Portal

05 set14:42

Biblioteca Pública de Chapecó tem acervo atualizado

A Biblioteca Pública Municipal Neiva Maria Andreatta Costella de Chapecó participou do Projeto Portal do Livro da Fundação Biblioteca Nacional, um programa governamental de apoio às bibliotecas. Com o projeto foi contemplada com R$ 17.295,47 em livros de diferentes gêneros, adquiridos de editoras participantes do projeto.

Já foram entregues 1.343 novos livros. Os novos exemplares já estão à disposição dos leitores chapecoenses. O acervo da Biblioteca passa de 45 mil exemplares.

A Biblioteca Pública de Chapecó fica na Rua Benjamin Constant, 110E, no Calçadão. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, sem fechar ao meio-dia.


Comente aqui
19 mai09:12

Sobram pais na fila de espera para adotar uma criança em SC

Aline Rebequi* | aline.rebequi@diario.com.br

Santa Catarina tem hoje mais que o dobro de pretendentes à adoção do que crianças e adolescentes na fila de espera para ganhar uma família. Pelos números, não haveria ninguém esperando por um pai e por uma mãe nos 168 programas de acolhimento do Estado.

O problema está na escolha: 80% dão prioridade a menores de três anos, perfil que representa apenas 4% das crianças. Gelson Merisio, presidente da Assembleia Legislativa de SC, há alguns anos também pensava assim. Adotou dois recém nascidos. Com o tempo percebeu que criança faz um pai feliz com qualquer idade e mudou de ideia.


O deputado Gelson Merísio e a mulher, Márcia, estavam casados há 10 anos e não tinham filhos quando decidiram adotar.


Diante da matemática que não fecha no Estado, ele uniu a experiência da adoção ao poder que tem nas mãos como presidente da AL e contribuiu com o lançamento da Campanha Adoção – Laços de Amor, em maio do ano passado, que estimula a adoção tardia, múltipla (grupos de irmãos) e também de crianças deficientes através de histórias reais, mostrando como os laços de amor nascem entre pais e filhos independente de idade, gênero ou qualquer outra condição.

Ao falar sobre sua vida pessoal quase esquece que seus filhos não são biológicos. Como qualquer outro pai coruja, tem a foto dos pequenos, Nicole, 3 anos e Arthur, 13, na capa de abertura do celular. Se enche de orgulho quando fala dos dois e sinaliza a possibilidade de adotar mais um, desta vez, maior de três anos.

— Queremos quebrar tabus e preconceitos que um dia também fizerem parte da minha vida. As pessoas têm medo de não conseguir firmar vínculos com uma criança mais velha, mas a idade dela não interfere em nada — diz.

Merisio também esperou pelas crianças. Foi quase um ano pelo Arthur e cinco anos por Nicole. Hoje, em meio a tantos compromissos políticos, Merisio encontra uma brecha na agenda para brincar de balanço no quintal de casa.

Gelson e Márcia Merísio estavam casados há 10 anos e não tinham filhos quando decidiram adotar. Márcia lembra que no início o casal teve um pouco de dificuldade até descobrir que Arthur era autista. Mesmo assim, o menino toca guitarra e joga xadrez. Ver filmes com a família é uma das suas atividades preferidas.

— Adoção é uma oportunidade única. Não é uma ajuda só para elas, mas também para os pais — recomenda.


Campanha retorna em 25 de maio

Realizada em Santa Catarina pela Assembleia Legislativa, Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil e Tribunal de Justiça, a Campanha Adoção – Laços de Amor será relançada a partir do dia 25 de maio, próxima sexta-feira.

Na mídia e no portal da campanha, www.portaladocao.com.br serão revistas histórias reais e de sucesso sobre adoção tardia, de grupos de irmãos e de crianças com necessidades especiais.


Os resultados do primeiro ano da campanha

— 2,2% é o aumento no número de crianças para adoção de 2011 para 2012

— 42 pretendentes tomaram a decisão de adotar depois da campanha

— 18% é o número de pretendentes que mudaram de ideia e resolveram aceitar crianças com mais de três anos depois da campanha

— 7 audiências públicas foram realizadas pelo Estado

— Foi identificada a necessidade de agilizar os processos e ampliar o quadro de profissionais nas casas de acolhimento (psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, técnicos)

— Sensibilização de interessados para adoção tardia. Em um ano, os vídeos foram acessados 10.704 vezes e o site 23.264 vezes.

— O Tribunal da Justiça fez levantamento estadual e elaborou um Relatório de Visitas aos Programas de Acolhimento Institucional.


Uma matemática que não fecha

1.652 é o número de crianças para adotar

3.560 é o número de pessoas que querem adotar uma criança

80% escolhem menores de três anos

4% das crianças para adotar tem menos de três anos


O que será feito em 2012

— 4 de junho, no Ministério Público, um evento discutirá soluções para melhorar o acolhimento das crianças;

— Comunicação direta com os inscritos para adotar: envio de material da campanha na tentativa de ampliar o perfil de filho buscado (mais velhos, grupos de irmãos e com necessidades especiais).

— Será sugerido à Secretaria de Assistência Social do Estado a criação de um grupo multidisciplinar de atendimento às adoções tardias realizadas para dar suporte às famílias e crianças no período de adaptação.

— Será criado uma central de atendimento por telefone para auxiliar os pais que adotaram crianças a resolver conflitos familiares e melhorar a adaptação. A implantação está prevista para junho deste ano.


*Colaborou Darci Debona


DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
31 jan12:20

Prazo de adesão ao Simples Nacional e ao Simei termina hoje

As micro e pequenas empresas que ainda não recolhem impostos de forma simplificada têm até esta terça-feira para aderir ao Simples Nacional. Também é o último dia de prazo para os trabalhadores autônomos formalizados pedirem o enquadramento no sistema especial dos empreendedores individuais, chamado de Simei. Quem perder o prazo só poderá entrar nos regimes especiais de tributação em 2013. A adesão pode ser feita somente no Portal do Simples Nacional.

Quem agendou o pedido em novembro ou dezembro e não tiver pendências com o Fisco será incluído automaticamente no programa. Apenas as empresas em início de atividade conseguirão se registrar depois de janeiro, mas elas têm até 30 dias após a obtenção do registro para fazer o pedido. Os empreendedores individuais terão de cumprir duas etapas. Primeiramente, eles precisam aderir ao Simples Nacional. Em seguida, será necessário entrar no Portal do Empreendedor para pedir o enquadramento no Simei.

Atualmente, 5,7 milhões de empresas e 1,8 milhão de empreendedores individuais fazem o recolhimento simplificado. De acordo com o Comitê Gestor do Simples Nacional, coordenado pela Receita Federal, 214.067 empresas e profissionais autônomos haviam pedido o enquadramento até as 18h de ontem.

Desse total, 28.368 são empresas recém-criadas. O restante é composto por empresas já existentes que optaram pelo regime. O número se aproxima da expectativa inicial de 215 mil contribuintes. Neste ano, os valores das faixas de enquadramento foram ampliados.

O limite máximo de faturamento anual passou de R$ 240 mil para R$ 360 mil para microempresas e de R$ 2,4 milhões para R$ 3,6 milhões para as pequenas empresas. Para os empreendedores individuais, o teto subiu de R$ 36 mil para R$ 60 mil.

Criado em 2007, o Simples Nacional reúne, em um pagamento único, seis tributos federais: Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), PIS/Pasep, Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) e contribuição patronal para o INSS.

O recolhimento simplificado também abrange o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), cobrado pelos estados e o Distrito Federal, e o Imposto Sobre Serviços (ISS), de responsabilidade dos municípios.

No Simei, os empreendedores individuais pagam 5% sobre o salário mínimo (R$ 31,10 por mês) à Previdência Social, além de R$ 1 de ICMS ou R$ 5 de ISS, dependendo do ramo de atividade. O prazo para o envio dos dados referentes a 2011 acabará em 31 de março.


AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
29 dez16:09

Portal Turístico da Prainha Marina Porto Itá será inaugurado nesta quinta-feira

Por meio do projeto de construção da futura área de lazer da Segunda Prainha Pública de Itá, localizada próxima à Marina, acontece as 17h desta quinta-feira, a inauguração do Portal Turístico.

O evento inicia com passeio de barco no Lago. Logo após a inauguração oficial do Portal Turístico será realizada uma confraternização com degustação de petiscos à base de carne de búfalo.

Na oportunidade será apresentada a diretoria da Organização não Governamental Defensores do Rio Uruguai e seus Afluentes (Drusa).


Comente aqui