Posto

25 set15:16

Posto da Polícia Militar Rodoviária será instalado na SC 480 em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Um posto do Batalhão Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina (BPMRv) será instalado na SC 480, ao lado da barreira da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) em Chapecó. O anúncio foi feito pelo Comandante do BPMRv, Tenente Coronel José Norberto De Souza Filho, na tarde da segunda-feira. A previsão é que a obra esteja concluída no primeiro semestre de 2013.

A área destinada para a construção da unidade deve ser repassada pelo município ao governo do estado em até 60 dias.

- Primeiro precisamos decretar a área como utilidade pública para depois desapropriá-la e doá-la para o Deinfra – disse o secretário de governo Ricardo Lunardi.

De acordo com o Comandante do Batalhão, o local foi escolhido estrategicamente para aumentar a segurança dos usuários e auxiliar o trabalho da Cidasc na manutenção do estado livre de uma série de doenças, entre elas a febre aftosa.

Atualmente o trecho, entre Chapecó e o Rio Grande do Sul, é fiscalizado por policiais do posto de Concórdia, que fica há 100 quilômetros. Em alguns casos os policiais demoram até duas horas para atender uma ocorrência.

- Além de agilizar o atendimento, a instalação de um posto na rodovia deve inibir a circulação de mercadorias clandestinas e de criminosos – disse o Tenente Coronel.

Além de atender as ocorrências da SC 480, o efetivo do novo posto também vai fiscalizar trechos da SC 283 e da SC 468.


Comente aqui
22 ago07:41

Campanha de multivacinação de crianças com até cinco anos se encerra sexta-feira

Aline Rebequi | aline.rebequi@diario.com.br

Até sexta-feira os postos de saúde do país estarão mobilizados para colocar em dia a carteira de vacinação de todas as crianças menores de cinco anos (4 anos 11 meses e 29 dias). Quem não está com atrasos, não precisa se vacinar novamente mesmo com as duas pequenas mudanças na campanha.

Nesta multivacinação, a vacina contra paralisia infantil, que antes era dada só em gotinhas, passa a ser injetável. São duas doses que devem ser tomadas aos dois meses e aos quatro meses de vida. A partir dos seis meses até os cinco anos, as doses continuaram sendo dadas em gotinhas.

Outra mudança importante é a inclusão da vacina Pentavalente, que vai substituir duas vacinas: a tetravalente — que protege contra a disenteria, coqueluche, tétano e um dos tipos de meningite — e a vacina contra hepatite B, o que significa uma picada a menos nas crianças.

Quem não conseguir levar o filho em um posto de saúde até sexta-feira, pode procurar o local fora do prazo que as vacinas continuarão disponíveis.

— É muito importante que o pai ou a mãe leve a criança ao posto de vacinação mais próximo porque o profissional de saúde irá ajudar na identificação de quais vacinas estão faltando na caderneta — diz a gerente de imunização da Secretaria Estadual da Saúde, Luciana Amorim.


Tira dúvidas

Quem precisa se vacinar?

Crianças menores de 5 anos (4 anos 11 meses e 29 dias) e que não estejam com a carteira de vacinação em dia.


O que meu filho vai tomar?

Estarão disponíveis todas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança como: BCG, Hepatite B, Pentavalente, vacina inativada poliomielite (VIP), vacina oral poliomielite (VOP), Rotavírus, Pneumocócica 10 valente, Meningocócica C conjugada, Febre amarela, Tríplice viral e DTP. A criança irá ser vacinada com aquela que não está atualizada na carteira podendo ser uma, duas ou mais vacinas.


O que mudou do ano passado para 2012?

Foram incluídas duas vacinas com uma nova forma de aplicação, as duas injetáveis. A pentavalente que reúne em uma única aplicação a proteção de duas vacinas distintas já existentes (contra a hepatite B e a tetravalente que protege contra difteria, tétano, coqueluche) e a vacina poliomielite inativada, a que protege contra paralisia infantil e que antes era dada só em gotinhas.


Se meu filho tem a carteira de vacinação em dia, preciso ir ao posto vacinar por conta destas duas novas vacinas?

Não. Se a carteira estiver em dia seu filho está protegido.


Por que trocaram a gotinha pela injeção?

Porque o Brasil já está se preparando para a utilização apenas da vacina inativada quando houver a erradicação da poliomielite no mundo, momento em que será recomendado apenas o uso da vacina injetável.


Mas se meu filho tomou as gotinhas este ano, precisa tomar a injeção?

Depende de cada caso, da idade dele e da dose que ele tomou, por isso, a orientação é para ir ao posto e checar se há necessidade.


Eu não encontrei a carteira de vacinação do meu filho, e agora o que devo fazer?

Deve ir ao posto onde fez a última vacina, lá deverá ter uma segunda via. Se o posto for muito longe ou até mesmo em outra cidade, deve ir em qualquer posto e pedir uma solicitação de segunda via da carteira.


Mas e se nenhum posto encontrar a segunda via?

Neste caso, leve seu filho a qualquer posto de saúde que as equipes irão avaliar a idade dele e vacinar da mesma forma.


É arriscado vacinar de novo se ele tomou a vacina e eu não lembro?

Não. A equipe de saúde irá vaciná-lo com as doses que forem seguras para a criança


O que pode acontecer com meu filho se a carteira dele não estiver em dia?

Ele não será considerado uma criança vacinada. Há vacinas que só protegem com mais eficácia se a criança tomou todas as doses. A A criança fica desprotegida contra muitas doenças frequentes na infância como rotavírus (que causa diarreias e vômitos), hepatite B, meningite, paralisia infantil entre tantas outras.


Meu filho tem mais de cinco anos e eu não lembro se ele tomou todas as vacinas, o que devo fazer agora?

A campanha é voltada para as crianças menores de cinco anos. No entanto, você pode levar seu filho ao posto. Lá deverão ser feitas todas as tentativas de resgatar onde esta criança tem registradas doses anteriores. Caso não haja comprovação anterior, ela deverá receber todas as vacinas atribuídas a sua faixa etária.


Essas vacinas são 100% eficazes?

Não. Nenhum imunizante é 100% eficaz.

Meu filho vomitou logo depois que tomou a vacina, devo voltar ao posto para vacinar de novo?

Se foi injeção não há necessidade, ele continua protegido. Se foi gotinha e se faz poucas horas ele vai precisar tomar de novo.


Ouvi dizer que quanto mais fortes as reações, mais protegida a criança está. É verdade?

Não. A eficácia não está relacionada à intensidade de sinais como febre, inchaço e dor no local da aplicação. Uma das características das vacinas mais modernas, aliás, é justamente oferecer maior proteção com o mínimo de efeitos colaterais.


Também ouvi dizer que a primeira dose é sempre a mais importante e que o reforço é apenas uma segurança a mais. É verdade?

Mentira. Quando se pede o reforço é porque, no intervalo entre uma aplicação e outra, o número de anticorpos tende a despencar. A cada dose o contato com o vírus ou com a bactéria da vacina aumenta as defesas do organismo até elas chegarem ao ponto ideal.


O que é normal meu filho sentir depois da aplicação destas vacinas?

Tudo depende da vacina. Mas, de uma modo geral, cerca de 30% das crianças ficam com o local avermelhado, doído, às vezes, endurecido, podem ter febre entre 38ºC e 39ºC, em raros casos podem ter convulsão e podem chorar bastante no dia. Mas na maioria dos casos, cerca de 70% delas, não apresentam estes sintomas.


Posso dar um remédio para dor ou febre para meu filho um pouquinho antes ou logo depois da vacina para ele não sentir nada?

Sem orientação médica não. O correto é ele tomar a vacina e se der muita reação retornar ao posto e pedir orientação sobre o que ele deve tomar, muitas crianças são alérgicas a alguns remédios e os pais nem sabem.


É verdade que as vacinas pagas em clínicas particulares não dão reações para as crianças?

Em parte. Elas têm um composto que podem diminuir as reações, mas mesmo pagas, dependendo da criança, ela pode ter reações.


Há como saber que reações meu filho terá e o que devo fazer para diminuí-las?

Não há como saber e os pais não devem fazer nada sem a orientação de um médico.


Se eu resolver pagar uma vacina em clínica particular posso utilizar a mesma carteira de vacinação e voltar a vacinar no posto?

Sim, não há necessidade de outra carteira e é possível utilizar o público e o privado com a mesma.


Fontes: Ministério da Saúde e Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC

Comente aqui
30 jul16:43

Postos de Saúde atendem em novo endereço em São Miguel do Oeste

A secretaria de saúde de São Miguel do Oeste informou nesta segunda-feira, dia 30 de julho, que as unidades Estratégias de Saúde da Família dos bairros São Luiz e São Jorge, vão atender em novo endereço. De acordo com o secretário Alfredo Spier, a mudança é necessária, pois as unidades passam por obras de reforma e ampliação.

No bairro São Jorge, o atendimento passa a ser realizado na Rua dos Bandeirantes, nº 368, em frente a Mecânica Batistti. Neste posto de saúde, estão sendo investidos R$ 95.889,84. As obras devem ser concluídas em 60 dias.

No bairro São Luiz (posto do Caic), o atendimento é feito na Rua 22 de abril, nº 2097. Na reforma, manutenção e conservação da Unidade Básica de Saúde, iniciadas no mês de julho, a Prefeitura fez um investimento de R$ 50.139,74.


Comente aqui
11 jun10:16

Começa nesta segunda-feira a campanha nacional de vacinação contra a poliomielite

Inicia nesta segunda-feira a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, também conhecida como Paralisia Infantil. Em Chapecó, a meta é imunizar 12.900 mil crianças menores de cinco anos.

Até o dia 22 de junho, as unidades de saúde da cidade estarão atendendo das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

O Dia D de vacinação será sábado, dia 16, quando o atendimento nas unidades será das 8h até as 17h.

Segundo a secretária da saúde, Jeane Mohr de Oliveira, esse ano não haverá vacinação nas escolas.

– A intenção é que os pais ou responsáveis procurem os postos de saúde e levem a carteira de vacina da criança para atualização – disse.


Comente aqui
30 mai15:41

Posto de Saúde será inaugurado nesta quinta-feira em Seara

A Prefeitura de Seara através das Secretarias da Saúde e Educação inauguram nesta quinta-feira, dia 31 de maio, a reforma, ampliação e melhorias do posto de saúde e do prédio da Educação Infantil do Distrito de Caraíba. O ato está marcado para as 15h30.

Na Intendência, onde funciona o posto de saúde, o espaço foi remodelado, com a criação de uma sala específica para a vacinação, colocação de forro em PVC e pintura interna e externa do posto, num investimento de R$ 7 mil entre materiais e mão-de-obra.

O prédio da Educação Infantil também foi melhorado, a Secretária da Educação Rosana Tochetto Petry comenta que este era um pedido antigo dos pais.

- Fizemos a troca do forro, climatização e pintura interna e externa, num investimento de mais de R$ 5 mil – disse.



Comente aqui
26 mar14:36

Posto Ecoeficiente será inaugurado em Abelardo Luz

A Ipiranga inaugura nesta terça-feira, dia 27 de março, um dos Postos Ecoeficientes pioneiros em Santa Catarina e o primeiro na cidade de Abelardo Luz. O principal diferencial de um Posto Ecoeficiente é intensificar a preocupação com o meio ambiente em todas as fases do negócio, desde o projeto, passando pela construção até a operação. O objetivo central é aumentar a eficácia da gestão de energia, água, resíduos e materiais utilizados durante essas etapas. A iniciativa tem origem nos princípios de gestão voltados para a sustentabilidade, que direcionam o trabalho da empresa.

A Ipiranga construiu o primeiro Posto Ecoeficiente do Brasil, inaugurado em 2009, em Porto Alegre/RS. Atualmente são 264 postos neste padrão em funcionamento e em processo de implantação, com projeção de fechar o ano com mais de 500 unidades em todo país. O posto que será inaugurado em Abelardo Luz, em Santa Catarina, fica na Avenida Getúlio Vargas, 1.160, no Centro. A inauguração será às 18h.

- O Posto Ecoeficiente é uma iniciativa Ipiranga que demonstra que a sustentabilidade está cada vez mais incorporada aos nossos negócios. Queremos fazer com que ações que beneficiem o meio ambiente façam parte do dia a dia da empresa e dos nossos clientes e, desta forma, torná-las cada vez mais presentes em nosso negócio – explica Leocadio Antunes, Diretor Superintendente da Ipiranga.


Comente aqui
19 mar15:09

Atividades do Posto do Pequeno Lavador em Chapecó são retomadas

O Programa Sócio-Educativo Posto do Pequeno Lavador retomou as atividades em novo espaço, na Rua Paulo Marques, 89 D, entre as Avenidas Getúlio Vargas e Fernando Machado. A Unidade de Atendimento Sócio-Educativo faz parte das atividades realizadas pela Fundação de Ação Social (FASC).

O Programa Posto do Pequeno Lavador está em funcionamento há mais de 10 anos e oferece atividades de informática, esporte e rotinas administrativas ligadas à lavagem de veículos. Atualmente são atendidos 40 adolescentes, mas com a nova estrutura física será possível ampliar para até 80 jovens.

De acordo com a Diretora Presidente da FASC, Belenite Frozza, o objetivo do programa é contribuir na preparação dos jovens para a inserção no mercado de trabalho, bem como o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários.

O reinício das atividades foi marcado por um ato que reuniu familiares, adolescentes e diversas autoridades.


Comente aqui
18 mar16:22

Vagas no Sine de Concórdia

O  Sine de Concórdia oferece vagas de emprego.


Para mulheres há vaga de:

- Empregada Doméstica

- Vendedora

- Costureira em geral com experiência

- Operadora de caixa


Já para homens há vaga de:

- Auxiliar de linha de produção

- Auxiliar de Soldador

- Auxiliar de mecânico

- Ajudante de pintor

- Mecânico e eletricista de automóveis

- Soldador

- Servente de obras

- Pedreiro

- Representante Comercial

- Trabalhador de manutenção de edifícios

- Torneiro mecânico

- Oficial de serviços gerais

- Operador de guilhotina


O Sine de Concórdia oferece ainda vagas de Cozinheiro, Vendedor de serviços, Professor de Autocad e Supervisor de produção da indústria alimentícia para ambos os sexos.

Interessados devem comparecer no Posto do Sine de Concórdia, com identidade, CPF e Carteira de Trabalho.


Comente aqui
16 fev16:48

Saúde de São Miguel do Oeste realiza Dia D Contra Febre Amarela

A secretaria de saúde de São Miguel do Oeste realiza no dia 25 de fevereiro, no Posto de Vacina Central, das 8h às 17h, Dia D Contra Febre Amarela, com o objetivo de imunizar qualquer pessoa a partir dos nove meses de idade.

Para realizar a vacina, a pessoa deve apresentar o cartão de vacinação e documento de identidade. A última campanha foi realizada em 2001, sendo que em 2011 venceu a maioria das vacinas contra a febre amarela da população. Desta forma, quem se vacinou há menos de 10 anos não precisa repetir a dose.

Segundo dados da secretaria, já foram vacinados 20.434 habitantes e ainda falta vacinar cerca de 15 mil.

A febre amarela é uma doença infecciosa viral aguda, transmitida por mosquitos e que pode levar à morte. Os sintomas mais comuns são febre alta, calafrios, vômitos, dores no corpo, pele e olhos amarelados, sangramentos, fezes cor de “borra de café” e diminuição da urina.


Contra‐Indicações gerais

• crianças menores de nove meses.

• portadores de imunodeficiência congênita ou adquirida, neoplasia maligna.

• pacientes infectados pelo vírus HIV com alteração imunológica

• pacientes em terapêutica imunodepressora: quimioterapia, radioterapia

• gestantes

• pessoas com história de uma ou mais das seguintes manifestações anafiláticas

após dose anterior da vacina ou após ingestão de ovo: urticária.

• adiar a vacinação contra febre amarela, para as mães que estão amamentando

bebês até 6 meses de idade


Comente aqui
15 fev15:20

Posto de saúde é inaugurado em São Carlos

A quarta unidade de saúde de São Carlos foi inaugurada na manhã do último domingo dia 12, com a presença de autoridades e população. O posto que foi construído na Praça do Bairro Cristo Rei de atender cerca de 2800 pessoas. A obra é uma homenagem para a ex-enfermeira Alaíde Führ Barboza, moradora do Bairro, que faleceu há cerca de dois anos. – Com esta inauguração, a população do Bairro Cristo Rei, volta a ter um acesso mais próximo a saúde – declarou o prefeito Elio Godoy.


Autoridades e familiares durante a inauguração.


De acordo com secretário de saúde no município, Cleomar Weber Kuhn, foram investidos R$ 200 mil oriundos do Ministério da Saúde com a contrapartida de R$ 18 mil do município na construção do posto. Para a aquisição de mobília e equipamentos, o município investiu mais R$ 45 mil.

A unidade mede 148 metros quadrados e está dividida em sala de farmácia, enfermagem, salas de esterilização, curativos e pequenos procedimentos, além da recepção consultório médico e odontológico, sala de reuniões, banheiros, cozinha e área de serviço.


Comente aqui