Paraíso

02 jul12:17

Abraça SC: Morando no Paraíso

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Muita gente não sabe mas o Paraíso fica em Santa Catarina. Basta seguir a BR 282 em direção ao Oeste, passar por Joaçaba, Xanxerê, e Chapecó até chegar em São Miguel do Oeste, lá siga as placas que indicam Paraíso. Daí são mais 29 quilômetros, passando por quatro pontes, até chegar num povoado onde não há construções com mais de dois andares, a maioria das casas não tem grade no terreno, calçados ficam nas calçadas e ninguém rouba, é possível colher bergamotas nos quintais e caminhar tranquilamente sem o risco de ser atropelado.

-Se for pensar no lado da tranquilidade aqui é mesmo o paraíso- afirmou o médico Márcio Gonzalhes, que escolheu a cidade para fixar moradia, junto com a esposa. Mesmo com ela trabalhando em Mondaí, a 70 quilômetros, e ele também trabalhando em São Miguel do Oeste, a quase 30 quilômetros, eles optaram por Paraíso.

Gonzalhes considera que a cidade onde mora tem muitas vantagens.

– Aqui não tem roubo e a saúde é uma das melhores, com plantão 24 horas- afirmou, puxando a brasa pro seu assado. Ele afirmou que a convivência com os vizinhos é uma das melhores que já teve. – Eles nos tratam como se fosse da família- explicou.

Além da hospitalidade da população, ele quase não vê violência. Em dois anos como médico, só atendeu dois casos de briga e não lembra de nenhum homicídio.

– É um povo que não é violento e formado por pessoas humildes- avaliou.

A exemplo de 34% dos 4.080 moradores de Paraíso, Gonzalhes veio de outro estado. Ele é natural de Pelotas-RS, estudou em Porto Alegre e há seis anos está trabalhando em Santa Catarina.

Algumas famílias, como a Palu, que veio de Guaraciaba, consideram que ainda falta um “empurrãozinho” para a cidade seja um Paraíso. Há três anos finalmente chegou o asfalto, que vai até no rio Peperi-Guaçu, na fronteira com a Argentina. O país vizinho está asfaltando os 40 quilômetros que farão a ligação da cidade de San Pedro com a BR 282.

- A cidade tende a crescer pois aqui será uma rota entre os dois países- prevê Gonzalhes. Ele só espera que o desenvolvimento traga apenas benefícios e não termine com a tranquilidade que o fez morar e trabalhar em Paraíso.


Comente aqui
28 mai17:42

EEB Adolfo Silveira de Paraíso promove festa junina

Na sexta-feira, dia 1º, a EEB Adolfo Silveira de Paraíso promove uma Festa Junina no ginásio do Esporte Clube Cruzeiro. A programação inicia às 19h com diversas apresentações, danças e comidas típicas e tendas. Após as apresentações, haverá baile.

A diretora da escola, Antonia Kochem, destaca que o objetivo da escola é a integração entre família, unidade escolar e comunidade. – Contamos com a presença de todos os pais e também da comunidade em geral – disse.

Os ingressos antecipados estão sendo vendidos na direção da escola.



Comente aqui
22 mar14:34

Protetores Ambientais em Paraíso

A região Extremo-Oeste ganhou mais um reforço na preservação da fauna e da flora com o início de uma nova turma do Programa Protetor Ambiental. No Dia Mundial da Água, comemorado nesta quinta-feira, 22, a Polícia Militar Ambiental de São Miguel do Oeste, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste, Prefeitura de Paraíso, Poder Judiciário e Ministério Público Estadual, iniciaram o Programa no município de Paraíso.

O ato de inclusão dos 20 alunos ocorreu na Escola Municipal da Linha Três Passos, em Paraíso e contou com a participação de autoridades regionais e municipais, além dos pais e demais familiares dos jovens que ingressaram no Programa. É a primeira turma de Protetores Ambientais no município, demonstrando, conforme o comandante do 2º Pelotão da 5ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental de São Miguel do Oeste, tenente Sadiomar Dezordi, o interesse da comunidade com a proteção dos recursos naturais.

Os alunos terão 120 horas/aulas, nas quais se destacam as atividades práticas, viagens de estudo, participação em seminários, palestras e eventos diversos da área. – Queremos ensinar e aprender com os alunos, tornando-os multiplicadores dos conhecimentos adquiridos nas temáticas ambientais – disse o tenente Dezordi.

Os alunos receberam durante a solenidade, os uniformes de Protetores Ambientais. Esta é a 6ª turma da região do 2º Pelotão da Polícia Militar Ambiental, sendo que já foram formados ao todo mais de 120 protetores. A previsão de término do curso, iniciado em Paraíso, é para final de 2012.


Comente aqui
20 fev10:11

Motociclista bate em cabeceira de ponte e morre na BR 282

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A colisão foi por volta das 19h40 do domingo, dia 19, no Km 653, da BR 282 em São Miguel do Oeste. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal de Maravilha, o motociclista Cleder da Silva Kehler, 22 anos, colidiu contra a proteção lateral da ponte do Rio Camboím na saída para a cidade de Paraíso.

O Corpo de Bombeiros de São Miguel do Oeste foi chamado para atender a ocorrência, mas Cleder não resistiu e morreu no local.

Ele está sendo velado na Igreja Evangélica de Paraíso. O enterro será às 14h no cemitério municipal da cidade.


Comente aqui
13 jan15:13

Passageira do acidente na BR 282 em Paraíso recebe alta

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Bruna Rodrigues Meireles, de 14 anos, que estava internada no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste, recebeu alta no início da tarde. Ela estava no veículo envolvido em acidente na noite desta quinta-feira na BR 282, em Paraíso.

Erci Antonio Terres, 48 anos, motorista perdeu o controle do veículo e bateu na ponte do Rio das Flores. Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal de Maravilha, Adelar Campos, foi constatado que o Erci estava embriagado. – O resultado do bafômetro foi de 1,06, ou seja, 10% a mais do limite permitido – disse Campos.

Ele foi preso em flagrante pela Polícia Civil e segundo o Delegado Rudinei Charão Teixeira, o homem foi encaminhado para Presídio de São Miguel do Oeste.


Comente aqui
13 jan11:08

Motorista embriagado é preso após acidente na BR 282, em Paraíso

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Erci Antonio Terres, 48 anos, motorista perdeu o controle do veículo e bateu na ponte do Rio das Flores, no Km 653, da BR 282 em Paraíso. O acidente foi por volta das 22h desta quinta-feira.

Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal de Maravilha, Adelar Campos, foi constatado que o Erci estava embriagado. – O resultado do bafômetro foi de 1,06, ou seja, 10% a mais do limite permitido – disse Campos.

Ele foi preso em flagrante pela Polícia Civil e segundo o Delegado Rudinei Charão Teixeira, o homem foi encaminhado para Presídio de São Miguel do Oeste.

Outras três pessoas que estavam no veículo foram encaminhadas para o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso. Edinei Amauri Grzegrcik Werlang, 19 anos e Grazieli Kaiser Veiga, 12 anos, que tiveram lesões leves, receberam alta no início da manhã. Já Bruna Rodrigues Meireles, de 14 anos, permanece internada.




Comente aqui
01 dez11:45

Professor de escola municipal é preso suspeito de estupro contra alunas em Paraíso

Um professor da rede municipal de ensino de Paraíso foi preso suspeito de estuprar alunas da cidade. A Polícia Civil cumpriu na quarta-feira, 30, o mandado de prisão temporária contra o homem de 45 anos.

Segundo a investigação da polícia do município, o professor pedia beijos e passava a mão no corpo das meninas entre 10 e 11 anos. Ele ameaçava baixar as notas das crianças para elas aceitarem os abusos.

Os primeiros casos começaram em março de 2010. Porém, nos últimos meses os abusos ficaram mais frequentes. Por isso, as meninas decidiram, na quinta-feira da semana passada, relatar à direção da escola. Após essa denúncia, a direção entrou em contato com o Conselho Tutelar.

Na terça-feira, a Polícia Civil foi informada dos abusos e instaurou um inquérito para apurar o caso. Também pediu uma mandado de prisão temporária, cumprido na quarta-feira na escola onde o professor lecionava.

Em depoimento à polícia, as meninas informaram que, após a denúncia à direção da escola até a prisão do suspeito, passaram a ser ameaçadas pelo professor. Ele teria desconfiado da delação e disse que se vingaria se elas tivesse contato para alguém sobre os abusos.

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui