Prefeito

27 jul15:51

Conselho das Entidades Empresariais de Chapecó irá ouvir os candidatos a prefeito

Os dois candidatos a prefeito de Chapecó, José Caramori (PSD) da Coligação O Povo de Novo e Pedro Uczai (PT), da Coligação Aliança pela Vida, foram convidados para encontros com os integrantes do Conselho das Entidades Empresariais de Chapecó (CEC). Os candidatos devem apresentar proposições para o Conselho nos dias 21, 22, 28 ou 29 de agosto. O encontro, individual, será a partir das 18 horas no Condomínio Cesec. As datas serão sorteadas.

No documento, assinado pelo presidente do Conselho, Gilberto João Badalotti, ficou especificado que serão apresentadas, pelos integrantes do Conselho, indicações cujo posicionamento consideram importante ouvir de cada candidato, quanto a medidas que avaliam como relevantes para o desenvolvimento socioeconômico do município.


As entidades e sindicatos

Para o Conselho das Entidades Empresariais é fundamental ouvir o que os concorrentes à Administração Municipal de Chapecó apresentam como propostas, bem como indicar medidas que as instituições filiadas consideram importantes.

Integram o CEC: Associação Comercial e Industrial (Acic); Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL); Sindicato do Comércio (Sicom); Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis (Secovi); Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas (Sitran); Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sintroeste); Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (Sihrbarsc); Sindicato da Indústria da Construção (Sinduscon); Sindicato das Indústrias Madeireiras e de Móveis (Simovale); Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico (Simec); Sindicato das Indústrias de Olarias e Cerâmicas (Sicec); Sindicato Rural; Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipostos); Sindicato da Indústria do Material Plástico e Artefatos de Borracha (Sindiplasc); Sindicato dos Contabilistas (Sindicont); e Sindicato das Indústrias de Alimentos (Sindialimentos).


Comente aqui
17 jul09:39

Metade dos prefeitos de Santa Catarina vai tentar a reeleição

Quase metade dos prefeitos catarinenses vai buscar mais um mandato de quatro anos nas eleições de outubro. Dos candidatos que tiveram os pedidos de registro divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, pelo menos 145 são prefeitos que decidiram concorrer a um segundo mandato consecutivo. O levantamento é do DC.

O número é inferior aos 160 da eleição passada – quando 90 foram reeleitos. As informações não levam em conta vices que assumiram definitivamente por afastamento do titular eleito. É o caso, por exemplo, de José Cláudio Caramori (PSD), que assumiu a prefeitura de Chapecó com a renúncia de João Rodrigues (PSD) para concorrer a deputado federal em 2010. Também é a situação de Felippe Collaço (PSD), que assumiu em Tubarão no final de junho, com a morte de Manoel Bertoncini (PSDB).

>> Confira matérias sobre as Eleições 2012

O quadro pode mudar um pouco em caso de desistências ou impugnação de candidaturas pela Justiça Eleitoral. O grande percentual de candidaturas à reeleição é uma tendência verificada desde que a legislação permitiu a busca pelo segundo mandato (ver quadro). Desde então, apenas em 2004 os prefeitos na disputa ficou abaixo dos 50%. Naquele ano, foram 127 candidaturas, 80 delas bem-sucedidas.

Na eleição passada, aconteceu o recorde de lançamento de prefeitos/candidatos: 160, com 70 eleitos – 43,7% de sucesso. Os resultados foram melhores para os prefeitos nos cargos em 2000 e 2004, quando ultrapassaram os 60% de vitórias. A queda em 2008 não assustou os donos dos cargos, até porque nas 20 maiores cidades quem estava com a caneta venceu em 10 disputas (incluindo a capital) e perdeu só em três.

Este ano, são nove os prefeitos candidatos nos maiores colégios eleitorais – incluindo o maior, Joinville. Momento do Brasil ajuda, mas sobrecarga atrapalha A explicação para o sucesso da reeleição é múltipla. Além da vantagem de ter realizações para mostrar, os prefeitos têm um outro ponto valioso a seu favor: o bom momento vivido pelo Brasil, apesar da crise externa.

Ao mesmo tempo, enfrentam o desgaste provocado por problemas crônicos das cidades e de difícil solução. O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, projeta uma campanha complicada para os atuais administradores neste pleito. Ziukolski acredita que eles terão mais dificuldades para obter mais um mandato porque as prefeituras estão sobrecarregadas e não dão conta do recado.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
29 jun15:35

Prefeito de Lindóia do Sul entre os melhores gestores do país

O prefeito de Lindóia do Sul, Adierson Bussolaro, foi reconhecido nacionalmente com o prêmio JK- Juscelino Kubitscheck, certificado pela MS Brasil Congressos Feiras e Eventos. Bussolaro está entre os 100 melhores prefeitos do país nas práticas políticas, executivas e administrativas.

Para ele, este é um reconhecimento ao importante trabalho que vem sendo realizado no município.. Esta é a segunda vez em que o prefeito de Lindóia do Sul recebe a premiação.

Já no próximo dia 12, Bussolaro receberá o troféu “Município que Faz”, em São Paulo, através da editora Interesse Público. O prêmio leva em consideração os os índices de saúde, educação, emprego e renda, através do IBGE.


Comente aqui
18 jun09:06

Empresa de SC é suspeita de fraudar concursos públicos no Sul do Brasil

Giovani Grizotti | reportagem@diario.com.br

Uma empresa de Santa Catarina é suspeita de fraudar concursos públicos no Sul do país. A denúncia foi apresentada neste domingo pelo programa Fantástico, da Rede Globo. A reportagem investigativa mostrou que, em vez de selecionar os candidatos mais qualificados a ocupar uma vaga no serviço público, concursos estão se prestando a aprovar amigos, parentes e apadrinhados políticos de prefeitos e vereadores.

Sem saber que estavam sendo gravados, donos de empresas que promovem as seleções admitiram cobrar até R$ 5 mil por uma vaga. Além da aprovação fraudulenta de candidatos, o esquema envolve ainda direcionamento de licitações e pagamento de propina.

Durante dois meses, a reportagem filmou conversas com oito representantes de empresas, incluindo duas do Rio Grande do Sul e uma de Santa Catarina. A empresa catarinense citada na matéria é a Inova Consultoria e Assessoria Ltda, de Maravilha.

Alvo de Ação Civil Pública por suspeita de fraude no concurso da prefeitura de São Miguel da Boa Vista (SC), o sócio da empresa Inova, Clóvis Pauletti, explicou uma tática para não levantar suspeitas da oposição nas cidades onde atua. Ele se encarrega de aprovar dois candidatos-laranja nas primeiras colocações. Eles desistem das vagas, e o terceiro colocado, indicado pelo prefeito, assume o cargo.

— Eu jogo na frente (os laranjas) e vocês ficam em terceiro, e os caras não vêm (assumir os cargos) no caso — explicou Pauletti. Pauletti e o advogado Marcos Perin também são sócios da PL Consultoria e Assessoria Ltda, outra empresa denunciada por suspeitas de fraude pelo Ministério Público.

Em 2010, o Ministério Público de Maravilha ajuizou uma ação de improbidade contra os sócios da empresa, Marcos Perin e Clóvis Pauletti, e o prefeito de São Miguel da Boa Vista, Milton Luís Müller, por suspeita de fraude em concurso público na prefeitura.

A investigação do Ministério Público apontou que a empresa responsável pelo concurso teria substituído os cartões resposta de duas candidatas, para que fossem aprovadas em primeiro lugar nas vagas para odontóloga e farmacêutica.

Perin e Pauletti também foram indiciados pela Polícia Civil em Coronel Bicaco, no Noroeste do RS, onde o concurso da prefeitura foi suspenso depois que duas candidatas denunciaram a suposta venda do gabarito pelo prefeito, acusação que é negada pela assessoria jurídica do município. Após o episódio, a empresa ficou com o nome sujo no mercado. Pauletti e Perin, então, passaram a participar de licitações usando a empresa Inova Concursos.

Em conversa com o escritório da Inova, em Maravilha, Marcos Perin prometeu antecipar parte das questões da prova ao repórter, que se fez passar por assessor de uma câmara em busca de aprovação no concurso.

A empresa Inova foi a vencedora da licitação para o novo concurso da prefeitura de Formigueiro (RS), aberto depois que o anterior foi cancelado a pedido do Ministério Público por suspeita de fraude. No primeiro, a denúncia apurada também pela Polícia Civil e por duas CPIs é de que a sobrinha do prefeito da cidade tenha sido aprovada para um cargo na prefeitura de Nova Palma (RS). Em troca, o filho do prefeito de Nova Palma teria sido aprovado no concurso da prefeitura de Formigueiro.


Cartões resposta trocados

A investigação do Fantástico descobriu, ainda, que muitas empresas de concursos possuem estrutura precária. Uma delas, a ASCON, de Porto Alegre, funciona na casa do proprietário Luiz Pereira de Souza, igualmente flagrado pela reportagem. Ele revelou como funciona a fraude que permite a aprovação de indicados por prefeitos e vereadores.

O candidato beneficiado entrega o cartão de respostas preenchido normalmente e depois esse cartão é trocado por outro com as respostas certas.

— Nunca dá problema. O que pode ocorrer é aquilo, uma denúncia ao Ministério Público. Ele vai ver, tá tudo certo, não tem o que fazer — garante o dono da empresa, alvo de uma Ação Civil Pública ajuizada pela promotoria de Crissiumal (RS).

Outra duas empresas denunciadas na reportagem são a Lógica, de Ronda Alta, e a Precisão, de Constantina, cidades localizadas no Norte do estado gaúcho. Alvos de mandados de busca e apreensão há duas semanas, elas são investigadas por suspeitas de cobrar para cada candidato aprovado de maneira fraudulenta.

Gravado com uma câmera oculta tanto pelo Ministério Público quanto pela reportagem da RBSTV, o vendedor Luis Pasinato admitiu ter negociado gabaritos diretamente com os candidatos.

— Uma vez eu carregava isso, corri muitos risco de carregar gabarito. E negociar com candidato o gabarito. Tá louco, é uma loucura. isso não se faz mais — afirmou.

O vendedor explicou que para ganhar as licitações, apresenta um valor abaixo do mercado. O restante é pago “por fora” pelos prefeitos, que para justificar o gasto na contabilidade da prefeitura, arranjam notas frias. Ele repetiu o argumento que utiliza para justificar os R$ 5 mil que cobra para aprovar cada candidato indicado por prefeitos.

Pasinato entende que o valor deveria ser ainda maior quando os cargos em questão são na área médica e odontológica.

— Você chorando. Você vai ficar um empregado estável, vai ter o seu consultório. Sabe quanto eu deveria cobrar? Uns R$ 20 mil. Pra um dentista e um médico, no mínimo! declarou.

Sem constrangimento, o vendedor admitiu enganar a própria empresa para a qual trabalha. Ele pede R$ 3 mil reais, depositados diretamente na sua conta.

— Os caras querem que eu bote o meu na reta e querem pagar pouco — justificou.


O que dizem os prefeitos

O prefeito de São Miguel da Boa Vista, Milton Luís Müller, disse que foi a empresa que conduziu o concurso e não sabia de nenhuma irregularidade. Ele afirmou que, quando o Ministério Público apontou a suspeita, determinou o afastamento das duas servidoras aprovadas sob suspeita e que já tinham tomado posse. Ele negou que elas tivessem parentesco com alguém da administração.

— Elas eram de fora, não tem parentesco nenhum — concluiu.

Os prefeitos de Formigueiro e Nova Palma, no RS, não quiseram comentar a suspeita de favorecimento de parentes em Concursos Públicos.

A Assessoria Jurídica da Prefeitura de Coronel Bicaco negou a suspeita de venda de gabarito em concurso.


O que dizem as empresas

Os donos da Inova, Ascon e Lógica negaram as acusações. O dono da Precisão não quis se manifestar. O Diário Catarinense ainda tentou mais uma vez contato com os sócios da Inova, em Maravilha, na sexta-feira à tarde e no sábado pela manhã. Na sexta-feira uma funcionária atendeu e afirmou Perin e Pauletti não estavam. Numa segunda ligação pediu para deixar o telefone para que eles entrassem em contato. Ela não forneceu o número do celular. Na terceira tentativa, ninguém atendeu. No sábado pela manhã também ninguém atendeu.


Imposto sobre a propina

Diretores de duas empresas do Paraná chegaram a propor que o contratante pague um imposto sobre a propina que receberá. Esse imposto seria para compensar a quantia de tributo que a empresa terá de recolher sobre o valor do suborno, incluído na nota fiscal. Ou seja, se um concurso custar R$ 19 mil e a propina for de R$ 3 mil, a valor total da nota será de R$ 22,5 mil. R$ 500 é equivalente ao tributo que a empresa terá de recolher sobre os R$ 3 mil.

A reportagem exibiu o relato do ex-dono de uma empresa que promovia concursos. Ele disse que houve fraudes em oito de cada dez certames realizados.

— A partir do recebimento dos nomes indicados pelo contato na administração municipal, a empresa alterava as notas de maneira que os referidos apadrinhados ficassem em primeiro lugar e assim fossem chamados — disse o ex-dono de empresa.


Juiz cobra legislação federal para regular o setor

Considerado o maior especialista brasileiro em concursos públicos e autor de livros sobre o tema, o juiz federal de Niterói (RJ) William Douglas, calcula que 10 milhões de pessoas participem de concursos anualmente, no país, na disputa por 300 mil vagas no serviço público. Ele cobra uma legislação federal para regular o setor e exigir uma estrutura mínima para as empresas, muitas com endereço na casa dos sócios. Diz que a fraude faz a população ficar à mercê de servidores desqualificados, potencialmente corruptos.

— A pessoa que estuda, pega a sua vida pra estudar, e passa normalmente ela é competente e tem um compromisso com o serviço público. Já esse que entra com fraude, ele pagou pela vaga dele e vai querer fazer dinheiro. Então, quando a gente fala em fraude em concurso, a gente tá falando de você botar corrupto e gente que vai ficar achacando a população. Esse que é o grande drama — diz Douglas.

Comente aqui
13 jun17:33

Justiça decreta indisponibilidade dos bens do prefeito de Itá

A Justiça decretou a indisponibilidade dos bens do prefeito de Itá, Egidio Gritti. A investigação do Ministério Publico apura um suposto favorecimento na licitação de serviços gráficos de uma empresa gaúcha que havia financiado a campanha eleitoral dele em 2008 e que também teve os bens bloqueados pela justiça.

O prefeito Egidio Gritti disse que a carta convite – modelo adotado para a contratação da empresa no lugar da licitação é um processo legal. Ele informou que outra ação que questiona as mesmas coisas, foi arquivada pela justiça e que, a exemplo do que já aconteceu anteriormente, irá recorrer da liminar.


* com informações da RBS TV Chapecó


Comente aqui
04 jun16:32

Caramori recebe Prêmio “Prefeito Amigo da Criança”

O Prefeito de Chapecó José Caramori receberá o Selo de “Prefeito Amigo da Criança” neste mês de junho. O prêmio é concedido pela Fundação Abrinq e refere-se à Gestão Municipal 2009/2012. De acordo com a organização, este é um reconhecimento aos Administradores Municipais que investiram em ações voltadas à melhoria das condições de vida das crianças e dos adolescentes nos últimos três anos. Dos mais de cinco mil municípios brasileiros, apenas 182 serão premiados.

>> Prefeito de Concórdia vai receber prêmio “Prefeito Amigo da Criança”

Na cidade são cerca de 19 mil alunos atendidos pelas Escolas e Centros Infantis Municipais em Chapecó. Segundo o Prefeito, receber este Selo demonstra que as políticas públicas educacionais implantadas no município nos últimos anos, apresentam de fato resultados positivos e de grande impacto na melhoria do processo de ensino e aprendizagem das crianças.

A solenidade oficial de premiação será realizada em Brasília, Distrito Federal, no dia 27 de junho de 2012, na Câmara dos Deputados, no Palácio do Congresso Nacional. O Selo será entregue ao Prefeito pelos membros do Conselho da Abrinq.


Comente aqui
30 mai12:21

Prefeito de Concórdia vai receber prêmio “Prefeito Amigo da Criança”

O prefeito João Girardi foi contemplado com o Prêmio Prefeito Amigo da Criança na categoria Reconhecimento Pleno. A Fundação Abrinq (Save the Children) entregará o prêmio aos municípios que desenvolveram ações exitosas em benefício de crianças e adolescentes na Gestão 2009-2012.

O evento de premiação do Programa Prefeito Amigo da Criança será realizado em Brasília, no próximo dia 27 de junho, na Câmara dos Deputados no Palácio do Congresso Nacional.

- Estamos muito orgulhosos do nosso trabalho e, principalmente pelo reconhecimento vindo através deste prêmio. Nossas crianças merecem o que há de melhor – disse Girardi após ser informado sobre a premiação na tarde desta terça-feira.

A cada quatro anos, ao final de cada gestão do Programa Prefeito Amigo da Criança, são reconhecidos os Gestores Municipais que investiram em ações voltadas à melhoria das condições de vida das crianças e dos adolescentes. Esta é a terceira gestão (2001/2004, 2005/2008 e 2009/2012) que a Prefeitura Municipal de Concórdia recebe a homenagem.


Comente aqui
09 mai15:36

Avenida Santa Catarina será revitalizada em São Carlos

Iniciaram na segunda-feira, dia 7, as obras da primeira etapa do projeto de revitalização da Avenida Santa Catarina, em São Carlos. Na primeira etapa do projeto, serão investidos R$ 270 mil, sendo R$ 200 mil provenientes do estado de Santa Catarina, e o restante, contrapartida do município.

Segundo o prefeito Elio Godoy, as mudanças envolvem a padronização dos passeios, criação de espaços nas esquinas para travessia na faixa de pedestres, alargamento da pista, além de demarcação das vagas de estacionamento e entradas de garagem. O projeto foi elaborado através de reuniões com a arquiteta da Amosc, Michelle Damo, o prefeito, a vice-prefeita Miria Rigotti e a equipe técnica do município.


Pista mais larga e passeio padrão

As modificações nesta primeira etapa serão feitas da Praça da Matriz até a rotatória no Banco do Brasil, onde a pista será alargada em um metro, e os passeios serão executados com blocos de concreto do tipo paver.

A arquiteta responsável pelo projeto disse que as calçadas serão estreitadas em 50 centímetros em ambos os lados da avenida, e ao longo do trajeto serão feitas rampas de acesso conforme a NBR 9050 de acessibilidade.

- Todo o passeio será com o piso podotátil, guia direcional e de alerta, para atender as pessoas com deficiência visual e motora – disse Michelle.

A vantagem da utilização do paver é a permeabilidade do material, e em especial a facilidade que ele proporciona em casos de manutenção das redes, como a manutenção na rede da Casan, e a troca de encanamento. Desta forma os blocos são retirados, a manutenção é executada, e o paver é recolocado, sem ocorrer remendos na pavimentação.


Estacionamento e segurança aos pedestres

Em relação ao estacionamento, Michelle enfatizou que continuarão sendo paralelos à avenida, e terão demarcação para carros e motos, além da demarcação das entradas das garagens, e a motos ficarão próximas às esquinas e aos postes de energia elétrica, proporcionando maior aproveitamento do espaço. O projeto ainda prevê canteiros nas esquinas nos locais de travessia dos pedestres, trazendo maior segurança aos mesmos.

- Hoje o pedestre aguarda ou na calçada ou sobre a faixa para atravessar, sem muita segurança. Com este novo projeto, o pedestre tem um local seguro para aguardar, semelhante à Avenida Getulio Vargas, em Chapecó – assinalou.

O projeto também prevê a implantação de um canteiro central na largura de 70 centímetros, que servirá para separar o trânsito, evitando manobras indevidas e retornos no meio da quadra, fazendo com que o trânsito fique lento ou parado. Também serão instalados postes de iluminação com altura de quatro metros, e cestos com flores para proporcionar uma paisagem mais agradável e colorida ao longo da avenida.

Em relação ao plano diretor do município, a arquiteta afirmou que não há implicações quanto ao alargamento da pista, estreitamento das calçadas e nem aos canteiros centrais, já que é o próprio município que legisla sobre o dimensionamento das vias e passeios, e o mesmo não possui nenhuma lei referente ao assunto.

O prefeito  informou que para na segunda etapa do projeto, serão instaladas novas rotatórias, canteiro central e a revitalização do trecho do Banco do Brasil até a junção da Avenida Santa Catarina com a SC 283.

- Já entramos com um projeto no Badesc para conseguirmos os recursos necessários, para a segunda etapa da revitalização – finalizou.


Comente aqui
19 mar15:03

Servidores de Faxinal dos Guedes estiveram reunidos com prefeito

Na manhã desta segunda-feira, dia 19, a direção do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Municipal de Chapecó e Região – SITESPM-CHR, acompanhada de cerca de 20 servidores, participou de reunião com o prefeito de Faxinal dos Guedes, Genaro Costa Keske. Na oportunidade, os servidores apresentaram suas reivindicações.

Com relação a maioria dos pontos o Governo se propôs a buscar soluções, mas o impasse continua com relação à valorização salarial, destaca a presidente do Sindicato, Vania Barcellos. O Governo encaminhou para a Câmara de Vereadores o Projeto de Lei concedendo reposição de 5,75% e nada de aumento real, e os servidores presentes na reunião não aceitaram.

No próximo sábado acontecerá assembleia dos servidores e estará em discussão a possibilidade de uma mobilização e/ou paralisação caso o Governo não avance na proposta de aumento real. Este ano, por ser eleitoral, a Câmara de Vereadores tem até 6 de abril para aprovar aumento salarial aos servidores.


Comente aqui
15 mar16:56

Estacionamento Rotativo em Chapecó

O Prefeito José Caramori determinou que a empresa responsável pela administração do Estacionamento Rotativo realize a revisão e manutenção em todos os parquímetros, de modo a assegurar que sua utilização não gere transtornos aos usuários.

Foi fixado o prazo de 15 dias para que o Sistema de Parquímetros volte a operar normalmente. Durante este período a utilização das vagas poderá ser feita mediante a aquisição de cartões, além do uso dos bótons. Em caso de dúvidas o usuário deverá procurar as orientadoras do serviço.

- A utilização dos parquímetros representa a modernização do Estacionamento Rotativo e deve proporcionar economia e comodidade aos usuários, mas, para isso, é preciso que o Sistema apresente absoluta segurança – disse o prefeito.


Comente aqui