Papai Noel

30 nov09:01

Inaugura nesta sexta a decoração de Natal

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A abertura oficial da programação “Magia do Natal 2012” em Chapecó está programada para esta sexta-feira, dia 30 de novembro. A partir das 21h acontecem, na Praça Coronel Bertaso, além da chegada do Papai Noel, a inauguração da iluminação natalina e abertura da Casa do Papai Noel. Estão previstas também apresentações com Trovadores de Natal, Big Ban Rama e show com Pagode Social.

Neste ano os postes da Avenida Getúlio Vargas, entre as ruas Uruguai e São Pedro, foram ornamentados com pinheiros e pingentes luminosos. Na rótula entre a Avenida Getúlio Vargas e a Rua Marechal Floriano Peixoto foi instalado um pinheiro de 11 metros de altura. Já o Museu Antonio Selistre de Campos, apresentará mais uma vez as “luzes dançantes”.

Cerca de 1 milhão de microlâmpadas e outros materiais como fibras, isopor, fitas e pingentes fazem parte de decoração.De acordo com a coordenadora da decoração natalina, Cássia Lajus, os investimentos foram de R$ 500 mil.


Papai Noel no Extremo-Oeste

Garrafas pet, caixas de leite e lâmpadas fazem parte da decoração natalina deste ano em São Miguel do Oeste. A inauguração oficial do Natal de Amor e Paz – Caminho dos Sonhos está marcada para esta sexta-feira, dia 30 de novembro.

De acordo com a secretária de cultura, lazer e turismo, Paula Licks, a Praça Walnir Bottaro Daniel, se tornou na Vila do Papai Noel. A Gruta Nossa Senhora de Lourdes, o calçadão da rua Almirante Tamandaré e rótulas da cidade também receberam decoração. O investimento foi de R$ 80 mil.


Programação inicia neste sábado em Concórdia

A Abertura do Sonho de Natal de Concórdia e a chegada do Papai Noel está marcada para o sábado, dia 1º de dezembro, às 21h, na Praça Dogello Goss. Na sequência, os concordienses vão ter a oportunidade de assistir ao show das luzes dançantes.

Um dos momentos mais esperados é a Parada Natalina. Neste ano traz o tema “Natal das Etnias” e acontece no dia 8 de dezembro, às 20h45.


Comente aqui
28 nov09:37

Programação de Natal começa nesta sexta em Chapecó

A abertura oficial da programação da “Magia do Natal 2012” em Chapecó está programada para a sexta-feira, dia 30 de novembro. A partir das 20h acontecem, na Praça Coronel Bertaso, além da chegada do Papai Noel, inauguração da iluminação natalina e abertura da Casa do Papai Noel, apresentações om Trovadores de Natal, Big Ban Rama e show com Pagode Social.

Neste ano a iluminação conta com cerca de 1 milhão de microlâmpadas, e outros materiais como fibras, isopor, fitas e pingentes. De acordo com a coordenadora da decoração natalina, Cássia Lajus, os investimentos chegam a R$ 500 mil.

Clique e confira a programação completa.


Comente aqui
14 nov12:30

Aposentado de Chapecó trabalha há seis anos como Papai Noel

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Hercílio Pedroso, 81 anos, trabalha há seis anos, como Papai Noel em Chapecó. Para o aposentado este é um bom período para ganhar um dinheiro extra e aumentar a renda. Durante o ano, o pai de cinco filhos, trabalha com a venda de calçados e tapetes no bairro São Cristovão, onde mora com um deles.

O homem que trabalhou como pedreiro e carpinteiro já foi contratado para representar o bom velhinho em supermercados, Centro de Tradições Gaúchas (CTG) e em eventos da Prefeitura de Chapecó.

Para dar um ar mais verdadeiro ao personagem, ele cultiva a barba desde o mês de junho.

- A minha barba é branquinha natural, não é como a de alguns papais-noéis que ficam avermelhadas por causa do cigarro – destacou Hercílio.

Para vestir a roupa vermelha do bom velhinho, Hercílio cobra R$ 100 por hora durante os dias que antecedem a data e o mesmo valor, a cada 20 minutos, na noite de natal para fazer a entrega dos presentes.

O aposentado aproveitou o momento e fez questão de cumprir a tradição e desejar a todos um Feliz Natal!


Comente aqui
15 dez15:02

Um Natal mais feliz para crianças carentes de Chapecó

Com o objetivo de proporcionar um natal mais feliz, o Lions Clube Chapecó União realizou uma campanha de arrecadação de brinquedos. Mais de 200 crianças de 0 a 6 anos de idade do berçário, maternal e pré-escola, do CEI – Centro de Educação Infantil Peteca receberam presentes e a visita do Papai Noel.

As crianças dos turnos, matutino e vespertino, receberam das mãos do Bom Velhinho brinquedos doados pelo Lions Clube Chapecó União durante a festa de encerramento de final de ano promovida pela direção do CEI Peteca. Segundo o presidente do Lions Clube União Juliano Ramos, os brinquedos doados foram adquiridos com parte dos lucros do I Jantar Árabe, promovido com apoio da RBSTV Chapecó no mês de outubro. – O jantar foi um sucesso e a intenção é realizar outro em 2012 e  beneficiar outras entidades – disse.

O presidente agradeceu a todos que de alguma forma possibilitaram a felicidade dessas crianças e deseja ainda um Feliz Natal e próspero Ano Novo.


Comente aqui
13 dez09:53

Cartinhas do Papai Noel são entregues em Concórdia

Nesta terça-feira, dia 13, às 10h30, na Casa do Papai Noel, que fica na Praça Dogello Goss, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, e entidades como Acic (Associação Empresarial de Concórdia), CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) e Correios estarão reunidos na Praça Dogello Goss, na casa do Papai Noel.

O objetivo é informar para a imprensa e, consequentemente, toda a sociedade, como será distribuído o grande número de cartinhas enviadas pelas crianças endereçadas ao Papai Noel. A intenção é fazer com que todas sejam atendidas. O Clube dos Jipeiros já se colocou à disposição para ajudar na distribuição dos presentes até as casas das crianças.

Comente aqui
12 dez17:47

Magia do Natal

Luzes, enfeites, Papai Noel e apresentações artísticas fazem parte da programação natalina de Chapecó, organizada pela Prefeitura através da Fundação Cultural e parceiros. Este conjunto de atrações tem levado milhares de pessoas até a Praça Coronel Bertaso, especialmente nos finais de semana.

De acordo com a Diretora Presidente da Fundação Cultural de Chapecó, Roselaine Vinhas, todas as noites, às 21h e às 21h30min, tem apresentações artísticas na Praça Central. Outra atração nestes horários são as luzes dançantes do Museu de História e Arte de Chapecó.

- As pessoas param para acompanhar o espetáculo das luzes dançantes, fotografam, filmam. Percebemos que o público está encantado com o Natal de Chapecó – afirma.

As atrações seguem até o dia 22 de dezembro. Já subiram ao palco da Praça corais, orquestras, grupos vocais, violeiros e representantes de CTGs. Ainda estão previstas mais de 15 apresentações diferenciadas, priorizando os artistas locais.

O Prefeito de Chapecó José Caramori destaca que a intenção é promover uma programação bonita para toda a família. – Queremos que as pessoas se envolvam neste espírito natalino e compartilhem momentos agradáveis em família – explica.


Comente aqui
12 dez09:13

Um milhão de cartas respondidas

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

É pelo CEP 89990 que o Papai Noel recebe milhares de cartas todos os anos. Somente em 2011 ele recebeu quase 200 mil cartas. Mais de 90% são do Sul do país. Mas ele já recebeu cartas até do exterior. Duas são de Juliana Arakcheeva, de Novosibirk, na Rússia.

Como o Papai Noel do Brasil não entende russo, teve que recorrer à amiga da amiga de sua filha, que mora na Rússia, para fazer a tradução Para conseguir responder a todas as cartas ele contrata uma equipe de 12 pessoas. Mas as mais “complicadas” ele mesmo responde.

Normalmente as cartas são de crianças que querem comunicar-se com o bom velhinho. Uns agradecem os presentes. Outros pedem para acabar com a violência. Também há desenhos de escolas que mandam várias cartas. E também há solicitações de presentes. O Papai Noel diz que pedidos como notebook são logo descartados. Mas se há pedidos de crianças carentes pedindo um brinquedo ou algo mais singelo, ele procura dar um jeito de atender.

Para isso conta com o apoio de empresários e colaboradores, que acabam adotando algumas cartinhas.

No porão de sua casa, onde montou o escritório, ele tem um acervo de mais de um milhão de cartas. Entre tantas, duas histórias lhe chamaram a atenção. Numa delas um menino reclamava que os pais brigavam muito, e que traziam o “diabinho” para dentro de casa. O Papai Noel recomendou que em toda vez que os pais brigassem ele pegasse um crucifixo e corresse em volta deles fazendo emitindo o seguinte som: “mmmmmm”. Depois de um mês, um menino veio lhe contar que os pais perguntaram o motivo daquela atitude e, diante da atitude do menino, pararam de brigar.

Em outro caso uma criança de nove anos pediu um colchonete pois em sua casa dormiam em três no mesmo colchão. Comovido com a história, o Papai Noel conseguiu um empresário que adotasse o pedido. Quando foram levar o colchonete, viram que a família morava em condições precárias. Foi realizada uma ação com o apoio de entidades como Rotay e, construídos mais dois cômodos e um banheiro para a família. Não contente, um empresário ainda consertou uma geladeira velha e levou para a família na véspera do Natal. As crianças comemoraram pois pela primeira vez iriam ter água gelada e poderiam até fazer picolé.

>> A rotina do Papai Noel

Funcionários convivem com piadas

Os funcionários que trabalham com o Papai Noel muitas vezes são alvos de piadas. Mas, para Jota Antunes, que está há dois anos com Lazzarotto, é uma atividade gratificante.

Até a família sobre com algumas brincadeiras. –Já acostumei em ser a filha do Papai Noel- disse Verônica.


Curiosidades sobre o Papai Noel do Brasil

-Ele já foi convidado para realizar palestras na TEDx, conferência que reúne personalidades do mundo inteiro para relatar suas experiências. O Papai Noel do Brasil participou de conferências em Porto Alegre e Curitiba. Também fez palestra na Unisinos-RS.

-A imagem do Papai Noel do Brasil está em 9 milhões de cartões da Brasil Telecom e da Oi, em 15 imagens diferentes.

-Ele tem uma coleção particular de 1,3 milhão de cartões, que estão sendo transformados em jogos da memória. Os jogos são distribuídos gratuitamente para crianças carentes nas cidades que visita.

-Pacotes de 200 cartões telefônicos estão sendo trocados por gaiolas que são destruídas numa iniciativa de combate ao tráfico de animais silvestres. No ano passado ao Papai Noel se trancou numa gaiola no centro de Chapecó para chamar a atenção sobre o tema.

-Ele pretende distribuir um milhão de sementes nativas em pacotes, num projeto que está sendo realizado em parceria com a Unochapecó.

-Já foram lançadas cinco gibis com histórias do Papai Noel do Brasil.




Comente aqui
11 dez12:04

Comércio de Chapecó aberto até as 21 horas

O comércio de Chapecó amplia o atendimento até as 21 horas a partir deste domingo. A sugestão da CDL Chapecó é a abertura das lojas das 16 às 21 horas com a realização do primeiro domingo especial de compras do mês de dezembro.

No período de 12 a 17 de dezembro o atendimento será até às 21 horas. No domingo, dia 18, será das 16 às 22 horas. De 19 a 23 de dezembro será até às 22 horas. No sábado, dia 24, véspera de Natal, será até às 16 horas. No domingo, dia 25, feriado de Natal, as lojas estarão fechadas.

No período de 26 a 30 de dezembro as lojas atenderão até às 19 horas e no sábado (31), véspera de ano novo, até às 17 horas.

A CDL informa que nos horários sugeridos estará oferecendo o suporte interno de SPC aos seus associados para que possam realizar suas vendas com a segurança disponibilizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito.


Casa do Papai Noel

Para reforçar ainda mais o espírito natalino até o dia 23 de dezembro, das 17 às 22 horas, o “Bom Velhinho” recebe às crianças para fotos e pedidos na Casa do Papai Noel.

Os visitantes também podem deixar cartinhas, adotar solicitações de presentes e doar alimentos não perecíveis. Neste ano, a recomendação para os voluntários que adotarem cartinhas é que entreguem os presentes na casa da criança na semana do Natal.


Comente aqui
10 dez19:54

A rotina do Papai Noel

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Desde que se tornou o Papai Noel do Brasil Élio Lazzarotto vive o Natal o ano inteiro. Já em janeiro ele começa a visitar as prefeituras ou entidades de classe para oferecer a “Chegada do Papai Noel”. O primeiro contrato de 2011 foi assinado no dia 11 de janeiro, com Campo Largo/PR.

Ele orienta para que mandem cartas para ele. Depois as cartas são respondidas e devolvidas no mesmo envelope.

A partir de março começa a deixar a barba crescer. Em novembro, faz as quatro descolorações da barba para ficar bem branca. O uso de produtos químicos às vezes provocam até feridas. Mas ele considera fundamental usar a barba natural.

– As crianças puxam a barba e quando vêem que é de verdade tem mais confiança – afirmou.

Depois, é só colocar as fantasias, embarcar no helicóptero e visitar as cidades. E, para não molhar a fantasia com o suor ele veste outra roupa por baixo. Dicas de quem já é experiente no assunto.

Família na labuta

Toda a família de Élio Lazzarotto fica envolvida na produção natalina. O filho Rodolfo, que mora em Brusque, cuida da parte jurídica dos contratos. A filha mais velha, Tatiana, que mora em São Paulo, faz a parte de assessoria de imprensa e marketing. A filha mais nova, Verônica, cuida da logística de responder as cartinhas. E a esposa, Suelândia, é a responsável por atender o telefone e cuidar da fantasia.

O engraçado é que, tirando o seu Élio, ninguém gosta muito de fotografia. Não foi fácil convencer Verônica a fazer uma foto. Suelânia nem quis saber. Ela afirmou que gosta do Natal, gosta de enfeitar a casa mas não gosta de aparecer.

Quando seu marido decidiu encarnar o personagem de Papai Noel, ela deu o maior apoio. –Ele gosta disso- afirmou.


Como Élio Lazzarotto virou o Papai Noel do Brasil

Em 1982 o gaúcho de Caxias do Sul-RS, Élio Lazzarotto, que havia decidido morar na cidade catarinense de São Lourenço do Oeste, recebeu convite para se fantasiar de Papai Noel. Era uma festa para 300 pessoas. Ele gostou da função e passou a fazê-la esporadicamente.

Em 1999 ele recebeu um convite mais sério, para fazer a chegada do Papai Noel em 29 cidades de Santa Catarina. No ano seguinte foram 41 cidades, nos três estados do Sul. Mas, a partir de uma notícia de um homicídio praticado por alguém fantasiado de Papai Noel, Élio Lazzarotto pensou que deveria ter um diferencial. Foi então que, em 2001, pediu o registro de “Papai Noel do Brasil” no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI).

–O funcionário da empresa de registro de marcas e patentes disse que não devolveria o dinheiro em caso de negativa, pois se tratava de domínio público- lembrou Lazzarotto. – Mas tenta – insistiu.

Em 22 de dezembro de 2009 ele recebeu o certificado do INPI dando-lhe direito sobre o nome Papai Noel do Brasil. –Sou o único que tem isso- orgulha-se. Foi então que ele deixou de trabalhar com “importação” de produtos do Paraguai e passou a se dedicar apenas a viver do Natal.

Neste ano ele vai fazer 85 “chegadas do Papai Noel” em 50 cidades. Ele fica entre 1h30 até quatro horas em cada cidade. –Enquanto tiver alguém para abraçar o Papai Noel eu fico- explicou. O custo para cada cidade varia de R$ 6,5 mil até R$ 20 mil em alguns casos, onde há vários eventos no mesmo municípios.

Apesar de movimentar cerca de meio milhão de reais ele afirma que sobra apenas cerca de R$ 30 mil por ano. O motivo é o custo com o helicóptero, de R$ 3,2 mil a hora, mais gastos com telefone, correspondência, funcionários e combustível.

Realmente Lazzarotto não aparenta estar enriquecendo com a atividade. Ele tem uma casa boa, parece viver bem, mas nada de luxo ou ostentação. Parece que ele gosta mesmo é de viver o Natal e o seu personagem.


Comente aqui
08 dez16:12

Papai Noel dos Correios

Em Chapecó 507 cartinhas foram adotadas e duas escolas recebem a visita do Papai Noel, que além de trazer alegria, distribui doces e guloseimas para as crianças.

A primeira entrega foi realizada nesta quinta-feira. Na sexta-feira o Bom Velhinho deve visitar outra escola da cidade.

A ação, desenvolvida em todo o Brasil há 22 anos, é uma das maiores campanhas sociais natalinas do Brasil. O principal objetivo é responder às crianças que escrevem ao Papai Noel, além de atender, sempre que possível, aos pedidos de presentes de Natal das que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Só em Santa Catarina, a campanha atendeu 16 mil crianças em 2010.

Em parceria com 180 instituições de ensino público do Estado, mais de 15 mil crianças de 42 municípios catarinenses participam da edição deste ano. Desses municípios inscritos cinco ficam na região Oeste: Caibi, Chapecó. Concórdia, São Carlos e São Miguel do Oeste.


Comente aqui