Projeto

28 jan09:41

Abertas inscrições para projeto de dança em Chapecó

Oportunizar acesso à linguagem e manifestação artística da dança. Com esse objetivo a Fundação Aury Luiz Bodanese desenvolve o projeto “Dança” voltado para crianças e adolescentes. Em 2011, a iniciativa beneficiou aproximadamente 140 pessoas e, para este ano, a intenção é ampliar o número de atendimentos.

As inscrições para novas turmas serão aceitas no período de 6 a 9 de fevereiro, no FACH I (6 e 8) e na Matriz (7 e 9). A presidente da Fundação, Isabel Machado, explica que é necessária a cópia do documento da criança e presença de um adulto responsável.

O projeto Dança visa desenvolver trabalhos coreográficos a partir das temáticas, produzir expressões corporais próprias do aluno ao estímulo de uma tarefa através da improvisação de movimentos e possibilitar atividades utilizando conceitos de dança contemporânea (complexidade, diversidade, simultaneidade), dança de rua e criativa. Além disso, a iniciativa valoriza a individualidade e a história corporal de cada aluno, contextualiza os diversos estilos de dança com o momento histórico individual, desenvolve aspectos físicos, sociais e culturais pertinentes à atividade e proporciona a troca de experiências.

De acordo com a professora Jucinéia Zantedeschi, as aulas iniciarão no dia 13 de fevereiro no FACH I e 14 de fevereiro na Matriz. O encerramento está previsto para 14 de dezembro. “Para este ano, serão abordados os assuntos cooperação com sustentabilidade, cidadania, formação e desenvolvimento pessoal, família e comunidade”, complementa.


Atividade

A Fundação Aury Luiz Bodanese mantém dois espaços onde são realizadas as atividades de dança duas vezes por semana em cada local, um na região da Efapi e outro na sede da empresa Aurora Alimentos. As aulas para as crianças têm duração de 1h15 e para os adolescentes de 1h30. Podem participar crianças e adolescentes da comunidade.

Além dos ensaios, as crianças e adolescentes integram atividades complementares, a cada dois meses, como conversa informal, trabalho com a equipe, encaminhamento para atendimento psicológico e realização de outras atividades (A Turminha da Reciclagem, Cinema da Prevenção e passeios).



Comente aqui
24 jan15:28

Projeto “Esporte e Verão” em Chapecó

O SESC – Serviço Social do Comércio – realiza em parceria com a Prefeitura Municipal de Chapecó e RBS TV, o Projeto Esporte e Verão 2012, que tem como apoiador a Recicla Digital. O objetivo é desenvolver ações de lazer através da prática esportiva e de atividades de saúde, de preservação ambiental, educação, cultura e assistência para a comunidade em geral, visando à promoção da qualidade de vida.

O Programa que teve início no dia 16 e segue até o dia 25 de janeiro, é realizado no Complexo Esportivo do Verdão. As atividades iniciam são realizadas de segunda a sexta-feira das 16h às 21h, e aos sábados e domingos das 15h às 20h.

A ideia é oferecer opções de lazer no período do verão e os diversos benefícios que o esporte proporciona.

São desenvolvidas atividades como futsal, futebol suíço, skate, ciclismo, basquete, vôlei de areia, karatê, judô, frescobol, peteca, caminhada e corrida orientada, brinquedos recreativos, jogos de mesa, jogos gigantes, tênis de mesa, orientações de saúde (nutricional, relação cintura e quadril, índice de massa corporal e verificação de pressão arterial), oficinas ambientais e dicas para vivermos melhor.

De acordo com o Secretário de Esporte e Lazer Clóvis Marinello, a Prefeitura de Chapecó, juntamente com os parceiros, disponibiliza mais um espaço de lazer para a comunidade chapecoense.

- O complexo Esportivo Verdão possui muitos atrativos que ficarão disponíveis mesmo após o evento. Espaço que deve ser bem aproveitado, pois todos nós buscamos uma vida mais saudável – destaca.

As inscrições para praticar as modalidades são gratuitas e podem ser feitas, na Central de atendimento do SESC ou pelo fone (49) 3319-9100 ou 3319-9136.


Comente aqui
23 jan10:37

Diversão nas Férias em Chapecó

Conhecimento e diversão fazem parte das atividades na Colônia de Férias 2012. O projeto é desenvolvido pela Prefeitura de Chapecó e reúne crianças do berçário, maternal e pré escolar dos 22 Centros de Educação Infantil Municipal, distribuídos em seis CEIM’S pólo de Chapecó.

A colônia iniciou dia 2 de janeiro e terá continuidade até o dia 31 deste mês. A ocupação produtiva dos alunos no período de férias contempla atividades lúdicas e educativas, coordenadas por profissionais habilitados em educação infantil que receberam capacitação pela Secretaria Municipal de Educação. Agentes educativos, coordenadores técnicos, serventes e cozinheiras também fazem parte da equipe. Além disso, através de um planejamento pedagógico, há o acompanhamento dos trabalhos nos Ceim’s, realizado por uma equipe formada por assistentes sociais.

A atividade atende à solicitação da comunidade. Diariamente atividades recreativas, esportivas e culturais envolvem os cerca de 200 alunos participantes, muitas vezes em turno integral. Segundo a Secretária de Educação, Astrit Tozzo, os trabalhos tranquilizam os pais durante este período.

- Ter uma atividade que envolva o aluno também no período de férias escolar e atenda as necessidades da comunidade, significa que estamos cada vez mais preparados e com uma educação municipal de qualidade- destaca a Secretária.


Comente aqui
19 jan10:38

Projeto Esporte e Verão 2012

O Serviço Social do Comércio – SESC, Prefeitura de Chapecó, Secretaria de Esporte e Lazer e RBS TV de Chapecó realiza em parceria o Projeto Esporte e Verão 2012. O evento  desenvolve ações de lazer através da prática esportiva e atividades de Saúde, Educação, Cultura e Assistência para comunidade em geral, visando à promoção da qualidade de vida.

O evento será desenvolvido até o dia 25. As atividades serão realizadas no Complexo Esportivo Verdão, no período das 16h às 21h de segunda a sexta feira e das 15h às 20h aos sábados e domingos. A entrada é gratuita.

- Com objetivo de oferecermos opções de lazer no período do verão e os diversos benefícios do esporte, convidamos a comunidade chapecoense e visitante para participarem deste grande evento – disse a coordenadora do evento Auriane Parisotto.

As inscrições gratuitas para as modalidades esportivas podem ser feitas na Central de atendimentos do SESC de Chapecó ou pelo fone 49 3319-9100 ou 3319-9136.

Comente aqui
18 jan14:38

Xanxerê promove projeto “Verão Museu do Milho”

A Diretoria de Ações Culturais realiza a partir da sexta-feira, dia 20, o projeto “Verão Museu do Milho”. O projeto visa promover evento de extensão pedagógica, cultural e de lazer às famílias de Xanxerê, de forma especial às crianças e adolescentes.

De acordo com a diretora de Ações Culturais, Magda Vicini, o projeto será realizado de 20 de janeiro a 19 de fevereiro no Museu Municipal do Milho, localizado no Parque de Exposições Rovilho Bortoluzzi.

O Museu estará aberto das 13h30min às 19 horas, de terça a sexta-feira e aos domingos, possibilitando a visitação da comunidade e visitantes que passam por Xanxerê.

Além disso, Magda destaca que o Parque Rovilho Bortoluzzi possui um espaço privilegiado para famílias, jovens e adultos passarem horas de lazer e o Museu do Milho pode oferecer uma opção cultural nesse período de férias dos jovens. – As famílias podem usufruir do espaço do parque da Femi, como o bosque, para realizar, por exemplo, um piquenique – salienta Magda.

Para as crianças de 06 a 14 anos, a diretora de Ações Culturais, ressalta que haverá o Cantinho da Arte, com atividades pedagógicas. – O que elas produzirem poderá ficar exposto no varal da arte, no Museu do Milho, caso queiram deixar lá – finaliza Magda.


Comente aqui
14 jan14:43

Projeto que amenizaria estiagem não recebeu apoio

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br


A ocorrência de estiagem no Oeste de Santa Catarina é quase tão previsível quanto o Natal ou o Carnaval. Somente na década passada foram sete períodos de falta de chuva. Com isso já daria tempo para tomar medidas preventivas que amenizassem a escassez de água.

Um exemplo é um projeto do Centro de Estudos e Pesquisas sobre Desastres da Universidade Federal de Santa Catarina, que foi elaborado a pedido da Defesa Civil de Santa Catarina. O projeto previa 555 ações em 194 municípios. Técnicos fizeram levantamento das principais dificuldades de cada município. Entre essas ações estavam construção de cisternas, perfuração de poços, proteção de fontes, construção de açudes, redes de distribuição e conjuntos de bombas de água. O projeto, orçado em R$ 44 milhões, foi apresentado ao Ministério da Integração Nacional em maio de 2006.

O projeto serviu de base para uma verba de R$ 10 milhões fosse destinada ao estado. Mas, segundo o diretor da Defesa Civl na época e atual secretário adjunto da Defesa Civil, major Márcio Luiz Alves, o recurso não foi destinado ao projeto e sim dividido em cotas de R$ 50 mil para cada município atingido. –Por interesses políticos a verba não foi destinada ao projeto, que tinha critérios técnicos e priorizava as ações- lamentou Alves.

Além disso, apenas cerca de 30% das cidades conseguiram acessar os recursos, devido à burocracia. O prefeito de São Carlos, Élio Godoy, confirma que seu município não recebeu esse dinheiro. –Foram poucas cidades que conseguiram- comentou.

O diretor de prevenção da Secretaria de Defesa Civil de Santa Catarina, major Emerson Neri Emerin, disse que na próxima semana deve ser feito um contato com a UFSC para retomar e atualizar o projeto. Ele afirmou que alguns municípios acabaram investindo por conta própria em melhorias. Coronel Freitas, por exemplo, construiu várias cisternas no interior. Em Chapecó foram perfurados 12 poços artesianos e implantados 49,5 mil metros de redes de água no interior, beneficiando 600 famílias, segundo o secretário de Agricultura Ricardo Lunardi. Um poço foi perfurado no distrito de Sede Figueira, beneficiando cerca de 100 famílias. Uma das beneficiadas foi a dona de casa Angelina Laval. –Eu sempre ficava sem água e tinha que lavar roupa no rio- conta. Neste ano, ela não teve nenhum problema.

A família de Cristiano Bortese também sofria com a falta de água. Eles conseguira uma rede do poço que resolveu o problema do abastecimento humano e, para os animais, construíram uma cisterna com capacidade para 300 mil litros. O investimento foi de R$ 18 mil com recursos próprios. E mesmo com a estiagem a família conseguiu abastecer o aviário com sete mil frangos e dar água para as vacas. –Nas outras estiagens tínhamos que buscar água no rio ou então do caminhão-pipa- contou Bortese.

Os irmãos Alves e Rudi Giuriatti conseguiram um financiamento do Governo do Estado para pagar os juros de 2% ao ano para construir a maior cisterna do Estado, com capacidade para R$ 1,3 milhão de litros. Eles gastaram R$ 58 mil no projeto, que foi concluído em 2009. –No início parecia muito gasto, mas valeu a pena- disse Isabel Giuriatti. Neste ano, se não fosse a cisterna, eles teriam que pedir água para a Prefeitura para terminar o lote de frangos, que consumia seis a sete mil litros por dia.

Também foi a salvação para as vacas de Alves Giuriatti. Ele fez um encanamento e improvisou bebedouros no potreiro, pois as fontes secaram. –Tinha um pouco de água no açude e no riozinho, agora não tem mais- disse Caroline Giuriatti, filha de Alves. Eles confirmam que um pouco de investimento vale mais do que ficar esperando o bom humor de São Pedro. Um pouco de vontade política também ajudaria.


SC financiou 1,2 mil cisternas em seis anos

De 2005 a 2010, a Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, por meio de Programas Revitalizar e Água da Chuva e de recursos do Fundo de Desenvolvimento Rural, investiu R$ 7.9 milhões na construção de poços artesianos, açudes, cisternas e redes de distribuição de água. Esse valor beneficiou 2925 famílias com a concessão de empréstimos e subvenção de juros. De 2005 a 2010 foram 1.210 cisternas foram . 342 poços e 207 redes.

Comente aqui
12 jan14:47

Projeto Esporte e Verão 2012

O Serviço Social do Comércio – SESC, Prefeitura de Chapecó, Secretaria de Esporte e Lazer e RBS TV de Chapecó realizam em parceria o Projeto Esporte e Verão 2012. O evento vai desenvolver ações de lazer através da prática esportiva e atividades de Saúde, Educação, Cultura e Assistência para comunidade em geral, visando à promoção da qualidade de vida.

O evento será desenvolvido a partir do dia 13 janeiro e segue até o dia 25. As atividades serão realizadas no Complexo Esportivo Verdão, no período das 16h às 21h de segunda a sexta feira e das 15h às 20h aos sábados e domingos. A entrada é gratuita.

- Com objetivo de oferecermos opções de lazer no período do verão e os diversos benefícios do esporte, convidamos a comunidade chapecoense e visitante para participarem deste grande evento – disse a coordenadora do evento Auriane Parisotto.

As inscrições gratuitas para as modalidades esportivas podem ser feitas na Central de atendimentos do SESC de Chapecó ou pelo fone 49 3319-9100 ou 3319-9136.


Comente aqui
24 dez14:58

Projeto deve qualificar 80 mil motoristas de todo país

Qualificar em idioma estrangeiro, gestão e empreendedorismo para atender os turistas que virão ao Brasil assistir aos jogos da Copa do Mundo de 2014. Com este objetivo o Sebrae nacional desenvolveu em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT), Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), o Projeto Taxista Nota 10. A meta é qualificar cerca de 80 mil motoristas de táxi de todo o país.

O analista técnico do Sebrae/SC, Jefferson Reis Bueno, explica que o Taxista Nota 10 está dividido em dois subprojetos: curso de línguas estrangeiras (idiomas inglês e espanhol) com duração de 120 horas e vocabulário personalizado, adaptado à linguagem e ao dia a dia do taxista, e gestão de negócios para taxistas, que oferecerá 15 edições do Jornal Taxista Nota 10, com abordagem de temas que envolvem gestão e empreendedorismo.

Após as inscrições, os participantes recebem material didático composto de caderno do aluno, caderno de exercícios, caderno de autoavaliações e CD de áudio. O curso terá duração de um ano e o certificado de conclusão será enviado pelos Correios, após avaliação escrita, agendada e realizada em uma das unidades do Sest ou do Senat.

O coordenador regional oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani, salienta que o projeto também envolve a entrega gratuita de um jornal com informações sobre diversos temas. Em versão impressa e eletrônica, com periodicidade mensal, a publicação terá matérias sobre assuntos como empreendedorismo, administração do tempo, turismo e hospitalidade, gestão financeira, marketing pessoal, legislação, direção defensiva, condução econômica, entre outros.

Para receber o Jornal Taxista Nota 10 em casa, os motoristas deverão entrar em contato com as centrais de atendimento da CNT ou do Sebrae e realizar cadastro no projeto. Junto com cada jornal, será enviado um selo que o participante deverá guardar e, ao final, trocá-los, nas unidades do Sest/Senat, por um adesivo que comprovará sua participação no programa. Essa identificação, que poderá ser afixada no parabrisa do carro, será mais um diferencial para atuação no mercado de trabalho.

Inscrições

As inscrições nos cursos podem ser feitas gratuitamente nas unidades do Sest, Senat e Sebrae em todo o Brasil. Também podem ser feitas por meio das centrais de atendimento do Sebrae (0800 570 0800) e do Sistema CNT (0800 728 2891). Na região oeste, as inscrições também podem ser feitas pelo telefone (49) 3319-6100 (Sest/Senat).



Comente aqui
16 dez17:37

Projeto de extensão orienta sobre saúde em Xaxim

A Unochapecó através do Projeto de Extensão Hiperdia Saudável, promoveu em Xaxim uma ação para orientar e incentivar a população cuidar da saúde. A ação, que marcou o encerramento das atividades do ano, foram realizadas no sábado, dia 10 de dezembro, na Praça Frei Bruno.

A comunidade pode fazer a verificação da pressão arterial, glicemia capilar, índice de massa muscular (IMC), peso e altura, avaliação antropométrica, orientações nutricionais e orientações sobre o uso de medicamentos. Além disso também participarão de caminhadas.

Além do Projeto de Extensão Hiperdia Saudável da Unochapecó, o evento também foi promovido pela Secretaria Municipal de Saúde e Prefeitura Municipal de Xaxim e o Pró-Saúde de Xaxim da Unochapecó. A ação contou com a presença de representantes das instituições, estudantes, bolsistas e professores dos cursos de Enfermagem, Farmácia, Medicina, Odontologia, Nutrição, Fisioterapia e Educação Física da Unochapecó.


Comente aqui
16 dez16:28

Projeto inédito no Oeste

A usina de Asfalto será inaugurada as 9h deste sábado em Pinhalzinho. O projeto inédito na região Oeste foi concretizado através do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Infraestrutura Rodoviária – Cidir, e tem como sede o município de Pinhalzinho, que disponibilizou a área para a instalação da usina, localizada a 300 metros da rodovia de entrada da Comunidade de Boa Vista.

A usina vai funcionar sob o sistema de consórcio celebrado entre os municípios de Saudades, Nova Erechim, Sul Brasil, Serra Alta, Águas Frias e Pinhalzinho.

O projeto global compreende investimentos na ordem R$ 1.259,212,50. Além da usina nova da marca Terex, com capacidade mínima de 50 toneladas hora de asfalto quente, foram adquiridos: sistema de aquecimento e tanques de estocagem de matéria prima de 30 mil litros cada e aquecedor-distribuidor de asfalto, rebocável com capacidade de 2.500 litros de emulsão asfáltica.

Em 2010 o Governo municipal já havia adquirido uma Vibroacabadora nova da marca Terex, equipamento destinado a nivelamento e colocação do asfalto.

Segundo o prefeito de Pinhalzinho, Fabiano da Luz , os equipamentos são de última geração, o que vai possibilitar a produção de asfalto de primeira qualidade.


Comente aqui