Presídio

09 dez16:27

PM faz operação pente fino no Presídio de Chapecó

Uma operação pente fino foi realizada na manhã desta sexta-feira, dia 9, no Presídio Regional de Chapecó. A ação resultou na localização de vários estoques, estiletes e pequena quantidade de tóxico.

Policiais militares do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) do 2º BPM e agentes do Departamento Estadual de Agentes Prisionais (Deap) participaram da operação.

A operação teve início às 7h, quando as guarnições chegaram ao presídio e surpreenderam os detentos com o pente fino. Foram realizadas buscas em todas as celas, resultando na apreensão de diversos objetos ilícitos, como armas artesanais e também droga.


Comente aqui
25 nov14:05

Três funcionários de Hospital em Xaxim são presos em flagrantes

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br*

Três funcionários do Hospital Frei Bruno, de Xaxim, estão presos em virtude do crime de concussão, que seria exigir dinheiro ou vantagem indevida em função do cargo, para prestar um serviço que seria público e gratuito. Eles estariam cobrando R$ 90 para o “Teste da Orelhinha”, que por determinação legal deve ser gratuito.

A Polícia Civil de Xaxim com apoio da equipe da Divisão de Investigações Criminais da Polícia Civil de Xanxerê prendeu os três em flagrante, na quinta-feira. Entre os funcionários presos estão um fonoaudiólogo, uma psicóloga e uma enfermeira. Todos foram encaminhados para o Presídio de Xanxerê.

A Delegada Olívia Moretto Candido Souza foi quem recebeu a denúncia de que funcionários do Hospital estavam cobrando para a realização do exame de emissões otoacústicas evocadas, o conhecido “Teste da Orelhinha”.

– Como o exame é realizado uma vez por mês, decidimos, após investigações, montar uma operação – disse.

Um policial civil disfarçado acompanhou uma mãe que havia denunciado o esquema, enquanto uma equipe de policiais aguardava do lado de fora do Hospital. Após o pagamento, a Polícia entrou no local e deu voz de prisão aos funcionários que exigiram a indevida.

Com uma enfermeira foram encontrados R$ 540 provenientes dos pagamentos feitos no dia, relativas ao teste. Também foi apreendido um caderno com anotações contábeis do referido teste.

O advogado Juraci José Folle, encaminhou no começo da tarde um requerimento pedindo a liberdade provisória dos acusados.

Até o momento a direção do Hospital não se manifestou sobre o assunto, mesmo após vários contatos por telefone.


“Teste da Orelhinha”

De acordo com a Lei Promulgada Estadual 14.375/08, além da Lei Federal 12.303/2010, deve ser realizado de forma gratuita nos hospitais e maternidades, públicos e privados, nas crianças nascidas em suas dependências. No caso de crianças nascidas em outro hospital, caso este não tenha condições técnicas para realizar o exame, o mesmo deverá ser agendado em um hospital apto a realizá-lo, também de forma gratuita.



* colaborou Christiane Lise


Comente aqui
23 nov18:36

Anunciada construção de cinco prisões femininas em Santa Catarina

A Secretaria da Justiça e Cidadania anunciou numa nota oficial que irá destinar o dinheiro do governo federal (R$ 40 milhões) para construção de cinco prisões femininas em Santa Catarina.

Serão abertas 860 vagas em duas penitenciárias (Sul e Vale do Itajaí) e três presídios (Tubarão, Joinville e Chapecó). A verba é do Programa Nacional de Apoio ao Sistema Prisional do Ministério da Justiça lançado nesta quarta-feira em Brasília.

Segundo a secretaria, o projeto da nova penitenciária da Capital é outro e já teria assegurado R$ 40 milhões.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
01 nov20:07

Traficante é preso em São Carlos

A Polícia Civil de São Carlos prendeu na tarde desta terça-feira, dia primeiro, João Rodrigues Padilha, 47 anos.

Padilha tinha mandado de prisão expedido pelo juiz da Comarca de Clevelândia/PR pela prática do crime de tráfico ilícito de entorpecentes. Ele traficava na cidade paranaense com conexão em São Carlos. Nesta cidade, há um Inquérito Policial investigando o envolvimento dele com o tráfico na cidade catarinense.

Os policiais civis da Delegacia de Polícia de São Carlos, coordenados pelo Delegado Nilson Cezar, iniciaram a Operação pela manhã da terça-feira e conseguiram, de tarde, encontrá-lo e prendê-lo, no bairro Cohab.

Após os procedimentos policiais, o preso foi encaminhado para o Presídio de Chapecó.


Comente aqui