Preso

31 jul14:43

Perseguição policial termina em acidente e adolescente apreendido em Chapecó

Uma perseguição policial na manhã desta terça-feira terminou com acidente de trânsito e adolescente apreendido em Chapecó. Segundo a Polícia Militar (PM), uma motocicleta fugiu ao avistar a viatura. A tentativa de abordagem ocorreu depois que a PM recebeu informações sobre pessoas armadas circulando no bairro Passo dos Fortes.

Por volta das 10h15min, durante monitoramento na região, duas motos suspeitas foram avistadas na Rua Pequim, próximo à esquina com a Borges de Medeiros. Na aproximação dos policiais, uma delas parou, mas a outra fugiu.

Enquanto uma guarnição ficou no local, outra iniciou a perseguição. Na rotatória da Rio Branco com a Rui Barbosa, a motocicleta avançou a parada obrigatória e tombou depois de bater em um Corolla.

A polícia constatou que a moto era conduzida por um adolescente de 17 anos. O veículo estava com licenciamento atrasado. O rapaz tinha histórico de violência contra colegas. Nada foi encontrado com ele, mas a polícia suspeita que o jovem possa ter se desfeito de objetos enquanto fugia.

O jovem foi levado para hospital na cidade e será encaminhado às autoridades responsáveis.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
31 jul11:44

Homem que negociava drogas em outros estados foi preso em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Marcos de Souza Antunes, de 30 anos, foi preso em flagrante pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil de Chapecó. Ele é suspeito de tráfico de drogas e estava em liberdade provisória do presídio de Campos Novos. A prisão foi na tarde da segunda-feira, dia 30 de julho, no bairro Saic, quando ele entregaria petecas de cocaína. Marcos, conhecido como Kiko e Polaco, foi encaminhado na madrugada desta terça-feira para o Presídio Regional, onde permanece à disposição da justiça.

De acordo com a Polícia Civil, ele e o irmão dele, que está preso na Penitenciária Agrícola de Chapecó, tinham ligação com o tráfico de entorpecentes dos Estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Rondônia.

Marcos já respondeu por tráfico e associação ao tráfico de drogas, além do crime de receptação em Santa Catarina e em Rondônia. Durante as investigações, os Policiais reuniram várias provas que comprovam o envolvimento dele com o tráfico.

Os trabalhos de investigação continuam e outros envolvidos serão chamados para prestar declarações junto a Polícia Civil.



Comente aqui
17 jul11:20

PM de Chapecó prendeu homem por furto em veículo

Um homem de 21 anos foi preso na madrugada desta terça-feira em Chapecó por furto em veículo e tentativa de furto. Ele foi preso pela Polícia Militar encaminhado para a Delegacia de Polícia e já está no Presídio Regional de Chapecó.

De acordo com a PM, ele e outro homem de 32 anos, que prestou esclarecimentos e foi liberado, foram abordados por policiais no bairro Jardim Itália.

Durante revista pessoal, os policiais encontraram com o homem de 21 anos, um celular, uma máquina digital e uma touca que haviam sido furtados de um veículo que estava estacionado próximo ao local.

Ele estava também com uma parafusadeira com ponteiras, que pode ter sido utilizada na tentativa de roubo de outro veículo.


Comente aqui
13 jul17:34

Homem acusado de repassar notas falsas foi preso em Maravilha

A Polícia Civil com apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São Miguel do Oeste prendeu na quinta-feira, dia 12 de julho, um homem acusado de repassar notas falsas na região do extremo-oeste do estado. Ele foi preso e encaminhado para a Cadeia Pública de Maravilha.

De acordo com o delegado Albert Silveira, ele havia sido preso duas vezes em 2011 e teve liberdade provisória. Durante as prisões os policiais apreenderam com ele notas falsas que seriam repassadas na região.

O decreto da nova prisão foi expedido pela Justiça Federal nesta semana. A pena prevista para o crime de moeda falsa é de até 12 anos de reclusão.


Comente aqui
12 jul18:31

Homem é preso com 600 quilos de maconha no extremo-oeste

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Federal apreendeu 600 quilos de maconha na madrugada desta quinta-feira em uma barreira montada na BR 163 em Dionísio Cerqueira. A droga estava em um Santana Quantum, placas de Gaspar. O veículo era conduzido por José Nilson dos Santos Júnior, 18 anos, que foi preso em flagrante por tráfico interestadual de drogas. José está preso na delegacia da Polícia Federal. O crime tem pena prevista de 25 anos de reclusão.

O morador do bairro Ingleses, em Florianópolis, disse aos policias que comprou a droga em Foz do Iguaçu/PR e que a mesma seria comercializada em Curitiba/PR e na capital do estado.

Comente aqui
08 jul18:07

Ex-torturador argentino deve ser transferido para a PF, em Florianópolis

Pablo Gomes |  pablo.gomes@diario.com.br

O argentino Claudio Vallejos, de 53 anos, apontado como torturador durante o regime militar que assombrou o seu país na década de 70, deverá ser transferido nos próximos dias para a carceragem da Polícia Federal, em Florianópolis. A informação é de Marcio de Oliveira, diretor do Presídio Masculino de Lages, para onde Vallejos foi levado após se envolver em confusão na cadeia de Xanxerê, no Oeste, onde ficou depois de ser preso por estelionato na região, em janeiro.

Em entrevista concedida à Revista Senhor, em 1986, Vallejos admitiu ter participado, dez anos antes, na condição de motorista do Serviço de Informação da Marinha Argentina, da prisão do pianista brasileiro Francisco Tenório Cerqueira Junior, o Tenorinho, que tocava em Buenos Aires com o amigo Vinicius de Moraes. Misteriosamente, Tenorinho nunca mais apareceu. Vallejos também é suspeito de ter participado de torturas e mortes de civis na ditadura militar argentina.

Morando nos últimos anos em Chapecó, no Oeste, Vallejos foi preso no dia 4 de janeiro por estelionato na região e ficou recluso na cadeia de Xanxerê, mas se envolveu em confusão e foi transferido em 27 de fevereiro para o Presídio Masculino de Lages. No dia seguinte, a Polícia Federal divulgou que a Interpol havia confirmado que Vallejos é mesmo o ex-torturador argentino.

Assim, o governo do país vizinho pediu a extradição de Vallejos. O pedido chegou ao Palácio do Itamaraty e, em 22 de maio, o caso foi repassado ao Supremo Tribunal Federal (STF). Nove dias depois, o ministro Gilmar Mendes decretou a prisão administrativa de Vallejos para garantir que ele fique preso enquanto aguarda o processo de extradição, que não há prazo para ser julgado.

Na última terça-feira, Vallejos foi a uma audiência na Justiça Federal, em Lages, e manifestou o desejo de ser levado a uma carceragem da Polícia Federal. Segundo o diretor do presídio, o pedido teria sido aceito e a transferência para Florianópolis deve ocorrer na próxima semana.




Comente aqui
03 jul11:48

Adolescente foi estuprada em Xanxerê

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Uma adolescente de 17 anos foi estuprada na tarde da segunda-feira, dia 2 de julho, em Xanxerê. Oito adolescentes, entre 12 e 16 anos participaram da ação. Um jovem de 18 anos foi preso em flagrante e encaminhado para o Presídio de Xanxerê. O exame de corpo de delito foi realizado na adolescente pelo médico Marco Antonio Tesseroli ainda na noite da segunda-feira. O laudo comprovou que houve ato sexual.

Segundo o delegado Anilson Bressan os adolescentes estavam reunidos na casa do jovem de 18 anos, que fica próximo de uma escola estadual, no Bairro Matinho, em Xanxerê. De acordo com o delegado os jovens costumavam frequentar o local para jogar, beber e fumar.

Durante a tarde eles teriam ido até a casa da adolescente e a levaram a força para a residência onde estavam. – Ela disse que foi levada até o local, já os adolescentes disseram em depoimento que ela foi convidada – disse o delegado.

Num dos quartos da casa, três adolescentes teriam praticado o ato sexual, enquanto os demais seguravam a moça. Um deles teria filmado a ação com o aparelho celular.

Após o ato a adolescente retornou para casa e contou para pai sobre o ocorrido. O pai dela chamou a Polícia Militar. Foi registrado Boletim de Ocorrência e todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia.

Em depoimento os adolescentes admitiram o envolvimento no caso. – Cada um contou uma versão – disse o delegado.

Foi lavrado um ato de apreensão e como determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) os oito adolescentes foram entregues aos pais após o depoimento. Agora eles precisam comparecer a uma audiência com o promotor da infância e juventude no Fórum da cidade.

- Eles podem cumprir medidas sócio-educativas , que vai desde advertência até  internamento por até três anos – disse o delegado.

O pai do jovem de 18 anos e dono da casa, também foi encaminhado para a delegacia. Ele prestou depoimento e foi liberado, pois foi comprovado que ele não estava em casa e não teve envolvimento no caso.

Já o rapaz foi preso por envolvimento e por ter incentivado o ato.  Ele foi encaminhado para o Presídio de Xanxerê.


Comente aqui
29 jun19:00

Jovem é preso após incendiar a própria casa em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Ademir dos Santos Roque, de 22 anos, foi preso em flagrante na tarde desta sexta-feira em Chapecó depois de incendiar a casa em que vivia com a família. Ele será encaminhado para o Presídio Regional de Chapecó.

O incêndio aconteceu no começo da tarde, na rua Maria Luiza Scholze, no loteamento Vila Esperança no bairro Efapi. A casa de 20 metros quadrados foi completamente destruída pelo fogo. No local moravam o acusado, a mulher e os dois filhos.

O Corpo de Bombeiros utilizou aproximadamente 1,5 mil litros de água no combate ao fogo.

Enquanto os Bombeiros apagavam as chamas, a Polícia Militar prendeu Ademir pelo crime de incêndio. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia.

Segundo a delegada Isabel Fauth em depoimento ele disse que colocou fogo na residência por que a mulher iria embora de casa com os filhos.

A Polícia Civil investiga o caso.


Comente aqui
27 jun16:12

Homem foi preso em Chapecó após invadir casa do ex-vereador Marcelino Chiarello

[Atualizada 18h47]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Renato Alcione Ferreira, 24 anos, foi preso na manhã desta terça-feira em Chapecó. Ele invadiu a casa do ex-vereador de Chapecó Marcelino Chiarello, encontrado morto no dia 28 de novembro de 2011. Segundo a Polícia Civil o Instituto Geral de Perícias (IGP) esteve no local, que desde a morte do vereador estava lacrada.

- Preliminarmente não houve prejuízos na cena do crime – disse o delegado Ronaldo Neckel Moretto, que aguarda o laudo do IGP.

O delegado da Polícia Federal, Oscar Biffi, que está com o caso, disse que a casa foi lacrada após o crime para uma possível nova perícia no local. Ele confirmou também  que o corpo do vereador será exumado. A data ainda não foi definida mas está prevista para julho.

Renato, que foi preso por volta das 10h30 na Rua Thucydides Paim Butuhy,  no Bairro Santo Antonio, tem diversas passagens pela polícia, entre elas sete por furto, um indiciamento por furto e outro por ameaça e responde por dois processos criminais. De acordo com a Polícia Civil ele estava em liberdade provisória do Presídio Regional de Chapecó desde 2007 e será encaminhado novamente para o local.

Segundo informações da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, o homem estava em um banheiro anexo a casa. Ele disse também aos policiais que estava dormindo a alguns dias no local.

Comente aqui
24 jun19:27

Polícia prende envolvido na morte de policial em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

No final da tarde do domingo a Polícia Civil prendeu Roberson Rodrigues Machado, 20 anos, suspeito de envolvido no homicídio do policial militar José Jadir Seabra. Ele emprestou o casaco para que o adolescente escondesse a arma na hora dos disparos. Ele foi encaminhado para o Presídio Regional de Chapecó.

Durante o dia, um policial militar que acompanhou o caso durante a madrugada, e uma guarnição da PM realizaram buscas no bairro São Pedro e localizaram o terceiro envolvido.

O policial militar José Jadir Seabra, 41 anos, morreu após levar três tiros na madrugada deste domingo em Chapecó. Ele estava de folga da corporação e estaria trabalhando como segurança em um clube no centro da cidade. A câmera de monitoramento próxima ao local flagrou o momento em que um adolescente de 15 anos efetuou os disparos. O autor dos disparos mais outro adolescente de 16 anos, que teria passado a arma para o crime, foram apreendidos ainda na madrugada e encaminhados ao Centro de Atendimento Sócio Educativo Provisório (Casep)

O soldado, pai de quatro filhos e que atuava a 16 anos na Polícia Militar, será enterrado na manhã desta segunda-feira no cemitério da Linha Tomazelli, interior de Chapecó.



Comente aqui