Presídio

14 nov10:03

Jovem é preso após tentativa de homicídio em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Um jovem de 18 anos foi preso na noite desta terça-feira após uma tentativa de assalto e homicídio no bairro Santa Maria em Chapecó. Dois adolescentes, de 15 anos, que participaram da ação, foram apreendidos e encaminhados para a 2ª Delegacia de Polícia. O jovem, com diversas passagens pela polícia, foi encaminhado para o Presídio Regional de Chapecó. Já os adolescentes foram apresentados no Fórum e aguardam a decisão do juiz.

Segundo a Polícia Militar a ocorrência foi por volta das 21 horas na Rua Índio Condá. A vítima, um homem de 56 anos, conversava com amigos em frente a residência quando o jovem e dois adolescentes chegaram e anunciaram o assalto.

O dono da casa foi segurado por um dos adolescentes e um dos amigos que participava da conversa reagiu. Nesse momento o jovem, que estava armado, apontou a arma e efetuou um disparo atingindo a perna esquerda da vítima. Após o disparo os três fugiram.

A PM foi chamada e fez rondas pela região. Os suspeitos foram apreendidos e reconhecidos através de fotografias pelo dono da casa. O homem foi encaminhado para o Hospital Regional de Chapecó, onde recebeu atendimento e foi liberado.


Comente aqui
31 ago11:50

Mulher foi presa em Concórdia após tentativa de suborno

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Cleonice Ribas, 26 anos, foi presa em flagrante na tarde desta quinta-feira em Concórdia após uma tentativa de suborno. Ela ofereceu R$ 5 mil para que o diretor do Presídio da cidade fizesse a transferência do marido que está preso em Joaçaba. Toda ação foi gravada pela Polícia Civil.

O diretor do presídio, Luiz Preuss, disse que recebeu uma ligação de Cleonice na manhã da quarta-feira, dia 29.

- Ela disse que precisava conversar comigo e não poderia ser no presídio e nem por telefone – disse Preuss. Ele achou a atitude suspeita e entrou em contato com a Polícia Civil.

Após conversar com o delegado da Polícia Civil, Álvaro Weinert Opitz, o encontro foi marcado para à tarde da quinta-feira em uma lanchonete, anexo a um posto próximo ao presídio.

O vídeo gravado pela polícia mostra o momento em que Cleonice pede a transferência do marido e algumas regalias, como maior tempo de banho de sol assim que ele chegasse a Concórdia.

Após fazer a entrega de R$ 3 mil reais e dizer que o restante seria pago quando o marido fosse transferido, Cleonice foi presa em flagrante por corrupção ativa. A pena para o crime é de dois a 12 anos de prisão.

Cleonice, que esteve presa em 2009 por tráfico de drogas, está na ala feminina do Presídio Regional de Concórdia.


Comente aqui
29 ago12:00

Suspeito de estuprar criança de quatro anos foi preso em Concórdia

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Civil de Concórdia prendeu preventivamente na tarde da terça-feira, dia 28 de agosto, um homem de 20 anos, acusado de praticar estupro contra uma criança de quatro anos.

Conforme informações apontadas no Inquérito Policial que apurou o caso, o crime teria sido praticado em março de 2012 na casa do acusado. Após o cumprimento do Mandado de Prisão, ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Concórdia, onde permanece à disposição da Justiça.

Segundo a delegada da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Concórdia, Ediana Grenzel Person, este foi um dos 12 casos registrados neste ano no município.


Comente aqui
22 ago09:17

Quase dois quilos de crack foram apreendidos em Pinhalzinho

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Quase dois quilos de crack foram apreendidos pela Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (Dicfron) da Polícia de Civil em Pinhalzinho no final da tarde da terça-feira. Dois homens, que traziam a droga do Paraná para a região Oeste, foram presos em flagrante pelo crime de tráfico e associação ao tráfico de drogas. Jéferson Carlos Pereira da Silva, 31 anos e Leandro Viel, 29 anos estão no Presídio Regional de Chapecó.

Na tarde da terça-feira a Polícia monitorava Jéferson que esperava um carregamento de droga vindo da fronteira com o Paraguai. Ele estava em um veículo Palio que foi abordado na BR 282 em Pinhalzinho.

De acordo com o delegado Ronaldo Moretto, Jéferson poderia ter comprado a droga na fronteira com o Paraguai e contratado Leandro para fazer o trabalho de transporte da droga. Leandro, que estava em uma moto, foi abordado em um posto de combustível de Chapecó. Com ele foram encontrados 1,8 quilos de crack. A droga estava escondida embaixo do banco da motocicleta.

- Ele confessou ter saído de Foz do Iguaçu/PR com a droga e disse que receberia R$ 1 mil pelo transporte – disse o delegado.

Ainda segundo o delegado, Jéferson que já possui antecedentes criminais por tráfico de drogas e o irmão dele, que está foragido da Justiça de Chapecó, podem ser responsáveis por três carregamentos semanais da droga para Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Chapecó seria o centro de distribuição. A Polícia Civil monitorava o caso há três meses.

Os dois vão responder pelo crime tráfico de drogas. A pena prevista é de cinco a 15 anos de prisão.

A ação policial teve o apoio de Policiais Civis de São Lourenço do Oeste, Canil da 29ª DRP, de Campo Erê, de Pinhalzinho e Modelo, além de Agentes de Chapecó.

Os dois veículos também foram apreendidos.


Comente aqui
09 ago10:36

Cinco pessoas são presas por roubo a lotérica em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

No final da tarde da quarta-feira 10 pessoas foram conduzidas pela Polícia Militar de Chapecó para a Delegacia da Polícia Civil. Fabio Arruda, 18 anos, Pascoal Diequer Esteiner, 29, Cleverson Soares de Camargo, 21, Sergio Eduardo Moreira, 37 e Lucas Campos, de 19 anos, foram presos acusados de roubar uma lotérica no Bairro São Cristovão. Eles estão no Presídio Regional de Chapecó. As demais pessoas, entre elas a mãe e a irmã de um dos presos, foram ouvidas e liberadas.

Segundo informações da PM o assalto foi por volta por das 16h30. O proprietário do estabelecimento contou que dois homens armados entraram na lotérica e deram um tiro para o alto. Um dos assaltantes agarrou uma senhora que estava na fila pelo pescoço. Minutos depois mais dois disparos foram efetuados, um contra o vidro dos caixas e outro para o alto.

No momento da ocorrência um policial, que estava de folga e utilizava os serviços do local, saiu e conseguiu derrubar a moto dos assaltantes. A motocicleta estava ligada com uma chave micha. Sem poder fugir com a moto, os assaltantes entraram em uma EcoSport, com placas de Quedas do Iguaçu/PR. No automóvel estavam três pessoas que davam apoio ao assalto. Eles levaram aproximadamente R$ 5 mil em dinheiro.

Uma testemunha seguiu o veículo usado na fuga e informou a localização para a polícia. Guarnições da PM avistaram o a EcoSport no Bairro Bela Vista e foi iniciada uma perseguição até o Bairro Alvorada onde os dois homens foram abordados e presos.

Os outros três envolvidos na ocorrência haviam desembargado do veículo e entraram em uma casa no Bairro São Cristovão. Na casa os policiais localizaram uma bolsa, contendo aproximadamente 5 mil reais, provenientes do roubo, um revólver calibre 38, com 6 munições, sendo 2 deflagradas, um revólver calibre 32, com 6 munições, sendo 1 deflagrada, seis munições calibre 22, três munições calibre 38, uma lanterna tática, um canivete, e um carregador de rádio HT, que copia a frequência da Polícia Militar.

A moto utilizada no assalto havia sido roubada próxima a casa do Cleverson Soares de Camargo. Ele, que estava em liberdade condicional, já tinha passagens por roubo, tentativa de homicídio, furto de veículo entre outros. Fabio Arruda era foragido da justiça.


Comente aqui
07 ago10:56

Homem acusado de estelionato foi preso em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Antonio Carlos Lucas, de 39 anos, foi preso em flagrante acusado de estelionato na tarde da segunda-feira, dia 6 de agosto em Chapecó. Ele oferecia para agricultores de São Carlos farelo de soja no valor de R$ 45 a saca, enquanto o preço do produto no mercado custa em média R$ 75. Antonio está no Presídio Regional de Chapecó.

Um agricultor ligou para a Polícia Militar e explicou a situação para os policiais. A vítima contou ainda que o acusado dizia ser representante de uma cooperativa da cidade. O agricultor foi orientado e recebeu acompanhamento da PM para fechar negócio com o golpista.

Antonio teria exigido pagamento à vista de R$ 12 mil e marcado encontro em frente a uma empresa, no acesso Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó. A promessa era que assim que o dinheiro fosse entregue a carga seria liberada para entregue.

Os agricultores entregaram R$ 5 mil, dinheiro que foi recuperado pela polícia após a prisão em flagrante. Segundo os policiais o produto não existia.

Este não foi o único caso. Na semana passada outro produtor, também de São Carlos, perdeu R$ 9 mil reais na compra de uma carga de milho que também não foi entregue.

A PM orienta os consumidores que tenham dúvidas sobre oferta de produtos com valores muito abaixo de mercado ou com suspeita de golpes, entrem em contato com a Polícia Militar.

Antonio tem 12 passagens registradas no Sistema Integrado de Segurança Pública, entre elas ameaça contra homem e contra mulher, além de estelionato praticado na cidade de São Carlos e Águas de Chapecó.


Comente aqui
06 ago11:52

Homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo em Chapecó

Na manhã do domingo, dia 5, José Conceição Mota, 33 anos, foi preso pela Polícia Militar de Chapecó por porte ilegal de arma de fogo. Ele, a arma e as munições apreendidas foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia. José  foi conduzido para o Presídio Regional de Chapecó.

Segundo informações da PM, José avistou o patrulhamento de rotina do setor leste da Polícia Militar e largou uma sacola nos fundos de uma casa na Rua Uruguai, no Bairro São Pedro. Na sacola os policiais encontraram um revólver calibre 38, municiado com cinco cartuchos, mais 26 munições intactas do mesmo calibre e dois cartuchos de espingarda calibre 28.

José já havia sido preso em 2006 por tráfico de drogas. Com ele os policiais haviam encontrado 41 pedras de crack.


Comente aqui
03 ago15:33

Homem com mandado de prisão em aberto é encaminhado para o Presídio de Chapecó

Na manhã desta sexta-feira um homem de 49 anos foi encaminhado pelo Pelotão de Motos do 2º Batalhão de Polícia Militar de Chapecó para o Presídio Regional da cidade. Ele estava com mandado de prisão em aberto.

A prisão foi durante uma abordagem, por volta das 11 horas na Rua Guairaca no Bairro Passo dos Fortes. Os policiais desconfiaram da atitude de dois homens que estavam em uma moto. Após consulta no sistema da Polícia constatou que o homem de 49 anos estava com mandado de prisão em aberto.

A motocicleta, que estava com licenciamento e IPVA em atraso desde 2009, foi recolhida e encaminhada para o pátio de apreensões. O carona da moto foi liberado.


Comente aqui
31 jul11:44

Homem que negociava drogas em outros estados foi preso em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Marcos de Souza Antunes, de 30 anos, foi preso em flagrante pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil de Chapecó. Ele é suspeito de tráfico de drogas e estava em liberdade provisória do presídio de Campos Novos. A prisão foi na tarde da segunda-feira, dia 30 de julho, no bairro Saic, quando ele entregaria petecas de cocaína. Marcos, conhecido como Kiko e Polaco, foi encaminhado na madrugada desta terça-feira para o Presídio Regional, onde permanece à disposição da justiça.

De acordo com a Polícia Civil, ele e o irmão dele, que está preso na Penitenciária Agrícola de Chapecó, tinham ligação com o tráfico de entorpecentes dos Estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Rondônia.

Marcos já respondeu por tráfico e associação ao tráfico de drogas, além do crime de receptação em Santa Catarina e em Rondônia. Durante as investigações, os Policiais reuniram várias provas que comprovam o envolvimento dele com o tráfico.

Os trabalhos de investigação continuam e outros envolvidos serão chamados para prestar declarações junto a Polícia Civil.



Comente aqui
03 jul11:48

Adolescente foi estuprada em Xanxerê

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Uma adolescente de 17 anos foi estuprada na tarde da segunda-feira, dia 2 de julho, em Xanxerê. Oito adolescentes, entre 12 e 16 anos participaram da ação. Um jovem de 18 anos foi preso em flagrante e encaminhado para o Presídio de Xanxerê. O exame de corpo de delito foi realizado na adolescente pelo médico Marco Antonio Tesseroli ainda na noite da segunda-feira. O laudo comprovou que houve ato sexual.

Segundo o delegado Anilson Bressan os adolescentes estavam reunidos na casa do jovem de 18 anos, que fica próximo de uma escola estadual, no Bairro Matinho, em Xanxerê. De acordo com o delegado os jovens costumavam frequentar o local para jogar, beber e fumar.

Durante a tarde eles teriam ido até a casa da adolescente e a levaram a força para a residência onde estavam. – Ela disse que foi levada até o local, já os adolescentes disseram em depoimento que ela foi convidada – disse o delegado.

Num dos quartos da casa, três adolescentes teriam praticado o ato sexual, enquanto os demais seguravam a moça. Um deles teria filmado a ação com o aparelho celular.

Após o ato a adolescente retornou para casa e contou para pai sobre o ocorrido. O pai dela chamou a Polícia Militar. Foi registrado Boletim de Ocorrência e todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia.

Em depoimento os adolescentes admitiram o envolvimento no caso. – Cada um contou uma versão – disse o delegado.

Foi lavrado um ato de apreensão e como determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) os oito adolescentes foram entregues aos pais após o depoimento. Agora eles precisam comparecer a uma audiência com o promotor da infância e juventude no Fórum da cidade.

- Eles podem cumprir medidas sócio-educativas , que vai desde advertência até  internamento por até três anos – disse o delegado.

O pai do jovem de 18 anos e dono da casa, também foi encaminhado para a delegacia. Ele prestou depoimento e foi liberado, pois foi comprovado que ele não estava em casa e não teve envolvimento no caso.

Já o rapaz foi preso por envolvimento e por ter incentivado o ato.  Ele foi encaminhado para o Presídio de Xanxerê.


Comente aqui