Operação

08 ago09:58

Exército faz operação na fronteira em SC

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Tropas do Exército estão atuando na fiscalização de veículos nas rodovias do Oeste Catarinense desde terça-feira, dentro da Operação Ágata, que tem como objetivo intensificar a repressão a atividades ilícitas na faixa de fronteira. Ontem foi apreendida uma carga de madeira ilegal com 40 metros cúbicos, em Maravilha.

A Operação está ocorrendo nas faixas de fronteira dos três estados do Sul e Mato Grosso do Sul. Em Santa Catarina a faixa de Fronteira abrange cerca de 70 municípios do Oeste. Há postos fixos em Xanxerê, na BR 282, em São Lourenço do Oeste, na SC 468, e em Dionísio Cerqueira, na BR 163. Há também equipes volantes de fiscalização.

São 400 homens atuando em Santa Catarina. São 350 militares de unidades de São Miguel do Oeste, Tubarão, Criciúma, Blumenau, Joinville e Florianópolis, todas ligadas à 14ª Brigada de Infantaria Motorizada. Também colaboram outras 50 pessoas da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Bombeiros, Cidasc e Ibama.

Estão sendo utilizados um helicóptero e oito blindados na operação. De acordo com a capitã Beatriz Fragnan, do setor de Relações Públicas do 14º Regimento de Cavalaria Mecanizada de São Miguel do Oeste, os locais da operação foram definidos pelo setor de inteligência do Exército. Não há previsão de encerramento mas a ação deve durar cerca de duas semanas.

A operação Ágata é realizada pelo segundo ano consecutivo em Santa Catarina. Ela faz parte do Plano Estratégico de Fronteiras, ação do Governo Federal para coibir crimes transnacionais. O tráfico de drogas e animais estão entre os crimes que a operação pretende inibir.




Comente aqui
31 mai09:26

Exército realiza Operação Fronteira Sul

A 14ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército, sediada em Florianópolis, iniciou, nesta segunda-feira, dia 28, e que segue até a sexta-feira, dia 1º de junho, a Operação Fronteira Sul, na região de São Miguel do Oeste. O objetivo é prevenir e reprimir os delitos transfronteiriços e ambientais, sobretudo na repressão à entrada ilegal no território nacional de armas, munições, explosivos, entorpecentes e de contrabando.

Em Santa Catarina, os militares fiscalizam os aproximadamente 120 Km de fronteira, desde a região de Dionísio Cerqueira até Itapiranga.

Trabalham na operação aproximadamente 250 militares do Exército, mais de 40 viaturas, 8 blindados tipo urutu e cães farejadores. O trabalho é coordenado pelo Comando da 5ª Região Militar e 5ª Divisão de Exército, sediado em Curitiba/PR. A atuação das tropas é feita durante 24 horas em momentos distintos.

A operação conta com a participação da Polícia Federal, Receita Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Cidasc, Receita Estadual, Ibama, Polícia Civil e Bombeiro Militar.


Comente aqui
28 mai15:10

PRF apreendeu drogas com casal em Dionísio Cerqueira

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Por volta das 7h20 da manhã desta segunda-feira a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Dionísio Cerqueira prendeu um casal por tráfico internacional de drogas. Eles vinham da cidade paranaense de Foz do Iguaçu e seguiam para Palmeira das Missões, no Rio Grande do Sul, onde entregariam a droga.

Os dois estavam em um táxi e ao avistar a barreira policial deram meia volta. Nisso os policiais abordaram o veículo e questionaram o casal que estava em atitude suspeita. Eles disseram que haviam deixado a bagagem na rodoviária. Os policiais acompanharam o casal até o local.

Depois de muitas contradições a PRF acompanhou os suspeitos até hotel onde estavam hospedados e encontraram escondidos aproximadamente 500g de crack e 100g de cocaína, em um travesseiro.

Foi dada voz de prisão e os dois foram conduzidos à Polícia Federal de Dionísio Cerqueira onde permanecem presos até serem transferidos para um Presídio da região.


Vídeo da apreensão gravado pela PRF:

Comente aqui
27 abr17:57

Cinco pessoas são presas no Oeste

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Foram cumpridos nesta quinta e sexta-feira cinco mandados de prisão temporária e 12 de busca nas cidades de Concórdia, Chapecó e São Lourenço do Oeste. Quatro pessoas foram presas em Concórdia e uma em Chapecó. Segundo o Promotor de Justiça Fabiano David Baldissarelli, coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) de Chapecó, elas são suspeitas de diversos crimes como tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, estupro de vulnerável, fraude processual, falsidades ideológicas, quebra de regras de regime prisional por traficantes, contrabando e descaminho.

Dos 12 mandados de busca, nove forame m Concórdia, dois em Chapecó e um em São Lourenço do Oeste. Foram apreendidas duas motos, um veículo, cerca de 460 gramas de crack, 200 gramas de cocaína, além de maconha e dinheiro em espécie e em cheque.

Cerca de 30 policiais dos GAECOS de Chapecó, Lages e Florianópolis, em conjunto com policiais das Agências de Inteligência da Polícia Militar e Policiais Militares com cães do canil de Chapecó e de Concórdia participaram da força-tarefa. Os grupos são uma força-tarefa formada pelo Ministério Público e pelas Polícias Civil e Militar.

As investigações tiveram início pelo trabalho do Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Concórdia e da 1ª Promotoria de Justiça de Concórdia e as ordens judiciais foram expedidas pelos Juízes de Direito Criminais das Comarcas de Concórdia e de São Lourenço do Oeste.



Comente aqui
25 abr12:53

Protesto torna lento trânsito em rodovias federais nas divisas do RS com SC

Marielise Ferreira | marielise.ferreira@zerohora.com.br

Uma operação padrão realizada pelos técnicos do tesouro do Estado do Rio Grande do Sul, tornou lento o trânsito em rodovias que fazem divisa com o Estado de Santa Catarina na manhã desta quarta-feira. Com panfletos e cartazes, os técnicos reivindicam benefícios para a categoria e aumento do número de servidores.

Nos postos de fiscalização existentes em municípios que fazem divisa entre os dois Estados, todos os caminhões de carga e ônibus foram parados para fiscalização minuciosa. A ação tornou o trânsito lento e causou congestionamento em vários pontos.

No trecho da BR-101 que liga Torres/RS a Passo de Torres/SC, os veículos de carga ficaram retidos por horas, mas como a via é duplicada, não houve prejuízo para outros usuários.

Também houve registro de filas nos dois lados da BR-153, que liga Concórdia a Erechim/RS. Em Marcelino Ramos, no Norte do RS, caminhões e ônibus formaram filas de um quilômetro, tornando o fluxo de veículos mais lento.

No posto fiscal do Goio-En, que realiza em média 30 mil autuações por ano, a rodovia BR-480, entre Nonoai/RS e Chapecó, teve grande congestionamento, deixando a ponte sobre o Rio Uruguai praticamente interditada para a passagem de veículos.

A operação que começou às 9h desta quarta-feira, deve dar uma pausa ao meio-dia e há previsão de continuar com mobilização mais fraca durante a tarde.

Os técnicos de tesouro do Estado querem aumento do número de servidores, melhoria nas condições de trabalho e realização de novo concurso público, que não acontece há 11 anos.

Os agentes também são contra o fechamento de postos, que facilita o comércio ilegal no Estado gaúcho. Nos últimos anos, 10 postos foram fechados.

Comente aqui
23 abr18:07

Receita quer recuperar R$ 110 milhões no Oeste

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Operação Cesareia, realizada pela Receita Federal, que já foi realizada nas em Joinville, Florianópolis e São Francisco do Sul, chegou nesta segunda-feira na Região Oeste. O objetivo é coletar informações e imagens que possam servir para identificar e comprovar o não recolhimento de contribuições previdenciárias e de Imposto de Renda. A estimativa é de levantar pelo menos R$ 110 milhões em tributos não recolhidos.

Para isso um helicóptero da Receita Federal vai auxiliar na apuração das irregularidades. Até quarta-feira a aeronave vai sobrevoar condomínios e construções da região de Chapecó e Xanxerê com suspeita de não terem sido declaradas e nem recolhido o valor da contribuição Previdenciária de quem trabalhou na obra. De acordo com o delegado da Receita Federal do Brasil em Joaçaba, Otto Maresch, cerca de 40% do custo de uma construção é com mão-de-obra e em cima disso incide uma cobrança de 20% na Contribuição Previdenciária. Maresch disse que a fiscalização já identificou 75 casos em que há divergência no fornecimento de dados.

A partir da fiscalização as empresas e pessoas físicas serão notificadas. A multa vai de 75% a 225% do valor devido. Mas, quem ainda quiser regularizar sua situação terá mais uma chance. Nessa semana a Receita Federal vai ampliar o horário, das 8h30 às 11h30 e das 13 horas às 17 horas, para atendimento ao público.

Um dos focos da fiscalização é a construção civil mas a Receita Federal vai aproveitar a presença da aeronave na região para identificar também possíveis barracões que sejam utilizados para armazenar mercadorias contrabandeadas.

O nome da operação é em homenagem ao imperador romano Júlio Cesar.


Comente aqui
19 mar14:35

PRF apreende 1.300 comprimidos e mais de 260 Kg de maconha na Divisa do PR com SC

Em duas ações da Operação Sentinela, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, no último fim de semana, cerca de 260 Kg de maconha e mais de 1.300 comprimidos que estavam sendo transportados de forma ilegal. Os produtos foram liberados e um homem fugiu.

Por volta de 6h40min de domingo, um Honda Civic foi abordado em um posto de combustíveis, no Km 361 da BR-163 em Lindoeste/PR, na divisa com Santa Catarina. O motorista apresentou os documentos do carro, mas fugiu logo que entrou no carro. Os policiais seguiram até que ele parou o veículo e saiu em direção ao mato.

No carro, os policias perceberam que o carro estava adulterado. No interior, eles encontraram 298 tabletes escondidos no interior do veículo. O carro e a droga foram encaminhados para a Delegacia de Cascavel/PR, para investigar o caso e tentar identificar o homem.

Outro resultado da Operação Sentinela foi a apreensão de mais de 1.300 comprimidos no sábado à noite em Francisco Beltrão, ainda na divisa do PR com SC. Todo o material estava com um passageiro de um ônibus que vinha de Foz do Iguaçu/PR em direção a Blumenau, no Vale do Itajaí.

Entre os medicamentos encontrados há 200 comprimidos de oximetolona, 100 comprimidos de sibutramina 15mg, 80 comprimidos de pramil 50mg, 800 comprimidos de Stanozoland 10mg, 05 ampolas de Decaland Depot 200mg, 5 ampolas de deca 50 e 270 cápsulas de Oxy elite pro. Todos são anabolizantes, remédios para disfunção erétil e inibidores de apetite.

A carga apreendida, que pode ter origem no Paraguai, foi encaminhada para a Polícia Federal de Cascavel. A identidade do homem não divulgada pela PRF.


DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui
16 mar10:05

Comandante do 6º BBM de Chapecó é homenageado

O Major Luiz Carlos Balsan, Comandante do 6º Batalhão de Bombeiros Militar de Chapecó recebeu, na tarde desta quinta-feira, dia 15, homenagem pelo apoio prestado na operação veraneio 2011/2012. A entrega foi realizada pelo Capitão-de-Fragata da Marinha do Brasil, Fernando Anselmo Sampaio Mattos.

Balsan destacou a importância da parceria e entrosamento entre os órgãos de segurança e agradeceu o reconhecimento da Marinha do Brasil.

A operação veraneio da Marinha iniciou em dezembro de 2011 e encerrou nesta quinta-feira. Foram vistoriados 1800 embarcações e habilitados cerca de 600 pessoas nesse período. Segundo o Capitão-de-fragata Anselmo, a colaboração dos militares de Chapecó foi fundamental para o trabalho realizado pela Marinha na região.


Comente aqui
08 mar14:52

PRF apreende mercadorias no Extremo-Oeste

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Na manhã desta quinta-feira, dia 8, a Polícia Rodoviária Federal, durante fiscalização da Operação Sentinela na BR 163, em Dionísio Cerqueira apreendeu um automóvel e diversos produtos importados ilegalmente.

O veículo estava sendo transportado por um caminhão guincho com placas de Videira. Segundo a PRF ele tinha sido adquirido na Argentina por R$ 7 mil reais e o proprietário, um homem de 59 anos, não fez o desembaraço aduaneiro.

Ainda pela manhã, os agentes abordaram outro veículo, placas de São Leopoldo/RS, e encontraram diversas mercadorias estrangeiras. Os objetos estavam dentro de um fundo falso debaixo do banco traseiro.

Dentre os produtos em poder do casal e avaliados em U$ 4 mil dólares, estavam 295 relógios, brinquedos, 11 vídeo games, três aparelhos de monitoramento, 20 cartões de memória, cinco aparelhos GPS, seis câmeras de monitoramento, 30 telefones celulares, um tablet, duas caixas de som e mercadorias para bazar.

As mercadorias apreendidas e as pessoas envolvidas nas ocorrências foram encaminhadas para a Receita Federal em Dionísio Cerqueira.

A Operação Sentinela, desenvolvida em toda a região fronteiriça, objetiva prevenir assaltos e conter o tráfico de armas e de drogas, bem como o contrabando e o descaminho.


Comente aqui
05 mar11:50

Polícia Civil prendeu cinco traficantes em Chapecó

Cinco traficantes foram presos pela Polícia Civil na sexta-feira, dia 2 em Chapecó A Operação Praça, como foi denominada, teve o objetivo de combater o tráfico de drogas naquela região.

Há quatro meses agentes da Polícia Civil investigavam o grupo que atuava no tráfico de drogas em um posto de lavação ao lado da Praça do Bairro Passo dos Fortes. Segundo a Polícia Civil os criminosos aliciavam menores para realizar a entrega de drogas para usuários.

Durante a Operação, todos os Mandados de Busca e Apreensão foram cumpridos simultaneamente. A maior parte dos investigados foi detida em uma das residências, enquanto participavam de um almoço. Com eles, foram apreendidas armas, drogas, munições, rádio comunicador, utensílios utilizados para embalar os entorpecentes, balança de precisão e objetos relacionados ao tráfico.

Policiais disseram ainda que alguns integrantes também são investigados por homicídio. As investigações continuam para identificar usuários flagrados durante a Operação, e que deverão prestar depoimento à polícia. Após as prisões, todos foram encaminhados ao Presídio Regional de Chapecó, onde permanecem à disposição da Justiça.

Durante a ação da polícia, foram presos Marcio Cristiano de Almeida, 29 anos, Rosa da Silva Lara de Almeida, 50 anos, Luis Carlos de Almeida, 18 anos, Gustavo Soares Leite, 18 anos, e Josiane Lara de Almeida, 24 anos. Também foram apreendidos três adolescentes. Todos foram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, posse ilegal de arma de fogo, posse ilegal de munição e corrupção de menores. Ao todo, cerca de vinte pessoas foram conduzidas à Central de Polícia para prestarem esclarecimentos, entre elas, testemunhas, usuários e adolescentes.

A Operação foi comandada pela DIC de Chapecó, com a participação de agentes da Polícia Civil da 1.ª DP, 2.ª DP, 3.ª DP, DPCAMI, da Delegacia de Pinhalzinho, de São Carlos, de Caxambú do Sul, e de Coronel Freitas.


Comente aqui