Paralisa

22 nov09:53

Diplomata paralisa abates dia 21 de dezembro

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Diplomata informou, nesta quarta-feira, que os abates na unidade de Xaxim serão paralisados no dia 21 de dezembro. Ainda existem cerca de 3,5 milhões de aves no campo para serem abatidas.

O abate diário em Xaxim é de 120 mil animais, metade do que era no auge da produção. A empresa informou que, após algumas dificuldades enfrentadas nas últimas semanas, como problemas de corte de energia e paralisação de alguns funcionários, nesta semana a unidade está trabalhando normalmente.

O fornecimento de ração foi regularizado e o pagamento de parte do salário de outubro, que estava atrasado, teria sido quitado.

No entanto, não estão sendo entregues mais pintinhos para os avicultores, em razão da parada programada para dezembro. A Diplomata informou que deve suspender as atividades por três a quatro semanas, dando férias coletivas para os 1,1 mil funcionários com o objetivo de se reestruturar. Mas garante que a produção será retomada.

>> Diplomata anuncia suspensão de atividades

A empresa com sede no Paraná enfrenta dificuldades financeiras e entrou com pedido de recuperação judicial. Em alguns momentos, chegou a faltar ração no campo. Há atraso no pagamento dos cerca de 650 avicultores integrados e também de alguns fornecedores.

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul (Fetraf-Sul) divulgou uma nota demonstrando preocupação com a situação dos avicultores. Na semana passada, houve um ato público que reuniu cerca de 2 mil pessoas em Xaxim.

Existe aflição na cidade pois a Diplomata representa metade da arrecadação de impostos do município. De acordo com o presidente da Associação Comercial e Industrial de Xaxim, Aldicir Alessi, houve uma queda de 35% no movimento do comércio em virtude da crise da agroindústria.

A unidade de Xaxim, avaliada em R$ 148 milhões, foi arrendada pela Diplomata em dezembro de 2003, após a concordata e posterior falência da Chapecó Alimentos.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui