ciram, a causa da estabilidade climática, que deixa o tempo firme e seco, é um bloqueio na atmosfera que muda o padrão de escoamento da atmosfera.

A previsão é que o bloqueio se estenda até o inicio da próxima semana, o que vai deixar a primeira quinzena de agosto mais seca em todo o Estado. Até o momento, os indicativos são de temperaturas mais elevadas durante o dia e amenas à noite, sem influência de massas polares.

Para o fim de semana, o tempo não deve mudar em Santa Catarina, ou seja, persiste a condição de nevoeiros ao amanhecer e predomínio de sol ao longo do dia. As temperaturas se manterão elevadas para época do ano.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
09 ago12:51

Pesquisa mostra oscilação nos preços da gasolina em SC

Distante das refinarias e distribuidoras, os postos de combustíveis da região Oeste novamente apresentaram em julho preços elevados para a gasolina comum, conforme dados divulgados pelo curso de Ciências Econômicas da Unochapecó. A pesquisa utiliza dados levantados entre 01 e 26 de julho, pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Entre as 22 cidades pesquisadas, São Miguel do Oeste apresentou o maior preço médio de revenda ao consumidor em julho, que foi de R$ 2,884 por litro, enquanto o menor foi registrado em Itajaí, com R$ 2,566. Chapecó teve o preço médio de R$ 2,782, Concórdia e Xanxerê de R$ 2,826 e Videira de R$ 2,790.

Quanto à diferença entre os preços de distribuição e de revenda, Xanxerê foi o município que teve, em julho, a maior margem bruta média. O preço de distribuição foi de R$ 2,350, e como na revenda chegou a R$ 2,826, a diferença é de R$ 0,476 por litro. Nos demais municípios do Oeste pesquisados pela ANP e analisados pelo curso de Ciências Econômicas da Unochapecó, as diferenças entre a compra pelo posto e a venda ao consumidor foram de R$ 0,472 em Concórdia, de R$ 0,470 em São Miguel do Oeste, de R$ 0,416 em Videira e de R$ 0,396 em Chapecó.


Comente aqui