Pele

17 set09:51

Veja quais alimentos aceleram o envelhecimento da pele

Batata frita, churrasco, açúcar e refrigerante são alguns dos maiores inimigos para a jovialidade da pele. De acordo com a dermatologista Vanessa Penteado, alguns alimentos que costumamos comer no dia a dia podem auxiliar no ganho de peso e também proporcionar o envelhecimento cutâneo.

— Alguns alimentos provocam o excesso de produção de radicais livres, que aceleram o envelhecimento celular, fazendo com que na pele surjam manchas, asperezas, rugas e outros sinais do envelhecimento precoce — explica a médica.

A pele, ao longo dos anos pode sofrer perda de elasticidade, luminosidade, flacidez e provocar o surgimento das marcas de expressões, além de outros fatores. Poluição ambiental, tabagismo, agrotóxicos e o estresse, conforme a especialista, aumentam a produção de radicais livres e, consequentemente, aceleram o envelhecimento.

— A única maneira de proteger o organismo desses radicais é a ingestão de alimentos com funcionais antioxidantes. Eles possuem substâncias neutralizadoras que são responsáveis pela inibição e redução da danificação provocada no nível celular — ressalta a dermatologista.

Investir em soluções que podem atrasar os sinais de envelhecimento da pele passou a ser uma alternativa de muitas melhores entre os 35 a 40 anos, justamente a idade em que as rugas resolvem aparecer. Uma alimentação regrada pode retardar o envelhecimento, além de proporcionar diversos benefícios à saúde.


Preste atenção nos perigos de alguns alimentos:

:: Carne Vermelha — coração de galinha, picanha e cupim produzem o excesso de gordura que proporcionam o aumento do colesterol e também é considerado um dos vilões do coração e das células. O ideal é consumir 7% das gorduras saturadas.


:: Frios — salame, mortadela e presunto são ricos em gorduras saturadas e contêm nitratos que inflamam as células que favorecem ao envelhecimento precoce. Reduza o consumo desses frios.


:: Frituras — batata frita e outras frituras atacam as células corporais devido ao excesso de gordura nociva. Não importa o quanto deliciosas elas são, é melhor evitar.


:: Doces — sabe aqueles doces recheados de creme à base de ovos, leite e gordura saturada? São perigosíssimos, eles contém excesso de açúcar, que liberam radicais livres no organismo acelerando o envelhecimento da pele. É bom maneirar na ingestão de doces, bolachas recheadas e pão francês.


:: Congelados — apesar da praticidade dos alimentos congelados, eles oferecem um grande perigo para quem deseja cuidar da pele. Os níveis elevados de fosfato encontrados nesses alimentos aceleraram os sinais de envelhecimento. Entre outros problemas relacionados aos congelados, está o aumento da severidade de complicações relacionadas com a idade, doença renal crônica e calcificação cardiovascular.


:: Açúcar — o açúcar faz uma ligação das moléculas com as proteínas no organismo, conhecido como glicação, é um processo natural que provoca na pele o efeito de perda da elasticidade e firmeza da derme, causando flacidez e favorecendo o envelhecimento. Além do, surgimento de marcas de expressão como as rugas. A única solução é diminuir o consumo do açúcar e acrescentar mais vegetais, que são ricos em antioxidantes.


:: Desequilíbrio alimentar — o ideal é manter uma alimentação rica em vegetais, frutas, cereais, hortaliças e leguminosas. Se você conseguir colocar na balança todos esses alimentos e consumir doses diárias de cada um deles será possível conservar a pele. Insira em suas refeições alimentos em vitamina C e E como: laranja, limão, nozes, cenoura, fígado, brócolis, melão, acerola e tomate.


BEM-ESTAR



Comente aqui
13 ago13:12

Cuidados fundamentais para combater a oleosidade da pele

Se manter normalmente a pele bonita e saudável já é complicado, a dificuldade só aumenta quando a oleosidade aparece. Os poros alargados deixam a pele brilhante e são fontes de acne. Saiba os cuidados fundamentais que podem ajudar a evitar o problema:

> Lavar o rosto e limpar a pele pelo menos duas vezes ao dia.

> Usar sabonetes específicos para pele oleosa, com ácido ou enxofre na composição que evitam a produção de sebo.

> Aplicar géis com antibióticos ou alfa hidroxiácidos, que fazem a renovação celular e controlam a secreção sebácea.

> Usar filtros solares diariamente com fórmulas especiais para pele oleosa.

Caso o problema seja hormonal, é importante visitar um dermatologista para iniciar um tratamento.


DONNA ZH



1 comentário
18 jun09:17

Mau uso de cremes hidratantes pode prejudicar permanentemente a pele

A maioria dos brasileiros pensa que cremes são inofensivos, principalmente as mulheres. É comum o uso indicriminado de hidratantes que podem causar danos na pele, como manchas, alergia, irritação ou acne. Por isso, a dermatologista Pietra Martini lembra que o que é bom para um tipo de pele pode ser um desastre para outro.

— A acne, por exemplo, pode ser agravada em pessoas com pele oleosa que usam o hidratante inadequado, o que acarreta cicatrizes difíceis de serem revertidas.

A especialista afirma que no inverno os prontuários de 130 pacientes mostram que 48, ou 37%, buscaram o consultório médico devido ao agravamento da acne decorrente da aplicação de hidratante.

—Isso acontece porque o tempo frio desidrata todos os tipos de pele — oleosa, normal, mista ou seca — e cerca de 60% da população usa creme sem orientação médica.

Conforme dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), sete em cada 10 brasileiros têm pele oleosa. Essas pessoas devem usar hidratante e filtro solar livre de óleo ou oil free, caso contrário, a excessiva oleosidade entope os poros, formando cravos e espinhas que causam cicatrizes se forem apertados.

A médica ressalta que a segunda maior complicação decorrente do uso indiscriminado de cremes é a alergia. Correspondeu a cerca de 33% dos 130 prontuários ou 42 consultas. Segundo Pietra os hidratantes com uréia e os cremes que contêm ácido glicólico ou retinóico são os que mais causam irritação e alergia. Por isso só devem ser usados após avaliação médica.

Além disso, Pietra também ressalta que a falta de orientação faz muitas mulheres terem gastos desnecessários. —Usar cremes para combater rugas e flacidez antes dos 25 anos não trás benefício, porque é a partir desta idade que a pele inicia o processo de envelhecimento— explica ela. Cirurgias plásticas devem ser combinadas com cremes e procedimentos como peeling, botox, laser e radiofreqüência e sempre acompanhadas por um médico especialista.


Dicas para potencializar tratamentos

:: Para maior penetração do creme, antes da aplicação lave a pele com água morna

:: Lave o rosto com sabonete neutro.

:: Evite produtos que contêm álcool para não estimular as glândulas sebáceas

:: Aplique um hidratante com protetor solar pela manhã e repita a aplicação no meio do dia.

:: Nunca durma sem lavar o rosto


BEM-ESTAR



Comente aqui
09 jun20:51

Aumento do fator mínimo de proteção reforça papel do filtro solar na prevenção do câncer de pele

Taís Seibt | tais.seibt@zerohora.com.br

Qualquer aumento no fator de proteção solar é importante para a pele. A consideração do presidente regional da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Gustavo Corrêa, sobre as novas normas para a fabricação de protetores solares divulgadas esta semana pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se justifica pela importância do produto na proteção da pele contra os efeitos do sol. O próprio Instituto Nacional do Câncer (Inca) recomenda uso de protetor solar para evitar o câncer de pele, tanto que se discute se ele não deveria ganhar status de medicamento em vez de cosmético.

Pelas novas regras, o fator mínimo de proteção solar (FPS) aumenta de 2 para 6. O FPS mede a ação contra os raios ultravioleta B (UVB). A proteção contra os raios UVA terá de ser de pelo menos um terço do valor do FPS e deverá estar expressa no rótulo. Fica proibido usar expressões como “bloqueador solar” ou “100% proteção” e será obrigatório informar a necessidade de reaplicação do produto. A norma fixa ainda diretrizes para atestar a resistência do filtro à água e ao suor.

Para Corrêa, mais importante do que a medida da Anvisa é a conscientização. Além de ser fator de risco para melanomas, a radiação solar causa envelhecimento precoce e, em excesso, pode gerar também queimaduras graves. Prejuízos que poderiam ser afastados se o hábito de usar protetor solar fosse levado mais a sério.

A dermatologista Márcia Donadussi considera que as mudanças chegam para colocar às claras o que os dermatologistas já vinham recomendando há tempos. Para ela, inclusive, o fator mínimo poderia ser 15.

— É importante associar outros itens para proteção de melasmas, como uso de chapéu, boné e guarda-sol — orienta.

Estimativas do Inca indicam que o Brasil deve registrar 134.170 novos casos de câncer de pele em 2012. A doença responde por 25% do total de tumores malignos detectados no país e é o tipo de câncer mais comum em pessoas com mais de 40 anos.


Entenda as mudanças

Os fabricantes têm dois anos para se adequar às novas regras. A resolução segue as diretrizes do Regulamento Técnico Mercosul sobre Protetores Solares em Cosméticos, válidas para Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai.


:: O que muda

— FPS mínimo aumenta de 2 para 6


:: O que fica proibido

— Escrever no rótulo “100% de proteção” ou usar o termo “bloqueador solar”


:: O que se torna obrigatório

— Proteção UVA de pelo menos um terço do FPS e expressa no rótulo

— Necessidade de reaplicação do produto também deve estar expressa na embalagem

— Resistência à água e ao suor deve ser certificada por meio de testes específicos


Comente aqui
30 mai09:50

Limpeza de pele: peeling demais, estraga

A esfoliação da pele retira células mortas e deixa uma sensação de maior suavidade e luminosidade. O inverno é perfeito para aderir ao procedimento, já que a exposição ao sol é menor. O peeling pode ser químico, feito com produtos cosméticos, ou mecânico, com aparelhos especiais, lixas ou laser. Ambos devem ser feitos no consultório do dermatologista, mas versões mais simples podem ser aplicadas em casa.

Um conselho importante é não abusar demais dos cremes esfoliantes. A aplicação deve acontecer apenas uma vez por semana sob pena de deixar a pele muito fragilizada e descamando. O passo após a esfoliação também é fundamental: aplicar um hidratante com filtro solar antes de sair de casa.


>> Veja como fazer um peeling caseiro usando produtos que você tem em casa

Comente aqui
23 mai10:29

Veja que aspectos da sua pele podem indicar a formação de tumores

Maio é o mês de conscientização sobre o câncer de pele, que tem na exposição excessiva ao sol seu principal fator de risco. De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, cerca de 62 mil novos casos de câncer de pele não melanoma podem ser registrados em homens e 71 mil em mulheres, até 2013. A Região Sul é a mais afetada. Dados da Secretaria Estadual da Saúde informam que são esperados, em Porto Alegre, cerca de 210 novos casos de melanoma em 2012. No ano passado, foram registradas 209 mortes no Rio Grande do Sul em consequência da doença.

O uso do protetor solar é uma estratégia eficaz para a prevenção. A pele branca, por ter menor proteção em relação aos raios de sol, principalmente a radiação ultravioleta, está mais sujeita aos efeitos nocivos do sol. Camelôs, feirantes, agricultores, jardineiros, lixeiros, guardas de trânsito, carteiros, motoboys, operários da construção civil, pescadores e outros profissionais que cumprem suas jornadas de trabalho ao ar livre devem redobrar a atenção.

De acordo com a presidente do Instituto Oncoguia, Luciana Holtz, o melhor método para detectar precocemente o câncer de pele é prestar atenção aos sinais no corpo. Queimaduras, rugas, sardas, manchas brancas, textura rugosa da pele, capilares dilatados, massas escamosas são alguns dos aspectos. Se diagnosticado e tratado enquanto o tumor ainda não invadiu profundamente a pele, o câncer pode ser curado.


Preste atenção nos sinais

Manchas na pele devem ser observadas com cuidado. Fique atento a aspectos como:


:: Assimetria — uma metade diferente da outra

:: Bordas irregulares — contorno mal definido

:: Cor variável — várias cores numa mesma lesão: preta, castanho, branca, avermelhada ou azul

:: Diâmetro — maior que 6 mm


BEM ESTAR

Comente aqui
11 abr07:05

Cuidado com a pele deve começar na juventude

A receita é simples: quando os cuidados com a pele iniciam cedo os problemas surgem mais tarde. A partir dos 20 anos já é recomendado incluir cuidados simples na rotina de beleza com o objetivo de retardar o envelhecimento.

Além do uso constante do filtro solar é importante apostar na limpeza da pele. Ela ajuda a remover células mortas e também a controlar a oleosidade, uma das responsáveis pelo aparecimento da acne. A limpeza com sabonetes líquidos ou em barra, de acordo com o tipo de pele, pode ser feita pela manhã e à noite.

A esfoliação, processo que limpa a pele mais profundamente, é recomendada de uma a duas vezes por semana. Peelings feitos em casa, com ingredientes simples de encontrar, dão conta do recado. Outro cuidado básico, que deve iniciar ainda na infância, é o uso do filtro solar sempre que houver exposição ao sol.

Para quem já faz uso de cosméticos o melhor período de aplicação é durante a noite. Neste período a pele não está exposta a sol e poluição e a absorção dos compostos fica facilitada.


Comente aqui
13 mar11:48

Pele, unhas e cabelos ficam mais bonitos com a nutrição adequada

Com a correria do dia-a-dia, muitas mulheres acabam deixando um pouco de lado o cuidado com a alimentação. Por isso, buscam receitas rápidas para conseguir cabelos sedosos e brilhantes, pele macia e hidratada, unhas fortalecidas, um corpo harmônico e peso ideal. Um passo importante, porém, para conseguir atingir este objetivo é ter uma alimentação equilibrada e balanceada para nutrir corretamente o organismo.

— Muitas pessoas focam nas calorias consumidas, e não no valor nutricional dos alimentos, como uma tentativa de manter o peso ideal. Em muitos casos, isso acaba resultando em uma maior queda de cabelos, unhas fracas, mais acne, ou seja, o terror de qualquer pessoa que busca estar em equilíbrio e de bem com o espelho — afirma a nutricionista Flávia Ferazzo Figueirêdo, de Goiânia.

Com um pouco de empenho e disciplina, qualquer pessoa consegue ter uma alimentação balanceada e equilibrada.

— Além de uma alimentação saudável, é importante praticar exercícios físicos regulares que serão essenciais dar mais pique para o dia a dia e ajudar a reduzir as gordurinhas, deixando cabelos e unhas bem nutridos — ressalta.


Dicas da nutricionista

— Aqui listamos alguns nutrientes importantes para ajudar o organismo a ficar em equilíbrio, mas é muito importante também lembrar-se da individualidade bioquímica de cada pessoa. Ou seja, cada indivíduo deve ter um plano alimentar individualizado respeitando as suas necessidades e limitações — afirma Flávia.


UNHAS

Fracas: Ferro, cálcio, zinco, ácido linoléico

Manchas Brancas: Magnésio, silício e ferro

Amareladas: Distúrbios no sistema linfático, infecção por fungos e diabetes

Alimentos Indicados:Castanha do Pará, amêndoas, nozes, aveia, cevada,vegetais verde escuros, frutas em geral, semente de linhaça, frutos do mar e carnes.


CABELOS

Queda e opacidade: Proteínas, biotina, vitamina D, cobre, zinco, cálcio, ácido pantotênico, magnésio, ferro

Alimentos Indicados:Gema de ovo,aveia, cevada, salsa, carnes vermelhas, peixes, aves e leguminosas.


PELE

Acne: Zinco, vitamina C, vitamina A e E

Alimentos Indicados: Cenoura, mamão, pimentão, tomate, frutas cítricas, abóbora, carnes, peixes, aves, gérmen de trigo.

Manchas: Distúrbios hormonais, vitamina A, C e E

Alimentos Indicados: Soja e derivados, hortaliças verde escuras , frutas cítricas vegetais amareladas e óleos vegetais.

Flacidez Cutânea: Alto consumo de carboidratos de alto índice glicêmico e açúcares; deficiências de vitaminas e minerais antioxidantes

Alimentos Indicados: Arroz integral, pães integrais, massas integrais, abacate, abóbora, frutas vermelhas.

Pele Seca: Vitamina A, biotina, cálcio, ácidos graxos, vitamina B2

Alimentos Indicados: Soja, amêndoas, feijão, lentilha, grão-de-bico, nozes, castanha do Pará, linhaça, laranja, morango, limão, acerola.

Celulite: Iodo, selênio, ômega 3, vitamina C, isoflavonas, clorofila. Disfunções hormonais, deficiências nutricionais, problemas circulatórios e má hidratação

Alimentos Indicados: Azeite de oliva, algas marinhas, castanha do Pará, soja, aveia, peixes de água fria, frutas cítricas e água

Olheiras: Alergias, disbiose, problemas circulatórios

Alimentos Indicados: Folhas verdes e sementes, suco de clorofila, probióticos, Coenzima Q-10, óleo de peixe, vitamina E, chá verde, própolis, suco de uva, semente de linhaça.


DONNA ZH ONLINE



Comente aqui
12 jan09:40

Câncer de pele pode atingir 134 mil brasileiros em 2012

O câncer de pele pode atingir mais de 134 mil brasileiros em 2012, conforme a estimativa divulgada pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca). A doença responde por 25% do total de tumores malignos diagnotados no Brasil. Cuidados com a prevenção devem ser tomados o ano inteiro, e não somente nesta época, quando o uso do protetor solar fica mais popularizado.

Evitar se expor ao sol entre as 10h e as 16h e não "torrar" a pele são medidas para evitar a doença.

A incidência é maior em pessoas de pele e olhos claros, que se expõem frequente e prolongadamente ao sol. Mas, o câncer de pele, tipo mais comum em pessoas com mais de 40 anos pode ocorrer em qualquer pessoa que se expõe excessivamente aos raios solares em horários impróprios (entre 10h e 16h) ou que tenha histórico da doença na família.

— Se for feito um diagnóstico precoce seguido de tratamento imediato, a maioria dos cânceres de pele podem ser curados— afirma Luciana Holtz, presidente e diretora executiva do Instituto Oncoguia, organização não-governamental dedicada à promoção do acesso ao cidadão brasileiro à informação, prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer.


Cuidados

O câncer de pele responde por 25% do total de tumores malignos detectados no país e seus tipos mais frequentes são carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma, este último o mais raro e também o mais maligno, por ter capacidade de se espalhar. O melanoma pode ocorrer sobre uma pinta já existente ou surgir sobre a pele.

— A recomendação é usar protetores solares, evitar a exposição ao sol fora do horário de pico e observar o aparecimento de feridas que não cicatrizam, de manchas escuras ou nódulos na pele, ou de alterações em pintas como aumento, modificação da cor, prurido ou sangramento — aconselha o médico Rafael Kaliks.

Se alguma das situações ocorrer com você, procure um médico e fique atento aos sintomas da doença.


Sintomas

— Lesão na pele em formato de nódulo, de cor rósea, avermelhada ou escura, de crescimento lento, mas progressivo

—Qualquer ferida que não cicatriza em quatro semanas

— Pinta na pele de crescimento progressivo, que apresente coceira, sangramento frequente ou mudança de coloração, de tamanho ou de consistência

—Qualquer mancha de nascença com mudança de cor, espessura, ou tamanho.


DONNA DC

Comente aqui
26 nov09:02

Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele

No sábado, dia 26 de novembro, acontece em Chapecó atividades da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele. Neste dia, profissionais de saúde realizam avaliações e exames gratuitos em pessoas que tenham lesões suspeitas de câncer de pele. As atividades serão desenvolvidas no Centro de Referência em Saúde Municipal, o Cresm, na Rua Sete de Setembro, antiga Caixa Econômica Federal, entre às 8 horas às 12 horas. Esta será a 13ª edição da campanha, que acontece em todo o Brasil.

De acordo com a coordenadora da campanha em Chapecó, a médica dermatologista Maria Elisabeth Bet, a atividade é realizada em parceria entre a Sociedade Brasileira de Dermatologia, Secretaria Municipal de Saúde, profissionais da área médica e acadêmicos de medicina da Unochapecó.

Segundo ela, essa atividade é realizada todos os anos e tem o objetivo de alertar as pessoas sobre o Câncer de Pele. A coordenadora comenta ainda que as pessoas estão mais informadas sobre o Câncer de Pele, e que estão buscando atendimento médico quando tem alguma suspeita ou dúvida.

- As pessoas estão mais preocupadas e estão cuidando melhor da pele. Quero alertar também as pessoas, que não se trata de consultas, vamos examinar somente aquelas pessoas que tem um histórico da doença, ou que tenha as características de pele propensa a doença, ou seja, lesão que cresça de maneira rápida escurecida, que sangre, caia a crosta com muita frequência, que esteja em área exposta ao sol é suspeito – ressalta.

Ela enfatiza ainda que sendo necessário, as pessoas serão encaminhadas ao serviço municipal de saúde, a Secretaria da Saúde, para diagnóstico ou acompanhamento.


Os números do ano passado em Chapecó

Em 2010 foram atendidas 143 pessoas em Chapecó, e destas 16 apresentaram carcinoma basocelulares, quatro CEC, um melanoma, um tumor maligno, 60 pré neoplasias, 59 dermatoses e 11 ausências de dermatoses.

Segundo Maria Elisabeth Bet, pessoas de diferentes idades, variando entre os 16 e os 70 anos de idade, foram realizar exames e procurar orientações. A médica orienta ainda as pessoas para que cuidem da pele e repassa algumas dicas para ter uma proteção efetiva: usar filtro solar com proteção UVA e UVB e fator de proteção de no mínimo 15; aplicar o filtro solar 30 minutos antes da exposição solar; usar boné, chapéu e camiseta quando estiver exposto ao sol e reaplicar o protetor solar a cada duas horas.


Saiba mais


O que é câncer de pele?

É o crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem formando camadas e, dependendo da camada afetada, apresenta-se os diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os carcinomas basocelulares, espinocelulares e melanomas.


O que causa o câncer de pele?

A radiação ultravioleta é a principal responsável pelo desenvolvimento do câncer de pele. Ela se concentra nos raios solares e nas câmeras de bronzeamento artificial. A exposição excessiva e prolongada ao sol aumenta o risco de desenvolvimento desses tipos de câncer e provoca o envelhecimento precoce da pele.


Quais são os sinais precoces do câncer de pele?

Aparecimento de lesão na pele, inicialmente semelhante a uma espinha, que não cicatriza e cresce lentamente – com o passar do tempo a lesão pode sangrar espontaneamente ou formar uma pequena ferida. Também alteração em “pinta” preta ou acastanhada – mudança na cor ou textura; torna-se irregular nas suas bordas ou tem seu tamanho aumentado.


Quem tem chances de desenvolver o câncer de pele?

Qualquer indivíduo pode ser acometido pelo câncer de pele, mas verifica-se maior incidência entre os que apresentam pele, olhos e cabelos claros, os ruivos e os portadores de “sardas”; os que se expõem ao sol por tempo prolongado e os que sempre se queimam e nunca se bronzeiam.


Como prevenir o câncer de pele?

Protegendo-se dos raios solares mediante uso de bonés, roupas e filtros solares adequados. Os cuidados com a exposição solar devem ser adotados a qualquer hora, pois a radiação UVA, que atinge a Terra durante todo o dia, além de ser a maior responsável pelo envelhecimento, também pode provocar o aparecimento do câncer de pele.

Além disso, deve-se evitar a exposição solar entre 10 e 15 horas, pois nesse horário incide a radiação UVB, que é a de maior potencial carcinogênico.


Quais são as regras do sol para as crianças?

Não use filtro solar em bebês até seis meses de idade. Mantenha-os fora do sol. Assegure-se de que haja sombra total nos carrinhos e na cadeirinha do carro. Quando for à rua, use sempre sombrinhas para se proteger do sol.


Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia.


Comente aqui