Passos Maia

17 out15:45

Motociclista do acidente em Passos Maia conversou com a mãe

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

José Valdomiro Eufrágio, 21 anos, que ficou cinco dias ferido, preso debaixo de sua motocicleta, em Passos Maia, saiu do coma. Ele segue internado no Hospital Regional de Chapecó. O caso dele é estável. Segundo informações do hospital, o jovem está consciente e já conversou com a mãe Maria Eufrágio. Na quarta-feira ele deve ir para um quarto.

A mãe de José disse que na quarta-feira, 12, dia de Nossa Senhora Aparecida, bem cedo pela manhã ela fez uma oração em frente a Santa.

– Eu queria uma notícia dele e às duas da tarde fui avisada que o José havia sido encontrado com vida e estava no hospital – disse.

Os Bombeiros que atenderam o caso encontraram na carteira dele uma medalhinha com a imagem da Santa.


Médico acredita que foi um milagre

O médico neurologista Cleiton Piekala, que atendeu o caso de José, acredita que o paciente ficou inconsciente após o acidente.

- Avalio que foi um milagre – disse.

Principalmente pelo braço fraturado, que poderia causar infecção generalizada.

- Às vezes um paciente com braço necrosado não sobrevive 48 horas- calculou.

Alguns fatores contribuíram para que José Valdomiro sobrevivesse. Um deles foi o fator de ser jovem e não ter nenhum problema de coração e diabetes. Outro foi o tempo nublado e a baixa temperatura do período, que evitaram um degeneração mais rápida do organismo.

José passou por cirurgia na mesma noite em que foi encontrado e teve o braço direito amputado. O motociclista foi encontrado na manhã de quarta-feira em Passos Maia, próximo a rodovia SC-465, em um local com bastante vegetação e sem moradores por perto.

De acordo com o chefe de socorro do Corpo de Bombeiros, Edson Brites de Oliveira, o jovem estava tão ferido que parecia morto. Ele teria se acidentado na sexta-feira, 7 de outubro, por volta das 20h30min, no quilômetro 4,4, quando retornava para casa após o trabalho, em Ipumirim.


Comente aqui
17 out08:44

Sai do coma motociclista resgatado cinco dias após acidente em Passos Maia

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

José Valdomiro Eufrágio, 21 anos, que ficou cinco dias ferido, preso debaixo de sua motocicleta, em Passos Maia, saiu do coma no domingo. Ele segue internado no Hospital Regional de Chapecó. O caso dele é estável. Segundo informações do Hospital ele está consciente e já conversou com a mãe.

A família rezou e fez promessas para a Nossa Senhora Aparecida pela recuperação de José. No dia em que os bombeiros encontraram a vítima, acharam também uma medalha da Nossa Senhora Aparecida na carteira do motociclista.

José passou por cirurgia na noite de quarta-feira e teve o braço direito amputado. O motociclista foi encontrado na manhã de quarta-feira em Passos Maia,  próximo a rodovia SC 465, em um local com bastante vegetação e sem moradores por perto.

De acordo com o chefe de socorro do Corpo de Bombeiros, Edson Brites de Oliveira, o jovem estava tão ferido que parecia morto. Ele teria se acidentado na sexta-feira, 7 de outubro, por volta das 20h30min, no quilômetro 4,4, quando retornava para casa após o trabalho, em Ipumirim.


Comente aqui
14 out20:08

Motociclista encontrado vivo continua internado em estado grave

Sirliane Freitas | sirli.freitas@diario.com.br

José Valdomiro Eufrágio, 21 anos — que ficou cinco dias ferido, preso debaixo de sua motocicleta, em Passos Maia, no Oeste Catarinense — continua no Hospital Regional de Chapecó e segue em coma.

De acordo com Elizandra de Oliveira, parente da vítima, a mãe de José, Maria Eufrágio, que está no Hospital, ligou para a família confiante na recuperação do filho.

— Ela contou que ele mexeu o dedo do pé e a sobrancelha — disse Elizandra.

Segundo a técnica de enfermagem do Hospital Regional do Oeste, Sanderlei Freitas, a movimentação de pacientes em coma é possível, porém também é possível que o movimento seja por estímulos neurológicos, inconscientes e não por vontade da pessoa.

A família reza e faz promessas para a Nossa Senhora Aparecida pela recuperação de José. No dia em que os bombeiros encontraram a vítima, acharam também uma medalha da Nossa Senhora Aparecida na carteira do motociclista.

— José é forte, se ele aguentou tantos dias, ele vai sobreviver — diz Elizandra.


Hospital divulga nota

A Assessoria de Imprensa do Hospital divulgou nota sobre o estado de saúde do jovem, Confira a íntegra do texto:

De com o médico plantonista da UTI Geral, Carlos Luzzi do Hospital Regional do Oeste (HRO) o paciente José Valdomiro Eufrágio, 21 anos, assim que deu entrada no Pronto Socorro do HRO, ainda na tarde de quarta-feira, dia 13, fora imediatamente atendido pela equipe médica e enfermagem de plantão além de junta médica composta por clínico geral, cirurgião, ortopedista, neurologista e anestesista . Além do atendimento emergencial, fora submetido a exames e passou por tomografia. O paciente também foi submetido a procedimento cirúrgico, onde teve amputação total do braço direito. O paciente encontra-se em leito de isolamento na UTI Geral onde é assistido por equipe médica e enfermagem de plantão. O quadro do paciente persiste grave. Ele está em coma e respira com auxílio de aparelhos.

Comente aqui
13 out12:48

Motociclista encontrado vivo em Passos Maia teve braço amputado

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

José Valdomiro Eufrágio, 21 anos passou por cirurgia na noite de quarta-feira. Ele teve o braço direito amputado. A mãe da vítima, Maria Eufrágio, está no Hospital e não quis falar com a imprensa. Ela ainda está abalada com o caso.

A Assessoria de Imprensa do Hospital divulgou nota sobre o estado de saúde do jovem:

De com o médico plantonista da UTI Geral, Carlos Luzzi do Hospital Regional do Oeste (HRO) o paciente José Valdomiro Eufrágio, 21 anos, assim que deu entrada no Pronto Socorro do HRO, ainda na tarde de quarta-feira, dia 13, fora imediatamente atendido pela equipe médica e enfermagem de plantão além de junta médica composta por clínico geral, cirurgião, ortopedista, neurologista e anestesista . Além do atendimento emergencial, fora submetido a exames e passou por tomografia. O José também foi submetido a procedimento cirúrgico, onde teve amputação total do braço direito. O paciente encontra-se em leito de isolamento na UTI Geral onde é assistido por equipe médica e enfermagem de plantão. O quadro do paciente persiste grave. Ele está em coma e respira com auxílio de aparelhos.

Segundo parente da vítima, Paulo Cesar Pereira da Cruz, a moto Gross 150 laranja envolvida no acidente foi entregue pela Polícia Civil para a família. Ele disse ainda que a Polícia só foi procurada na segunda-feira, quatro dias após o desaparecimento, pois acreditavam que ele tivesse ido visitar parentes em Xanxerê.

No dia do acidente José havia viajado para Ipumirim, para levar um atestado médico pois estava gripado. De acordo com Elizandra de Oliveira, ele fazia o mesmo trajeto há 3 meses. – Ele saía de casa sempre às 11h30min e retornava para casa às 4 horas da manhã – disse Elizandra.

>> O motociclista foi encontrado vivo cinco dias depois do acidente na SC 465 em Passos Maia.


1 comentário
13 out10:37

Motociclista encontrado vivo em Passos Maia está na UTI

José Valdomiro Eufrágio, 21 anos passou por cirurgia na noite de quarta-feira e segue internado na UTI do Hospital Regional do Oeste em Chapecó. Segundo a assessoria do Hospital o quadro do paciente é considerado grave. A mãe da vítima está no Hospital.

O motociclista foi encontrado vivo cinco dias depois do acidente na SC 465 em Passos Maia. Ele estava com o braço direito quebrado, já em estado de putrefação, uma queimadura no rosto provocado pelo cano de descarga na moto e um corte no supercílio.


Comente aqui
12 out19:53

Motociclista é encontrado vivo cinco dias após acidente

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br  *Colaborou Juliano Zanotelli

Um homem que ficou quase cinco dias ferido, preso debaixo de sua moto, foi encontrado com vida no início da tarde desta quarta-feira, em Passos Maia, próximo da SC 465. O motociclista José Valdomiro Eufrágio, 21 anos, estava com o braço direito quebrado, já em estado de putrefação, uma queimadura no rosto provocado pelo cano de descarga na moto e um corte no supercílio.

–A primeira impressão é que ele estava morto- disse o chefe de socorro dos Bombeiros de Ponte Serrada, Edson Brites de Oliveira.

Os Bombeiros foram chamados pela Polícia Militar por volta das 13h30, após a vítima e a moto ter sido visto por algumas crianças que retornavam para Passos Maia, depois de uma atividade em Ponte Serrada. Devido à altura do ônibus elas conseguiram observar a moto e o homem.

O policial rodoviário estadual Adriano Volmir Lopes informou que a vítima estava a sete metros da rodovia, num declive cheio de vegetação e numa região onde não há moradores por perto. José  se acidentou na sexta-feira, por volta das 20h30, no quilômetro 4,4 da rodovia, quando retornava para casa após o trabalho, em Ipumirim.

Familiares tentaram buscas em vão. Na segunda-feira comunicaram o desaparecimento na Polícia Civil de Passos Maia. Eufrágio foi levado primeiro para o hospital de Ponte Serrada e, onde recebeu atendimento de respiração artificial e acabou melhorando os batimentos cardíacos. Em seguida foi levado para o Hospital Regional do Oeste, onde passa por cirurgia.



Comente aqui