PMDB

08 out10:58

Clã dos Maldaner volta ao poder em Maravilha

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Em Maravilha o clã da família Maldaner voltou ao poder na cidade. Rosi Maldaner (PMDB), mulher do deputado Celso Maldaner, foi eleita com 7.682 votos, contra 7.098 do candidato à reeleição, Orli Berger (PTB).

É o resgate da tradição da família, que já comandou Maravilha por três mandados, com Celso Maldaner, e também com Casildo Maldaner. Sem falar que o município vizinho de Modelo, também já teve um Maldaner à frente, Carmelito.


Comente aqui
10 jul16:19

PSD e PMDB se unem contra quarto mandato seguido do PT em Concórdia

O atual prefeito João Girardi (PT) e o radialista Cesar Luiz Pichetti (PSD) devem polarizar a eleição de Concórdia. Os dois nomes foram confirmados pelas convenções partidárias e já tiveram os pedidos de registro divulgados no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Além deles, participa da disputa Paulo Afonso Piovezan, pelo PSOL.

João Girardi vai tentar manter a hegemonia petista na cidade, governada pelo partido desde a eleição do hoje deputado estadual Neodi Saretta (PT), em 2000. O PT repete a chapa vencedora da última eleição, com o atual vice-prefeito Neuri Santhier (PT). Completam a aliança PRB, PP, PDT, PSC, PR, PPS e PC do B.

Para encerrar a sequência de mandatos petistas, PSD e PMDB se uniram em torno de Cesar Luiz. Os peemedebistas chegaram a lançar os nomes do deputado estadual Moacir Sopelsa e do ex-secretário regional de Concórdia, Idair Piccinin, mas acabaram fechando com os pessedistas. É a primeira vez que o partido não tem cabeça-de-chapa na cidade. O vereador Closmar Zagonel (PMDB) será candidato a vice-prefeito na aliança, que conta também com PTB, DEM, PSB, PV e PSDB.

Paulo Afonso Piovezan será candidato pelo PSOL em chapa pura, com Vitalino Luiz Ramos de vice. Em 2008, ainda pelo DEM, Piovezan foi candidato a vereador e teve 75 votos. Ele também concorreu ao Senado em 2010 e alcançou 0,35% dos votos.

Comente aqui
10 jun19:21

Caramori vai à reeleição em Chapecó com apoio de 16 partidos

Darci Debona |darci.debona@diario.com.br

José Cláudio Caramori (PSD) foi confirmado no final da tarde deste domingo como candidato à reeleição em convenção conjunta de 16 partidos realizada no salão comunitário da Paróquia São Cristovão, em Chapecó.

O PMDB indicou o vice, Luciano Buligon. Foi confirmado o apoio de 16 legendas. Além do PSD e PMDB, Caramori e Buligon terão em suas fileiras o DEM, PSDB, PTB, PP, PSC, PMN, PSL, PRP, PSB, PPS, PRB, PT do B, PR e PSDC. O nome escolhido para a coligação foi “O Povo de Novo”.

Também estava previsto o apoio do PTC que teve problema de documentação, mas ainda pode integrar a chapa.

A convenção iniciou às 18 horas com cada partido fazendo sua reunião num canto do salão. O clima parecia de final de campeonato, com bandeiras, apitos e faixas. Depois os presidentes dos partidos foram chamados ao palco, juntamente com os candidatos a prefeito e vice, os candidatos a vereador, o presidente da Assembleia Legislativa, Gelson Merísio, e o secretário da Agricultura, João Rodrigues.

Foram estabelecidas quatro chapas a vereador. Uma coligação terá o PSD e DEM. Outra será entre PMDB e PSDB. A terceira é formada entre PR e PSB.

Uma quarta chapa proporcional terá PP, PSC, PRB, PPS, PSDC e PT do B. Outos partidos, como PMN, PRP, PTC, PSC e PTB ainda não decidiram com quem coligar. A tendência é que integrem a chapa com o PP. Até o registro das chapas ainda pode ocorrer alguma alteração nas quatro chapas proporcionais.

A coligação já estava costurada, desde o dia 18 de maio, inclusive quando foi já foi anunciada a pré-candidatura da chapa Caramori/Buligon.


Comente aqui
18 mai14:28

Anunciada chapa Caramori e Buligon

Foi oficializada no início da tarde desta sexta-feira, dia 18, a pré-candidatura à reeleição em Chapecó de José Caramori  (PSD). Além disso foi definido como vice Luciano Buligon (PMDB).  A chapa foi anunciada após reunião com a presença de presidentes de 16 partidos, no escritório regional do secretário de Agricultura João Rodrigues e do presidente da Assembléia Legislativa, Gelson Merísio.

Os dois também estiveram na reunião e destacaram a importância da coligação estadual para a coligação em Chapecó, que já conta com 16 partidos.

Além do PSD e PMDB já anunciaram composição o PSDB, PTB, PP, PSC, PMN, PTC, PSL, PRP, PSB, PPS, PRB, PT do B, PR e PSDC.

O grupo ainda negocia com o DEM, PDT e PV.

Comente aqui